WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal





Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  


:: 7/fev/2024 . 19:35

Nossa Senhora e o Diabo nas Terras do Sem Fim

Daniel Thame

 

“Tenho muito respeito por todas as religiões, mas a Rede Globo colocar um padre de nome Padre Santo fazendo um casamento dentro de um prostíbulo é demais para a religião católica”.

 

“Esses diretores e atores da novela são todos comunistas”.

 

“Temos que chegar até a direção da Globo pra que eles mostrem que foi o PT quem trouxe a vassoura-de-bruxa. Essa novela está muito de esquerda, não defende os produtores”. 

 

“É muita falta de vergonha colocar um diabinho no mesmo altar de Nossa Senhora. A gente que respeita a família deveria boicotar essa novela”.

Ao contrário do que possa parecer, as frases acima não são obra de ficção. Elas foram extraídas das redes sociais  e conversas em grupos de wathsapp.

 

E dão exatamente o tom de como um pequeno grupo de produtores de cacau do Sul da Bahia, felizmente uma minoria, mas uma minoria ruidosa, encarou o remake de Renascer que teve sua primeira fase encerrada no início desta semana.

 

“Como é que é essa negócio de um sujeito que vem de fora, defende o cultivo de cacau preservando o meio ambiente, trata os trabalhadores como iguais,  consegue vencer a vassoura de bruxe se enfiando dentro da fazenda e ainda tem um pacto com o diabo?”.

Não, o Lula não está dando palpites na novela e nem Lulinha, que já é dono da Friboi, da Latam, da Torre Eiffel e da Estátua da Liberdade, não é dono da Rede Globo, que continua nas mãos dos herdeiros do  jornalista Roberto Marinho.

 

O fato é que, encerrada a primeira fase, e tirando os delírios dos que quase 30 anos depois ainda preferem caçar bruxas do que driblá-las e empreender como a  maior parte dos produtores está fazendo, Renascer deixa um saldo positivo, tanto no enredo quanto na qualidade das imagens, com recursos tecnológicos que a primeira versão não permitia.

 

Vejam o texto completo em

 

www.cacauechocolate.com.br

Pesquisa analisa dados sobre assédio em embarcações, seus efeitos, combate e prevenção

O trabalho em mar aberto, incluindo a pesquisa científica, apresenta a contradição do horizonte sem fim com a restrição de movimentos ao ambiente da embarcação, dentre outros contrapontos. Esse aspecto é um dos fatores que piora a experiência das diferentes formas de assédio e discriminação, verdadeiras doenças dos ambientes laborais mundo afora. E, apesar dessas situações ocorrerem com pessoas de todos os gêneros e orientações sexuais, são as mulheres e as minorias que compõem a maior parte das vítimas. Uma pesquisa apresentada no artigo Harrasment and bullying aboard: impacts of gender inequality on ocean professionals, publicada na revista Marine Policy, destaca que casos de assédio moral e sexual geram efeitos de médio e longo prazo, prejudicando a saúde física, mental e mesmo as carreiras profissionais das pessoas atingidas.

No artigo, assinado por Michele Cristina Maia (UFSB), Gabriela Lamego (UFBA), Carla I. Elliff (USP), Jana M. Del Favero (Bate-Papo com Netuno), Juliana Leonel (UFSC) e Catarina Rocha Marcolin (UFSB), apresenta-se o estudo feito junto a profissionais que atuam embarcados, ligados ou não à produção de ciência, com diferentes períodos de trabalho em alto mar e de diferentes faixas etárias. A pesquisa também foi noticiada pela Agência Bori. O estudo é exploratório e foi feito mediante aplicação de um questionário com 33 perguntas, 29 do tipo fechado e quatro perguntas abertas, a pessoas que trabalham embarcadas, inicialmente dirigidas a quem trabalha em cursos de Oceanologia, Oceanografia ou outros das áreas Ambientais. O formulário foi divulgado por e-mail a coordenações de cursos daquelas áreas e via redes sociais por meio de webinários, debates online e pela plataforma Bate-papo com Netuno, dedicada à popularização de ciência. A disseminação alcançou também profissionais embarcados não envolvidos com pesquisa acadêmica. Ao todo, 260 respostas foram validadas pelos critérios definidos pelo estudo.

:: LEIA MAIS »

Governo da Bahia entrega equipamentos para cooperativas de material reciclável

 

O Governo da Bahia entregou, simbolicamente, nesta quinta-feira (07), um conjunto de equipamentos para melhorar as condições de trabalho dos catadores de material reciclável durante o Carnaval 2024 e ao longo de todo o ano. O ato de entrega foi realizado no estacionamento da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

O governador Jerônimo Rodrigues participou do evento ao lado do vice-governador e coordenador do Carnaval, Geraldo Júnior. Na ocasião, houve, também, o lançamento oficial da ação EcoFolia Solidária – o Trabalho Decente Preserva o Meio Ambiente, que acontece pelo 16º ano no na folia da capital.

:: LEIA MAIS »

No Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas nasce “Yarin”, mais uma tupinambá no Hospital Materno-Infantil

 

O relógio marcava 2h37min da madrugada de hoje (07) quando, no Centro de Parto Normal (CPN) do Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio, em Ilhéus, nascia Maria “Yarin”. Ela é a segunda filha de Yuri e Luciele, indígenas da etnia Tupinambá, moradores da Aldeia Tukun, em Olivença. “Yarin”, cujo significado é a “Boa Samaritana”, chegou cheia de simbolismo: hoje é o Dia Nacional de Luta dos Povos Indígenas, fato que, para o pai Yuri, merece uma comemoração pra lá de especial por toda a aldeia.

“Vou informar a todos os parentes sobre a importância deste momento para minha família. Vivemos um marco histórico de lutas, vindas já de muitos séculos, e o nascimento de minha filha, mais uma representante da etnia Tupinambá, significa a preservação de um povo que merece conquistar mais respeito e ocupar melhor o seu espaço”, afirma.

Luciele é filha de um casal de indígenas. A mãe de Yuri também é da etnia. Os dois já têm um filho e vivem aldeiados na comunidade Tukun. Foi lá, durante a madrugada, que Luciele sentiu fortes contrações e foi trazida para a Emergência Obstétrica do HMIJS. Poucos minutos depois Maria “Yarin” nascia, no quarto 1 do CPN, pesando 3,500 Kg e medindo 51 cm.

Atenção Especializada

 

:: LEIA MAIS »

Prefeitura orienta a população de Itabuna a reforçar o controle da dengue

Cuidado nunca é demais! Esse é o lema da equipe epidemiológica do Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Itabuna que desde o ano passado vem orientando a população a reforçar os controles domésticos para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika vírus e chikungunya.

Além disso, as equipes de Agentes de Combate às Endemias (ACE) vêm realizando diversas atividades de combate ao mosquito e de educação ambiental. De acordo com a coordenadora do Programa de Endemias, Lucimar Santos Ribeiro, em janeiro passado foram registrados 10 casos de dengue e nenhum de zika vírus e chikungunya.

“Graças a Deus, estamos controlando as arboviroses, pois no mesmo período no ano passado estávamos com quase 200 casos de dengue no município” afirmou. Ela ressaltou que em 2023 as atividades desenvolvidas pelos agentes são voltadas para mutirões de limpeza nos bairros e pulverização nas ruas, seguidas de abordagens educativas nas residências.

:: LEIA MAIS »

Bahia aplicou valor recorde de R$ 1,013 bilhão do Fundo Estadual de Combate à Pobreza em 2023

Além de ter registrado o maior volume de investimentos para um primeiro ano de governo em décadas, com prioridade para a área social, em 2023 o Estado da Bahia também aplicou o valor recorde de R$ 1,013 bilhão em recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep). Estas despesas foram destinadas a ações de combate à fome e à insegurança alimentar, saneamento básico e moradia, entre outros itens. Como reflexo da prioridade conferida ao tema pelo governo Jerônimo Rodrigues, o total gasto em 2023 ultrapassou o orçamento inicial do Funcep e a receita arrecadada ao longo do ano pelo Fundo.

As receitas de 2023 foram complementadas por recursos remanescentes de anos anteriores. Trata-se de um procedimento normal, de acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), por conta do fluxo financeiro de fundos da natureza do Funcep, cujos recursos são aplicados continuamente, em programas que não se encerram junto com cada exercício.  Esta dinâmica, ainda segundo a Sefaz-BA, está em conformidade com as normas que regem a Administração Pública, com destaque para a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Sem perder o direcionamento, o valor não utilizado permanece em caixa para desembolsos do próprio fundo no exercício seguinte.

:: LEIA MAIS »

Alunos, pais e professores se reúnem para abertura do ano letivo do CBI

A abertura do ano letivo do Coletivo Batista de Itabuna (CBI), na manhã desta terça-feira (6), teve boas-vindas aos pais e alunos por funcionários, direção, professores e colaboradores da instituição de ensino, referência em educação no sul da Bahia.

Primeiro a receber os alunos, o agente de portaria Everaldo Marques, de 63 anos, falou do momento: “Uma surpresa, momento novo, muito gratificante poder recebê-los, pois cuido como se fossem meus filhos”, disse ele que tem três filhos.

“Sou atencioso e rígido, mas com amor. Só libero a saída com autorização dos pais na secretaria, pois é como se estivesse em minha casa cuidando dos meus”, pontuou ele, que atua na escola há quase oito anos e é o primeiro a ter contato diário com alunos e pais.

Os alunos contaram com um momento para se confraternizarem e reencontrar colegas e professores. Os pais e colaboradores participaram do momento. Painéis para fotografias foram montados no pátio da escola.

:: LEIA MAIS »

Abertura de micro e pequenas empresas tem alta de 6,6% em 2023

Carine Assunção, da Natucoa

 

O Brasil registrou a abertura de 859 mil micro e pequenas empresas em 2023, uma alta de 6,62% em relação ao ano anterior, quando foram criados 805,6 mil empreendimentos. Os números apontam para uma média de 2,3 mil novos negócios desse porte abertos por dia, segundo levantamento do Sebrae com base no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da Receita Federal do Brasil (RFB).

No caso das novas microempresas (ME), categoria que fatura até R$ 360 mil por ano, o salto foi de 674,5 mil para 715 mil, de 2022 para 2023. Já as novas empresas de pequeno porte (EPP), cujo faturamento anual vai de R$ 360 mil ao teto de R$ 4,8 milhões, passaram de 131 mil para 143,7 mil no mesmo período. Juntas, ME e EPP formam as chamadas micro e pequenas empresas (MPE).

Na análise temporal mais longa, é possível ver o incremento sustentável de micro e pequenas empresas no Brasil. Em 2019, foram abertas 490 mil microempresas e 89 mil empresas de pequeno porte, contra 715 mil microempresas e 143 mil empresas de pequeno porte no ano passado, o que representou aumento de 45,80% e 60,50%, respectivamente.

:: LEIA MAIS »

Hospital de Base recebe equipamentos do Programa Mais Médicos da AFYA

O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, instituição administrada pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), recebeu na terça-feira, dia 6, diversos equipamentos hospitalares doados pela AFYA Faculdade de Ciências Médicas de Itabuna como contrapartida do Programa Mais Médicos do Ministério da Educação.

A entrega do material foi realizada na unidade hospitalar pelo diretor-geral da AFYA, Luciano Tourinho, e pela coordenadora do internato Sharon Shyrley na presença do diretor-presidente e do diretor administrativo-financeiro da FASI, Roberto Pacheco Jr. e Vladson Cruz, respectivamente.

Foram entregues cinco cadeiras de rodas para pacientes obesos, seis computadores, seis monitores multiparamétricos, dois cardioversores, duas impressoras multifuncionais, dois desfibriladores e dois oxímetros, além de EPIs (aventais estéreis, luvas, máscaras, propé e toucas).
Os itens serão destinados aos setores de Urgência e Emergência, Centro Cirúrgico, Sala de Sutura, CTI I, Sala do COREME e Residência de Cirurgia Geral e visam atender à demanda do Programa de Residência Médica e dos alunos de graduação em Medicina da referida instituição de ensino que fazem internato na unidade hospitalar.

:: LEIA MAIS »

Crimes violentos na Bahia têm redução de 18% em janeiro de 2024

Os números da produtividade das forças de segurança da Bahia no mês de janeiro deste ano foram apresentados, nesta terça-feira (6), durante uma coletiva de imprensa no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. O encontro contou com as presenças do secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner, do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Coutinho, da delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito, da diretora do Departamento de Polícia Técnica (DPT), perita criminal Ana Cecília Bandeira, e do comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Adson Marchesini.

 

Os dados demonstram o resultado do trabalho conjunto entre as Polícias Civil (PC) e Militar (PM). O destaque foi a redução de 18% dos crimes violentos letais e intencionais. De acordo com as estatísticas da PC, no primeiro mês de 2024, foram registrados 368 casos contra 451 do mesmo período do ano anterior.

 

Os homicídios tiveram uma queda de 15,3%, saindo de 425 para 360. O feminicídio foi reduzido pela metade, com quatro casos. As lesões corporais foram 13 casos, em 2023, e caiu para duas, em 2024. O latrocínio teve três ocorrências a menos, saindo de cinco para dois.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia