hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘bandeira vermelha’

3D87D2A5-E5ED-493F-92A9-0D0F211C6EA0

Aneel mantém bandeira vermelha na conta de luz em julho

bandeira vermelhaA exemplo do que ocorreu em junho, as contas de luz terão bandeira vermelha no patamar 2 também no mês de julho – o que acarretará em uma cobrança extra de R$ 5,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

A manutenção da tarifa extra foi decidida na semana passada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), tendo por base a “manutenção das condições hidrológicas desfavoráveis e a tendência de redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional”.

Nos quatro primeiros meses do ano, vigorou a bandeira verde, o que não implicava em cobrança extra na conta de luz. Em maio, vigorou a bandeira tarifária amarela, em que há adicional de R$ 1 na conta de energia do consumidor a cada 100 kWh consumidos. O sistema de bandeiras tarifárias foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica.

A adoção de cada bandeira, nas cores verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. No patamar 1, o adicional nas contas de luz é de R$ 3,00 a cada 100 kWh; já no 2, o valor extra sobe para R$ 5,00. Da Agência Brasil.

Aneel mantém bandeira vermelha em dezembro

vermelhaA Agência Nacional de Elergia Elétrica (Aneel) divulgou hoje (27) que a bandeira tarifária para o mês de dezembro será vermelha, mas no patamar 1, com custo um pouco menor, de R$ 3 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.

Desde outubro, vigorava o patamar 2 na cobrança nas contas de luz, tarifa mais cara prevista na distribuição das bandeiras e que implica a cobrança de taxa extra nas contas de luz de R$ 5 a cada 100 kWh consumidos, após reajuste anunciado em novembro. Em setembro, vigorou na cobrança das contas de luz a bandeira amarela, que aplicou uma taxa extra de R$ 2 para cada 100 kWh.

De acordo com a agência, houve uma ligeira melhora na situação dos reservatórios das usinas hidrelétricas. A Aneel disse ainda que, embora não haja risco de desabastecimento, é preciso reforçar as medidas para evitar o desperdício de energia.

O Brasil mergulha nas trevas

Bandeira Vermelha: energia elétrica tem reajuste de 42,8%

bandeira vermelhaA Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou um aumento de 42,8% para o patamar 2 da bandeira vermelha. Com o reajuste, a taxa extra passará de R$ 3,50 para R$ 5,00 a cada 100 kWh consumidos.

O novo valor pode passará a valer já a partir de novembro. Entretanto, ainda se trata de uma proposta que passará por audiência pública e pode ser alterada em uma votação posterior à audiência, segundo o diretor da Aneel Tiago Correia.

“A aplicação imediata do novo valor vai evitar um déficit ainda maior na conta que arrecada os recursos das bandeiras tarifárias, que já registra prejuízo”.

Esses recursos são usados para cobrir o aumento no custo da geração de energia, que ocorre quando a falta de chuvas faz cair muito o nível de armazenamento de água das hidrelétricas e é necessário acionar mais termelétricas – que geram energia mais cara.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031