hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Walter Pinheiro’

TOPA: Primeiro dia de aula emociona idosas que sonham com a alfabetização

topa 2Sabe aquele momento que uma pessoa nunca mais vai esquecer? Assim foi a primeira aula para a dona de casa Anatília Freitas, na noite de segunda-feira (7). Só agora, aos 79 anos, ela entrou na escola para ser alfabetizada pelo Programa Todos pela Alfabetização (Topa), que já beneficiou 1,5 milhões de baianos. Dona Anatília vai estudar no Centro Estadual de Educação Profissional em Logística e Transporte Luís Pinto de Carvalho, no bairro do São Caetano, unidade da rede estadual de ensino em Salvador.

“Eu vou realizar o meu sonho de aprender a ler e a escrever, de poder falar bem, de me comunicar e entender melhor o que as pessoas falam”, comenta, sem disfarçar a emoção pelo momento. Com a sabedoria dos seus 79 anos, dona Anatília não quer pensar no passado, na exclusão e na falta de oportunidade de estudar que marcou a vida, na época que morava na zona rural e muito distante da escola. Otimista, ela fala: “Tudo tem o tempo certo e agora chegou a minha vez”, comemora.

Dona Renilda Barbosa dos Santos, 66 anos, diz que dedicou a vida aos filhos. Agora, realizada como mãe, ela busca outra realização. “Eu casei muito cedo e tive dez filhos. Agora, meus filhos estão todos crescidos e formados e eu estou tendo a oportunidade de estudar. Estou me sentindo como voltar a ser criança e vou curtir cada momento com meu caderno e a caneta nas mãos”, sorri.

Read the rest of this entry »

Universitários beneficiados pelo Partiu Estágio ingressam nas escolas e no NTE de Itabuna

 

Os estudantes universitários beneficiários pelo Programa Partiu Estágio, do Governo do Estado, já começaram a estagiar nas escolas estaduais e nos Núcleos Territoriais de Educação (NTE). Desde o lançamento do projeto, em abril deste ano, já foram convocados mais de 4 mil jovens para estagiar no serviço público em toda a Bahia. O Núcleo de Itabuna (NTE 05) recebeu seis universitários, que já foram designados para os seus locais de estágio.

Diego (1)Para o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, “o Programa Partiu Estágio se integra a uma política de governo que gera oportunidades para os jovens baianos, assim como os programas Primeiro Emprego e o Mais Futuro. Portanto, são políticas públicas que comprovam a prioridade que o Governo do Estado vem dando para apoiar a formação profissional e a inserção destes jovens no mundo do trabalho”, afirmou.

Diego Ferreira, 27, que cursa Ciências Contábeis na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), já está atuando no NTE de Itabuna, no setor de prestação de contas. “O aprendizado prático na área pública servirá de complemento para o suporte teórico que a universidade oferece”, afirma, entusiasmado.

Mirrailly (1)Mirrailly Jordan Costa, 25, que cursa Direito na Unime, também está estagiando no NTE 05, no setor de sindicância. “Iniciei o estágio segunda-feira e estou muito empolgado porque vou ter experiência com análises de processos e a bagagem adquirida já vai ser útil no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), para o qual estou me preparando”, explica.

Na  quinta-feira foi o primeiro dia de estágio de Kaliane Santos Araújo, 25, que cursa Administração na Unime, em Itabuna. Ela vai aturar por um ano no setor administrativo do Complexo Integrado de Educação (CIE), antigo Colégio Amélia Amado. “Estou muito feliz por conseguir esta vaga porque vou saber como funciona a administração de uma unidade escolar”, afirma, contente com a oportunidade.

TOPA completa dez anos com sessão especial na Assembleia Legislativa

topaAlfabetizandos e alfabetizadores do Todos pela Alfabetização (TOPA) lotaram a sessão especial no plenário da Assembleia Legislativa, nesta sexta-feira (4), em homenagem aos dez anos do programa que já beneficiou mais de 1,5 milhões de pessoas em toda a Bahia, graças à parceria do Estado com prefeituras municipais e entidades dos movimentos sociais e sindicais, bem como universidades públicas e institutos de Educação sem fins lucrativos. A sessão, proposta pela deputada estadual Neusa Cadore, contou com as presenças dos secretários da Educação, Walter Pinheiro, e de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jacques Wagner.

O secretário Walter Pinheiro destacou a importância da implantação do TOPA, na Bahia, e o que representa uma década do programa. “O TOPA foi um desafio pautado pelo governo estadual que se instalou em 2007, tendo à frente o governador Jacques Wagner. A Bahia ainda está precisando fazer muita justiça ao ex-governador baiano, porque ele teve a coragem de plantar um planejamento para o nosso Estado até 2035 e um dos pilares é, justamente, a Educação. Ele teve a percepção de que não é possível falar em avanço na Educação, tanto em nível estadual como no Ensino Superior, sem se resolver um gravíssimo problema acumulado, que é o analfabetismo”.

0408_TOPA 10 ano 4_aluna Evany Rocha, 84 anos O TOPA, completou Pinheiro, teve a proeza de atingir a milhões de baianos e o desafio, agora, é dar sequência à base implantada pelo programa. “O governador Rui Costa teve a sábia decisão de unir o programa ao Pacto pela Educação, em um regime de colaboração entre o Estado e os municípios, dando a essas pessoas, que foram vítimas durante anos e anos ao não acesso à Educação na idade certa, mais dignidade para que sejam reinseridas na sociedade. O nosso novo desafio é pegar essas pessoas que foram alfabetizadas e fazê-las voltar à escola para aprender e aprimorar técnicas de suas atividades profissionais para que possam, efetivamente, dar o passo seguinte em suas vidas”. O secretário também criticou a postura do governo Federal, que cortou verbas do programa, este ano, diminuindo o alcance e o atendimento ao público-alvo do TOPA.

wagner TOPAO secretário de Desenvolvimento Econômico, Jacques Wagner, também falou sobre os dez anos do TOPA. “Este momento em que o programa completa uma década de existência representa uma importante caminhada na busca pela dignidade e cidadania, porque era uma vergonha que a terra de Cosme de Farias, Castro Alves e Anísio Teixeira e tanta gente mais dedicada à Educação tivesse o maior número de analfabetos do Brasil. Então, não podíamos manter essa marca e lançamos o programa. Estamos aqui para celebrar algo que é fundamental na vida de qualquer pessoa, que é o acesso ao conhecimento. Hoje, comemoramos os mais de 1,5 milhões de alfabetizados, até 2016, e os 32 mil professores que, enfrentando todas as dificuldades inimagináveis, venceram o desafio proposto pelo TOPA, que considero muito emocionante porque estamos falando não de números, mas de vidas”.

 

Read the rest of this entry »

Secretaria da Educação realiza encontro com gestores escolares em Itabuna

ita 1A Secretaria da Educação do Estado está realizando, nestas quarta e quinta-feira (26 e 27), em Itabuna, na região Sul da Bahia (435 km de Salvador), o “Diálogo com Gestores” escolares dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) de Itabuna (NTE 05), Teixeira de Freitas (NTE 7) e Eunápolis (NTE 27). A atividade, que tem o objetivo de estreitar o diálogo com os gestores sobre a realidade das escolas e suas especificidades a partir dos territórios de identidade onde estão inseridas, conta com a participação do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

ita 2Segundo Pinheiro, o foco principal do trabalho é fortalecer o eixo pedagógico das escolas, mas a ação também é determinante para priorizar as ações da Secretaria em vários aspectos. “O objetivo é auscultar quem está na escola, que tem este acumulado de tantos anos de experiência na gestão, para a gente ver no que pode avançar e, portanto, melhorar a educação. A secretaria tem que olhar nos olhos, falar um pouquinho mais de perto para encurtar as distâncias. Isso é fundamental, reconhecer e identificar o chão da escola e o seu território”, destacou.

A atividade envolve técnicos de diferentes setores da Secretaria que abordam temas de interesse das escolas, na perspectiva de desburocratizar procedimentos e processos e otimizar a gestão escolar. Dentre outros assuntos são abordadas questões como o projeto político pedagógico, planejamento estratégico, formação de professores, Censo Escolar/Sistema de Gestão Escolar, Avaliações (Sistema de Avaliação da Educação Básica: IDEB – ENCEJA), infraestrutura, alimentação escolar, bibliotecas, Educação Indígena, Educação Inclusiva, Educação Profissional e Tecnológica e Legislação em afirma.

Read the rest of this entry »

Governo promove professores universitários e concede progressão para servidores

profesO Governo da Bahia concedeu promoções e progressões para 861 professores das quatro universidades estaduais, além de progressões para 722 analistas e técnicos universitários. Os docentes vão obter um ganho médio de 8%. Com este avanço concedido pelo Governo nas carreiras, o número de professores das classes pleno, titular e adjunto quase dobrou entre os anos de 2006 e 2017. Assim, a administração estadual qualificou o perfil científico nas universidades do Estado.

Nas três classes (plena, titular e adjunto), o número de docentes nas universidades estaduais saltou de 983 para 1.933, entre 2006 e 2017. Para se ter uma ideia, na classe de professor pleno, o cargo mais alto da carreira, a quantidade aumentou de oito para 253, nesse período.

O secretário da Educação, Walter Pinheiro, destacou o reconhecimento do Estado pela categoria. “A ascensão na carreira de docente das universidades estaduais é o reconhecimento do papel que estes profissionais exercem no ensino superior”, disse.  O secretário da Administração, Edelvino Góes, também destacou a valorização dos professores universitários. “Assim que o Estado saiu do limite prudencial e pode conceder promoções e progressões, o Governo determinou a ascensão nas carreiras das universidades, o que demonstra a valorização pelos docentes, analistas e técnicos universitários”.

Read the rest of this entry »

Começam as aulas do segundo semestre nas escolas estaduais

aulas 1

Mais de 901 mil estudantes das escolas estaduais retornaram, nesta segunda-feira (3), às aulas do segundo semestre letivo. Especialmente para os que estão concluindo o Ensino Médio, o foco agora é intensificar os estudos nesta reta final de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Os gestores e professores aproveitaram para destacar a importância da rotina de estudos também fora das salas de aula e no envolvimento dos estudantes em projetos de arte, cultura, esporte e Ciências, que ajudam a melhorar o desempenho escolar e promovem o protagonismo estudantil.

No período da manhã, o secretário da Educação, Walter Pinheiro, visitou os Colégios Estaduais Paulo Américo de Oliveira e Vitor Soares, nos bairros do Bonfim e da Ribeira, respectivamente. “A ideia de nossa visita no Paulo Américo é prestigiar algumas iniciativas adotadas pelo gestor da escola, no sentido de promover melhorias na escola. Já viemos nesta escola, detectamos os problemas e, agora, voltamos para ver as soluções dadas a partir da própria gestão escola”, disse o secretário, destacando as melhorias na área externa da unidade e na parte elétrica, que foi refeita; na revisão do telhado e na colocação de equipamentos de ar-condicionado.

Read the rest of this entry »

Secretários estaduais debatem desafios para a educação no Brasil

pin 1Os principais desafios para melhorar a qualidade na educação no País foram debatidos nesta sexta-feira (30), no último dia da 48ª Plenária Nacional do Fórum dos Conselhos Estaduais de Educação (FNCEE), em Salvador. Para o secretário da Educação da Bahia, Walter Pinheiro, a Educação Básica tem que ser o pilar principal para a construção de uma sociedade solidária, para exercitar a curiosidade intelectual e valorizar a diversidade artística.

“A escola tem que ser um espaço de compartilhamento das diversas linguagens culturais, como forma de conhecimento e aprendizagem, agregando o uso da tecnologia, como instrumento para o trabalhar o conteúdo pedagógico, e o incentivo à iniciação científica. Tudo isso com o objetivo de formar o estudante não apenas para o mundo do trabalho, mas também como projeto de vida”, destacou.

Pinheiro ainda ressaltou a importância das diversas parcerias dentro da área educacional, além da participação da comunidade escolar como motivadora de mudanças na educação. “O estudante tem que possuir uma progressão continuada na educação, por isso é fundamental a parceria com as universidades e prefeituras, que são responsáveis pelo Ensino Fundamental, para que ele tenha a oportunidade de opções que estejam de acordo com seus interesses e capacidades. Por isso as secretarias devem ‘ouvir’ as escolas sobre o que precisam e não impor pedagogias padronizadas a todas, sem considerar as distintas realidades regionais”, acrescentou.

Read the rest of this entry »

Dados do Censo Escolar apontam avanços na Educação na Bahia

educaDados do Censo Escolar divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), na última terça-feira (20), apontam avanços na educação da Bahia em todos os níveis e etapas da Educação Básica, compostos pelos anos iniciais e anos finais do Ensino Fundamental, e Ensino Médio, de 2007 a 2015. Os indicadores de fluxo escolar da Educação Básica, que avaliam a transição do aluno entre dois anos consecutivos, considerando a promoção, repetência, evasão e migração para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), demonstram que a Bahia avançou 7,6 pontos percentuais na promoção, saindo de uma taxa de 64% em 2007 para 71,6% em 2015, no Ensino Médio. A taxa de evasão foi reduzida em 5,8 pontos percentuais no mesmo período e a repetência caiu em 1,6 pontos percentuais.

Em relação aos anos iniciais do Ensino Fundamental, a taxa de promoção avançou 11,4 pontos percentuais entre 2007 e 2015, quando chegou a 82,5%, e a repetência diminuiu em 8,4 pontos percentuais no mesmo período. Já a taxa de evasão era de 6,7% em 2007 e caiu para 0,6% em 2015. Os dados dos anos finais do Ensino Fundamental também apontam avanços. A taxa de promoção cresceu 6,1 pontos percentuais no período de 2007 a 2015, chegando a 70% em 2015. A repetência caiu 2,1 pontos percentuais e a evasão escolar recuou 6,3 pontos percentuais no mesmo período, chegando a 4,9% em 2015.

Read the rest of this entry »

Rui implanta Mais Futuro e garante assistência a 4 mil universitários

rui 3

A partir desta quarta-feira (21), quatro mil estudantes de universidades estaduais integram o programa Mais Futuro. A iniciativa do Governo do Estado oferece auxílio financeiro para os jovens em condições de vulnerabilidade socioeconômica, participantes do CadÚnico, além de oportunidades de estágio no setor público. O incentivo garante a permanência desses estudantes nas salas de aula e a conclusão dos cursos de graduação. Na manhã desta quarta, em cerimônia no Bahia Othon Palace, em Salvador, o governador Rui Costa assinou os termos de compromisso de estágio dos universitários participantes, que também receberam seus cartões bancários.

“Este programa é voltado aos jovens de famílias de baixa renda, para que possam cursar uma faculdade, regularmente. Esta é a prioridade do Governo com a juventude. Acredito que a educação transforma a vida das pessoas e esse é mais um estímulo para que esses estudantes concluam seus cursos. A partir do sexto semestre, também estamos oferecendo oportunidades de estágio remunerado, para os universitários garantirem experiência profissional na atividade que está se formando”, explica o governador.

rui 2O programa é voltado para os estudantes das universidades Estadual de Feira de Santana (Uefs), de Santa Cruz (Uesc), do Sudoeste da Bahia (Uesb) e para a Universidade do Estado da Bahia, (Uneb). Ao todo, se inscreveram no programa mais de 5,7 mil jovens e 4 mil deles foram selecionados nesta primeira etapa. Entre eles, 3.600 receberão o auxílio financeiro, chamado auxílio permanência, e os 400 estudantes restantes terão a oportunidade de estagiar em órgãos do governo baiano.

Incentivo

Os jovens que receberão auxílio permanência terão uma bolsa no valor de R$ 300, para quem estuda a até 100 quilômetros de onde mora, e de R$ 600, para os que vivem a uma distância maior. O pagamento já começa na primeira semana de julho, diretamente ao estudante, através de cartão, em conta bancária criada exclusivamente para esta finalidade. O benefício pode ser concedido desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso. No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado.

rui 1Estes são os primeiros quatro mil estudantes do programa que vai investir R$ 50 milhões até 2018, apostando na educação dos jovens baianos. Para participar, é preciso ter registro atualizado no cadastro centralizado de programas sociais do Governo Federal (CadÚnico); não possuir vínculo empregatício e não ter concluído qualquer outro curso de nível superior.

De acordo com o secretário da Educação, Walter Pinheiro, o Governo do Estado está fazendo uma grande modificação na estrutura educacional da Bahia. “Todas essas iniciativas, como o Mais Futuro, o Partiu Estágio e o Primeiro Emprego, vão preparar os estudantes não só para as universidades e o mercado de trabalho, mas para a vida. Além disso, a possibilidade de garantir permanência na universidade e vagas de estágio incentiva também o Ensino Médio. Esse apoio é um estímulo para que alunos queiram ingressar no Ensino Superior”, afirmou Pinheiro. (fotos: Mateus Pereira/GOVBA)

Bahia é oficializada como a próxima sede do Virtual Educa

A Bahia foi anunciada pelo secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, como sede do próximo Virtual Educa, durante a cerimônia de encerramento do encontro internacional que reuniu mais de 29 mil pessoas em Bogotá, na Colômbia.

Pinheiro falou sobre a oportunidade de a Bahia sediar a 19 ª edição deste que é um dos maiores eventos mundiais da área. “O desafio de superar as barreiras para a melhoria da Educação está desenhado pela Organização dos Estados Americanos desde 2001, cabendo ao Virtual Educa esta tarefa. Agora, teremos a oportunidade de discutir também com o continente africano, que, pela primeira vez, participa do encontro. Portanto, o debate será global, sobre a possibilidade de chegar a uma nova escola e uma nova educação”, disse.

O secretário também destacou que a Bahia estará aberta para conhecer as mais diversas experiências mundiais. “Também queremos compartilhar as nossas experiências, para que possamos contribuir para consolidar uma nova educação”, disse, ao citar ainda a participação preponderante da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), representada pelo seu presidente Ruben Delgado, para a realização da próxima edição do encontro.

De acordo com o secretário geral do Virtual Educa, José María Antón, a Bahia foi escolhida para sediar a próxima edição por diversos fatores, a exemplo da diversidade cultural, localização, destaque em projetos educacionais e a vinculação com a África.

Na Colômbia, em um estande institucional, foram apresentadas as características multiculturais e a política educacional da Bahia que, em 2018, recepcionará representantes dos cinco continentes. A cerimônia foi encerrada por uma roda de capoeira, elemento cultural e identitário que une Bahia e África.

Interatividade nos meios digitais é destaque em campanha contra o Aedes

sesUma nova campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti foi lançada pelo Governo do Estado, nesta segunda-feira (15). A ação, apresentada para estudantes da rede pública durante evento no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, no bairro de São Marcos, em Salvador, vai usar as redes sociais, como o Instagram, Facebook e Youtube, para ampliar o alcance da campanha e engajar públicos diversos.

normal_1494859689279Osau0419Ao lado dos titulares das pastas estaduais da Educação, Walter Pinheiro, e de Comunicação, André Curvello, o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, ressaltou que “influenciadores digitais e vídeos com um pouco de humor estimulam o compartilhamento da mensagem, que é simples e direta: ou você toma uma atitude ou o mosquito toma conta”.

A campanha também terá anúncios em sites, jornais, revistas, outdoors, busdoors, além da exibição de comerciais nas rádios e tevês de todo o estado. Para ao secretário André Curvello (Secom), apostar na diversidade de linguagens é garantir que a mensagem chegue aos baianos. “Entendemos a importância do tema e tentamos utilizar todas as ferramentas possíveis da comunicação, no sentido de que a gente atinja o maior número de pessoas. Essa é uma campanha complexa, que já começou a ser veiculada em todos os meios ‘off’ e online. Acredito que nunca fizemos uma campanha com tanta força nas redes sociais como esta”.

Lançamento

Ses2Com o uso da tecnologia, a apresentação desta segunda-feira mostrou aos estudantes a história do Aedes aegypti e a forma como foi disseminado pelo mundo, bem como as estratégias de combate ao mosquito, que é vetor de doenças como a dengue, zika e chikungunya. “Em uma única ação utilizamos a interatividade de um vídeo 360°, propusemos uma mini gincana, apresentamos o ciclo de vida do mosquito com o auxílio de microscópios e montamos uma estrutura de mini cinema para exibir dois vídeos educativos”, explicou Fábio Vilas-Boas.

Uma caravana com dois caminhões levando o cinema ao ar livre, os óculos de realidade virtual, microscópio e outras atividades, vai percorrer as escolas estaduais, da capital e do interior, com as ações da campanha. De acordo com o secretário Walter Pinheiro, a ideia é fazer com que as atividades cheguem às 1.300 unidades da rede pública. “Estamos fazendo uma campanha que leva a conscientização e uma série de ações de combate ao mosquito, com a utilização de novas ferramentas. E a campanha encontra nas escolas o ambiente ideal para fazer essas ações florescerem. Queremos que o combate ao mosquito seja debatido dentro das salas de aula, que não seja pontual, mas que faça parte de uma prática de educação e formação”, destacou.

A agenda para as próximas visitas da caravana já está pronta. Confira o cronograma:

15 e 16 de maio – Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, na capital.
17 e 18 de maio – Colégio Estadual Presidente Costa e Silva, na capital.
19 a 26 de maio – Salvador Shopping, na capital.
29 e 30 de maio – Colégio Estadual José de Freitas Mascarenhas, em Camaçari.
1º de junho – Colégio Estadual Polivalente de Camaçari, em Camaçari.

Saúde na Escola

Durante o evento desta segunda-feira, os secretários estaduais da Saúde e Educação também assinaram a adesão ao novo Programa Saúde na Escola, que destina recursos federais para as escolas públicas, sejam elas municipal, estadual ou federal. Nesse sentido, algumas ações são prioritárias, como a visita de profissionais de saúde nas escolas, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti; avaliação de Saúde bucal, e a prevenção ao uso de álcool e outras drogas. A ideia é dar atenção integral à saúde dos estudantes da rede pública através de ações de promoção, prevenção e enfrentamento das situações que podem gerar vulnerabilidade. (fotos Alberto Coutinho/SecomBA)

Começam as eleições para o Colegiado Escolar na rede estadual

colegiadosMuitos estudantes da rede estadual terão os pais, mães e responsáveis como companhia a caminho da escola, desta segunda segunda-feira (8) até sexta (12). É que as escolas estaduais da capital e do interior estarão realizando as eleições para o Colegiado Escolar, que é composto por representantes dos estudantes, professores, funcionários e das famílias. A missão do conselho é contribuir para a gestão democrática e participativa das escolas, visando a união de todos pela melhoria da Educação.

“O Colegiado é extremamente importante, por meio dos qual, todos os segmentos podem dar sugestões, acompanhar e fiscalizar as ações pedagógicas e administrativas da escola. Inclusive é uma forma de os pais estarem mais presentes no cotidiano da escola onde seus filhos estudam podendo, portanto, contribuir com a direção da escola, fortalecer a gestão e, consequentemente, a Educação”, afirma o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

A eleição é promovida pela Secretaria da Educação do Estado e cada escola escolherá um dia da semana para o pleito. Urnas serão disponibilizadas, nos três turnos, nas unidades escolares. Para a formação do colegiado, a votação é por segmentos. Só o diretor da unidade escolar tem representação garantida. As unidades escolares já têm a lista dos votantes.

 

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031