O lançamento do novo Minha Casa, Minha Vida (MCMV), com a formalização da primeira seleção de propostas voltada para famílias com renda de até dois salários-mínimos, foi realizado nesta quarta-feira (22), em Brasília, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O evento que aconteceu no salão nobre do Palácio do Planalto contou com a participação dos ministros das Cidades, Jader Filho, e da Casa Civil, Rui Costa; do governador Jerônimo Rodrigues e de outras autoridades.

Serão 187,5 mil novas unidades em 560 municípios do país. Durante o evento, Lula destacou a entrega de mais de 6 milhões de casas pelo programa ao longo dos anos. Jerônimo destacou a relevância do programa para proporcionar moradias dignas a famílias de baixa renda na Bahia. “O Novo Minha Casa, Minha Vida representa um avanço significativo para a habitação social, atendendo às necessidades fundamentais da nossa população”, ressaltou.

Além da seleção de propostas, foi assinado um protocolo entre o Ministério das Cidades e a Academia Brasileira de Letras (ABL) para a constituição de um acervo literário em empreendimentos do MCMV. Esse protocolo visa enriquecer o ambiente dos empreendimentos com salas de biblioteca ou leitura, proporcionando acesso à cultura aos beneficiários do programa.

No mesmo evento, foi lançado o edital do Prêmio Minha Casa, Minha Vida, que busca reconhecer práticas inovadoras em habitação de interesse social. O prêmio estimula a sustentabilidade e a inovação em novos projetos, contemplando sete categorias.

De acordo com o ministro Jader Filho, a previsão é que o novo edital seja publicado nas próximas semanas, e deverá contemplar municípios com menos de 50 mil habitantes.

 

Fotos governador: Wagner Lopes
Fotos gerais: Ricardo Stuckert/PR