WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal





Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

julho 2022
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: 16/jul/2022 . 8:13

Colégio contribui para transformar Educação

Escola General Osório

Escola General Osório

Escola General Osório

Escola General Osório

Walmir Rosário

Walmir RosárioNo século passado estudar era uma dificuldade para as famílias menos favorecidas financeiramente lá pelos idos de 1930 até 1970, e poucos se aventuravam a concluir o curso ginasial e médio. O maior tabu era se diplomar nos cursos superiores. E os entraves era tirar um trabalhador da ativa, além conseguir uma boa escola e conseguir pagá-la, já que em sua maioria eram particulares.

 

 

No bairro da Conceição em Itabuna, onde cresci, a história nos mostra os caminhos tortuosos da educação, a começar que o ensino público não era, exatamente, uma prioridade de prefeitura e estado. Embora esses entes colaborassem, uma boa parte da educação ficava aos cuidados dos particulares e instituições religiosas, cujas mensalidades desencorajavam os pais de família com grande prole.

Nas décadas de 1920/30, no bairro da Conceição, o ensino teve início na rua da Palmeira (hoje avenida Félix Mendonça), a céu aberto, tendo como líder a professora Otaciana Pinto, também parteira. E funcionava nos passeios das casas, com mesa, cadeira da professora e quadro-negro, colocadas nas calçadas, enquanto os alunos traziam tamboretes, bancos ou se sentavam nos passeios.

O grande problema eram as constantes chuvas, quando os alunos corriam com os apetrechos e entravam nas casas. De acordo com o Memorial “Bairro da Conceição e os Primórdios”, de autoria das professoras Edith e Jiunice e o engenheiro agrônomo Sandoval Oliveira de Santana, foi uma luta política instalar a primeira escola pública estadual no bairro, o que somente aconteceu em 1941.

Com três filhos pequenos e sem escola pública, um dos moradores mais antigos do bairro,  Antônio Joaquim de Santana (Marinheiro) sentiu a necessidade de uma escola que possibilitasse a educação não somente de seus filhos, como a dos de seus amigos e demais moradores. Junto com o outro morador, Mecenas Oliveira, locaram uma casa para o funcionamento da Escola General Osório.

:: LEIA MAIS »

“Não tem porque votar em Lula e votar nessa turma de Bozo”, defende Rui em Jequié

je je (3)Tido como futuro homem forte do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o governador Rui Costa (PT) defendeu nesta sexta-feira (15), em Jequié, que os baianos e baianas não podem perder a oportunidade de ter um governador, a partir de janeiro de 2023, amigo e aliado do próximo presidente da República.

“Não tem porque o povo da Bahia votar em Lula e votar nessa turma aliada de Bozo. Para que? Para traírem Lula?”, questionou, ao lembrar da perseguição do governo Bolsonaro contra a Bahia e o Nordeste, e da posição de parte da bancada baiana no Congresso Nacional, ligada ao ex-prefeito de Salvador, que votou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). “Os lobos se vestem com pele de cordeiro e o que fazem depois de eleitos? (…) [Em 2017] deram uma ‘facada’ em Dilma, tiraram a Dilma e afundaram o Brasil”, alertou Rui, ao lado do coordenador dos seus programas de governo em 2014 e 2018, seu ex-secretário de Desenvolvimento Rural e Educação e, agora, pré-candidato a ser o seu sucessor na gestão do Estado, Jerônimo Rodrigues (PT), durante discurso na plenária do Programa de Governo Participativo (PGP) para o Médio Rio de Contas.

“Temos que continuar com o governo que cuida de gente, que vai ajudar a reconstruir o Brasil. Temos que ter um governador que não vai juntar os deputados [federais] para dar uma rasteira no presidente Lula, e quem terá condições de sentar para almoçar ou jantar com Lula e reivindicar as coisas para a Bahia será Jerônimo, e não tenho dúvida que Jerônimo dará sequência a esse nosso jeito de governar e de cuidar das pessoas”, defendeu Rui.

:: LEIA MAIS »

Mais 12 prefeitos do PP declaram apoio a Jerônimo Rodrigues em Jequié

je je (1)Dos 28 prefeitos e prefeitas que participaram, na noite desta sexta-feira (16), em Jequié, da Plenária do Programa de Governo Participativo (PGP) para o Médio Rio de Contas, 12 são filiados ao Progressistas, mas decidiram manter a aliança ao projeto que tem garantido, em parceria com os próprios gestores municipais, a melhoria da qualidade de vida das pessoas em todas as 417 cidades da Bahia.
je je (2)
Declararam apoio ao pré-candidato a governador do Estado pelo PT, Jerônimo Rodrigues, as prefeitas de Ipiaú, Maria Mendonça (PP); de Teolândia, Rosa Baitinga (PP); de Jaguaquara; Edione Agostinone (PP); e os prefeitos de Gandú, Léo de Neco (PP); de Itamari, Tom Vasconcelos (PP); de Apuarema, Rogério Souza (PP); de Santanópolis, Vitor do Posto (PP); de Irajuba, Antonio Sampaio (PP); de Bom Jesus da Serra, Jornandinho Vilas Boas (PP); de Piraí do Norte, Ulysses Veiga (PP); de Lajedo do Tabocal, Marquinhos Sena (PP); e de Lafaiete Coutinho, João Véi (PP). No encontro, com a presença do governador Rui Costa (PT), oito vice-prefeitos e 14 ex-prefeitos da região também marcaram presença, além de dezenas de vereadores e vereadoras, lideranças políticas de todo o território de identidade e mais de seis mil simpatizantes.

“Agradeço a confiança que os prefeitos e prefeitas estão depositando em mim, na minha capacidade de gestão, de substituir o governador Rui Costa, um grande parceiro dos municípios e dos gestores na execução de obras, na manutenção de ruas e estradas, na atenção à Saúde, na Educação Básica e na Segurança Pública”, agradeceu Jerônimo.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia