hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Walter Pinheiro’

Dados do Censo Escolar apontam avanços na Educação na Bahia

educaDados do Censo Escolar divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), na última terça-feira (20), apontam avanços na educação da Bahia em todos os níveis e etapas da Educação Básica, compostos pelos anos iniciais e anos finais do Ensino Fundamental, e Ensino Médio, de 2007 a 2015. Os indicadores de fluxo escolar da Educação Básica, que avaliam a transição do aluno entre dois anos consecutivos, considerando a promoção, repetência, evasão e migração para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), demonstram que a Bahia avançou 7,6 pontos percentuais na promoção, saindo de uma taxa de 64% em 2007 para 71,6% em 2015, no Ensino Médio. A taxa de evasão foi reduzida em 5,8 pontos percentuais no mesmo período e a repetência caiu em 1,6 pontos percentuais.

Em relação aos anos iniciais do Ensino Fundamental, a taxa de promoção avançou 11,4 pontos percentuais entre 2007 e 2015, quando chegou a 82,5%, e a repetência diminuiu em 8,4 pontos percentuais no mesmo período. Já a taxa de evasão era de 6,7% em 2007 e caiu para 0,6% em 2015. Os dados dos anos finais do Ensino Fundamental também apontam avanços. A taxa de promoção cresceu 6,1 pontos percentuais no período de 2007 a 2015, chegando a 70% em 2015. A repetência caiu 2,1 pontos percentuais e a evasão escolar recuou 6,3 pontos percentuais no mesmo período, chegando a 4,9% em 2015.

Read the rest of this entry »

Rui implanta Mais Futuro e garante assistência a 4 mil universitários

rui 3

A partir desta quarta-feira (21), quatro mil estudantes de universidades estaduais integram o programa Mais Futuro. A iniciativa do Governo do Estado oferece auxílio financeiro para os jovens em condições de vulnerabilidade socioeconômica, participantes do CadÚnico, além de oportunidades de estágio no setor público. O incentivo garante a permanência desses estudantes nas salas de aula e a conclusão dos cursos de graduação. Na manhã desta quarta, em cerimônia no Bahia Othon Palace, em Salvador, o governador Rui Costa assinou os termos de compromisso de estágio dos universitários participantes, que também receberam seus cartões bancários.

“Este programa é voltado aos jovens de famílias de baixa renda, para que possam cursar uma faculdade, regularmente. Esta é a prioridade do Governo com a juventude. Acredito que a educação transforma a vida das pessoas e esse é mais um estímulo para que esses estudantes concluam seus cursos. A partir do sexto semestre, também estamos oferecendo oportunidades de estágio remunerado, para os universitários garantirem experiência profissional na atividade que está se formando”, explica o governador.

rui 2O programa é voltado para os estudantes das universidades Estadual de Feira de Santana (Uefs), de Santa Cruz (Uesc), do Sudoeste da Bahia (Uesb) e para a Universidade do Estado da Bahia, (Uneb). Ao todo, se inscreveram no programa mais de 5,7 mil jovens e 4 mil deles foram selecionados nesta primeira etapa. Entre eles, 3.600 receberão o auxílio financeiro, chamado auxílio permanência, e os 400 estudantes restantes terão a oportunidade de estagiar em órgãos do governo baiano.

Incentivo

Os jovens que receberão auxílio permanência terão uma bolsa no valor de R$ 300, para quem estuda a até 100 quilômetros de onde mora, e de R$ 600, para os que vivem a uma distância maior. O pagamento já começa na primeira semana de julho, diretamente ao estudante, através de cartão, em conta bancária criada exclusivamente para esta finalidade. O benefício pode ser concedido desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso. No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado.

rui 1Estes são os primeiros quatro mil estudantes do programa que vai investir R$ 50 milhões até 2018, apostando na educação dos jovens baianos. Para participar, é preciso ter registro atualizado no cadastro centralizado de programas sociais do Governo Federal (CadÚnico); não possuir vínculo empregatício e não ter concluído qualquer outro curso de nível superior.

De acordo com o secretário da Educação, Walter Pinheiro, o Governo do Estado está fazendo uma grande modificação na estrutura educacional da Bahia. “Todas essas iniciativas, como o Mais Futuro, o Partiu Estágio e o Primeiro Emprego, vão preparar os estudantes não só para as universidades e o mercado de trabalho, mas para a vida. Além disso, a possibilidade de garantir permanência na universidade e vagas de estágio incentiva também o Ensino Médio. Esse apoio é um estímulo para que alunos queiram ingressar no Ensino Superior”, afirmou Pinheiro. (fotos: Mateus Pereira/GOVBA)

Bahia é oficializada como a próxima sede do Virtual Educa

A Bahia foi anunciada pelo secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, como sede do próximo Virtual Educa, durante a cerimônia de encerramento do encontro internacional que reuniu mais de 29 mil pessoas em Bogotá, na Colômbia.

Pinheiro falou sobre a oportunidade de a Bahia sediar a 19 ª edição deste que é um dos maiores eventos mundiais da área. “O desafio de superar as barreiras para a melhoria da Educação está desenhado pela Organização dos Estados Americanos desde 2001, cabendo ao Virtual Educa esta tarefa. Agora, teremos a oportunidade de discutir também com o continente africano, que, pela primeira vez, participa do encontro. Portanto, o debate será global, sobre a possibilidade de chegar a uma nova escola e uma nova educação”, disse.

O secretário também destacou que a Bahia estará aberta para conhecer as mais diversas experiências mundiais. “Também queremos compartilhar as nossas experiências, para que possamos contribuir para consolidar uma nova educação”, disse, ao citar ainda a participação preponderante da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), representada pelo seu presidente Ruben Delgado, para a realização da próxima edição do encontro.

De acordo com o secretário geral do Virtual Educa, José María Antón, a Bahia foi escolhida para sediar a próxima edição por diversos fatores, a exemplo da diversidade cultural, localização, destaque em projetos educacionais e a vinculação com a África.

Na Colômbia, em um estande institucional, foram apresentadas as características multiculturais e a política educacional da Bahia que, em 2018, recepcionará representantes dos cinco continentes. A cerimônia foi encerrada por uma roda de capoeira, elemento cultural e identitário que une Bahia e África.

Interatividade nos meios digitais é destaque em campanha contra o Aedes

sesUma nova campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti foi lançada pelo Governo do Estado, nesta segunda-feira (15). A ação, apresentada para estudantes da rede pública durante evento no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, no bairro de São Marcos, em Salvador, vai usar as redes sociais, como o Instagram, Facebook e Youtube, para ampliar o alcance da campanha e engajar públicos diversos.

normal_1494859689279Osau0419Ao lado dos titulares das pastas estaduais da Educação, Walter Pinheiro, e de Comunicação, André Curvello, o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, ressaltou que “influenciadores digitais e vídeos com um pouco de humor estimulam o compartilhamento da mensagem, que é simples e direta: ou você toma uma atitude ou o mosquito toma conta”.

A campanha também terá anúncios em sites, jornais, revistas, outdoors, busdoors, além da exibição de comerciais nas rádios e tevês de todo o estado. Para ao secretário André Curvello (Secom), apostar na diversidade de linguagens é garantir que a mensagem chegue aos baianos. “Entendemos a importância do tema e tentamos utilizar todas as ferramentas possíveis da comunicação, no sentido de que a gente atinja o maior número de pessoas. Essa é uma campanha complexa, que já começou a ser veiculada em todos os meios ‘off’ e online. Acredito que nunca fizemos uma campanha com tanta força nas redes sociais como esta”.

Lançamento

Ses2Com o uso da tecnologia, a apresentação desta segunda-feira mostrou aos estudantes a história do Aedes aegypti e a forma como foi disseminado pelo mundo, bem como as estratégias de combate ao mosquito, que é vetor de doenças como a dengue, zika e chikungunya. “Em uma única ação utilizamos a interatividade de um vídeo 360°, propusemos uma mini gincana, apresentamos o ciclo de vida do mosquito com o auxílio de microscópios e montamos uma estrutura de mini cinema para exibir dois vídeos educativos”, explicou Fábio Vilas-Boas.

Uma caravana com dois caminhões levando o cinema ao ar livre, os óculos de realidade virtual, microscópio e outras atividades, vai percorrer as escolas estaduais, da capital e do interior, com as ações da campanha. De acordo com o secretário Walter Pinheiro, a ideia é fazer com que as atividades cheguem às 1.300 unidades da rede pública. “Estamos fazendo uma campanha que leva a conscientização e uma série de ações de combate ao mosquito, com a utilização de novas ferramentas. E a campanha encontra nas escolas o ambiente ideal para fazer essas ações florescerem. Queremos que o combate ao mosquito seja debatido dentro das salas de aula, que não seja pontual, mas que faça parte de uma prática de educação e formação”, destacou.

A agenda para as próximas visitas da caravana já está pronta. Confira o cronograma:

15 e 16 de maio – Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, na capital.
17 e 18 de maio – Colégio Estadual Presidente Costa e Silva, na capital.
19 a 26 de maio – Salvador Shopping, na capital.
29 e 30 de maio – Colégio Estadual José de Freitas Mascarenhas, em Camaçari.
1º de junho – Colégio Estadual Polivalente de Camaçari, em Camaçari.

Saúde na Escola

Durante o evento desta segunda-feira, os secretários estaduais da Saúde e Educação também assinaram a adesão ao novo Programa Saúde na Escola, que destina recursos federais para as escolas públicas, sejam elas municipal, estadual ou federal. Nesse sentido, algumas ações são prioritárias, como a visita de profissionais de saúde nas escolas, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti; avaliação de Saúde bucal, e a prevenção ao uso de álcool e outras drogas. A ideia é dar atenção integral à saúde dos estudantes da rede pública através de ações de promoção, prevenção e enfrentamento das situações que podem gerar vulnerabilidade. (fotos Alberto Coutinho/SecomBA)

Começam as eleições para o Colegiado Escolar na rede estadual

colegiadosMuitos estudantes da rede estadual terão os pais, mães e responsáveis como companhia a caminho da escola, desta segunda segunda-feira (8) até sexta (12). É que as escolas estaduais da capital e do interior estarão realizando as eleições para o Colegiado Escolar, que é composto por representantes dos estudantes, professores, funcionários e das famílias. A missão do conselho é contribuir para a gestão democrática e participativa das escolas, visando a união de todos pela melhoria da Educação.

“O Colegiado é extremamente importante, por meio dos qual, todos os segmentos podem dar sugestões, acompanhar e fiscalizar as ações pedagógicas e administrativas da escola. Inclusive é uma forma de os pais estarem mais presentes no cotidiano da escola onde seus filhos estudam podendo, portanto, contribuir com a direção da escola, fortalecer a gestão e, consequentemente, a Educação”, afirma o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

A eleição é promovida pela Secretaria da Educação do Estado e cada escola escolherá um dia da semana para o pleito. Urnas serão disponibilizadas, nos três turnos, nas unidades escolares. Para a formação do colegiado, a votação é por segmentos. Só o diretor da unidade escolar tem representação garantida. As unidades escolares já têm a lista dos votantes.

 

Rui anuncia parcerias em reunião com ministra da cultura de Angola

angola rui 1Para tratar de assuntos na área de cooperação cultural e educacional entre o estado da Bahia e Angola, o governador Rui Costa recebeu a ministra da Cultura do país africano, Carolina Cerqueira, nesta sexta-feira (5), na Governadoria, em Salvador. Projetos sociais em parceria com a Casa de Angola estiveram entre assuntos abordados. Também participam do encontro os secretários estaduais de Cultura, Jorge Portugal, e da Educação, Walter Pinheiro, além do embaixador de Angola no Brasil, Nelson Manuel Cosme.

“Nós queremos aumentar o entrosamento entre o povo da Bahia e brasileiro com Angola. Vamos fazer uma integração. Propomos uma semana da música de Angola aqui no nosso estado e uma semana da música baiana lá. Além disso, vamos oferecer vagas em turma de capacitação para formar jovens em restauração e conservação do patrimônio histórico, o que, com certeza, vai ajudar o povo de Angola a conservar o seu patrimônio histórico. Aproximados pela cultura, vamos fazer parcerias em diversas áreas”, afirmou o governador.

angola rui 2Rui anunciou ainda o desejo de promover a cooperação no campo cientifico. “Acreditamos que podemos trabalhar juntos em linhas de pesquisa que são referências de indicadores sociais que são comuns aos dois povos, como a anemia falciforme e a questão da pressão arterial alta. Temos muito a caminhar juntos”.

Para a ministra, a reunião marcou o inicio de uma etapa. “Nós saímos encorajados deste encontro com o governador, porque sentimos que há uma convergência grande de áreas comuns, que certamente vão melhorar as relações entre Angola e o Brasil, particularmente o estado da Bahia, onde nós encontramos muito de nossa ancestralidade da matriz cultural do povo angolano. Com essas parcerias e esses festivais musicais, nós vamos recolher um pouco da cultura um do outro”, destacou.

Em março deste ano, o embaixador de Angola no Brasil esteve no gabinete do vice-governador João Leão para renovar, por mais 25 anos, o termo de cessão de uso da Casa de Angola. Inaugurado em 1999, por iniciativa da Embaixada de Angola no Brasil e apoiada pelo Governo da Bahia, o espaço de acesso à cultura do país africano fica localizado no Solar do Gravatá, em imóvel sob responsabilidade do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), vinculado à Secretaria de Cultura do Estado (Secult).

Parceria entre Governo e Ford qualifica quase 100 jovens da rede pública estadual

ford 3Comemorando o fim de um ciclo e também o início de uma nova etapa, os 98 estudantes da Turma II do Programa Ford de Educação receberam, nesta quinta-feira (4), o certificado de conclusão de mais de 300 horas de capacitação, durante solenidade no auditório da Secretaria da Educação do Estado, na capital. Todos são alunos de escolas públicas estaduais de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

A ação, resultado do Programa de Responsabilidade Social da Ford Brasil, em parceria com o Governo do Estado e com instituições como o Senai e Sesi, está preparando jovens para o mercado de trabalho, através da qualificação técnica e comportamental. Essa é a segunda turma do programa, que seleciona 100 jovens do Ensino Médio da rede pública estadual, entre 17 e 24 anos. As escolas são convidadas a participar indicando os alunos que apresentaram as melhores notas de português e matemática ao longo do ano. Desses, são escolhidos os que obtiveram melhores desempenhos. Tudo para estimular ainda mais a educação, que começa dentro das instituições.

ford 2Segundo o secretário da Educação, Walter Pinheiro, presente na cerimônia de formatura do programa, que foi inspirado no projeto estadual Educar para Transformar, a relação com a iniciativa privada cria novas oportunidades. “Vemos as empresas privadas não só como um campo de estágio, mas também um local de aprimoramento técnico, aliando o conhecimento com a prática. A Ford contribui com a qualificação dos jovens do estado, e também à sua própria, à medida que esses jovens podem trabalhar na empresa. Esse é também o reconhecimento de que a rede pública de educação tem condições de preparar esses alunos com qualidade para atuarem na área que desejarem”, afirmou o secretário.

Parcerias

ford 1Os formandos passaram 150 horas de capacitação de matérias como comunicação escrita, matemática e lógica, informática básica, comportamento e outros assuntos, e por uma formação de 160 horas para os cursos de auxiliar de eletricista, auxiliar de operações logísticas, auxiliar de mecânico automotivo e administrativo, tudo em parceria com o Sesi e Senai. Para a gerente de ações corporativas da Ford, Adriane Rocha, a formação profissional é para o mercado de trabalho e não necessariamente para a empresa. “Acreditamos que investir na educação é um caminho de garantia a inovação no futuro, preparar os jovens para o futuro é também investir na nossa empresa. E, independente da Ford, essa qualificação serve para a vida desses jovens e é por conta disso que continuamos investindo em programas sociais com foco na educação”, contou a gerente.

Participando de um talk show durante a cerimônia de diplomação dos jovens, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, falou sobre a importância dessas parcerias com a iniciativa privada. “É importante manter uma relação forte com a sociedade civil, não apenas com as empresas, mas também outras organizações, como universidades, por exemplo. Esse programa é um sucesso e fico feliz de ver as empresas participando de um processo de responsabilidade social, contribuindo com o Governo do Estado”. (Fotos: Elói Corrêa/GOVBA)

Governador garante reforma em escolas dos assentamentos do MST

Reformas e construções de escolas e quadras poliesportivas serão realizadas em assentamentos do Movimento dos Sem Terra (MST) na Bahia. A educação no campo é um dos itens da pauta discutida na quinta-feira (20), em reunião realizada na Governadoria, entre o governador Rui Costa, representantes do MST e os secretários de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, da Educação, Walter Pinheiro, e das Relações Institucionais, Josias Gomes. Além de educação, também foram discutidos abastecimento hídrico, infraestrutura e, principalmente, produção.

mst 1Para o diretor do MST na Bahia, Evanildo Costa, a reunião mostra que o Governo do Estado continua aberto ao diálogo. “O secretário Walter Pinheiro esteve, na semana passada, em várias regiões, fazendo o levantamento das escolas que precisam ser ampliadas, das que precisam ser construídas e da necessidade de quadras poliesportivas. O governador garantiu, aqui, que as demandas em relação às escolas e de quadras serão atendidas”.

Segundo Evanildo, também foi discutido o fortalecimento das cadeias produtivas. “Nós já estamos implementando algumas, no caso do leite e do café, no sudoeste, na Chapada Diamantina e no extremo-sul. O governador também se comprometeu em ampliar cadeias produtivas em outras regiões, como o cacau, no sul e baixo sul, a fruticultura, no norte, e o café, no extremo sul. São questões importantes para ajudar a melhorar a vida das famílias que vivem nos assentamentos”.

mst 3O secretário Jerônimo Rodrigues informou que a agenda está sendo discutida com o MST desde 2015. “São pautas estratégicas, como a educação, para garantir que no rural o conhecimento seja utilizado para a cidadania e para a produção e comercialização. A água e a infraestrutura também estão sendo desenvolvidas e, naturalmente, o MST traz a pauta da produção e da comercialização. A Secretaria de Desenvolvimento Rural foi criada para isto e, junto com a Secretaria de Relações Institucionais e a Casa Civil, dialogou com as demais secretarias, para definir as condições de atender as pautas mais estratégicas”.

O secretário destacou ainda que, desde o início desta agenda, em 2015, o MST obteve várias conquistas. “São equipamentos tecnológicos, a exemplo de tratores para preparação de solo e temos uma agenda em bom andamento de agroindústrias, por exemplo”. Jerônimo também observou que, em plena crise econômica e institucional, o governador Rui Costa mantém o seu compromisso de início de governo, de dialogar sempre com os movimentos sociais. “O MST tem feito as caminhadas do interior até Salvador, e este período de abril e maio é quando eles vêm negociando a pauta e os outros estados não fazem isso com a mesma proeminência que o governador Rui Costa tem feito”. (fotos: Mateus Pereira/GOVBA)

Pinheiro visita assentamentos no Extremo Sul e discute melhorias para a Educação no Campo

assenta 1Com o objetivo de estreitar ainda mais a relação com gestores, professores e estudantes da rede estadual e colher demandas da comunidade escolar, o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, cumpre um agenda de visitas a escolas em cidades do Extremo Sul. Nesta segunda-feira (17), Pinheiro esteve em dois assentamentos rurais. O secretário visitou o Colégio Estadual do Campo Karl Max, no Assentamento 40-45, localizado no município de Alcobaça (841 km de Salvador), a Escola Popular de Agroecologia e Agrofloresta Egídio Brunetto, no Assentamento Jaci Rocha, no município de Prado e o Colégio Estadual do Campo Oziel Alves Pereira, no assentamento Bela Vista, localizado no município de. Na oportunidade, ele dialogou sobre a Educação do Campo com a comunidade escolar e com lideranças do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Além de realizar um diagnóstico sobre questões como infraestrutura das unidades escolares, o diálogo com a comunidade escolar visa, sobretudo, a adoção de medidas com foco no eixo pedagógico das escolas. No Assentamento Jaci Rocha, além de visitar a Escola Popular de Agroecologia e Agrofloresta Egídio Brunetto, o secretário debateu, com professores e militantes do MST, a ampliação da oferta do ensino aos moradores do território. “Precisamos que sejam apresentadas as demandas da comunidade para que possamos apoiar as atividades. A escola é referência e estamos dispostos a ouvir os projetos que eles têm que nos apresentar. Portanto, queremos dar início a todos os projetos até junho, seja na parte pedagógica ou nas áreas estruturais”, afirmou Pinheiro.

Read the rest of this entry »

Bahia se prepara para sediar o Virtual Educa 2018

virtual educacaA preparação para a Bahia sediar, em 2018, um dos maiores eventos mundiais na área de Educação está a todo vapor. Foi realizada uma reunião de alinhamento com o objetivo de integrar as secretarias e órgãos do Governo do Estado na realização do Encontro Internacional Virtual Educa 2018. A cada ano, o evento é realizado em um país membro da Organização dos Estados Americanos (OEA) e visa difundir projetos inovadores voltados para a área da educação. Este ano, será realizado em Bogotá, na Colômbia.

O secretário da Educação, Walter Pinheiro, falou sobre a importância do Virtual Educa ser sediado na Bahia e, também, destacou o potencial dos estudantes da rede estadual de ensino. “Muito mais do que um evento, este é um programa de grande porte no qual teremos a oportunidade de mostrar para o mundo o que a Bahia tem feito para atender às metas do milênio, através das experiências pedagógicas que estão sendo desenvolvidas nas escolas estaduais. Também será uma oportunidade para novas parcerias e para ampliar o acesso dos nossos professores, gestores e estudantes a iniciativas inovadoras de outros países”, destacou Pinheiro.

De acordo com o secretário geral do Virtual Educa, José María Antón, a Bahia foi escolhida por diversos fatores preponderantes, a exemplo da diversidade cultural, localização, destaque em projetos educacionais e a vinculação com a África, que pela primeira vez participará do evento. “Em cada edição é dada ênfase às questões que as instituições educativas do país sede consideram estratégicas, fatores que contribuem para a melhoria de resultados na educação, bem como a apresentação de experiências e modelos de boas práticas, a exemplo de projetos de inovação e conectividades escolar”, afirmou.

Em dezembro do ano passado, Pinheiro e o secretário estadual de Turismo, José Alves, participaram da reunião preparatória do Conselho Diretor do Virtual Educa, na sede da Organização dos Estados Americanos (OEA), em Washington (EUA). No evento deste ano, na Colômbia, a Bahia será anunciada como sede da próxima edição.

Na reunião desta sexta-feira, participaram representantes das secretarias de Comunicação, Turismo, Administração, Fazenda, Desenvolvimento Econômico e Planejamento, além da Procuradoria Geral do Estado, Prodeb, Casa Civil, Casa Militar e Assessoria Internacional do Gabinete do Governador. O presidente da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), Ruben Delgado, também participou do encontro, que foi coordenado pela Secretaria da Educação.

Secretaria da Educação integra ações para fortalecer a alfabetização de crianças, jovens e adultos

sec 2A Secretaria da Educação do Estado está integrando três áreas estratégias que tratam da alfabetização de crianças na idade certa, da alfabetização de jovens e adultos, assim como da relação institucional com os municípios. Trata-se da junção do projeto Pacto pela Educação na Idade Certa, do Programa Todos pela Alfabetização (TOPA) e do Programa de Apoio à Educação Municipal (PROAM), operacionalizados pela Coordenação de Programas Especiais (COPE). O funcionamento da recém criada COPE e a atuação conjunta destes projetos e programas estão sendo discutidos com 156 técnicos dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE), nestas terça-feira (14) e quarta-feira (15), no Instituto Anísio Teixeira, em Salvador.

sec 1Presente ao encontro, o secretário da Educação, Walter Pinheiro, enfatizou a importância de uma maior integração entre as ações do Estado na busca pela melhoria na educação. “Acredito que o trabalho tem que ser pautado por um eixo de ação. Temos que ter prioridades específicas e ampliar as ações integradas que priorizem a alfabetização em todas as idades. Por isso, com a COPE, temos o objetivo de aumentar nossa atuação em todos os Territórios de Identidade, valorizando as especificidades e aproximando prefeituras e instituições do Ensino Superior e técnicos deste movimento”, destacou.

A coordenadora do COPE, Elenir Alves, falou sobre o primeiro encontro entre técnicos. “O esforço do trabalho é a gente detectar as convergências entre os programas, para vermos como as ações se integram lá na ponta, quando chegam até o estudante e o município, estimulando, ainda mais, essa rede de educação que envolve as esferas federal, estadual e municipal”, explicou.

 

 

 

Ano letivo nas escolas estaduais começa com foco no fortalecimento das ações pedagógicas

volta a 1

O primeiro dia de aulas do ano letivo 2017 na rede estadual, nesta segunda-feira (6), foi marcado pelo acolhimento dos estudantes, por apresentações da equipe docente, hasteamento da bandeira e apresentações culturais. No Colégio Estadual Zumbi dos Palmares, no bairro de Tancredo Neves, em Salvador, por exemplo, a programação contou com a participação dos alunos do Circo Picolino e da arte com grafite do artista plástico Marcos Costa.

volta a 2Na quarta-feira (8), as comemorações pelo início do ano letivo 2017 continuam com o Programa de Abertura, das 8h30 às 10h, no Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque, no bairro Caixa D’Água, em Salvador, com as presenças do governador Rui Costa e do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro. O programa será transmitido ao vivo pela TVE e pelo Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

Ao dar as boas-vindas à comunidade estudantil, o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, destacou as ações que estão sendo empreendidas para fortalecer a pedagogia nas escolas. “Faço uma saudação a todos os envolvidos na educação para que iniciemos um momento de transformação na educação da Bahia. Estamos preparando diversas ações que vão promover uma valorização e resgate do espírito da escola. A prioridade é ter coordenadores pedagógicos em todas as escolas. Acreditamos que a rede física é importante, mas a mudança real acontece com uma pedagogia forte, valorizando a identidade territorial das escolas”, afirmou.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2017
D S T Q Q S S
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930