WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

prefeitura itabuna sesab bahia livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

janeiro 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


:: 13/jan/2024 . 11:13

O Renascer do Sul da Bahia

Marco Lessa

 

Marco Lessa

O meu coração transborda de felicidade ao ver o nosso trabalho e de tantos outros sonhadores darem tantos frutos.

 

Em 92/93 participei da primeira novela Renascer como responsável por centenas de figurantes e apoiando a produção local da novela.

Conheci uma região tão rica e tão pobre.

Isso permaneceu por quase duas décadas quando fizemos o primeiro Festival do #Cacau e #Chocolate , em 2009.

À época só se falava em dívidas, vassoura de bruxa e o fim do destino que fora o maior produtor de cacau do mundo.

Começamos ali, naquele momento, de fato a verticalizar, agregar mais valor ao fruto de ouro, começar a pensar em fazer #turismo profissional nas fazendas, ampliar as ofertas, criar produtos como a Estrada do Chocolate, trazer grandes nomes nacionais e internacionais do chocolate e cacau, aproximar entidades, instituições e governos, estimular a criação de marcas e fábricas de chocolate, além da produção de cacau de qualidade, mostrar ao #Brasil e ao mundo através dos incontáveis veículos de comunicação do país e exterior trazidos pelos Festivais, a força do cacau, a sua história, a #cultura sustentável, o potencial turístico e gerador de negócios.

E em 2024, 15 anos depois, são mais de 350 marcas de chocolate pelo país e o turismo rural, do cacau e do chocolate, torna-se uma realidade, de norte a sul do Brasil nas regiões produtoras.

Viva o Cacau do Brasil.

Viva o #turismo do Brasil!

Pix interliga Banco Central aos botecos

Walmir Rosário

Se tem uns serviços prestados aos brasileiros que temos que tirar o chapéu são os bancários, mas somente em termos de avanço tecnológicos, que fiquem bem claro, para que eu não tenha problemas no futuro com bate-bocas inexplicáveis. Longe de mim perder tempo e gastar meus nervos com altercações que não levam a nada a não ser no desgaste físico e emocional com bobagens.

Dadas as devidas explicações, leio sempre que o Brasil – ou melhor, os bancos brasileiros – estão na vanguarda internacional quando o assunto é informática e segurança bancária na prestação de serviços aos clientes. Não poderia deixar de esclarecer, de pronto, que custam os olhos da cara – do cliente, é claro – para o gáudio dos riquíssimos banqueiros, sempre ávidos pelo nosso escasso dinheiro.

E aí, de forma desavisada, vem o Banco Central e cria o PIX, meio de transferência rápida, imediata, na mudança de titularidade dos nossos reais, desde que se encontrem dormitando nas contas bancárias. Melhor de tudo, de graça, sem as pesadas taxas e prazos decretados pelos bancos, sob a complacência do Banco Central, um aliado de todas as horas do sistema bancário, antes de sua autonomia.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia