WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

prefeitura itabuna sesab bahia livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

março 2023
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: 6/mar/2023 . 19:32

Mazé Torquato conversa com Simone Maia

 

A escritora e ativista cultural brasileira Mazé Torquato conversou com Simone Mota, escritora de infantojuvenis, roteirista e curadora de projetos culturais.

Elas falaram sobre os dois  livros franceses de Simone sobretudo ”Si le singe fait des singeries” que a traz à Europa:

Veja a entrevista

 

 

 

 

Benevides Chocolates apresenta Coleção de Ovos Páscoa

Produtos trazem inovação, sustentabilidade e uma linha Kids que incentiva a criatividade

A Benevides Chocolates apresentou a sua linha de produtos para a Páscoa. A apresentação aconteceu durante uma degustação guiada, na sede da empresa, em Itabuna, reunindo empresários, profissionais liberais, clientes e comunicadores. A diretora da Benevides, Leilane Benevides fez a apresentação dos novos produtos, destacando o compromisso com a inovação, a busca permanente da qualidade e o comprometimento de todos os colaboradores.

A Coleção Sublime traz sabores elaborados para agradar os paladares mais exigentes como o BeneCream, ao leite vegetal, com 43% de cacau ao leite de coco, recheado com creme de cacau e castanha de caju; o Cappuccino, premiado em Londres (Inglaterra), com 60% de cacau com café e a cremosidade do chocolate branco com canela; e uma novidade bem original, o Ovo de Páscoa Caipirinha, com chocolate branco e ganache de caipirinha produzida com cachaça de primeira qualidade, numa perfeita combinação de sabores.

Leilane Benevides

A Coleção Clássicos apresenta toda a linha Benevides, que conquistou consumidores no Brasil e no Exterior, na versão Ovos de Páscoa, nas intensidades 43%, 55% e 70% de cacau, Limão Siciliano (35% cacau), 43% de cacau ao leite de coco, e 70% de cacau diet.

 

 

Vejam o texto completo em

 

www.cacauechocolate.com.br

Jerônimo se reúne com estudantes com deficiência visual da rede estadual aprovados em universidades públicas

Estudantes com deficiência visual aprovados em instituições públicas de Ensino Superior na seleção de 2023 foram recebidos pelo governador Jerônimo Rodrigues, nesta segunda-feira (6). O encontro, que aconteceu no gabinete do governador no Centro Administrativo da Bahia (CAB), contou com a presença de seis estudantes que são oriundos da rede pública estadual de ensino e recebem atendimento no Centro de Apoio Pedagógico Especializado ao Deficiente Visual (Cape) Jonathas Teles de Carvalho, localizado em Feira de Santana.

Com 178 alunos matriculados, o Cape Jonathas Teles de Carvalho é uma das 14 unidades criadas pelo Governo do Estado para prestar serviços educacionais especializados para pessoas com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento, atendidas na rede estadual, municipal e particular pela Educação Especial, sendo complementar à escolarização.

Aprovada para o curso de Bacharelado em Energia e Sustentabilidade da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (Ufrb), Vitória Gomes, realizou um sonho com a conquista. “Eu sempre quis chegar entrar em uma universidade e continuar evoluindo, mostrando que sou capaz, superando todas as dificuldades. É uma vitória muito grande, por ser uma jovem de escola pública com deficiência visual. Quero agradecer aos meus professores do Cape que me deram um apoio muito grande nessa jornada”.

 

Ferramenta para inclusão

Na preparação para o vestibular, os estudantes contaram com o auxilio do equipamento OrCam MyEye 2.0, considerado a ferramenta mais avançada do mundo para prover assistência e reabilitação de pessoas com deficiência visual.  O dispositivo se anexa a um óculos convencional e faz a leitura automática de diversos elementos apresentados, como textos, telas, rostos e objetos, melhorando a qualidade de vida dos usuários e promovendo inclusão social. Entre 2021 e 2023, o Governo do Estado realizou a entrega de 64 unidades do dispositivo, parte do processo de aquisição de um total de 100 unidades, com um investimento de mais R$ 740 mil.

 

Fotos: Rafael Martins/GOVBA

Adélia Pinheiro destaca políticas de democratização do acesso ao Ensino Superior em aula magna da UESC

 

A secretária da Educação do Estado, Adélia Pinheiro, ministrou a Aula Magna de abertura do primeiro semestre 2023 da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC),nesta segunda-feira (6). Ao lado do reitor Alessandro Fernandes de Santana, Adélia destacou a importância das universidades para a democratização do acesso à Educação Superior.

A secretária ressaltou, ainda,  as políticas de permanência e assistência estudantil, como o Mais Futuro e a implantação de reserva de vagas nas universidades estaduais, e enfatizou o papel das universidades no fortalecimento da Educação Básica para a produção do conhecimento, ciência e tecnologia; na justiça social; e no desenvolvimento da Bahia. “Estar aqui é motivo de honra, emoção e orgulho. As universidades cumprem um papel fundamental para democratizar o acesso à Educação Superior, que é o percurso para a busca e construção da democracia social. A universidade deve estar em permanente reflexão de como se projeta para o futuro”, afirmou.

Neste sentido, a secretária falou da interiorização das universidades estaduais. Citou que a UEFS está presente em Feira de Santana, há 46 anos; a UESB, em Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga, há 42 anos; a UNEB, em Salvador e mais 26 unidades no interior; e a UESC, há 32 anos, em Itabuna, Ilhéus e beneficiando estudantes de todo o Território do Litoral Sul. “E estas instituições atuam na formação de lideranças, a exemplo do reitor Alessandro; na produção do conhecimento; na formação de pessoas em Educação Superior e de alto desempenho; e na qualificação e inclusão. E, aqui, destaco o Mais Futuro, que beneficia estudantes em condições de vulnerabilidade socioeconômica, com bolsas de R$ 300 para o perfil básico e R$ 600 para o perfil moradia. E, hoje, o nosso governador Jerônimo Rodrigues anunciou o aumento de oito para 11 parcelas, por ano, para o auxílio permanência do Mais Futuro, que é o maior programa estadual de apoio ao estudante de graduação”, enfatizou.

:: LEIA MAIS »

Precioso

Marco Lessa

 

Guanambi, cidade do interior da Bahia onde nasci, sempre será um lugar muito especial na minha vida, pois além dos amigos e da infância com tudo que uma criança tinha direito, costumo dizer que vivi os 14 anos que me forjaram. Em muitos aspectos.

 

 

E foi em Guanambi que vivi histórias divertidas e aventuras inesquecíveis nesse período tão rico da vida de todos, como as farras no bar de Precioso, um ‘cabloco da melhor qualidade’, como diziam, à base de pastéis – muitas vezes frios, mas ainda assim gostosos, farofinhas de carne frita, quando a carne era um achado, moelas cozidas, regados à tubaína, um refrigerante mais, mais barato e quase sem gás, além de alguns doces, pipocas e outras guloseimas industrializadas.

 

 

 

Pelo menos duas vezes por semana, um grupo de colegas do Colégio Padre Manuel da Nóbrega, depois das aulas, ou numas escapadas antes do final, partia para o ‘happy hour’ em Precioso.

 

 

Como éramos conhecidos através das nossas famílias, numa cidade pequena, ainda nas primeiras idas, percebendo o potencial e o consumo abaixo do desejado, já que nem todos tinham ou estavam com dinheiro, o querido proprietário nos facultou pagar as contas ao final do mês, nos apresentando o famoso ‘fiado’.

 

 

Esse empoderamento, sem consentimento e conhecimento dos pais, na fase de crescimento e de viver intensamente, não poderia terminar, digamos assim, tão bem.

 

Chegávamos, pedíamos, bebíamos, comíamos, mentíamos, ríamos, nos divertíamos, nos despedíamos e ouvíamos: tá anotado…até logo mais…vão com Deus…

 

Nos primeiros dois…três meses, se não estiver enganado, ainda juntamos mesadas e economias da cantina e pagamos ou amortizamos o passivo gastronômico.

 

 

Mas, como já diziam, menino tem arte do cão, aprendemos o fiado e o capítulo proibido: vá juntando que depois acerto.

Foram meses de pastéis e moela, tubaína e q-suco, um suco em pó, deliciosamente doce e artificial.

Próximo ao final do ano, sem pressão, o gestor do estabelecimento começou a perguntar quando poderíamos pagar as continhas, pois tinha de fechar o ano, tirando, assim, a fome, sede e o sono dos adolescentes donos do mundo. Cada um do seu jeito, foi atrás de resolver: eu fui aos cofrinhos e gavetas sem muito sucesso, precisando recorrer ao banco central: meu pai, depois de ter ouvido um ‘fale com seu pai’, de mainha.

 

– Pai, sabe Precioso, do bar perto do Nóbrega, a gente faz um lanche depois da escola, como nem sempre tá com dinheiro, ele deixou anotar…mas está cobrando e estou nem ter como pagar.

 

– E quanto é?

 

– ‘tanto’…

 

– Quanto?! o colégio inteiro comeu?!

 

– Não, é que foi um ano…ele nunca cobrou…

 

– Ok, vamos resolver…onde está a sua bicicleta?

 

– Na garagem.. (pensei: deve ser pra eu levar o dinheiro)

 

– Pronto…venda e pague o seu compromisso.

 

– Como?!…minha bicicleta, pai?!

 

– Sim, você comeu e bebeu a bicicleta…então não a tem mais.

 

Com os olhos marejando, fui ao fundo da casa arrumar e me despedir do meu único ativo naquela altura.

 

Quando cheguei no quarto escuro que a guardava, entre umas caixas, notei que tinham outras duas bicicletas bem mais antigas, menores, uma minha e outra da minha irmã, que não usava, e já foi tratada como entulho, trambolho e já deveríamos doar (sempre fizemos isso). Como não tinha ideia do valor das bicicletas, mas como uma nova pagaria a conta e ainda sobraria algum, talvez duas mais antigas também.

 

As retirei do quarto, as limpei, enchi os pneus, mandei remendar uma câmara furada, as lubrifiquei, colei uns adesivos, e, pronto, vamos ao mercado!

 

Percorri ruas e quarteirões com uma e depois com outra, oferecendo cada uma por um valor equivalente a 60% do valor total da conta, para ter uma margem de negociação ou até sobrar alguma coisa.

 

Nada. Nenhum interessado.

 

E lá voltava eu, frustrado – e preocupado, pra casa.

 

Um dia, voltando da escola, passando pelo bar, Precioso me chama e pergunta porque sumimos. Constrangido, expliquei que estávamos – eu, no meu caso, tentando vender umas bicicletas para pagar a minha parte da conta.

 

– Como assim?!, perguntou, onde estão as bicicletas?!, são grandes?

 

Respondi: em casa, são pequenas, não são novas, mas estão boas…por quê?

 

– Traga, traga…é final de ano e quero dar de presente às minhas netas (ou filhas, sobrinhas, não me recordo)…e ainda deixamos um crédito aqui pra você.

 

– Crédito? para consumir?

 

– Sim…traga hoje, se der.

 

Em uma hora, com duas viagens, levei as bicicletas. Ele ficou encantado e muito, mas muito feliz com os presentes que daria.

 

Eu?, nem se fala…não via a hora de contar para painho sobre o problema resolvido, sem perder a bicicleta e assim o fiz. Ele ficou superfeliz, mas não perdeu a chance de dar uma bela lição.

 

Depois de tudo resolvido, voltei ao bar, perguntei a ele quem faltava pagar. Como conhecia todos, sabia quem tinha um pouco mais de condições e outros que deviam estar com maior dificuldade. Pedi que, se possível, descontasse o tal crédito a favor de um dos colegas, que não consumia tanto por medo de não poder honrar e um pouco pra não ficar de fora.

 

Não sei se todos pagaram, se tudo ficou resolvido, mas no ano seguinte, ele voltou a abrir o crédito, sem a menor restrição ou cobrança, porque, assim como nós,

Precioso entendia o quanto eram preciosos aqueles momentos das nossas vidas.

 

E isso não tinha preço.

 

—–

Marco Lessa é empreendedor, publicitário e sente muita saudade de Guanambi.

AASBA promove Feira de Artesanato em homenagem ao Dia da Mulher

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, a Associação dos Artesãos do Sul da Bahia (AASBA), promove no dia 8 de março, Exposição de Cultura e Artesanato. O evento acontece das 13h às 21h na Praça José Bastos, em Itabuna. Profissionais artesãos, membros da associação vão expor seus trabalhos.
A Exposição contará com apresentações culturais, a exemplo de música ao vivo, com voz e violão, recital de poesias, roda de capoeira, oficinas de artesanato, feira de adoção de Pets em uma parceria com a ONG Bicharada e roda de conversa com professores da UFSB.

 

 

Também serão oferecidos serviços de saúde, esclarecimentos jurídicos, serviço de orientação do MEI e linhas de crédito para o Microempreendedor Individual. :: LEIA MAIS »

Professoras do Laboratório de Ensino de História e Geografia da Uesc lançam livro “Encantos da Lagoa Encantada-Mitos e Lendas”

Maria Cristina Rangel, Lurdes Bertol Rocha e Anna Lúcia Côgo, integrantes do Laboratório de Ensino de História e Geografia (Lahige) da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) estão lançando pela Editus o livro “Encantos da Lagoa Encantada-Mitos e Lendas”. A idéia de produzir o material didático surgiu em 2014, quando as autoras se  dispuseram a levar à frente o projeto de montagem de um kit didático, incluindo livro e vídeo paradidáticos sobre mitos e lendas da Lagoa Encantada, um dos mais belos recantos naturais de Ilhéus.

 

De lá para cá, até sua finalização, houve muitos encantos e desencantos, encontros e desencontros, próprios da vida acadêmica, o que tomou muito tempo da equipe do projeto originalmente intitulado “Os encantos da Lagoa Encantada: a percepção e o significado da lagoa na visão dos moradores do seu entorno”, pensado para atender a uma das linhas de atuação do Núcleo Lahige: “Ação de pesquisa e produção de materiais didáticos”.

 

:: LEIA MAIS »

Estudantes de universidades estaduais receberão mais parcelas do ‘Mais Futuro’ em 2023

Alice Yuki

O Governo do Estado ampliou de oito para 11 o número de parcelas do Programa Mais Futuro para os beneficiários que recebem o crédito mensal de R$ 300. Destinado a alunos das quatro universidades públicas estaduais em condições de vulnerabilidade social, o recurso tem como objetivo contribuir para que os estudantes permaneçam nas instituições de Ensino Superior e concluam suas graduações. O anúncio em detalhes foi dado pelo governador Jerônimo Rodrigues em suas redes sociais, na manhã desta segunda-feira (6).

 

“Estou aqui animado, alegre e feliz porque nós conseguimos junto com vocês, junto com os professores e com as redes de estudantes, mobilizar o nosso esforço, nosso empenho para garantir a permanência na universidade. Pois, além do acesso, é fundamental termos políticas de permanência”, declarou o Jerônimo Rodrigues por vídeo.

 

A primeira parcela deste ano foi creditada na conta dos beneficiários nesta sexta-feira (3). O aluno que mora a até 100 km do campus de matrícula recebe o auxílio permanência no valor de R$ 300 e é enquadrado no Perfil Básico, que agora terá o benefício estendido para 11 meses. Já o estudante que reside a uma distância superior a 100 km do campus de matrícula, e precisou mudar de domicílio para frequentar o curso, recebe o valor de R$ 600 e é enquadrado no Perfil Moradia. Este último é contemplado com 12 parcelas ao longo do ano e não terá mudanças no benefício em 2023.

:: LEIA MAIS »

Avanços do Programa Consórcio Bahia garantem regionalização de políticas públicas e fortalecem municípios

Os avanços trazidos pela Lei 14.488/2022, que instituiu o Programa Consórcio Bahia, foram tema da reunião  na sede da Procuradoria Geral do Estado (PGE). O Programa tem entre seus principais objetivos fortalecer o desenvolvimento dos consórcios como instrumentos de apoio à realização das políticas públicas, ampliando a regionalização das ações. O encontro de hoje é resultado de uma iniciativa conjunta do Gabinete do Governador e da Secretaria Estadual do Planejamento (Seplan), responsável por coordenar a Política de Desenvolvimento Territorial, em articulação com os consórcios públicos.

 

Um novo instrumento previsto para formalizar a parceria entre a administração estadual e os consórcios municipais é o acordo consorcial, que visa o desenvolvimento de projetos e programas, execução de obras e serviços, além de iniciativas em diversas áreas, como assistência social, cultura, tecnologia e informação, segurança pública, igualdade racial e de gênero, entre outras de interesse social e econômico.

Para a procuradora-geral do Estado da Bahia, Bárbara Camardelli, “trata-se de importante política pública para se concretizar um dos princípios constitucionais mais relevantes, que é a cooperação interfederativa, unindo esforços do Estado e dos Municípios na consecução de interesses comuns, especialmente na Bahia, que é vista e compreendida por meio dos territórios de identidade”, ressaltou.

:: LEIA MAIS »

Núcleo Raízes do Sertão realiza capacitação do comitê de verificação de olhar externo

O núcleo Raízes do Sertão realizou no dia 02 de março/2023 capacitação do Comitê Verificação do Olhar Externo na Casa dos Anjos em  Irecê, Bahia.

Participaram da capacitação representantes dos 19 grupos que compõe o núcleo além de representante dos três pré núcleos acompanhados pelo Núcleo Raízes do Sertão (pré núcleo Semiárido Forte, pré núcleo Sertão do São Francisco e pré núcleo Chapada Norte).

A capacitação teve como principal objetivo alinhar com os presentes as exigências técnicas e a conformidade produção orgânica gerando assim maior seriedade, garantindo a legitimidade do processo e realização do controle social.

O Sistema Participativo de Garantia (SPG) busca envolver diversos atores e oportunizar aos envolvidos a prática do controle social e da responsabilidade solidária em grupos de pessoas organizadas com a realização de ações coletivas de monitoramento mútuo e avaliação da conformidade das unidades produtivas fornecedoras, com atenção a legislação e normativas da produção orgânica vigente no Brasil.

Após a capacitação foi realizado um sorteio para definir as equipes que irão realizar as visitas de olhar externo.

Já os representantes dos pré núcleos presentes saíram com a incumbência de realizar esse mesma capacitação com os grupos que compõe seus pré núcleos.

As visitas de olhar externo são algumas das  etapas que garante a certificação orgânica para os novos membros dos grupos e a renovação dos certificados para os agricultores que já possuem a certificação orgânica participativa.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia