WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

prefeitura itabuna sesab bahia livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

dezembro 2023
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: 4/dez/2023 . 20:13

Na Alemanha, Jerônimo apresenta potencial da Bahia para atrair mais investimentos

O governador Jerônimo Rodrigues participou nesta segunda-feira (4), em Berlim, do Fórum Empresarial Brasil-Alemanha, que reuniu cerca de 200 empresários e representantes do governo dos dois países para discutir a economia e os negócios entre eles. Com a presença do presidente Lula e dos ministros Fernando Haddad (Economia), Marina Silva (Meio Ambiente) e Rui Costa (Casa Civil), o Fórum foi um momento para os brasileiros mostrarem para os alemães as vantagens competitivas de investir no Brasil, principalmente do ponto de vista ambiental e energético.

A Bahia foi apresentada como uma dessas opções para investimentos, com grande disponibilidade de recursos naturais para produção de energia renovável e grandes projetos que estão no Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, como a Ferrovia de Integração Oeste Leste – FIOL e o perímetro de irrigação do Vale do Iuiu, por exemplo.

“Depois de uma boa participação na COP28, nos Emirados Árabes, vim para a Alemanha participar dessa grande rodada de negociação com empresas alemãs. Fizemos contatos com empresas parceiras para fortalecer o ambiente econômico e logo em breve vamos ver os resultados dessa visita”, afirmou Jerônimo Rodrigues.

:: LEIA MAIS »

Cientistas descobrem nova espécie de anfíbio e a batizam com homenagem à capoeira

Phyllodytes iuna é uma pererequinha-de-bromélia
Foto Marcos Vila Nova

 

Phyllodytes iuna é quinta espécie do gênero descrita por pesquisadores do Sul da Bahia

Pesquisadores do Laboratório de Herpetologia Tropical da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) descobriram uma nova espécie de pererequinha-de-bromélia no Sul da Bahia, mais precisamente na Estação Ecológica Wenceslau Guimarães, e a batizaram de Phyllodytes iuna. O nome da espécie (iuna) presta homenagem à capoeira. Na roda de capoeira regional, o toque de “Iúna” é executado para a formatura de alunos graduados ou é reservado para o jogo de professores e mestres. Com essa homenagem, os autores celebram o rico legado afro-brasileiro deixado pelos mestres da capoeira na resistência, consolidação e perpetuação desta arte marcial.

Essa é a quinta espécie do grupo Phyllodytes que a equipe de pesquisadores do Departamento de Ciências Biológicas (DCB) da UESC descreve ao longo de dez anos de pesquisa de campo. Um dos cientistas, o professor Iuri Ribeiro Dias, é o capoeirista da equipe e justifica: “Faço capoeira desde criança e sempre tive vontade de homenagear essa expressão cultural afro-brasileira em alguma das espécies que encontramos aqui no Sul da Bahia”.

Os girinos de algumas espécies de pererequinhas-de-bromélia se alimentam de larvas de mosquito que são potenciais transmissores de doenças -Foto Rafael Abreu

Historicamente, novas espécies de anfíbios eram coletadas por pesquisadores dos grandes centros de pesquisa do sudeste do Brasil, como o Museu Nacional ou o Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. No entanto, quando esses cientistas se aventuravam pelas matas da Bahia, costumavam coletar anfíbios nos lugares onde eles esperavam encontrar muitas espécies, ou seja, em brejos e poças. Isso fez com que um grupo de pererequinhas, que ao invés de se reproduzir em poças, passam toda a vida em bromélias, fosse raramente documentado nessas expedições.

:: LEIA MAIS »

Festival Gastronômico de Itacaré destaca essências do Sul da Bahia

Essência é a expressão da alma. E esse é o significado de toda a representatividade do 10° Festival Sabores de Itacaré, que durante três dias recebeu chefs, pessoas e músicos, fomentou a economia e o empreendedorismo; fortaleceu a agricultura familiar, apresentou as potencialidades culinárias e criatividade dos itacareenses, numa edição muito especial.  O festival continua até dia 20, com a venda dos pratos inscritos nos estabelecimentos do município.

Com pratos incríveis, diversos e inconfundíveis em sabores, cores, cultura, que colocam Itacaré no palco nacional da gastronomia.Com o intuito de incentivar o uso de ingredientes culinários regionais e a criatividade na elaboração de receitas, potencializando a identidade gastronômica e reforçando o município de Itacaré como um destino turístico gastronômico no cenário nacional, esses são objetivos do décimo Festival Sabores de Itacaré – Essências.

A realização do festival e da Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Turismo e Cultura e Curadoria- Instituto Capim Santo; com o patrocínio do Governo do Estado da Bahia, Setur-BA, Sufotur, SPM, SETRE, CAR, Bahiagas e Cooperação Alemã + Giz; e apoio do CDS-LS, Câmara Municipal, Sebrae, Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Sindicato Intermunicipal de Hospedagem e Alimentação, Comtur, Mulheres Que Cuidam, Vila Pérola Negra e Ertour Receptivo.

Vejam o texto completo em

 

www.cacauechocolate.com.br

Na semana do aniversário de dois anos do Hospital Materno-Infantil de Ilhéus nasce o bebê de número seis mil

 

Antonella é o nome do bebê de número seis mil do Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio, em Ilhéus. O bebê nasceu no final da tarde de sexta-feira (01), no Centro de Parto Normal (CPN) da unidade hospitalar do estado que nesta quarta-feira (06), completa dois anos de funcionamento. Antonella é a primeira filha do casal Missieli de Souza Ferreira e Lucas Porto Barbosa, residentes em Maraú. Durante o procedimento, prevaleceu a vontade de Missiele de que fosse um parto natural. “Fiquei maravilhada com tudo que vi por aqui. O atendimento, os pequenos detalhes, tudo perfeito”, elogiou. Antonella é tataraneta de uma mulher indígena, da etnia Tupinambá.

Ao longo dos dois anos de funcionamento do Materno, momentos emocionantes como este marcaram a trajetória da instituição. No dia 8 de dezembro de 2021, dois dias após a inauguração, nasceu o primeiro bebê do HMIJS: João Lucas. No dia 19 de dezembro do mesmo ano, foi a vez do nascimento dos primeiros gêmeos, Benjamin e Maria Alice. Uma semana depois, o Materno registrou um dos nascimentos mais marcantes da instituição. Chovia bastante na região. A rodovia BR 415 estava intransitável quando Amanda, moradora do Salobrinho, bairro de Ilhéus, sentiu as primeiras contrações. Para chegar ao hospital foi preciso uma grande mobilização. Parte do trajeto, fez de carro. Outra, de trator. Amanda também usou uma canoa na travessia da BR 415 e um helicóptero a resgatou até o aeroporto onde uma ambulância já a aguardava. Aysha Vitória, nasceu logo depois, em segurança.

No dia 5 de abril do ano passado o Hospital Materno-Infantil realizou seu primeiro parto na banheira. Ágata nasceu com 3,255 Kg. Doze dias depois, a unidade atingiu a marca de mil bebês nascidos. Cecília, natural de Uruçuca. As primeiras trigêmeas nasceram este ano, dia 04 de abril. A mãe é Marivalda de Jesus Silva, de 29 anos. Ela é moradora de Uruçuca. Marivalda chegou no HMIJS para um exame de rotina. Foi internada no mesmo dia para a realização do parto histórico.

:: LEIA MAIS »

Falta de energia elétrica em Castelo Novo prejudica o fornecimento de água em Itabuna

A interrupção no fornecimento de energia elétrica domingo, dia 3, por mais de 12 horas, na Estação de Captação de Água, em Castelo Novo, distrito de Ilhéus, pela Neoenergia Coelba comprometeu todo o sistema de abastecimento de água da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (EMASA) para a população de Itabuna.

Com a previsão da onda de forte calor e a falta de chuvas nos próximos meses, a EMASA voltou a captar água em Castelo Novo. Além disso, vem ampliando a captação no Rio Cachoeira, através da estação de Nova Ferradas, que recebe água por gravidade da Barragem do Rio Colônia.

“Com a falta de energia em Castelo Novo, fomos obrigados a parar toda a produção de água na Estação de Tratamento do São Lourenço e, consequentemente, o fornecimento de água para as localidades que estavam programadas para ontem”, disse o gerente Técnico da EMASA João Bitencourt.

:: LEIA MAIS »

RCM Dia da Propaganda

UFSB e UESC realizam I Semana Baiana de Extensão e Cultura

Unir cultura e extensão em um evento baiano. Foi essa a ideia da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) ao se unirem para lançar a 1ª Semana Baiana de Extensão e Cultura – SEMEX.  A SEMEX ocorrerá entre os dias 05 e 08 de dezembro.

A Semana Baiana de Extensão e Cultura “Estrada dos Conhecimento” surge a partir de uma reunião entre a Secretaria de Educação do Estado e as universidades da Bahia para discutir a inserção curricular da extensão. “Nesse momento, a gente observa as dificuldades não só da UFSB, mas das demais universidades para tocar e inserir a curricularização da extensão. A gente identificava que precisava ter uma mobilização maior na UFSB, mas também aqui no sul e extremo sul da Bahia”, explica Richard Santos, pró-reitor de Extensão e Cultura. A partir disso, em reunião com a UESC, desenhou-se  a SEMEX. Com isso, o objetivo principal do evento é promover a integração entre as instituições de ensino da Bahia, bem como estender essa conexão à comunidade baiana.

O Diretor de Extensão e Cultura, Celso Gayoso, explica que a Semana abarcará quatro eventos, sendo eles:

:: LEIA MAIS »

Na COP28, governador Jerônimo defende criação de Fundo para financiar preservação da Caatinga

Em seu último dia na COP28, nos Emirados Árabes, o governador Jerônimo Rodrigues participou, neste domingo (3), de um painel que reuniu governadores do Nordeste na defesa do bioma da Caatinga. Ao lado da governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, e do governador do Ceará, Elmano de Freitas, Jerônimo ressaltou que a importância ambiental e social da Caatinga precisa ser reconhecida e preservada.

“A Caatinga precisa ocupar o seu espaço na construção das políticas públicas de preservação no Brasil. Colocamos à mesa do governo federal uma proposta para a criação do Fundo da Caatinga, um instrumento que vai, entre outras coisas, permitir o financiamento de ações para prevenir desmatamento, promover revegetação, educação ambiental e sustentabilidade, por exemplo”, explicou o governador da Bahia.

A ideia dos governadores do Nordeste é criar um fundo similar ao Fundo da Amazônia. A proposta foi entregue ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e está em estudo. A governadora de Pernambuco destacou a importância da Caatinga para o cumprimento das metas brasileiras de preservação. “Sem dúvidas, o Brasil é parte da solução do problema climático no mundo, e queremos que o Brasil veja a Caatinga como parte da solução no Brasil”, afirmou Raquel.

:: LEIA MAIS »

Onda calor se instala em Ilhéus e Embasa se planeja para assegurar abastecimento público de água tratada

 

A onda de calor extremo, desencadeada pelo fenômeno climático El Niño, também está afetando o sul da Bahia. Em Ilhéus, maior cidade atendida pela Embasa na região, a empresa adotou medidas preventivas desde a estiagem prolongada ocorrida entre 2015 e 2017 e vem dando continuidade a investimentos estruturantes visando a disponibilidade de água em períodos de estiagem severa.

Atualmente, a barragem do Iguape está com 78% da capacidade de reservação e o barramento do rio Santana não apresenta alteração de vazão. No entanto, o cenário é de atenção diante da previsão de manutenção da onda de calor e a não ocorrência de chuvas na região nos próximos meses. Hoje, está em processo a segunda licitação da obra de implantação da adutora dedicada, orçada em R$ 7 milhões, que amplia a atual capacidade de adução de água tratada a partir da ETA do Pontal para o centro de Ilhéus.

Já a barragem da Esperança terá a infraestrutura de captação e adução, que foi implantada em 2016, reativada, conforme autorização de órgãos ambientais. Esse manancial está situado em área de um parque municipal considerado unidade de conservação e de proteção ambiental. A barragem da Esperança atendeu a cidade de Ilhéus até 1971, quando a Embasa passou a captar na barragem do Iguape, manancial com maior capacidade para atender ao crescimento da cidade.

Investimentos

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia