WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


:: ‘Amurc’

Amurc e Sala Lilás ganham espaço para leitura, em parceria como Grupo Mulheres do Brasil de Itabuna

A Sala Lilás e a AMURC ganharam um espaço de leitura nesta terça-feira, 4, em parceria com o Grupo Mulheres do Brasil – Núcleo de Itabuna. O projeto “Leituras da Alma” foi apresentado pelas líderes do Comitê de Educação do Grupo, Sheila Shew e Aline Barreto com o objetivo de estimular a cura através da leitura.

Os livros são assinados por autoras da região e já estão disponibilizados para o empréstimo às mulheres que procuram o serviço da Sala Lilás, o primeiro suporte de ouvidoria, em funcionamento na AMURC, para o atendimento às mulheres vítimas de violência do Território Litoral Sul. O projeto visa ainda acolher a doação de livros de variados autores e autores para incentivar a rotatividade de leituras das obras literárias.

:: LEIA MAIS »

Amurc assina termo de cooperação junto a SPM para a implantação das Salas Elas à Frente no Sul da Bahia

 

O Termo de Cooperação Técnica para a  implantação das Salas Elas à Frente no Sul da Bahia foi assinado nesta segunda-feira, 13, durante uma sessão especial na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), em comemoração aos 13 anos de criação da Secretaria das Mulheres do Estado da Bahia (SPM). O evento que evidenciou esforços da Secretaria em ampliar sua rede de apoio e acolhimento às mulheres contou com a presença do Presidente da Amurc, Jadson Albano e da Secretária Executiva, Rita Souza.

Em exercício como governadora desde o último sábado (11), a desembargadora Cynthia Resende participou da sessão especial que marcou a data e assinou o termo de cooperação com a Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano (Amurc) para a implantação de mais de 40 salas ‘Elas à Frente’, projeto da pasta estadual, no interior da Bahia.

:: LEIA MAIS »

Estado amplia serviço de acolhimento às mulheres vítimas de violência com 40 novas salas Elas à Frente

A Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado (SPM) celebra nesta segunda-feira (13) seus 13 anos de atuação na capital e interior da Bahia com políticas de prevenção, cuidado e encaminhamento de mulheres vítimas de violências. Em exercício como governadora desde o último sábado (11), a desembargadora Cynthia Resende participou da sessão especial que marcou a data, na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), e assinou um termo de cooperação técnica com a Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano (Amurc) para a implantação de mais de 40 salas ‘Elas à Frente’, projeto da pasta estadual, no interior da Bahia.

“Essas salas serão uma oportunidade para que o interior acolha cada vez mais as mulheres vítimas de violência. Para que elas possam ser preservadas nos seus direitos e expandirmos a cultura de respeito às nossas mulheres”, frisou a governadora em exercício durante a sessão especial. Entre as cidades que vão ganhar a sala estão Ilhéus, Coaraci, Gandu, Itapé, Jequié, Santa Luzia e Piraí do Norte.

O projeto faz parte da política de prevenção, combate à violência e de reinserção das mulheres no mercado do trabalho desde 2023, quando foi inaugurada a primeira sala em São Domingos, região do seminário baiano. O equipamento tem não só acolhido e informado vítimas de violações, como também encaminhado alguns casos à Casa da Mulher Brasileira, em Salvador. São dois espaços ativos na capital baiana – na estação de metrô de Pirajá e na Base Comunitária do Calabar – e outra instalada em Itinga, na Região Metropolitana. Outras cinco salas estão sendo implantadas em outras bases comunitárias da capital e RMS e serão inauguradas até o final do ano.

:: LEIA MAIS »

Sala Lilás inicia atendimento às mulheres vítimas de violência

A equipe técnica da Sala Lilás, instalada na sede da Amurc, iniciou essa semana os atendimentos às mulheres vítimas de violência do Território Litoral Sul da Bahia. O equipamento é o primeiro suporte de ouvidoria do Estado para a escuta dessas mulheres, tendo em vista o grande número de casos de violência do gênero feminino na Bahia.

Segundo a Rede de Observatórios da Segurança, o boletim “Elas Vivem: dados que não se calam”, lançado em março de 2023, revelou que a Bahia registrou um aumento de 58% no número de casos de violência contra a mulher, com 316 crimes, em 2022. O estado liderou o ranking de feminicídios na região Nordeste, com 91 registros.

Diante desses dados alarmantes, a Sala Lilás foi criada com o objetivo de incentivar para que as próprias mulheres possam denunciar os agressores e serem acolhidas por uma rede de apoio do próprio município. “O depoimento será registrado no sistema da Ouvidoria Estadual, em Salvador, e a mulher será direcionada para um equipamento específico da sua localidade, a depender da demanda”, explicou a secretária executiva da Amurc, Rita Souza.

:: LEIA MAIS »

Amurc celebra 39 anos e inaugura Sala Lilás

Com a presença da secretária de Políticas Públicas para as Mulheres (SPM-Bahia), Elisângela Araújo, a deputada Estadual, Soane Galvão, prefeitos, vice-prefeitos, primeiras-damas, vereadores, secretários municipais e representantes da sociedade civil organizada, a Amurc inaugurou nesta terça-feira, 30, o primeiro suporte de ouvidoria para atendimento às mulheres vítimas de violência do Território Litoral Sul da Bahia.

“A Sala Lilás é um equipamento de fundamental importância para a região e converge com a atuação junto ao Governo do Estado no lançamento de ações para o combate à violência contra as mulheres em oito territórios de identidade da Bahia”, declarou a secretária da SPM, que já está alinhando com a Amurc um trabalho de formação com a rede de atendimento às mulheres da região ainda no mês de março deste ano.

