hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Bahia tem redução de casos de roubo de veículos

Um dos delitos na categoria “Crimes Contra o Patrimônio” mais comuns, o roubo de veículos no estado apresentou redução de 15,1% no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2016. Na Bahia, este ano, foram registrados 776 casos a menos (5147 contra 4371). Na capital, a diminuição foi de 10,2%, 214 casos a menos. A tendência de queda também foi observada na RMS, com – 50 registros, e no interior do estado, com – 512.

O número de furtos também esteve em queda de janeiro a abril de 2017. Enquanto nos 417 municípios baianos a diminuição foi 19,5%, com 398 registros a menos, na capital baiana, a redução foi de 57 casos, menos 9,8%. O padrão segue no interior do estado que teve 324 casos a menos que 2016.

“Esse é o resultado de uma série de ações das polícias, entre elas, o aumento de blitze realizadas pela Operação Apolo e pelo Esquadrão Águia, da Polícia Militar. A Polícia Civil também tem fechado o cerco aos locais de desmanche irregular com o monitoramento e prisão das principais quadrilhas”, destacou o secretário Maurício Barbosa. Ressaltou ainda o acompanhamento diário da mancha criminal, o que permite uma resposta mais rápida à sociedade, aumentando, assim, a sensação de segurança.

O índice de recuperação dos veículos roubados e furtados também é expressivo. Só em Salvador foram recuperados mais de 1600 automóveis até meados de junho.

 

Márcio Ferreira e a homenagem a Lula e Marisa

lula e marisa, por Marcio Ferreira 13

O artista plástico Márcio Ferreira Muniz , popularmente conhecido como “Márcio Gari” ou “Artista Gari”, acaba de produzir um quadro em homenagem ao ex-presidente Lula, que aparece ao lado da esposa dona Marisa, recentemente falecida após uma implacável perseguição do consórcio midiático judiciário que perpetrou um golpe contra a democracia brasileira.

O quadro é uma pintura feita com base em uma fotografia encontrada na internet , pintado na técnica óleo sobre tela, tamanho 60×60 cm. De acordo com o artista, “é uma imagem que tem um grande significado, lembra momentos marcantes na vida do ex-presidente Lula ao lado de sua esposa Marisa. Lula deu muitas oportunidades aos pobres  e pintá-lo foi  uma honra” . “Acredito que quando ele ver o quadro vai gostar muito. Tenho uma grande admiração por Lula e um dia quero ter a honra de conhece-lo pessoalmente”, afirma Márcio  Ferreira Muniz, que trabalha como gari em Ubaitaba, no Sul da Bahia, e  nunca estudou arte. Seus trabalhos já foram apresentados nas principais emissoras de televisão do país.

Salvador recebe primeira Festa Literária do Pelourinho

jorge e zeliaO Centro Histórico de Salvador será palco de uma diversa programação de literatura este ano. É que, de 9 a 13 de agosto, acontece a primeira Festa Literária Internacional do Pelourinho (Flipelô). Ruas e espaços culturais serão ocupados por mesas de debates, lançamentos de livros, oficinas literárias, saraus, apresentações teatrais, exibição de vídeos, shows musicais, no histórico bairro da capital baiana.

A Flipelô é apresentada pelo Ministério da Cultura e Instituto CCR, por meio da Lei Rouanet, e tem apoio da CCR Metrô Bahia, em parceria com o Governo da Bahia. Nesta primeira edição, o evento comemora os 30 anos da Fundação Casa de Jorge Amado e homenageia o escritor, além de Zélia Gattai e Myriam Fraga, duas das mais relevantes escritoras e personalidades culturais, diretamente interligadas com a trajetória de vida do escritor.

flipeloSalvador entra no cenário nacional de eventos literários com mais de 50 atividades, além de autores, pesquisadores, críticos, estudantes e apaixonados pelo mundo das palavras. Tudo isso cercado pela arquitetura histórica, com fachadas de casas, de igrejas e dos paralelepípedos do Pelourinho.

O evento tem ainda o apoio do Shopping da Bahia, co-realização do Serviço Social do Comércio (Sesc), produção da Maré Produções Culturais e realização da Fundação Casa de Jorge Amado. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (71) 98272 0880/ 98804 5446.

Presidente das Voluntárias Sociais recebe título de cidadã de Catu no aniversário da cidade

aline 1Comemorando 149 anos de emancipação política, nesta segunda-feira (26), o município de Catu, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), presta homenagem à presidente das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA) e primeira-dama do Estado, Aline Peixoto. Ela recebeu o título de Cidadã Catuense, em função do trabalho que tem realizado à frente das VSBA, principalmente na promoção de atendimento à saúde e assistência social. A cerimônia realizada na manhã desta segunda, na Câmara Municipal de Vereadores de Catu, homenageou também outras figuras representativas para a cidade, e contou com a presença da senadora Lídice da Mata.

Para Catu, Aline Peixoto, através das Voluntárias Sociais, trabalhou nas ações voltadas às ampliações dos hospitais Martagão Gesteira e Aristides Maltez, que atendem muitos catuenses, visitou instituições de caridades e participou de almoço no Lar São Lourenço, instituição que acolhe crianças e adolescentes órfãos da região, para conhecer a realidade desses locais. Além disso, um mutirão de cirurgias, em parceria com a Secretaria estadual da Saúde (Sesab), atendeu cerca de 400 moradores da região.

aline 2“Eu escolhi, como pessoa pública, duas linhas de cuidado, a saúde e levar o sentimento de solidariedade para as pessoas. E sinto-me honrada por poder realizar parcerias importantes para grandes realizações. Sonhamos grande com o Hospital da Mulher, com o Mutirão de Cirurgias Eletivas, as Feiras de Saúde e Bem-Estar, com as reformas do Hospital Martagão Gesteira, as novas alas do Aristides Maltez . Eu não faço isso sozinha, eu mobilizo as pessoas. O trabalho de pessoas como vocês aqui, vereadores, cidadãos. Quando sensibilizamos pessoas para cuidar dos outros, as coisas acontecem. E isso é o que tem acontecido com a Câmara de Catu. Estou muito feliz não só pelo título, mas por ter podido ajudar”, declarou Aline.

A indicação do título, aprovada por unanimidade pelos vereadores da cidade, foi feita pelo presidente da Câmara, Marcelo Calasans, que lembrou de grandes ações levadas por Aline Peixoto para os cidadãos de Catu.

“Aline é uma pessoa do bem, tem um coração muito prestativo. Fui, junto com a presidente das Voluntárias Sociais de Catu, ao Palácio de Ondina, falar com a primeira-dama sobre as dificuldades da nossa cidade, principalmente no atendimento à saúde e, prontamente, ela começou a mobilizar diversas ações para a região. É uma parceria de sucesso que temos aqui com as Voluntárias Sociais, e esperamos no, segundo semestre, fazer ainda mais mobilizações, porque Aline é alguém que olha e cuida de quem mais precisa. Por causa disso escolhemos ela como uma das homenageadas no dia do aniversário da cidade”, afirmou Marcelo.

Operação São João: cai o número de mortes nas rodovias baianas

opsjo 2A Polícia Militar da Bahia concluiu na manhã desta segunda-feira (26) a Operação São João 2017 com o registro da redução no número de mortes nas rodovias estaduais em comparação com o ano passado. As ações preventivas da PM iniciaram na última quinta-feira (22) por meio do Batalhão de Polícia Rodoviária e das Companhias Independentes de Policiamento Rodoviário (1ª CIPRv/Itabuna, 2ª CIPRv/Brumado e 3ª CIPRv/Barreiras) com o objetivo de reduzir o número de acidentes neste período junino.

Foram intensificadas as ações de fiscalização dos limites permitidos de velocidade nas vias, das ultrapassagens indevidas, a obediência às normas de trânsito, dos documentos e equipamentos de segurança de porte obrigatório, bem como do uso de bebida alcoólica por parte dos condutores.

A PM contabilizou 33 acidentes de trânsito, que deixaram 20 vítimas com ferimentos leves, nove com ferimentos graves e quatro vítimas fatais. Este último dado representou uma redução em 20% no número de vítimas fatais em relação ao mesmo período de 2016. A maioria das mortes aconteceu no domingo, último dia do feriadão. Também houve aumento do número de vítimas com ferimentos leves e graves, aumentando, respectivamente em 33% e 50% em comparação ao último São João.

Durante a Operação São João a PM abordou 8.228 pessoas e 5.504 veículos abordados, destes 1.141 foram autuados e 86 retidos, além do recolhimento de 25 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e de 33 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV). Nos quatro dias de operação 547 veículos foram flagrados por excesso de velocidade com a utilização de radares estáticos e móveis e duas pessoas foram conduzidas às delegacias por dirigirem sob efeito de bebida alcóolica

Datafolha: Lula lidera corrida presidencial

lula mstO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manteve a liderança nas intenções de voto para a eleição presidencial de 2018 com 30% da preferência do eleitorado, à frente da ex-ministra Marina Silva (Rede) e do deputado Jair Bolsonaro (PSC), que aparecem empatados com 15%, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (26).

Em cenário tendo o prefeito de São Paulo, João Doria, como candidato do PSDB, Lula passou de 31% em abril para os atuais 30%, enquanto Bolsonaro foi de 13% para 15 e Marina saiu de 16 para os mesmos 15%. O tucano aparece em quarto lugar, com 10%, um ponto acima do levantamento anterior.

Lula também alcança os 30% de preferência do eleitorado quando o governador paulista, Geraldo Alckmin, substitui Doria como concorrente do PSDB. Nesse cenário, Bolsonaro fica um ponto à frente de Marina, 16 a 15%, e o tucano aparece com 8 pontos.

Bolsonaro sobe ante os 5% de levantamento realizado em dezembro de 2015, enquanto Marina cai dos 24% que possuía. Em simulações para o 2º turno, Lula vence Alckmin (45 a 32%), Doria (45% a 34%) e Bolsonaro (45% a 32%), mas empata com Marina (40% a 40%), de acordo com o Datafolha. Em uma eventual disputa entre Marina e Bolsonaro, a ex-ministra venceria por 49% a 27%.

Rui entrega Unidade Básica de Saúde em Camamu

O governador Rui Costa participa nesta terça-feira (27) das comemorações dos 457 anos de fundação e 126 anos de emancipação  de Camamu, no Sul da Bahia. Às 14 horas, ele inaugura  uma Unidade Básica de Saúde/ UBS no município e  assina convênios do programa Bahia Produtiva, que beneficia agricultores familiares.

Bahia avança na Educação e derruba evasão escolar

educ“Ainda há muito a fazer e por isso não vamos medir esforços para que a Bahia continue melhorando esses índices. Os avanços na educação nos motivam a trabalhar cada vez mais, e para isso é fundamental o envolvimento da família e a participação de toda a sociedade”. A declaração do governador Rui Costa sobre a evolução da educação baiana, apontada pelo Censo Escolar, revela que o Governo do Estado vai intensificar suas ações para continuar promovendo as transformações nessa área.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a educação da Bahia avançou em todos os níveis e etapas da Educação Básica, compostos pelos anos iniciais e anos finais do Ensino Fundamental, e Ensino Médio, de 2007 a 2015. Os indicadores de fluxo escolar da Educação Básica, que avaliam a transição do aluno entre dois anos consecutivos, considerando a promoção, repetência, evasão e migração para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), demonstram que a Bahia avançou 7,6 pontos percentuais na promoção, saindo de uma taxa de 64% em 2007 para 71,6% em 2015, no Ensino Médio. A taxa de evasão foi reduzida em 5,8 pontos percentuais no mesmo período e a repetência caiu em 1,6 pontos percentuais.

Em relação aos anos iniciais do Ensino Fundamental, a taxa de promoção avançou 11,4 pontos percentuais entre 2007 e 2015, quando chegou a 82,5%, e a repetência diminuiu em 8,4 pontos percentuais no mesmo período. Já a taxa de evasão era de 6,7% em 2007 e caiu para 0,6% em 2015. Os dados dos anos finais do Ensino Fundamental também apontam avanços. A taxa de promoção cresceu 6,1 pontos percentuais no período de 2007 a 2015, chegando a 70% em 2015. A repetência caiu 2,1 pontos percentuais e a evasão escolar recuou 6,3 pontos percentuais no mesmo período, chegando a 4,9% em 2015.

Prioridade do governador Rui Costa, a educação continua a avançar na Bahia com o programa Educar Para Transformar, que já firmou pacto com mais de 380 municípios para desenvolver mais ações nessa área

 

Vergonha do que fizeram com Fábio Assunção

Por Fabrício Carpinejar 

fabio a Fiquei chocado com os vídeos do ator Fábio Assunção estirado no chão e preso em viatura em Arcoverde (PE). Pasmo não por aquilo que ele fez, fora de si, mas pelo deboche de todos à volta, sóbrio e serenos, com consciência para ajudar e que não demonstraram nenhum interesse para socorrer e amparar alguém claramente necessitado e com dificuldades de se manter em pé e articular um raciocínio lógico.

Em vez de ajudar, ridicularizavam o profissional em uma fase difícil da vida e apenas aumentavam a sua agressividade. Quem aqui já não bebeu além da conta e falou bobagem? Atiçar um bêbado é armar um circo de horrores, é se divertir com o sofrimento alheio, é renunciar à educação pelo bullying anônimo e selvagem de massa.

Onde está a compaixão do país? O que identifico é que torcemos pela queda de nossos heróis, pelo fim de exemplos. Odiamos silenciosamente aquele que alcança o sucesso. E permanecemos à espreita, como urubus com as asas dos aplicativos, para flagrar um tombo, uma gafe, um vexame da celebridade e espalhar pelos céus turvos da web.

Talvez, infelizmente, desejamos que todo grande artista, como é Fábio Assunção, beije a lona para arrancarmos memes dos bolsos e ganhar notoriedade com gravações caseiras.

Somos cada vez menos afetuosos e mais paparazzi das tragédias individuais.

Não sabemos confortar com a nossa mortalidade quem é também humano, erra, falha e recomeça com a humildade do perdão.

Não vou julgar e tampouco mergulhar em achismos, se ele estava sob efeito de drogas ou não, o que acontecia em sua vida privada para gerar tal descontrole (e, óbvio, que deve ser penalizado por tudo o que cometeu contra a lei, sem distinção).

Mas quem teve um familiar transtornado ou viciado sabe que ele é também uma vítima e que o cuidado e a discrição são os únicos curativos possíveis para não aumentar a vergonha e as recaídas. Expor alguém em situação delicada é ser cúmplice de vandalismo psicológico. Todo celular hoje é uma arma de fogo.

O que lamento é que aquele ator, sempre solícito para selfies e autógrafos, sempre disposto a conversar com qualquer um, não foi carregado pelo público quando realmente esperava. A fama é ingrata, mas triste mesmo é que não procuramos salvar mais a nossa cordialidade.

Festa dos 483 anos de Ilhéus terá 14 atrações musicais

Atrações-Ilhéus

O aniversário de 483 anos de fundação de Ilhéus será comemorado com dois dias de shows, na terça e quarta (27 e 28), com 14 atrações nacionais e regionais. Os shows começam às 18h, segundo a Prefeitura de Ilhéus.

A primeira noite, na terça (27), terá Danniel Vieira, Estakazero, Naiara Azevedo, Boteco das Amigas, Menina Forrozeira, Forró dos Plays e Marcos e Pablo.

A segunda noite, quarta (28), aniversário de Ilhéus, reunirá, na Soares Lopes, a dupla Simone Simaria, Sinho Ferrary, Aduílio Mendes, Raneychas, Thaeme e Thiago, Donas do Bar e Genard.

De acordo com a organização, a expectativa é de reunir cerca de 30 mil pessoas a cada noite. A área da festa, segundo a Prefeitura de Ilhéus, será cercada. O público que for ao circuito do forró no São Pedro de Ilhéus passará por detectores de metal.

Bahia inicia em Cachoeira as comemorações do 2 de Julho

cach 1O último capítulo da Independência do Brasil, a Batalha de Cachoeira, foi homenageado neste 25 de junho, no município do Recôncavo baiano, com atos cívicos, como a transferência da sede do Governo do Estado para a cidade, culturais e religiosos. Pela manhã, foram hasteadas as bandeiras do Brasil, do Estado e do Município, em frente à Câmara Municipal, cerimônia do tradicional Te Deum, uma missa em forma de canto, na paróquia local, e a sessão solene, também na Câmara.

No dia 2 de junho de 1822, moradores da cidade iniciaram as lutas pela Independência da Bahia, que em 2 de julho de 1823, resultaram na libertação baiana do domínio português. Pela tarde, os tradicionais desfiles com a imagem do Caboclo e das fanfarras escolares animam munícipes e turistas.

cach 2A jornalista Clarissa Beretz, de São Paulo, foi passar o São João em Cachoeira e disse que quer virar baiana. “Eu acordei com essa banda maravilhosa passando pela porta. Eu vim celebrar o São João e, caminhando, fui  descobrindo a importância da cidade para história, pela luta que houve aqui, pela expulsão dos últimos portugueses. Li um pouco e estou orgulhosa e grata por esses heróis. Eu sou jornalista e não sabia dessa parte da história. Nunca li isso na minha formação. Não tinha ideia da importância de Cachoeira para a história do Brasil”.

Anualmente, no 25 de Junho, o Governo do Estado disponibiliza os serviços do SAC Móvel para a população do município. A atendente de Telemarketing Tatiane do Espírito Santo levou o filho Arthur Leão Cordeiro, de dez meses, para tirar a primeira identidade. “Ele é pequenininho, mas já exerce a cidadania. Se o SAC não estivesse aqui teria que me deslocar até Feira de Santana com ele, que não tem nem um ano ainda e seria muito difícil. Então, foi ótimo, tudo de bom”.

De acordo com o coordenador do SAC Móvel, Manoel Correia, são oferecidos emissão de carteira de identidade, antecedentes criminais, CPF, recadastramento de pensionistas e ouvidoria. “Atendemos a cerca de 500 pessoas em dois dias de prestação de serviço”.

Independência de fato

cach 3 Durante o hasteamento da bandeira, os estudantes participaram, perfilando e cantando os hinos  Nacional e da Bahia – o Hino ao 2 de Julho. A estudante Jamile Santos Cruz, do Educandário Paroquial, conta a história do Tambor Soledade. “Ele foi o primeiro homem a derramar seu sangue aqui em Cachoeira pela Independência do Brasil”, disse ela, referindo-se ao início da batalha, em 25 de junho de 1822, quando  moradores da cidade iniciaram as lutas pela Independência da Bahia, que culminaram, em 1823, na batalha final de 2 de julho, que resultou na libertação baiana do domínio português.

O bispo Dom Estevam dos Santos explicou que o Te Deum é  um canto litúrgico, um hino que é levado do povo até Deus. “O Te Deum é cantado em diversos momentos. Em Cachoeira, no dia 25 de junho de 1822, o povo  se reuniu para que o eco de liberdade pudesse ecoar por todo o Brasil, desejando uma terra livre e independente. E hoje nós repetimos esse momento histórico, com os mesmos ideais de independência e liberdade, juntando a nossa voz a daqueles heróis que estavam nessa Igreja naquele dia”.

Luan faz show contagiante no encerramento do São João da Bahia

luanUma verdadeira multidão acompanhou o show de Luan Santana na noite deste domingo (25), na Praça João Martins, em Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. O cantor encerrou o São João da Bahia 2017 com chave de ouro, apresentando para o público os grandes sucessos de sua carreira, como do sertanejo, a exemplo de Chuva de Arroz’, ‘Acordando o Prédio’, ‘Mesmo sem Estar’, ‘Fantasma’, entre outros hits.

Pouco antes de subir ao palco, o sertanejo comentou a felicidade de voltar à capital baiana para esse São João. “Estou muito feliz em voltar a Salvador. Toda vez que a gente se encontra, isso fica marcado em mim de alguma forma. Eu tenho certeza de que vai ser mais uma noite inesquecível, que a gente vai passar juntos. É uma iniciativa muito legal, a tradição de vocês com o São João. É muito forte, encanta, contagia a gente que vem de fora. Quando eu subir no palco,essa ‘ vibe’, essa energia incrível que vocês têm vai me emocionar muito”.

A fã do cantor, Valquíria Queiroz , disse que estava emocionada. “Ele é maravilhoso. Acompanho a carreira dele faz muito tempo e sempre sonhei em ver um show dele, mas nunca pensei que teríamos algo desse porte aqui no subúrbio, ainda mais de graça. Estou tão feliz que não consigo nem colocar em palavras. Foi um momento inesquecível”.

Com promoção do Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa), o São João da Bahia reuniu mais de 50 atrações na capital, e, no interior, apoiou diretamente mais de 100 cidades baianas na contratação de shows.

Cerca de 270 mil pessoas curtiram as apresentações em Paripe e nos três palcos montados no Centro Histórico de Salvador desde a última quinta-feira (22). Artistas consagrados fizeram alegria das pessoas, como Flávio José, Geraldo Azevedo, Targino Gondim, Cicinho de Assis, Adelmário Coelho, Gereba, Val Macambira, Del Feliz, além de bandas como Estakazero, Cacau com Leite, Flor de Maracaujá e Trio Anarriê.

Para osuperintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, o São João é uma festa que movimenta todo o estado. “Toda cidade tem uma fogueira, uma rua que faz uma festa. É extremamente importante para a população. Mas, além desse valioso aspecto cultural, a festa tem outras impactos positivos. Por exemplo, durante essa época, cidades como Amargosa e Senhor do Bonfim recebem um grande movimento de aluguel de casas, restaurantes e bares cheios, uma cadeia que movimenta a economia e gera renda para todo o estado da Bahia”.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2017
D S T Q Q S S
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930