WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


:: ‘rede estadual de ensino’

Crédito do Bolsa Presença já está disponível para famílias dos estudantes beneficiados

O depósito do Bolsa Presença referente ao mês de junho do atual ano letivo foi efetuado nesta segunda-feira (15), pelo Governo do Estado. Esta parcela representa uma soma de R$ 53.34.950 de investimento. Da primeira parcela, paga em março, até o momento foram repassados para o programa R$ 264.473.150 do orçamento estadual. Atualmente, o auxílio garante a segurança alimentar para quase 345 mil famílias em condições de vulnerabilidade econômica e a permanência de quase 389 mil estudantes das escolas da rede estadual.

Para receber o benefício, é necessário manter atualizado o cadastro da família no CadÚnico e os estudantes precisam participar das avaliações de aprendizagem realizadas pela unidade escolar que visam orientar o acompanhamento pedagógico. Cada família de estudante habilitado para o programa recebe R$ 150 por mês, durante o ano letivo, acrescidos de R$ 50 por aluno, a partir do segundo aluno matriculado.

Além de combater a evasão escolar e reforçar a segurança alimentar, o Bolsa Presença contribui para impulsionar a economia local. Isso porque o valor disponibilizado aos beneficiados movimenta a economia no Estado, já que o cartão pode ser utilizado em estabelecimentos comerciais baianos. Com o auxílio, os estudantes podem comprar alimentos, materiais de limpeza e remédios ou utilizar em outras necessidades da família ou do aluno. Para conferir a lista de estabelecimentos credenciados junto à operadora do cartão basta acessar a Central de Autoatendimento (https://cartao.algorix.com/Lecard/Atend/LoginGift.aspx).

:: LEIA MAIS »

Professoras da rede estadual de ensino são selecionadas para intercâmbio nos EUA

As professoras de Língua Inglesa, Zilma Oliveira, do Colégio Estadual de Tempo Integral de Igaporã, no Sudoeste da Bahia, e Vani Dantas, do Colégio Estadual Professor Edilson Souto Freire, em Dias D´Ávila, Região Metropolitana de Salvador (RMS), estão entre os 270 professores brasileiros da Educação Básica das redes públicas de ensino selecionados para participarem de um curso intensivo de seis semanas do Programa de Desenvolvimento Profissional para Professores de Língua Inglesa (PDPI), nos Estados Unidos (EUA). A iniciativa é da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação (MEC), em parceria com a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e a Comissão Fullbright – vinculada aos governos do Brasil e dos EUA.

O curso, que tem carga horária de 180 horas, acontece na Universidade de Ohio, na cidade de Atenas, onde Zilma Oliveira e Vani Dantas ficarão até o dia 9 de agosto, aperfeiçoando suas experiências na disciplina da Língua Inglesa, por meio do fortalecimento do domínio das quatro habilidades linguísticas: compreender, falar, ler e escrever. As professoras realizarão uma imersão no cotidiano de uma cidade americana, ampliando sua capacidade de contextualização histórica e cultural no ensino do idioma, além de compartilhar metodologias de ensino, aprendizagem e avaliação que estimulem o aperfeiçoamento do processo ensino e aprendizagem.

“Acredito que o intercâmbio vai fortalecer o ensino de inglês com qualidade no Brasil, por meio de atividades acadêmicas e culturais, intercaladas entre aulas de campo e em sala de aula, na universidade. Estamos aprendendo novas tecnologias e metodologias do ensino em Inglês, bem como aprimorando habilidades de escuta e fala, além de novas técnicas para, posteriormente, aplicarmos com os nossos estudantes. Esse intercâmbio é um marco na minha formação como educadora, pois está me permitindo vivenciar, expandir, refletir e crescer com toda essas experiências”, conta Zilma Oliveira, responsável por 18 turmas do Ensino Médio de Igaporã.

:: LEIA MAIS »

Estudantes baianos estão na fase final da Olimpíada de Matemática da Unicamp

Estudantes do Colégio Estadual Manoel Macedo Cirilo, localizado no município de São Desidério, e do Colégio da Polícia Militar de Dendezeiros, em Salvador, estão na fase final da 40ª edição da Olimpíada de Matemática da Unicamp (OMU), um projeto realizado pelo Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (Imecc) da Universidade. O resultado e a convocação dos estudantes foram realizados na segunda-feira (8).

Neste ano, a Olimpíada de Matemática registrou 2,8 mil equipes inscritas, sendo 225 equipes de 22 estados participaram da etapa final. A equipe do Colégio Estadual Manoel Macedo Cirilo (antigo Presidente Médici), de São Desidério, é formada pelos estudantes Daniel Neves Teixeira; Sarah Santielly Alves da Silva; Tadna Joanna Morais da Silva; e pelo professor Leonny George. Já a equipe do Colégio da Polícia Militar de Dendezeiros, em Salvador, é formada pelos estudantes Enzo Gabriel Rios da Silva, João Gabriel Santana de  Oliveira Nunes Santos, João Miguel Ribeiro Neri Alcântara dos Santos e pelo professor Marcos Vinícius Carvalho Galderice. A fase presencial será realizada na Unicamp, em Campinas-SP, no dia 31 de agosto. No dia seguinte à prova, em 1º de setembro, será realizada uma cerimônia de premiação com entrega de medalhas de Ouro, Prata e Bronze, também no campus da Universidade.

:: LEIA MAIS »

Estudantes da rede estadual apresentam projetos científicos durante a 76ª SBPC, no Pará

Projetos de pesquisa de estudantes da rede estadual de ensino da Bahia têm conquistado, cada vez mais, destaque em feiras e eventos científicos nacionais. Até o próximo sábado (13), estudantes de Juazeiro, Boninal, Campo Formoso, Caravelas, Vitória da Conquista e Bom Jesus da Lapa apresentam 13 projetos científicos na 76ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que acontece em Belém, capital do Pará. As apresentações são realizadas no SBPC Jovem, evento que integra a programação da reunião. Nesta edição, o tema é “Ciência para um futuro sustentável e inclusivo: por um novo contrato social com a natureza”.

O Colégio Estadual de Tempo Integral Professora Florentina Alves dos Santos, localizado em Juazeiro, está com três projetos em exposição. São eles: “Proposta de letramento racial por meio do Encrespa e dos componentes Iper e SD”, que tem como foco a educação antirracista e a busca pelo processo de identificação social; “Hand Speak Connect”, que estuda os impactos do uso de um equipamento para comunicação em tempo real com estudantes surdos ou mudos”; e o “Eccodefas – jardinagem sustentável, cultive com responsabilidade”, que visa a criação de uma área verde na escola com horta e plantas nativas da Caatinga.

:: LEIA MAIS »

Governo da Bahia reforça ações para incentivar estudantes a se inscreverem no Enem

Com a prorrogação das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a Secretaria da Educação do Estado (SEC) reforça, até sexta-feira (14), as ações do plano de ação “Tô com você no Enem”. Técnicos dos 27 Núcleos Territoriais da Educação (NTEs) estão percorrendo as escolas estaduais em todas as localidades da Bahia, incluído as unidades situadas em áreas remotas ou no campo, para auxiliar no processo e reforçar o fato de que estudantes de escola pública não pagam taxa de inscrição e têm direito a concorrer as vagas ofertadas por universidades e institutos federais por meio da Lei de Cotas.

Nos NTEs da Bacia do Rio Corrente (NTE 23) e do Sertão Produtivo (NTE 13), por exemplo, as equipes técnicas e os gestores escolares seguem engajados nas inscrições do Enem, se deslocando em estradas de chão e asfalto até chegarem às escolas e aos seus anexos. Os estudantes têm acesso à estrutura e aos computadores disponíveis em suas unidades escolares para a realização de suas inscrições e, também, contam com a ajuda dos funcionários em caso de tirar dúvidas.

:: LEIA MAIS »

Estudantes de Buerarema recebem Odontomóvel

Chegou a vez dos estudantes e professores dos colégios estaduais de Euclides da Cunha, Esplanada, Dom Basílio, Buerarema, Gentio do Ouro, Ichu, Barrocas, Presidente Dutra e Livramento de Nossa Senhora serem beneficiados com o Odontomóvel. Os serviços tiveram início nessas cidades na segunda-feira (3) e prosseguem até 12 de junho, contemplando unidades escolares dos Núcleos Territoriais de Educação 1, 4, 5, 13, 17 e 18.

A ação itinerante já passou por 81 municípios e atendeu 33.395 mil estudantes até o momento. Realizada por meio do Programa Saúde Mais Perto nas Escolas e em parceria entre as secretarias da Educação (SEC) e da Saúde (Sesab), a iniciativa do Governo do Estado presta serviços gratuitos de avaliação bucal, limpeza, restauração, cirurgia da cavidade bucal, tratamento de canal, aplicação de flúor e exame radiológico.

:: LEIA MAIS »

Mais de 225 mil pessoas são beneficiadas com o Programa Dignidade Menstrual nas escolas estaduais

 

O Programa Dignidade Menstrual, do Governo da Bahia, atenderá, ao longo deste ano, mais de 225 mil pessoas que menstruam e estão regularmente matriculadas na rede estadual de ensino. A iniciativa oferta, mensalmente, um pacote com dez unidades de absorventes descartáveis para estudantes que se encontram em situação de pobreza ou extrema pobreza, na faixa etária de 11 a 45 anos. Além disso, promove ações pedagógicas no sentido de orientar sobre a prevenção de doenças e o combate aos estigmas que envolvem esta condição que ocorre com metade da população do planeta.

Esta é uma política pública que está sustentada não apenas na distribuição, mas principalmente no tripé conhecimento, cuidado e empatia, conforme explica a secretária da Educação do Estado, Rowenna Brito. “A escola é o lugar do cuidado, do acolhimento e da aprendizagem. O Governo da Bahia tem esse olhar atento e entende que garantir o acesso à educação vai muito além de uma boa infraestrutura escolar e de professores qualificados em sala de aula. O nosso investimento passa, também, por garantir condições dignas para que essas pessoas em situação de vulnerabilidade frequentem a escola todos os dias”.

:: LEIA MAIS »

Professor de Matemática da rede estadual de ensino da Bahia se destaca entre os dez melhores do país

Reconhecido entre os dez melhores professores de Matemática do país, José Fábio de Araújo Lima foi condecorado com a medalha de ouro na primeira edição da Olimpíada de Professores de Matemática do Ensino Médio (OPMbr). A entrega da honraria aconteceu na manhã desta terça-feira (21), em Brasília, durante o Seminário de Práticas Exitosas no Ensino de Matemática. Além da homenagem, o encontro reúne, durante todo o dia, profissionais da Educação brasileira com o objetivo de promover o diálogo sobre as habilidades docentes para o ensino de Matemática na Educação Básica.

Natural da cidade de Tanquinho, o mestre em Matemática pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e professor do Centro Integrado de Educação Assis Chateaubriand, localizado em Feira de Santana, se dedicou à disciplina desde muito cedo. Sua decisão em se tornar educador veio ainda da época de estudante, quando precisou explicar para seus colegas da classe de Biologia como funcionavam alguns cálculos de probabilidades genéticas. “Foi naquele dia que eu entendi que, se a gente conseguir organizar uma aula melhor e incentivar mais os estudantes, eles vão conseguir aprender. Para mim, é isso que faz a maior diferença em uma sala de aula”. Ao receber a premiação, o professor comentou sobre o sentimento e convidou os colegas a se engajarem em iniciativas como esta. “É uma emoção indescritível. As próximas edições vêm aí e você, que é da rede estadual, já pode começar a se preparar, porque haverá novas edições e, com certeza, o ganho que nós estamos tendo aqui, em todos os aspectos, não dá pra descrever. É espetacular”.

:: LEIA MAIS »

Professores da rede estadual podem se inscrever para o Prêmio Educador Nota 10

A 26ª edição do Prêmio Educador Nota 10, considerado o maior e a mais importante honraria da Educação Básica no Brasil, já está com as inscrições abertas. Realizada pelo Instituto Somos, em parceria com o Instituto Bandeirantes e o Grupo Bandeirantes de Comunicação, a iniciativa visa reconhecer o protagonismo de educadores brasileiros e divulgar projetos transformadores e de impacto que contribuem para a transformação da educação no Brasil. As inscrições são gratuitas e seguem abertas até o dia 15 de junho, através do endereço eletrônico https://premioeducadornota10.org.

Podem participar professores da Educação Infantil ao Ensino Médio, incluindo os que atuam na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), além de orientadores, coordenadores e diretores escolares ou pedagógicos de escolas públicas e privadas de todo o país. Para mais informações sobre a premiação, acesse o site do prêmio, citado acima.

A premiação, que está alinhada ao pacto global, está voltada à identificação e valorização de práticas pedagógicas que contribuem para o alcance dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas (ONU). O Prêmio Educador Nota 10 foi criado em 1998, pela Fundação Victor Civita e já premiou, ao longo das suas edições, 270 educadores, entre professores e gestores escolares, que receberam, aproximadamente, R$ 3,3 milhões em prêmios no total.

:: LEIA MAIS »

Entrega de 209 novos óculos inteligentes amplia autonomia de estudantes da rede estadual com deficiência visual

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação do Estado (SEC), realizou a entrega simultânea de 209 óculos OrCamMyEye 2.0 para estudantes com deficiência visual dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTEs) , nesta segunda-feira (29). Em Salvador, a entrega de 22 equipamentos aconteceu no Colégio Estadual Édson Carneiro, no bairro do São Caetano, na presença de estudantes e gestores de diversas unidades. Com o investimento superior a R$ 3,6 milhões, a ação busca garantir a efetiva inclusão educacional, por meio de orientações pedagógicas e operacionais, aquisição e ou adaptação de material pedagógico especializado para atender a demanda dos estudantes cegos e de baixa visão.

 

Para a diretora do NTE 26, que abrange a capital e Região Metropolitana, Salete Viana, a entrega é significativa para o atendimento e inclusão dos estudantes com deficiência visual. “Dentro do cotidiano deles é uma possibilidade de fazer as leituras. Esses óculos vêm para dar essa autonomia, não só na rotina na unidade escolar, mas também na rotina diária deles”, destacou a gestora.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia