hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Weber Haus’

Weber Haus lança Gin Orgânico com especiarias do Sul do Brasil

IMG-2017 (1)Um gin orgânico genuinamente brasileiro com infusão única no mundo. Um trabalho de dois anos que resultou em uma requintada mistura de botânicos, guardada em uma garrafa design elaborada artesanalmente. Esse é o conceito do gin lançado pela Destilaria H. Weber, de Ivoti, que elabora uma das linhas de cachaças mais conceituadas do país. Segundo o diretor Evandro Weber, a Destilaria H. Weber o diferencial está na mistura dos botânicos, que envolve erva-mate, gengibre do Lote 48 e folha de cana fresca. Ele lembra que a bebida é armazenada em barris de madeira Brasileira Amburana.

A expectativa é atingir um público que aprecie inovação e diferencial. “Somos uma empresa tradicional sempre em busca de novos sabores para nossos consumidores”, observa o executivo. Weber lembra também que o produto contribuiu para otimizar a produção da empresa. “Temos um período de ociosidade na destilação da cachaça de cerca de quatro meses. Nesse intervalo, conseguimos fazer a destilação do gin”, destaca.

O novo produto pode ser encontrado em duas versões:  London Dry Gin WH 48 (Lote Especial Amburana) e Dry Gin WH 48 Orgânico. Macerados com ingredientes frescos e locais, os gins WH trazem elementos nacionais a uma bebida global.

Read the rest of this entry »

Weber Haus na 27ª edição da Expocachaça

weberA gaúcha Weber Haus desembarca em Minas Gerais para apresentar o melhor da sua produção na maior e mais tradicional feira de cachaças do Brasil, a Expocachaça. Em sua 27ª edição, o evento acontece de 8 a 11 de junho, no Expominas, em Belo Horizonte.

Para conquistar o paladar dos visitantes vindos de todas as regiões do país, o alambique de Ivoti apresentará seus lançamentos. Destaque para a cachaça orgânica envelhecida em barris de bálsamo e a 7 Madeiras – um blend feito a partir das madeiras nobres de Bálsamo, Carvalho Americano, Carvalho Francês, Amburana, Cabriúva, Canela Sassafrás e Grápia. Outra atração serão as cachaças Leandro Batista. A Weber estará no estande da Associação dos Alambiques Gaúchos e levará ainda a sua linha Velho Pescador.

Segundo o diretor da Weber Haus, Evandro Weber, a participação na Expocachaça é uma importante vitrine para a marca gaúcha, que hoje tem seus produtos reconhecidos nacional e internacionalmente. “Queremos que os visitantes conheçam e reconheçam a excelência de nossas bebidas”, observa Evandro.

Com canaviais próprios em Ivoti, interior do Rio Grande do Sul, na Rota Romântica, a empresa já exportou para 16 países e seu principal mercado norte-americano, estando presente em 17 estados daquele país. A marca opera ainda na Holanda, Dinamarca, Alemanha, China, França, Japão, Itália, Noruega e Suécia. Em território nacional, a Weber Haus está em 23 estados, além do Distrito Federal, com destaque para São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Paraná e Rio Grande do Sul. Outras informações sobre a empresa podem ser obtidas no site www.weberhaus.com.br.

A Expocachaça   reúne os maiores produtores da bebida de Norte a Sul do país, além de equipamentos para alambiques, produtos, matéria-prima e insumos para a cadeia produtiva da cachaça. Essa é a nona vez consecutiva que a Weber Haus participa da programação.

Weber Haus conquista cinco medalhas no Concurso Mundial de Bruxelas

weberA cachaçaria gaúcha Weber Haus conquistou cinco premiações no Concurso Mundial de Bruxelas – edição Brasil. Ao todo, a empresa arrematou três medalhas Duplo Ouro e duas de Prata. A versão brasileira do Concours Mondial de Bruxelles é uma das mais importantes competições envolvendo destilados e vinhos do mundo todo. “A qualidade das cachaças Weber Haus vem sendo reconhecida ano a ano em concursos nacionais e internacionais, o que demonstra a excelência do nosso trabalho em elaborar um produto tipicamente brasileiro”, comemora o diretor da Weber Haus, Evandro Weber.

As medalhas Duplo Ouro foram para os lançamentos Bálsamo, 7 Madeiras, além da cachaça Leandro Batista. Já as medalhas de Prata ficaram com o licor de Amburana e a cachaça Branca Orgânica. As bebidas elaboradas pela empresa em barricas de madeira nobre – e algumas tipicamente brasileiras, como amburana, cabriúva, bálsamo e canela sassafrás – na cidade de Ivoti, no Rio Grande do Sul, comprovam, na prática, o alto nível que a cachaça brasileira atingiu. “Todas as nossas cachaças são produzidas artesanalmente, com o rigor que um produto de qualidade exige”, reforça Evandro.

Em sua 15ª edição, o concurso ocorrido entre os dias 4 e 7 de abril, em Bento Gonçalves (RS), tem como principal objetivo avaliar a produção nacional de destilados e vinhos, além de promover o setor no País. As bebidas foram avaliadas às cegas por um júri de especialistas de diversas partes do mundo.

Leandro Batista escolhe Weber Haus para elaboração de suas cachaças

weberO sommelier de cachaças Leandro Batista escolheu a gaúcha Weber Haus para elaborar as cachaças que levam a sua chancela. O lançamento oficial das bebidas acontece nesta terça-feira (14), no Restaurante Mocotó, em São Paulo, local onde o especialista iniciou a sua carreira.

A Weber Haus foi responsável pela produção de duas cachaças, uma envelhecida em barris de Amburana, Bálsamo, Canela e Sassafrás, que leva a assinatura de Leandro Batista e vem em uma garrafa de 750 ml. Já a outra é uma cachaça branca de alambique, perfeita para a elaboração de drinks. Batizada de Umas & Outras, vem em garrafas de 1000 ml. As bebidas já estão disponíveis no mercado nacional.

Segundo o diretor da Weber Haus, Evandro Weber, a escolha de sua empresa por Leandro Batista demonstra o grau de excelência e competência que a marca conquistou no mercado nacional e internacional. “Somos rigorosos em nosso processo de produção, desde o canavial até a entrega ao cliente”, observa Evandro. O dirigente também comemora a parceria com o sommelier. “É uma grande honra para a Weber Haus fazer parte da história desse importante conhecedor da cachaça”, acrescenta.

Weber Haus representa a cachaça brasileira em evento no Chile

Cachaçaria Weber Haus, em Ivoti-RS  FOTO: Jefferson Bernardes/ Agencia previewA Weber Haus irá representar a cachaça brasileira no Spacio Food Service, evento que começou ontem (27) no Chile. A programação, que está em sua sexta edição, é uma oportunidade da cachaçaria de Ivoti negociar a exportação de seus produtos para os chilenos. A participação foi coordenada pela Embaixada do Brasil no Chile, que irá liderar oito delegações formadas por empresas brasileiras focadas em alimentos e bebidas orgânicas. “Queremos trocar experiências e negociar futuras parcerias com esse importante país da América do Sul”, destaca o diretor da Weber Haus, Evandro Weber.

Para cair no gosto do público participante da feira, a Weber Haus irá levar suas cachaças tradicionais, envelhecidas e orgânicas, além da sua linha de licores e o já consagrado kit caipirinha. “Vamos mostrar aos visitantes o produto símbolo do Brasil através de cachaças consagradas em premiações nacionais e internacionais”, observa Evandro.

Além de Holanda e Dinamarca, mercados conquistados em 2015, hoje a Weber Haus também está presente nos Estados Unidos – seu principal mercado exportador, Alemanha, China, França, Japão, Itália, Noruega e Suécia. Em território nacional, destaque para São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Paraná. Com canaviais próprios em Ivoti, interior do Rio Grande do Sul, na chamada Rota Romântica, a empresa está sediada no mesmo lote de terras onde a família de imigrantes alemães alojou-se há quatro gerações, e opera com destilaria desde 1848.

Olimpíada leva Weber Haus aos aeroportos do Rio e São Paulo

Evandro Weber, diretor da Weber Haus, na destilaria da empresa, em Ivoti. FOTO: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

A cachaçaria Weber Haus quer ampliar a sua visibilidade no mercado exterior. Aproveitando a presença de turistas vindos de todas as partes do mundo, a empresa gaúcha fechou parceria com a Dufry Duty Free para expor seus produtos. No período dos Jogos Olímpicos, as cachaças elaboradas artesanalmente em Ivoti (RS) estarão disponíveis nas oito lojas da Dufry localizadas nos embarques e desembarques internacionais dos aeroportos do Galeão (Rio de Janeiro) e de Guarulhos (São Paulo).

Para chamar a atenção dos consumidores, a cachaçaria irá disponibilizar a sua tradicional Amburana 700 ml e a Premium Black 750 mil, cachaças com qualidade reconhecida em premiações nacional e internacional. Outro destaque será a Prata Orgânica 1 litro, bebida perfeita para caipirinhas e combinações em drinks.  “A nossa presença nas lojas Dufry será uma ação fantástica para a marca Weber Haus. Estaremos em locais estratégicos que irão permitir a nossa divulgação para pessoas de todas as partes do mundo”, observa o diretor Evandro Weber.

Após a Olimpíada, as cachaças seguem nas lojas Dufry localizadas no embarque internacional dos aeroportos do Rio e São Paulo. “Estamos trabalhando forte para consolidar a cachaça no mercado internacional, selecionando ações estratégicas para o posicionamento da empresa”, observa o executivo.

Weber Haus chega à Terra da Rainha

WeberHaus

A cachaçaria  gaúcha Weber Haus está chegando ao mercado inglês. As bebidas elaboradas artesanalmente no município de Ivoti estarão disponíveis no Bem Brasil Bar and Restaurant, rede de churrascarias espalhadas por Manchester, Altrincham, Liverpool e Leeds. “Estamos trabalhando forte para consolidar a cachaça na Europa, selecionando países estratégicos para o posicionamento da empresa”, observa o diretor Evandro Weber.

Para conquistar o paladar europeu, a empresa escolheu a Weber Haus Prata.  “A bebida símbolo do Brasil estará ao lado da comida típica do Rio Grande do Sul”, destaca o dirigente.  De acordo com Evandro, cada vez mais a cachaça é vista como uma bebida sofisticada e de qualidade reconhecida nacional e internacionalmente. “Seu consumo no Brasil e no Exterior vem crescendo 12% ano a ano. Para 2016, queremos ultrapassar esses números”, projeta Evandro.

Em 2015, a Weber Haus conquistou dois mercados internacionais: Holanda e Dinamarca. A marca também está presente nos Estados Unidos – seu principal mercado exportador, Alemanha, China, França, Japão, Itália, Noruega e Suécia. Em território nacional, destaque para São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Paraná. “Vamos continuar na busca de novos parceiros para expandir a cultura da cachaça, a bebida símbolo do Brasil, pelo mundo afora. Queremos mostrar a originalidade e a qualidade dos produtos nacionais”, relata o executivo.

Weber Haus conquista Medalha de Prata na Expocachaça

weberA gaúcha Weber Haus conquistou mais um prêmio: a cachaça Extra Premium 6 anos levou Medalha de Prata na categoria Extra Premium, durante concurso realizado na Expocachaça 2016. A cachaçaria gaúcha de Ivoti, na Rota Romântica, concorreu com bebidas participantes do evento de todas as regiões do país. A exposição, ocorrida  em Belo Horizonte, reuniu experts, curiosos e apreciadores da bebida símbolo do Brasil.

Cachaça envelhecida durante seis anos, sendo cinco anos em barris de Carvalho Francês e um ano em Bálsamo, a Extra Premium é um dos produtos de destaque da Cachaçaria Weber Haus, acumulando premiações nacionais e internacionais. “Mais essa conquista reconhece todo o nosso trabalho em desenvolver produtos de excelência e que agradem o paladar de brasileiros e estrangeiros”, destaca o diretor Evandro Weber.

Hoje a marca Weber Haus pode ser encontrada em todo território nacional. No mercado externo, recentemente os produtos começaram a ser comercializados para Holanda e Dinamarca. A empresa também está presente nos Estados Unidos, Alemanha, China, Ilhas Bermudas, França, Japão, Itália, Canadá, Turquia, Noruega e Suécia.

Weber Haus conquista premiações no Miami Renaissance Rum Festival

weberAs cachaças Weber Haus foram destaque no Miami Renaissance Rum Festival, maior festival de destilados do mundo, ocorrido recentemente, nos Estados Unidos. Duas de suas bebidas, elaboradas artesanalmente em Ivoti, na Rota Romântica gaúcha, foram destaque no Grand Tasting, onde os participantes puderam degustar as melhores bebidas de mais de 30 países inscritos.

A cachaça branca orgânica gourmet foi escolhida a melhor de sua categoria, concorrendo com rum e cachaças. A bebida teve o seu blend elaborado pelo famoso barman Jean Ponce e traz um leve toque amadeirado de Carvalho Francês, sendo lançada com foco no mercado internacional. Seu líquido vem em uma garrafa francesa, com pintura jateada, além de serigrafia em ouro. Já a Lundu Silver conquistou medalha de Ouro. Novidade da linha Lundu, a Silver é ideal para caipirinhas e drinks. Seu líquido fica armazenado durante um mês em barris de inox e um processo de dupla filtragem permite que seu paladar seja mais neutro.

Para o diretor da empresa, Evandro Weber, as medalhas representam o reconhecimento de um constante trabalho na elaboração de uma cachaça de excelência. “Cada vez mais, essas premiações nos levam a melhorar nosso trabalho em prol da cachaça brasileira”, destaca. Hoje, um dos maiores mercados da empresa é o norte-americano, seguido por China, Japão e países da Europa. “Cada vez mais a cachaça é vista como uma bebida sofisticada e de qualidade reconhecida nacional e internacionalmente. Seu consumo no Brasil e no Exterior vem crescendo 12% ano a ano”, observa Evandro.

Além dos Estados Unidos, a Weber Haus retomou recentemente as exportações para o Canadá. Seus produtos também podem ser encontrados na Holanda, Dinamarca, Alemanha, China, Irlanda, Ilhas Bermudas, França, Japão, Itália, Noruega e Suécia. No Brasil, as cachaças Weber Haus estão disponíveis em todo território nacional.

Weber Haus conquista premiações no Miami Renaissance Rum Festival

weberAs cachaças Weber Haus foram destaque no Miami Renaissance Rum Festival, maior festival de destilados do mundo, ocorrido recentemente, nos Estados Unidos. Duas de suas bebidas, elaboradas artesanalmente em Ivoti, na Rota Romântica gaúcha, foram destaque no Grand Tasting, onde os participantes puderam degustar as melhores bebidas de mais de 30 países inscritos.

A cachaça branca orgânica gourmet foi escolhida a melhor de sua categoria, concorrendo com rum e cachaças. A bebida teve o seu blend elaborado pelo famoso barman Jean Ponce e traz um leve toque amadeirado de Carvalho Francês, sendo lançada com foco no mercado internacional. Seu líquido vem em uma garrafa francesa, com pintura jateada, além de serigrafia em ouro. Já a Lundu Silver conquistou medalha de Ouro. Novidade da linha Lundu, a Silver é ideal para caipirinhas e drinks. Seu líquido fica armazenado durante um mês em barris de inox e um processo de dupla filtragem permite que seu paladar seja mais neutro.

Para o diretor da empresa, Evandro Weber, as medalhas representam o reconhecimento de um constante trabalho na elaboração de uma cachaça de excelência. “Cada vez mais, essas premiações nos levam a melhorar nosso trabalho em prol da cachaça brasileira”, destaca. Hoje, um dos maiores mercados da empresa é o norte-americano, seguido por China, Japão e países da Europa. “Cada vez mais a cachaça é vista como uma bebida sofisticada e de qualidade reconhecida nacional e internacionalmente. Seu consumo no Brasil e no Exterior vem crescendo 12% ano a ano”, observa Evandro.

Além dos Estados Unidos, a Weber Haus retomou recentemente as exportações para o Canadá. Seus produtos também podem ser encontrados na Holanda, Dinamarca, Alemanha, China, Irlanda, Ilhas Bermudas, França, Japão, Itália, Noruega e Suécia. No Brasil, as cachaças Weber Haus estão disponíveis em todo território nacional.

Weber Haus retoma exportações para o Canadá

weberA Weber Haus retomou as exportações para o Canadá. Os canadenses irão conhecer o melhor da cachaçaria nacional através de rótulos Premium e Extra Premium. Outro destaque será o kit caipirinha, que recentemente começou a ser vendido no Exterior.

Segundo o diretor da empresa, Evandro Weber, a retomada irá permitir a expansão da marca no mercado externo. “Cada vez mais a cachaça é vista como uma bebida sofisticada e de qualidade reconhecida nacional e internacionalmente. Seu consumo no Brasil e no Exterior vem crescendo 12 ano a ano%”, observa Evandro.

Em 2015, a Weber Haus conquistou dois mercados internacionais: Holanda e Dinamarca. A marca também está presente nos Estados Unidos, Alemanha, China, Irlanda, Ilhas Bermudas, França, Japão, Itália, Noruega e Suécia. Seu principal mercado internacional é os Estados Unidos, seguido da Itália. Em território nacional, destaque para São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Paraná. “Vamos continuar na busca de novos parceiros para expandir a cultura da cachaça, a bebida símbolo do Brasil, pelo mundo afora. Queremos mostrar a originalidade e a qualidade dos produtos nacionais”, relata o executivo.

Weber Haus já conquistou 14 medalhas em 2015

weber 1A cachaçaria gaúcha Weber Haus já acumula 14 medalhas só em 2015. A última premiação ocorreu em Nova Iorque, onde a empresa de Ivoti, na Rota Romântica gaúcha, recebeu duas medalhas de Prata no World Wine and Spirits Competition. As medalhistas foram a cachaça orgânica goumet, que teve o seu blend elaborado pelo famoso barman Jean Ponce, além da Lundu Prata, que já havia levado Prata no Spirits Selection da China. “Estamos orgulhosos com a performance de nossas cachaças em competições internacionais. Esses resultados demonstram a excelência de nossos produtos para conquistar novos parceiros no mercado externo”, destaca o diretor Evandro Weber.

weber 2Só esse ano, a Weber Haus já havia arrematado nada menos do que oito medalhas no Concours Mundial Spirits Selection de São Paulo. Nessa competição, o alambique artesanal alcançou a maior premiação do certame, o Grande Ouro, com a sua cachaça Playboy Premium, lançada em parceria com a Playboy Enterprises. Além dessa, foram quatro medalhas de ouro – Weber Haus Brazilian Alchemy Silver, Premium Black, Extra Premium e Amburana – e outras três de Prata – 30 Luas, Fogo de Chão Envelhecida e Premium Orgânica. Já no Spirits Selection da China foram três medalhas: Ouro para a cachaça Brazilian Alchemy Gold e Prata com as bebidas Premium Orgânica e Lundu Prata.

Em território nacional e pelo segundo ano consecutivo, a Cachaçaria Weber Haus ficou com o primeiro lugar no Concurso de Produtos da Agricultura Familiar, realizado na Expointer 2015, maior feira agropecuária da América Latina. A sua cachaça Prata Orgânica ficou em primeiro lugar na categoria cachaça Prata. “Mais do que nunca, estamos no caminho certo para o reconhecimento da cachaça como a bebida símbolo do Brasil”, acrescenta Evandro.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930