festa literáriaA Festa Literária de Ilhéus (FLI), que neste ano chega à sua 5ª edição, movimenta o município dos dias 13 a 16 de julho. A iniciativa conta com o apoio da Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria Especial de Cultura, e traz uma vasta programação, com palestras, workshop, lançamentos e exposição de livros. A abertura oficial acontece nesta quarta-feira (13), às 19h, no Sindicato Rural, com a conferência de Viviane Mosé.

Na oportunidade será realizada a entrega do 5º Prêmio Sosígenes. Com o tema “Literatura e utopias do imaginário”, a FLI tem como objetivo promover discussões acerca do tema, provocando a imaginação do público e incentivando a formação de novos leitores, contribuindo com o fortalecimento da cultura. Além disso, a proposta versa sobre o incentivo à leitura, bem como valoriza iniciativas voltadas às diversas formas de acesso ao saber.

Entusiasta de atividades que fomentam o conhecimento, o prefeito Mário Alexandre reforçou a importância da FLI. “É essencial fortalecer a cultura e atividade acadêmica, principalmente em nossa cidade, que é rica em literatura e reduto de grandes escritores”.

Participantes – Entre os nomes confirmados para compor as mesas literárias estão André Rosa, Geraldo Lavigne, Cátia Hughes, Cyro de Mattos, Pawlo Cidade, Jane Hilda Badaró e Maria Heine. A FLI é uma ação que integra dois grandes eventos literários já consagrados na região: a 10ª Feira do Livro da UESC e o VII Festival Literário de Ilhéus (FLIOS).

O evento é realizado pela Editora da UESC, Secult-Ilhéus, Academia de Letras e Fundação Pedro Calmon. O objetivo da parceria é somar esforços para promover a participação e envolvimento da comunidade regional. Confira a programação completa. Clique aqui