WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

prefeitura itabuna sesab bahia livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: 21/abr/2024 . 15:06

Direitos humanos e a Carta de Belém

André Curvello

A proliferação de notícias falsas e desinformativas se configura como uma pandemia da era digital, com potencial destrutivo equivalente ao de um vírus letal. É crucial que combatamos esse mal moderno com a mesma urgência e determinação que dedicamos à saúde pública.

Para o secretário geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, a própria existência da humanidade está em risco. Concordo com ele.

A questão é tema de debate em todo mundo e também aqui no Brasil. A Carta de Belém, assinada por todos os secretários e secretárias presentes (24 de um total de 27) no IV Fórum do Conselho Nacional das Secretarias Estaduais de Comunicação, realizado na capital paraense, nos dias 18 e 19 de abril, marca um passo histórico na luta contra a desinformação e na defesa da liberdade de expressão.

Afinal, como disse em entrevista recente ao UOL o alto comissário das Nações Unidas para Direitos Humanos, Volker Turk: “A desinformação causa dano. Precisamos que a mentira seja algo errado de novo”.

A Carta de Belém evidencia o compromisso das secretarias estaduais de comunicação com a defesa intransigente da liberdade de expressão e dos direitos humanos, e destaca a necessidade de que essa liberdade de expressão seja exercida com responsabilidade, sempre respeitando os direitos individuais e coletivos.

Um dos principais temas da Carta é o combate à desinformação e às fake news. Cada vez mais maduro, o Conselho se compromete a trabalhar em conjunto para desestimular a produção e disseminação de notícias falsas e desinformativas em todo o país.

O Fórum reconheceu a importância das redes sociais como ferramenta para a troca de informações e o aprimoramento da prestação de serviços públicos, além de condenar a censura e defender a liberdade de expressão nas redes sociais – que devem ser usadas com responsabilidade.

O documento destaca a importância da comunicação pública para a construção de uma sociedade mais justa e democrática.
Nessa luta contra a desinformação, o jornalismo profissional se consolida como pilar fundamental da democracia. É urgente discutir a regulamentação da carreira de jornalista, garantindo melhores condições de trabalho e valorizando o papel essencial desses profissionais na produção e disseminação de informação de qualidade.

O Fórum também tratou de temas relevantes para o futuro da comunicação, como a defesa dos direitos humanos, a nova Lei de Licitações, a atuação do Governo Federal no setor, a inteligência artificial, um regramento para as redes sociais, e a COP 30 – Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, que ocorrerá em Belém, em novembro de 2025.

O Fórum fortaleceu a premissa da importância da organização da comunicação pública e sua importância social. Quem participou o fez com democracia e respeito. E é por isso que vem avançando. O próximo será em Brasília, nos dias 4 e 5 de junho. Juntos, estamos trabalhando para que evento de Brasilia seja ainda melhor.

André Curvello, secretário de Comunicação Social da Bahia

Adélia é recebida com festa no Vilela e na Central de Abastecimento do Malhado

Na sexta a tarde, visita à comunidade das casinhas do bairro Teotônio Vilela. No sábado pela manhã, caminhada e escuta à população de toda a cidade que frequenta a Central de Abastecimento do Malhado. Em ambas agendas, o calor e o carinho da população à pré-candidata a prefeita de Ilhéus, Adélia Pinheiro.

Nos últimos dias, a pre-candidata ganhou ainda mais força nas ruas e recebeu avaliação positiva do ex-governador e atual ministro da Casa Civil do governo Lula, Rui Costa, que destacou a performance de Adélia na sede e no interior do município.

Para Adélia, o importante neste momento de pré-campanha é estar ao lado da população, debatendo seus problemas, ouvindo as suas demandas. Adélia anunciou que esse modelo presencial de escuta será ainda mais intensificado nas próximas semanas.

Entidades do comércio de Ilhéus iniciam campanha solidária para reconstruir a Floricultura Del Flores

Muitos ilheenses acordaram tristes na quinta-feira, dia 18, com a notícia da perda total do quiosque onde funcionava a Floricultura Del Flores, da comerciante Maria do Nascimento, localizada na rua Dom Pedro II, centro de Ilhéus. O incidente teria ocorrido nas primeiras horas da quinta-feira e o quiosque foi totalmente destruído pelas chamas, após ação de vandalismo, cujas circunstâncias já estão sendo investigadas pelos órgãos competentes. Esta era a única renda de Maria, que está no ramo há mais de 40 anos.

Como forma de agilizar rapidamente a reconstrução do quiosque, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ilhéus, da Associação Comercial de Ilhéus (ACI) e o Sindicato do Comércio Patronal (Sicomércio) iniciaram uma campanha solidária para arrecadar fundos e materiais visando construir um novo espaço. Na manhã da quinta-feira, os representantes das entidades entraram em contato com parceiros para atuar no desenvolvimento do projeto e com doações. “É importante neste momento acolhermos Maria e pedir apoio para buscar a melhor alternativa para construir um novo quiosque e restabelecer sua principal fonte de renda”, afirmou o presidente da entidade, Anselmo Clement. Na próxima segunda-feira, uma comitiva de empresários vai visitar o local acompanhada da comerciante Maria e de um arquiteto, que ficará responsável pelo projeto do novo quiosque.

Em 2023, graças a uma ação liderada pelas entidades do comércio local junto a empresários e à Prefeitura Municipal, o centro da cidade passou a contar com o primeiro pelotão 24h da 68ª Companhia Independe da Polícia Militar (CIPM), localizado na praça José Marcelino, Av. Dois de Ilhéus. As entidades ficaram responsáveis por arrecadar o valor necessário para a reforma do espaço, que foi entregue à população no início deste ano, juntamente com a revitalização total da praça, obra feita pela Prefeitura de Ilhéus.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia