WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

prefeitura itabuna sesab bahia shopping jequitiba livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  


:: 13/fev/2024 . 14:30

Itabuna: estudantes do Colégio Modelo são aprovados em cursos de alta concorrência em universidades públicas

Educação de qualidade nas escolas públicas é possível, e o segredo parece estar na gestão. Prova disso é que nas escolas onde a gestão tem aplicado as políticas públicas de suporte, inclusão e permanência, a exemplo do Colégio Modelo de Itabuna, os resultados podem ser classificados como surpreendentes.

Tomando como parâmetro o número de estudantes do Ensino Médio aprovados em cursos concorridos de universidades públicas, como UESC e UFSB, o resultado do Modelo pode ser considerado como exemplar. Este ano, por exemplo, a escola comemora o sucesso no Enem com a conquista de 30 vagas na Uesc e UFSB, e outras 10 em faculdades particulares. Ao olhar para os cursos, impossível não destacar aprovações em Medicina (Uesc), Engenharia Elétrica (Uesc), Engenharia Ambiental (UFSB), Ciência da Computação (Uesc) entre outros, por serem os mais concorridos.

Ednailza Carvalho

Para a diretora Ednailza Carvalho, carinhosamente conhecida por Nai, o sucesso no Enem está diretamente ligado aos programas de incentivo que o governo do Estado tem promovido para garantir a manutenção dos estudantes nas escolas, especialmente após a pandemia da Covid-19. “Os programas como dignidade menstrual, bolsa presença, Ciência na Escola auxiliam no processo de ensino aprendizagem, uma vez que ajudam a reduzir o índice de evasão escolar e, consequentemente, garantem mais alunos no ambiente escolar”, observa.

Ela explica que todas escolas da rede estadual recebem um valor do estado para aplicar nos projetos estruturantes. No caso do Modelo, a escola ainda busca chamadas públicas do CNPq para projetos de pesquisa e feiras de ciências, além de parcerias com universidades públicas, privadas e o Ifbaiano”.

Projetos

O Colégio Modelo oferta o Ensino Médio Regular, Educação de Jovens e Adultos e Educação Profissional em três turnos. A escola possui salas identificadas por área do conhecimento para realização de atividades práticas e extraclasse, clube de robótica, aulas de Libras, Monitoria, Participação em Olimpíadas, Promoção de Visitas técnicas, Projetos de Feiras e mostras científicas em parceria com o CNPq e o PCE do estado.

“Oferecemos Oficinas do Educa Mais Bahia, Reforço de Matemática e Redação, intercâmbio de jogos escolares com outras escolas do estado”, reforça ainda a gestora. A escola também garante o uso dos equipamentos pela comunidade nos fins de semana, destacando que a parceria com os pais e responsáveis pelos estudantes, além de uma equipe escolar coesa e atuante, são fatores primordiais para o exito dos estudantes.

Entre as oficinas do Educa Mais Bahia destacam-se a capoeira, pintura, artesanato, esporte, bem estar (psicologia), língua portuguesa, matemática, redação, música e dança. Para a diretora, todos esses programas, aliados ao Bolsa Presença, ao programa de monitoria contribuem para tornar a escola um local atrativo e prazeroso.

“No fim, tudo isso conta para garantir resultados expressivos como o sucesso no Enem, mas também, antes disso, nos Projetos Estruturantes, a exemplo das feiras de ciências que realizamos com grande sucesso contando com a participação tanto da comunidade local, quanto de estudantes de escolas municipais e estaduais”. Em 2023, foram 19 projetos de pesquisa aprovados na FECIBA e 4 no Seminário Territorial da Educação Profissional e, desses, 5 foram para etapa estadual em Salvador.

“Ainda em dezembro de 2023, nossa escola foi convidada pelo CNPq para participar, em Brasília, da reunião de coordenadores que tem projetos aprovados no CNPq para discutir a popularização da Ciência no Brasil. Fomos eu e a vice-coordenadora do projeto, Maria Goretti”, destaca a diretora.

 

 

Abaixo a relação de cursos e as instituições

Medicina – UESC

Medicina veterinária – UESC

Ciência da Computação – UESC

Ciências Contábeis – UESC

Letras UESC

História -UESC

Engenharia Elétrica – UESC

Pedagogia – UESC

Engenharia Ambiental – UFSB

Geografia – UESC

Engenharia de Transportes e Logística – UFSB

Ciências da Natureza – UFSB

Direito – Anhanguera

Biomedicina – UNEX

Psicologia – UNIFACIE

Terapia Ocupacional – UNIFACIE

Engenharia Elétrica – SP

Física – UESC

Marketing digital – UNIASSELVI

Superior em tecnologia Fotografia – Anhanguera

Administração – UNEX

Psicologia – UNEX

Carnaval de Itacaré se consolida como um dos melhores da Bahia

As areias da Praia da Coroinha de Itacaré foram tomadas por milhares de foliões nas duas primeiras noites de Carnaval. Até o momento, mais de 50 mil pessoas por noite compareceram à festa para se divertirem, cantarem, dançarem e vibrarem com os shows nacionais, bandas locais e desfile dos blocos.

A festa iniciou no dia 08 de fevereiro, com os Blocos Carnasocial, As Brutas e As Desconcentradas, que já aí reuniram centenas de foliões que saíram às ruas com suas fantasias.

No dia 09, a folia também foi feita nos blocos carnavalescos Bloco da Escola João Gomes, que é um bloco infantil, Tchuco e os Cafajestes, que já são tradicionais no circuito de Carnaval de Itacaré.

A partir do dia 10 a festa aconteceu com os blocos, mas também com as apresentações no palco principal, que já na sua primeira noite provou a força do carnaval itacareense, o fenômeno Heitor Costa, ofertou aos foliões um showzaço, performático e cheio de ginga e carisma. Ainda se apresentaram no dia 10, Papazoni e Lordão, com dois shows incríveis, e as pratas da casa Banda Amassa e TH NO Beat.

:: LEIA MAIS »

Com cinco toneladas de recicláveis retiradas do Carnaval, Central de Catadores do Politeama apresenta balanço para Jerônimo Rodrigues

Toneladas de materiais recicláveis que acabariam no lixo comum, em bueiros ou centenas de anos na natureza, estão na Central de Catadores de Materiais Recicláveis, no Politeama, em Salvador, que está recolhendo resíduos como plástico e alumínio dos circuitos do Carnaval para dar a destinação correta. O governador Jerônimo Rodrigues esteve na unidade de separação, ao lado do vice-governador e coordenador do Carnaval, Geraldo Júnior, neste domingo (11), para ver, de perto, o trabalho realizado pelos catadores durante a folia.

A Central do Politeama não é a única a receber os resíduos sólidos. Ao todo, são 11 centrais de apoio, em pontos estratégicos do circuito do Campo Grande, Barra-Ondina e Nordeste de Amaralina. Os trabalhadores têm o suporte de computadores, balanças e prensas e contam com a gestão das Redes de Cooperativas de Catadores para a entrega e comercialização do material.

“Cada passo que a gente dá, a gente vai percebendo a grandeza, a organização, o fortalecimento e a inteligência desse movimento. Vem, a cada dia mais, ocupando um espaço na mídia, nos governos. O Governo Federal, com Lula, o Governo do Estado conosco, mas, também, nos municípios. É fundamental que essa parceria dos três entes federativos possa reconhecer esse movimento, com a sua credibilidade. Porque, aqui, além da preocupação que os movimentos de catadoras e catadores têm em todo o país, geração de renda, de inclusão, acaba, também, contribuindo conosco, com a questão de articulação das políticas públicas. É claro que retirar mais de 100 toneladas de material reciclável das ruas é fundamental para a gente. É um trabalho que muita gente, às vezes, não percebe. O trabalho ainda parece invisível, mas, para nós, não é. Esse material deixa de ir para os rios, para as nascentes, para os lixões, para as praias, para virar renda e para virar um novo produto”, avaliou o governador.

:: LEIA MAIS »

Coelba restabelece energia e Emasa retoma abastecimento

Depois de cerca de 40 horas de interrupção, a Neoenergia Coelba conseguiu restabelecer o fornecimento de energia elétrica para a principal Estação de Captação de Água da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa), em Rio do Braço, em Ilhéus. Uma árvore de grande porte caiu sobre a rede de energia elétrica, segundo a Coelba, levando à interrupção do serviço.

Devido à paralisação, o abastecimento de água em Itabuna, operado por sistema de manobras, está sendo retomado gradativamente para cerca de 70% da população. Bairros das zonas sul, norte e leste foram afetados e ficaram sem abastecimento desde a manhã de sábado (10). Somente a região de Ferradas e Nova Itabuna não sofreu com a suspensão do serviço, pois é abastecida pelas estações de captação e tratamento de água de Nova Ferradas.

“Assim que a energia foi restabelecida na estação em Rio do Braço, esperamos estabilizar e reiniciamos as operações de captação de água [na ETA do São Lourenço]”, observa o gerente técnico da Emasa, João Bitencourt, que completa: “Foi um longo tempo”. Ele acentua a importância do uso consciente da água, “economizando e evitando o desperdício”.

Jerônimo Rodrigues autoriza construção de novo Terminal Rodoviário em Teixeira de Freitas

Na manhã desta segunda-feira (12), o governador Jerônimo Rodrigues deu uma pausa na agenda de carnaval, para se dedicar a uma série de compromissos no extremo sul do estado.  Em Teixeira de Freitas, o chefe do executivo baiano assinou a ordem de serviço que marca o início da construção do novo Terminal Rodoviário no município. Após a assinatura o governador visita áreas afetas pelas chuvas em Medeiros Neto.


Localizado às margens da BR 101, com uma área total de 11,5 mil metros quadrados, o projeto do novo Terminal Rodoviário contempla uma série de intervenções técnicas e modernas. Entre elas, destacam-se a cobertura metálica, o piso intertravado e a pavimentação asfáltica. A obra será conduzida pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder).


O governador pontuou que a escolha do local para a construção do novo equipamento contou com a participação da administração do município e destacou as fases da obra. “A empresa já fez terraplanagem, já está aqui montando o canteiro de obras e já tapumou a área. É uma obra de aproximadamente R$9 milhões, que tem a parte de investimento que é da obra física da rodoviária, com o acréscimo de R$1,1 milhão para a realização de serviços de drenagem, muito importantes para evitar que uma chuva, como a que caiu nos últimos dias, possa criar qualquer transtorno. É uma prioridade nossa para garantir a segurança do acesso, já que a estrutura fica à margem de uma BR”.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia