WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

prefeitura itabuna sesab bahia livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


:: ‘Doutor Honoris Causa’

Uesc aprova concessão de título de Doutor Honoris Causa para Caetano Veloso, Chico Buarque e Gilberto Gil

O Conselho Universitário da Universidade Estadual de Santa Cruz (Consu/Uesc) aprovou, em sua 79ª reunião ordinária, a primeira do ano de 2024, realizada na tarde de quinta-feira, 8 de fevereiro, a concessão dos títulos de Doutor Honoris Causa para Caetano Emanuel Viana Teles Veloso, Francisco Buarque de Holanda e Gilberto Passos Gil Moreira.

O reitor da Uesc, Professor Doutor Alessandro Fernandes lembra que no próximo mês de abril, a Universidade comemora 50 anos de implantação do seu campus. Nesta ocasião, faremos a cerimônia de concessão dos títulos honoríficos de Doutor Honoris Causa ao baterista Sabará, ao musico Kokó e ao memorialista José Nazal.

Alessandro Fernandes explica que em 2023 a nossa Universidade, por meio do Consu, fez a opção de entregar o título a três personalidades regionais. Este ano nós estamos indicando três personalidades em nível nacional e internacional, mas com relações muito fortes com a nossa cultura.

“Entre as justificativas para concessão dos títulos está a importância dos laureados para sociedade brasileira, não apenas como dos cantores, compositores e escritores, mas também como defensores das diversas causas humanitárias”, justifica o reitor.

:: LEIA MAIS »

Mano Brown é Doutor Honoris Causa pela UFSB

Em solenidade da sessão especial do Conselho Universitário, realizada no Teatro Municipal Candinha Dórea, em Itabuna, o rapper e figura seminal do hip hop brasileiro, Pedro Paulo Soares Pereira, o Mano Brown, recebeu o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) nesta quarta-feira (1º). Uma das vozes mais importantes das periferias foi assim homenageada pela academia em face de sua contribuição artística e social ao falar da vivência da juventude negra com a força, a poesia e a astúcia das ruas à frente do grupo Racionais MC’s, desde 1988. O título honorífico significa, para a UFSB, uma parte relevante da celebração dos dez anos da lei de criação da universidade, em um movimento duplo de rever o caminho percorrido e propor novos pontos do trajeto.

A solenidade teve diversos sentidos. Em geral, eventos do tipo são regidos pela ritualidade ordenada e a seriedade do propósito se mostra pela aderência às normas protocolares e contenção das emoções na medida do possível. O carisma de Brown, o entusiasmo do público com a presença do homenageado, os significados da honraria para todos os presentes e a própria essência do rap se encarregaram de temperar a cerimônia com a alegria espontânea, a disposição para se insurgir e denunciar as injustiças, a rapidez precisa na rima, os risos nos rostos, palmas à mancheia. Em diversos momentos o público rompeu a expectativa de silêncio, a exemplo para festejar as falas e especialmente a chegada de Mano Brown ao teatro, a formação da mesa de honra e mesmo o pedido de uma “palhinha” feito da plateia ao homenageado da noite, posteriormente atendido com muita energia.

O Consuni aprovou a proposta da honraria a Mano Brown em 16 de agosto de 2023. A iniciativa foi feita pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura (PROEX) e a titulação, proposição da Reitoria. O objetivo foi homenagear a liderança artística de Brown no cenário nacional do hip hop, além de celebrar a importância do gênero musical como forma de expressão da população negra periférica. A aprovação também integra as comemorações dos dez anos de criação da UFSB no Sul da Bahia, em uma programação estendida ao longo de 2023 com diversas atividades que conectam o histórico da construção institucional e perspectivas de futuras contribuições da universidade ao território. A concessão de títulos honoríficos é uma prática comum em universidades e é voltada a reconhecer as contribuições acadêmicas, humanísticas e sociais para a sociedade, para a pesquisa e em prol do desenvolvimento do país em suas mais diversas áreas, homenageando docentes, pesquisadores, técnicos, discentes, personalidades nacionais e estrangeiras e entidades nacionais.

:: LEIA MAIS »

Universidade Federal do Sul da Bahia entrega título de Doutor Honoris Causa a Mano Brown

Em continuação às comemorações de 10 anos da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), o Conselho Universitário aprovou proposta de concessão de título de Doutor Honoris Causa a Pedro Paulo Soares Pereira, conhecido como Mano Brown, membro do grupo Racionais MC’s. O compositor e rapper Mano Brown receberá a homenagem no  dia 1º de novembro de 2023, no Teatro Candinha Dórea, em Itabuna, às 17 horas.

 

 

A concessão de títulos honoríficos é voltada a reconhecer as contribuições acadêmicas, humanísticas e sociais para a sociedade, para a pesquisa e em prol do desenvolvimento do país em suas mais diversas áreas, homenageando docentes, pesquisadores, técnicos, discentes, personalidades nacionais e estrangeiras e entidades nacionais.

A proposta de título a Mano Brown foi iniciativa da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proex) da UFSB e a titulação, proposição da Reitoria, ressaltando a importância do artista que transcende o Hip Hop e a música rap, sendo aclamado por sua autenticidade e por representar a voz dos moradores da periferia.

A reitora Joana Angélica Guimarães comemora a aprovação ao falar que “A titulação aprovada, por unanimidade, pelo Conselhos Universitário da UFSB reflete a importância dada pela nossa comunidade ao trabalho desenvolvido pelo Mano Brown, na arte, na cultura e especialmente na interlocução com jovens negros e negras de periferia que veem na música de Mano Brown uma forma de expressão que lhes dá voz, quando a sociedade lhes nega”.

Richard Santos, pró-reitor da Proex, afirma  que “uma titulação como essa não é algo único e individual. Não é para quem recebe, no caso o Pedro Paulo, Mano Brown, não é para quem reconhece a importância dele como artista e liderança. É algo que aponta para a importância do que o Hip Hop nos tem deixado de legado ao longo dos anos, a identidade das periferias e a possibilidade do sonho diante de tanta miséria e sufocamento”.

 

UFSB aprova concessão de título de Doutor Honoris Causa a Pedro Paulo Soares Pereira, “Mano Brown”

 

Racionais MC’s / Divulgação

Em continuação às comemorações de 10 anos da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), o Conselho Universitário aprovou proposta de concessão de título de Doutor Honoris Causa a Pedro Paulo Soares Pereira, conhecido como Mano Brown, membro do grupo Racionais MC’s, em reunião ordinária realizada nessa quarta-feira, dia 16 de agosto de 2023.

 

A concessão de títulos honoríficos é uma prática comum em universidades e é voltada a reconhecer as contribuições acadêmicas, humanísticas e sociais para a sociedade, para a pesquisa e em prol do desenvolvimento do país em suas mais diversas áreas, homenageando docentes, pesquisadores, técnicos, discentes, personalidades nacionais e estrangeiras e entidades nacionais. A proposta de título a Mano Brown foi iniciativa da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proex) da UFSB e a titulação, proposição da Reitoria, ressaltando a importância do artista que transcende o Hip Hop e a música rap, sendo aclamado por sua autenticidade e por representar a voz dos moradores da periferia.

:: LEIA MAIS »

Uesc aprova títulos de Doutor Honoris Causa à Sabará, Kokó e José Nazal

 

O Conselho Universitário da Universidade Estadual de Santa Cruz (Connsu/Uesc) aprovou, em sua 76ª reunião ordinária, os títulos de Doutor Honoris Causa para baterista Adalmiro Leôncio da Silva (Sabará), para o músico e cantor Clóvis de Figueiredo Leite (Kokó) e para o fotógrafo e memorialista José Nazal Pacheco Soub. Os conselheiros aprovaram, também, os títulos de Professor Emérito para o ex-diretor da Fespi, Aurélio Farias de Macêdo e para a reitora Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro (2012-2019).

O título de Doutor Honoris Causa é a máxima distinção concedida pela Universidade a personalidades que se destacam pela atuação em defesa das artes, da ciência, das letras e do melhor entendimento entre os povos. Na Uesc as solicitações de concessão de título são encaminhadas ao Consu mediante proposta formalizada pela Reitoria ou por qualquer outro órgão colegiado da Instituição. Já o título de Professor Emérito será concedido a seus docentes aposentados que tenham alcançado posição eminente em atividades universitárias.

:: LEIA MAIS »

Jornalista itabunense, Andréa Silva, recebe título doutor honoris causa na Bahia

A jornalista e repórter da andrea silva, Andréa Silva, recebeu o título “doutor honoris causa” pela Faculdade Formação Brasileira e Internacional de Capelania e a Ordem dos Capelães do Brasil (OCB). A cerimônia aconteceu na tarde de sábado (7), na cidade de São Francisco do Conde, Recôncavo Baiano.

 

 
A concessão do título foi aprovada pelo senado acadêmico das instituições. Além da jornalista, o título foi concedido a outras 49 pessoas. “Quanta honra cabe nessa história, como tem sido vitoriosa as minhas andanças. Estou tão encantada e feliz que prefiro ir contando aos poucos o que vivi mais uma vez no meu amado recôncavo baiano. Um sábado para eternizar”, disse Andréa.

 

 
O título “doutor honoris causa” é o mais importante concedido, e pode ser atribuído a uma personalidade que tenha destaque por contribuição com a sociedade.

Mestre Virgílio é Doutor Honoris Causa da Uesc

mestre v (2)

José Virgílio dos Santos – o Mestre Virgílio – um dos mais importantes divulgadores do conhecimento e da prática da Capoeira Angola na Bahia e no Brasil é Doutor Honoris Causa. A sua trajetória o qualificou a receber, nesta segunda-feira (24), o título pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), durante reunião extraordinária do Conselho Superior (Consu), no Auditório do Centro de Arte e Cultura da Instituição.

mestre v (3)Para o reitor da Uesc e presidente do Consu, professor Dr. Alessandro Fernandes de Santana “o título de Doutor Honoris Causa ao Mestre Virgílio, mestre de Capoeira, é importantíssimo para nossa Universidade. No momento em que o país passa por um período de intolerância, a Uesc através do seu Conselho Superior dá uma demonstração inequívoca de reconhecimento a arte da Capoeira, de reconhecimento a uma pessoa que passou a sua vida lutando pelo melhor entendimento entre os povos. Esse título outorgado ao mestre Virgílio na realidade, é um título que está sendo outorgado a Capoeira baiana, a Capoeira brasileira e a Capoeira Angola. A Universidade sente-se extremamente honrada em conceder esse título, por unanimidade, tanto para arte da Capoeira como para cultura da região Sul da Bahia quiçá da Bahia e do Brasil.”

mestre v (1)

A autora da proposta, a professora Dra. Camila Righetto Cassano, do Departamento de Ciências Biológicas (DCB/Uesc) lembrou em seu pronunciamento que “a trajetória de vida e resistência, suas produções artísticas, o apoio e incentivo a grupos de capoeira e a manutenção da tradição da Capoeira Angola em sua linhagem demonstram o saber e o fazer de Mestre Virgílio em prol da cultura afro-brasileira, tendo a cidade de Ilhéus como ponto de origem. Tais atributos conferem a Mestre Virgílio as qualidades que justificam a concessão do título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Estadual de Santa Cruz, o qual se destina à “personalidade que se tenha distinguido pelo saber ou atuação em prol das Artes, das Ciências, da Filosofia, das Letras ou de melhor entendimento entre os povos”.

:: LEIA MAIS »

Uesc entrega ao Mestre Virgílio o título de Doutor Honoris Causa

Mestre Virgilio (1)

O Conselho Universitário da Universidade Estadual de Santa Cruz (Consu/Uesc) reúne-se, extraordinariamente, às 14 horas desta segunda-feira (23), para entregar o título de Doutor Honoris Causa a José Virgílio dos Santos, “Mestre Virgílio”. A solenidade terá lugar no Auditório do Centro de Arte e Cultura da Uesc. Será a primeira reunião presencial desde o início da pandemia ocasionada pelo Covid-19. Por essa razão, apenas cem pessoas poderão participar presencialmente da solenidade.

Mestre Virgilio (2)O título de Doutor Honoris Causa foi concedido por unanimidade, na 53ª reunião (on-line) do Consu, realizada no dia 4 de agosto de 2020, proposto pela professora Camila Righetto Cassano, do Departamento de Ciências Biológicas (DCB/Uesc), e recebeu o parecer do professor Sanqueilo de Lima Santos, do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas (DFCH/Uesc).

“Virgílio figura entre os mestres de Capoeira Angola mais antigos permanecendo em atividade e é único por sua história desvinculada da região de Salvador e Recôncavo. A trajetória de vida e resistência, suas produções artísticas, o apoio e incentivo a grupos de capoeira e a manutenção da tradição da Capoeira Angola em sua linhagem demonstram o saber e o fazer de Mestre Virgílio em prol da cultura afro-brasileira, tendo a cidade de Ilhéus como ponto de origem. Tais atributos conferem ao Mestre Virgílio, as qualidades que justificam a concessão do título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Estadual de Santa Cruz. Esse título se destina à personalidade que se tenha distinguido pelo saber ou atuação em prol das Artes, das Ciências, da Filosofia, das Letras ou de melhor entendimento entre os povos,” destaca o parecerista.

:: LEIA MAIS »

UNEB concede título Doutor Honoris Causa ao Cacique Babau Tupinambá

babau

 

A UNEB vai realizar a cerimônia de outorga de concessão do título de Doutor Honoris Causa a Rosivaldo Ferreira da Silva, o cacique Babau, nesta quarta-feira (30), às 19h, com transmissão online, no Canal da TV UNEB, no YouTube.

 

Babau é líder na Terra Indígena Tupinambá, situada nos municípios de Ilhéus, Una e Buerarema, região sul da Bahia, na qual vivem mais de 4,6 mil indígenas.

 

A região vive em conflito fundiário. Por conta dos confrontos, o cacique já foi preso diversas vezes e teve sua vida supostamente ameaçada por defender os direitos dos povos indígenas na localidade. A perseguição ao cacique ganhou atenção das entidades de Direitos Humanos mundiais e cobranças ao governo brasileiro para medidas de proteção ao líder indígena.

:: LEIA MAIS »

UNEB concede título Doutor Honoris Causa ao Cacique Babau Tupinambá

babau caciqueA UNEB vai realizar a cerimônia de outorga de concessão do título de Doutor Honoris Causa a Rosivaldo Ferreira da Silva, o Cacique Babau, no dia 30 de junho, às 19h, com transmissão online, no canal da TV UNEB, no YouTube.

A honraria foi aprovada, em 2019, pelos membros do Conselho Universitário (Consu) da universidade e proposta pelo então representante discente do órgão, Vitor Amaral.

“Cacique Babau é uma personalidade conhecida internacionalmente como referência de luta pelos povos indígenas do Brasil. O título concedido a ele é uma forma de homenagem ao povo tupinambá, aos povos indígenas e aos nossos antepassados. Iniciativas como esta fortalecem o papel da universidade de ser democrática e promover igualdade de condições e direitos entre os diferentes povos”, destacou Vitor Amaral, estudante de Pedagogia do campus de Teixeira de Freitas da instituição.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia