hanna thame fisioterapia animal
bahiagas livros do thame

Posts Tagged ‘Gabriel Garcia Márquez’

Bienvenidos a Macondo

A terra de Jorge Amado se entrega ao realismo mágico de Gabriel Garcia Marquez

A terra de Jorge Amado se entrega ao realismo mágico de Gabriel Garcia Marquez

A mensagem de Los Cinco ao grande Gabriel Garcia Marquez

gabo

Os  cubanos Gerardo Hernández, Ramón Labañino, Antonio Guerrero, Fernando González y René González, conhecidos como Los  Cinco, sentenciados a cumprir severas penas em prisões nos EUA por alertar o governo de Cuba sobre planos terroristas de grupos baeados no Sul da Flórida, emitiram uma mensagem sobre o falecimento de Gabriel García Márquez.

O texto na íntegra é o seguinte:

Los 5 Brasil e Cuba“Queridos familiares, amigos de Gabriel García Márquez

Acabamos de recibir la noticia y por dura que es no queríamos aceptarla.

Siempre pensamos que le daríamos aquel abrazo prometido, el saludo de hermanos o al menos el honor de poder oírlo hablar de sus obras maestras cerca de nosotros.

Sin embargo nos alienta saber que él está entre todos, con su realismo mágico construyendo países de ensueños y capitales libres. Cuando leamos algunas de sus líneas, viviremos el privilegio de tenerlo siempre cerca y asequible.

Por aquellas cosas de esta vida mágica, el Gabo tuvo que ver con nosotros Cinco en el esfuerzo por evitar la muerte de seres humanos inocentes y luchar contra el terrorismo. Él siempre estuvo muy cerca de nuestro querido Comandante, de todo nuestro pueblo, al que amaba de manera especial.

Por eso, querido hermano, dejaste tu huella en nuestras vidas, y sabemos que no solo 100 años sino toda una eternidad de compañía concurrida te asistirán donde quiera que te encuentres.
A toda su familia, amigos de todo el mundo, hacemos llegar nuestro pésame y nuestro apoyo en este momento difícil, a nombre de los Cinco, de todos nuestros familiares y el pueblo cubano.
¡Gracias Gabo por la “vida”!

¡Cinco abrazos eternos!

Antonio, René. Fernando. Gerardo y Ramón.”

Do grupo de cinco,  René González cumpriu pena até outubro de 2011. Desde abril mora em Havana, após renunciar à cidadania norteamericana.

Recentemente,  Fernando González foi posto em liberdade, após cumprir a pena imposta pelos EUA. Antonio, Gerardo e Ramón continuam detidos há 15 anos em prisões dos Estados Unidos. (com informações de Cubadebate/Telesur).

E se vai o grande Gabo…

GABRIEL GARCIA MARQUEZ MORRE AOS 87 ANOS

gabo 3

O escritor colombiano Gabriel García Márquez morreu na tarde desta quinta-feira 17, aos 87 anos, no México. O Nobel de Literatura havia sido internado no fim de março em função de uma pneumonia. Apesar de ter recebido alta hospitalar na última terça-feira 8, médicos disseram que sua saúde era muito frágil, segundo informações do jornal espanhol El País.

Desde que saiu do hospital, o autor de Cem Anos de Solidão estava em sua casa, na Cidade do México. Mas, de acordo com o diário mexicano El Universal, Gabo, como é conhecido, estava com um câncer que atingiu pulmão, gânglios e fígado. Em 1999, o escritor já havia conseguido superar um câncer linfático.

Ganhador do Prêmio Nobel em 1982, García Márquez é um dos escritores mais populares de língua espanhola desde Miguel de Cervantes, que viveu no século 17. O livro Cem Anos de Solidão, por exemplo, vendeu em torno de 50 milhões de cópias e foi traduzido para mais de 25 línguas.

Além disso, Gabo era autor de O Amor nos Tempos do Cólera, Crônica de uma Morte Anunciada, O Outono do Patriarca, O General em seu Labirinto, Do Amor e Outros Demônios, Memória de Minhas Putas Tristes. (Carta Capital)

GABO, O GÊNIO, VIVE PARA NÃO CONTAR

Durante um encontro com participantes do programa cultural Ruta Quetzal BBVA, no Museu da Inquisição, na cidade caribenha de Cartagena, o irmão do prêmio Nobel de Literatura afirmou que, do ponto de vista físico, o escritor está bem, no entanto, já apresenta alguns conflitos de memória que se agravaram pelo câncer linfático que García Márquez enfrentou no ano de 1999.

“Em nossa família, todos sofremos de demência senil e ele já tem os estragos causados pelo câncer, que quase o matou. A quimioterapia salvou sua vida, mas também acabou com muitos neurônios, muitas defesas e células e isso acelerou o processo”, explicou Jaime.

Jaime, que dirige a Fundação Novo Jornalismo Ibero-Americano (FNPI), criada pelo irmão escritor em 1994, em Cartagena, lamentou que Gabriel não esteja em condições de escrever a segunda parte de sua biografia “Viver para Contar”, nem nenhuma outra obra. “Infelizmente acho que não será possível, mas tomara que eu esteja errado”, disse

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031