:: LEIA MAIS »

Amurc inaugura primeiro suporte de ouvidoria para mulheres vítimas de violência

Com o objetivo de atender mulheres vítimas de violência, a Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia – AMURC inaugura a Sala LILÁS, o primeiro suporte de ouvidoria da Mulher do Território Litoral Sul da Bahia nesta terça-feira próximo dia 30 de janeiro, às 9 horas, na sede da entidade. Na oportunidade, a Amurc estará celebrando junto aos prefeitos, parceiros e colaboradores, os 39 anos de fundação.

A Sala Lilás vai funcionar na sede da Amurc, em horário comercial, com a presença de uma profissional especializada, que vai realizar a escuta de mulheres vítimas de violência. O depoimento será registrado no sistema da Ouvidoria Estadual, em Salvador, e a mulher será direcionada para um equipamento específico da sua localidade, a depender da demanda.

O Presidente Jadson Albano destaca que a Sala Lilás será um equipamento estratégico na região para que mais mulheres de Itabuna e de cidades circunvizinhas tenham a oportunidade de denunciar os casos de agressão. “O espaço será dedicado à escuta dessas mulheres que vem sendo vítimas de violência em nosso Território de atuação da Amurc”, afirmou Jadson.

:: LEIA MAIS »

Prefeitos e Secretários de Saúde participaram de ato em comemoração ao Dia do Doador de Sangue

A Amurc, Uesc/Proex, através do Programa AGIR e o Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI) promoveram nesta quarta-feira, 29, um ato em comemoração ao Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado no último dia 25 de novembro.

O encontro reuniu o Pró-reitor de Extensão da Uesc, Cristiano Bahia, a secretária de saúde de Itabuna Lívia Mendes, representando os secretários municipais, o diretor do Núcleo Regional de Saúde Sul, Danilo Amorim, representando a Santa Casa de Itabuna, André Wermann, além de prefeitos e secretários de saúde da região.

O evento teve o objetivo de mobilizar e sensibilizar os municípios através dos prefeitos e secretários de saúde sobre a importância da doação de sangue. Ao mesmo tempo, foi um momento de reconhecer a atuação dos municípios no apoio às campanhas de doação, com o certificado: Amigo do Banco de Sangue.

O presidente Jadson Albano parabenizou a atuação dos gestores e secretários municipais e convocou a todos para juntar esforços em prol de aumentar o quantitativo de doadores de sangue. “Estaremos empenhando o máximo de energia possível para mobilizar pessoas para doar e salvar a vida de pessoas”, destacou o prefeito.

:: LEIA MAIS »

Prefeitos da Amurc saem confiantes de Mobilização pela recomposição do FPM

No segundo dia de Mobilização Municipalista, nesta quarta-feira, 4, promovida pela CNM, em Brasília, os prefeitos associados a Amurc saíram confiantes após o anúncio feito novamente pelo Governo Federal de que vai recompor, ainda esse mês de outubro, as perdas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) registradas nos meses de julho, agosto e setembro.

O Presidente da Amurc e prefeito de Coaraci, Jadson Albano, parabenizou a participação dos prefeitos e destacou que a entidade vai continuar empenhada em defesa do municipalismo. “A amurc está presente em defesa da recomposição do FPM. A previsão é de que ainda esse mês de outubro aconteça a recomposição das perdas do FPM dos últimos meses, garantido pelo Governo Federal”.

:: LEIA MAIS »

Amurc debate estratégias para compensar as perdas do FPM

Os prefeitos da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia, participam de uma Reunião Extraordinária nesta sexta-feira, 22, às 9h, na sede da entidade para debater sobre o cenário dos servidores contratados nos municípios. A ideia, segundo o presidente Jadson Albano, é deliberar sobre as principais estratégias a serem adotadas pelos gestores para compensar as perdas do Fundo de Participação dos Municípios.

A reunião leva em consideração a crise financeira instalada nos municípios em todo o Brasil, com a intencionalidade de solicitar em caráter de urgência a compensação junto ao Governo Federal, das perdas causadas pelo baixo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Nesse sentido, será realizado um mapeamento do número de contratos por município, para em reunião deliberar sobre as principais estratégias, sinalizando ao governo um quantitativo geral das possíveis exonerações, caso essa compensação não ocorra em tempo hábil.

Amurc obtém a assinatura de 26 parlamentares em defesa dos cacauicultores

 

Durante um encontro com a Bancada Federal da Bahia, em Brasília, nesta terça-feira, 9, o presidente da Amurc, Jadson Albano, em conjunto com prefeitos da região, produziu um manifesto em defesa dos cacauicultores e obteve a assinatura de 26 parlamentares (deputados e senadores que integram a Bancada Baiana no Congresso Nacional).

O manifesto solicita apoio do Governo Federal, através do Ministério da Economia e Agricultura para a liberação de créditos, renegociação e redução dos juros das dívidas, elaboração de projetos de assistência técnica, bem como a adoção de outras medidas indispensáveis à revitalização da lavoura cacaueira, um compromisso da Amurc através do projeto Pauta do Cacau.

Ainda segundo o documento, consta um plano de ação como uma medida necessária e urgente para combater o risco de desvalorização da lavoura cacaueira diante da importação ostensiva do cacau africano pelo Porto de Ilhéus, que certamente impactará na economia do Estado, especialmente no Sul da Bahia.

Jadson destacou que o manifesto foi criado com o objetivo de “unificar nossos esforços visando defender a Lavoura Cacaueira através da união e apoio de todos os agentes políticos que representam o povo baiano”.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia