Com um culto de gratidão e o lançamento da Gincana 2023, o Colégio Batista de Itabuna(CBI) marca o início das comemorações dos seus 30 anos de fundação. As comemorações terão início na próxima quarta-feira (26), às 19 horas, na Igreja Batista Teosópolis(IBT), na Avenida Félix Mendonça, 75, bairro da Conceição, em Itabuna. A instituição, referência em ensino no sul da Bahia e uma dos mais tradicionais do município, foi fundada no dia 27 de setembro de 1993 pelo pastor Hélio Lourenço da Silva.

O CBI, nas suas três décadas de existência, já encaminhou estudantes às mais conceituadas universidades do país e do exterior, muitos deles, hoje, profissionais renomados em suas áreas de atuação.

 

“Estamos convidando pais, alunos, professores e comunidade para participar deste evento que marca um momento relevante da nossa instituição de ensino”, diz a  diretora do Colégio Batista, professora Graça Silva Guimarães Sousa.


“Para nós, o CBI é uma grande família. Temos como missão proporcionar uma educação de qualidade e, ao mesmo tempo, despertar nos nossos estudantes uma cosmovisão cristã que torne Deus presente na forma como eles compreendem o mundo”, pontua Graça Guimarães.

 

O presidente da Associação Beneficente e Cultural Teosópolis (ABCT), professor Aurélio Farias Macedo, diz que a instituição cumpre seu papel social para com a comunidade, oferecendo, anualmente, bolsas de estudo para estudantes de baixa renda por meio de edital amplamente divulgado na imprensa. São bolsas parciais e integrais que garantem educação de qualidade a centenas de estudantes.

“Somos gratos a Deus, que proporciona a existência de nossa escola e que nos dá o privilégio de cumprir a missão de servir através dessa instituição. Nossa gratidão também às famílias e aos nossos estudantes por tê-los conosco numa belíssima e exitosa parceria”, acentua o dirigente.

O Colégio Batista de Itabuna tem como princípio basilar a educação cristã. “Louvamos a Deus por toda a equipe de professores e colaboradores que com muito afinco e criatividade fazem de nossa escola um espaço de excelência”, afirmou o professor Aurélio Macedo, presidente do Conselho da escola.
.