WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

prefeitura itabuna sesab bahia livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


:: ‘audiovisual’

Funceb lança 2ª chamada do cadastro online para profissionais e empresas do Audiovisual da Bahia

cameraApós receber mais de *600 inscrições* na 1ª Chamada, a Fundação Cultural do Estado (Funceb/SecultBa), por meio de sua Diretoria do Audiovisual (Dimas), lança nesta segunda (07/6) a 2ª chamada para compor a *Plataforma de Profissionais e Empresas do Audiovisual na Bahia*. Inscrições serão aceitas até o dia *5 de julho*.

A ferramenta visa unir informações sobre profissionais, empresas produtoras, fornecedores e prestadores de serviços neste setor em todo estado – dentre pessoas físicas e jurídicas. O intuito é que as mesmas estejam disponíveis para pesquisas e contratações para atuação em produções locais, nacionais e internacionais que filmem na Bahia, impactando na circulação de recursos financeiros e na geração de emprego e renda no estado.

Nesta segunda chamada, profissionais e empresas interessadas neste cadastro poderão fazê-lo gratuitamente de forma online no site da Dimas. A Plataforma estará sob a coordenação da *Bahia Film Commission*, iniciativa da Diretoria que objetiva, dentre outras ações, atrair produções audiovisuais para a Bahia, disponibilizando e conectando profissionais e empresas aptas a desenvolver e absorver prestações de serviços.

:: LEIA MAIS »

Estudantes de Jussari e Itajuípe desenvolvem audiovisuais sobre a história e a cultura

- Aúdio Visual Juçari - foto. divulgação (8)

Jussarí e Itajuípe são duas cidades da região Sul da Bahia cercadas pela Mata Atlântica, que têm um povo trabalhar e hospitaleiro. A história da sua gente, as raízes culturais e a identidade dos lugares poderão ser contadas pelos estudantes do Colégio Estadual Amélia Amado, em Jussari, e do Colégio Estadual Polivalente, de Itajuípe, que foram envolvidos no workshop em Produção Audiovisual e no Hackathon – um desafio de Produção de Vídeo, que estão sendo promovidos pela Secretaria da Educação do Estado, por meio do projeto Escolas Culturais.

 

jussari1O foco do audiovisual é a cidade, envolvendo temáticas como identidade, protagonismo, autoestima e, também, o fortalecimento dos itinerários formativos, conforme prevê a Base Nacional Comum Curricular (BNCC); a partir da abordagem de conteúdos das diversas áreas do conhecimento como História, Geografia e Sociologia. As atividades estão sendo ministradas pela coordenadora de Tecnologias e Audiovisual da SEC, Carla Almeida, e pela professora de audiovisual da rede estadual, Fau Coelho.

 

Carla Almeida explicou que, a princípio, a iniciativa deve contemplar todas as unidades escolares com o projeto Escolas Culturais. Segundo ela, além de ampliar os conhecimentos sobre o audiovisual, o workshop também visa despertar no estudante o pertencimento sobre o lugar onde eles vivem. “Durante a formação, estamos explicando todas as etapas do processo de produção de um curta, tiramos dúvidas e ensinamos como manusear os aparelhos, além de auxiliamos durante as filmagens. Importante destacar que tudo isso tem um dos objetivos trabalhar os novos itinerários formativos, conforme prevê a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC)”, reforçou.

:: LEIA MAIS »

Centros Juvenis inscrevem para oficinas em audiovisual, ciência e tecnologia

Centro Juvenil de Ciência e Cultura. Foto: Paula Fróes/GOVBA

Fotografia, robótica e até aviação são algumas das 22 oficinas gratuitas oferecidas pelos cinco Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC), unidades da Secretaria de Educação do Estado, em operação em Salvador, Senhor do Bonfim, Barreiras, Itabuna e Vitória da Conquista. As inscrições para os cursos na área de audiovisual, ciência e tecnologia estão sempre abertas.

A diretora do CJCC Salvador, Isabel Cristina das Virgens, explica que o interessado deve procurar um dos centros e apresentar “cópia de RG, comprovante de matrícula em uma escola da rede estadual e uma foto. Podem participar alunos da rede pública do 9ª ano [ensino fundamental] ao 3º ano [ensino médio]. Não existe limite de idade; temos pessoas com mais de 60 anos. Nas unidades do interior, o procedimento é o mesmo”.

 

Todas as atividades desenvolvidas nos CJCC são interdisciplinares e interseriadas. “Meu objetivo é ter a minha empresa. Eu quero trabalhar com isso para sempre”, afirma João Pedro dos Santos, 15 anos, aluno do Colégio Central e das oficinas de robótica e games.

No CJCC Salvador, o professor de Artes, Cultura e Práticas Corporais, Ives Quaglia, é responsável pela oficina ‘Papéis Criativos’, em que os alunos aprendem a utilizar “uma técnica de empapelamento com materiais como papéis, papelão e isopor, retirados do lixo. Estamos dentro de uma linha de cosplay e dos games, que tem valor agregado. São experiências múltiplas na produção artística usando essa técnica de empapelamento”.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia