WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

prefeitura itabuna sesab bahia livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

março 2023
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: 18/mar/2023 . 9:30

E a História  nos esqueceu…

 

 dt

 

Rádio Iguatemi, Osasco (SP), 1980. A emissora operava em Ondas Tropicais, podia ser ouvida na Amazônia, nos rincões da América do Sul, mas em Osasco mesmo era captada em aparelhos de rádio especiais. Ou seja, era “falando para o mundo e cochichando para ninguém”.

Ainda assim, eu, Cláudio Cruz (um dos amigos que preservei mesmoe quase   30 anos depois de ter trocado São Paulo pela Bahia falecido prematuramente ) e Chico Motta (que depois se elegeria vereador), fazíamos com galhardia um programa esportivo diário.

gravador antigoAcho que só o operador de áudio ou algum visitante eventual que estivesse no estúdio (ou então algum índio amazônico, um cocalero boliviano, um peruano perdido lá pelos altos de Machu Pichu) ouvia aquele programa; mas era como se falássemos para Osasco inteira e para boa parte de Carapicuíba, Barueri, Jandira, Itapevi e outras cidades da Região Oeste da Grande São Paulo.

Para nós não bastava apresentar um programa esportivo na única emissora de rádio de Osasco. O pioneirismo nos convocava, atiçava.

Pois eu, Chico e Cláudio decidimos que seríamos os primeiros a transmitir ao vivo um jogo entre dois times de futebol profissional de Osasco,
“Profissional” é um pouco de exagero. Rochdale e Montenegro disputavam o equivalente à 5ª. Divisão do futebol de São Paulo e teriam certa dificuldade em vencer o Itabuna e o Colo Colo, times do Sul da Bahia cujos jogadores tinham/tem  sérias dificuldades de relacionamento com uma dama chamada bola de futebol.

:: LEIA MAIS »

A arte de Francisco Tomazzoni

Nessa semana celebramos o bicentenário da Independência de nossa nação. Cada um no seu estilo pode se alegrar com os feitos de uma linda nação de um povo heróico, feliz, resiliênte, amigo, inteligênte. Uma nação repleta de belezas naturais e riquezas culturais. Um país celeiro de artes, e não poderia deixar de mencionar aqueles que tem representado muito bem, com muito talento a arte do Brasil.

Hoje quero apresentar o artista plástico FRANCISCO TAMAZZONI.

Francisco Tomazzoni, mora em Viamão no Rio Grande do Sul. Dedica-se a arte Renascentista e Barroca, trabalhando com técnicas de sfumato a carvão e pintura á óleo. Busca uma harmonia entre a figura e os elementos que compõem seu trabalho. Luta como todo artista, para que seu trabalho seja reconhecido e valorizado. Seu amor  pela arte faz dele um artista talentoso e zeloso naquilo que faz.

Obra: “CASTELO 2”

Tomazzoni, é um artista em movimento, está sempre participando de exposições e grandes eventos como o Bicentenário da America de Jaime Vallardo Chavéz que acontece em Brasília-DF com a obra abaixo:

Em muitos  de seus trabalhos, homenageia grandes nomes que fizeram a história, como Marilyn Monroe, Vincent Van Gogh, Machado de Assis, Giuseppe Garibaldi dentre outros. Dedica-se a arte renascentista e barroca, contemporânea e trabalhos de releituras,

Obra: “MARILYN MONROE”

Está sempre antenado a todas as informações relacionadas a Arte pelo mundo afora, afinal arte faz parte de sua essência. É mais que valores, mais que glamour, mais que fama. A arte está em todos os lugares em suas mais variadas formas, embelezando, trazendo cor e luz, mudando cenário, comovendo, trazendo reflexão e até mesmo cura. Isso é Arte.

Obra: “VICENTE VAN GOGH

José Francisco Abreu Tomazzoni, FRANCISCO TOMAZZONI, como assina suas obras, é mais um artista que merece estar aqui na coluna Luciane Yahweh, por sua garra, persistência, talento e  amor por aquilo que faz.

Contatos:  josefranciscoabreutomazzonit@gmail.com

                 (051) 989037657

                  Face: https://www.facebook.com/josefranciscoabreutomazzoni.tomazzoni.58

                  Instagram: https://instagram.com/abre.u732?igshid=YmMyMTA2M2Y=

Se você gostou, deixe seu comentário abaixo, compartilhe o link para que outros conheçam esse e outros artistas que trabalham para trazer cor e luz.

Americano, um craque que não gostava de futebol

Walmir Rosário

O itajuipense Arnaldo Santos de Carvalho detestava futebol. Ele gostava mesmo era de basquetebol e voleibol. O problema era que todos os seus amigos ilheenses viviam o futebol e Arnaldo teve que tomar uma decisão: Ou se isolaria dos amigos ou aderiria ao famoso esporte bretão, que encantou e encanta os brasileiros. Resultado, optou pelo futebol, ao qual se dedicou por longos 30 anos, como jogador e treinador.

Você não se lembra do Arnaldo? Claro que conhece! Arnaldo era quando detestava o esporte querido dos brasileiros. Mas, com certeza, quando falamos de futebol em Ilhéus, Itabuna e até Salvador, todos lembrarão de Americano, zagueiro e meio-campista. Fora das quatro linhas foi treinador do Ilhéus Esporte Clube, já num período conturbado do futebol profissional do Sul da Bahia.

Um craque que reunia todas as boas qualidades técnicas e físicas. Esse era o Americano, que realizava seu trabalho com bastante seriedade, daí ser considerado um líder nato nos clubes pelos quais passou. Desde cedo não gostava muito de treinar, o que passou a fazer com afinco para melhorar seu rendimento dentro de campo e demostrar aos colegas a necessidade de se tornar um profissional exemplar.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia