hanna thame fisioterapia animal
bahiagas livros do thame

Posts Tagged ‘Vox Populi’

Vox Populi: Lula dispara e venceria eleição no 1o. turno

lulaDa CUT – Mesmo mantido como preso político há mais de 100 dias na sede da Polícia Federal, em Curitiba, e atacado ferozmente por setores do Judiciário e da mídia, o ex-presidente Lula continua imbatível e seria eleito no primeiro turno se as eleições fossem hoje, de acordo com pesquisa CUT/Vox Populi, realizada entre os dias 18 e 20 de julho.

Ao contrário do que os opositores sonharam, Lula segue na liderança e nem mesmo as manobras políticas e jurídicas para mantê-lo preso abalaram as intenções de votos no ex-presidente.

É o que comprovou a pesquisa, inclusive nas simulações de segundo turno, onde Lula também derrotaria qualquer adversário por ampla margem de votos.

Pesquisa estimulada

pesquisa

No cenário estimulado, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados, as intenções de voto em Lula aumentaram para 41% contra 39% registrado em maio.

Já a soma de todos os outros adversários alcançou 29%, segundo a pesquisa CUT/Vox Populi, divulgada nesta quinta-feira (26).

Read the rest of this entry »

Vox Populi: Lula amplia vantagem e seria imbatível no 2o. turno

lula(Brasil 247) – Pesquisa do Instituto Vox Populi, realizada entre os dias 11 e 15 de abril, mostra que o ex-presidente Lula, mesmo depois de ter sido preso, mantém a liderança e até ampliou sua vantagem sobre os demais candidatos às eleições de outubro.

Segundo a pesquisa, 41% dos brasileiros consideram que Lula foi condenado sem provas, 44% consideram que a prisão de Lula foi injusta e 58% acham que ele tem o direito de ser candidato novamente à presidência da República, mesmo depois da prisão.

Na pergunta espontânea sobre intenção de votos para presidente da República, Lula marcou 39% (eram 38% na pesquisa Vox de dezembro de 2016).

Nos cenários comparáveis de segundo turno, Lula marca 56% x 12% contra Geraldo Alckmin do PSDB (eram 50% x 14% em dezembro), 54% x 16% contra Marina Silva, da Rede, (eram 52% x 21%) e 54% x 20% contra Joaquim Barbosa, do PSB (eram 52% x 21%).

Segundo o diretor do Vox Populi, Marcos Coimbra, a pesquisa mostra que aumentou o sentimento de que o ex-presidente é vítima de uma injustiça e de que recebe um tratamento desigual por parte do Judiciário”.

A pesquisa constata o aumento da simpatia ao PT e a diminuição da rejeição a Lula. “A prisão de Lula, da forma como ocorreu, parece ter afetado a visão do cidadão comum, de forma a torná-la mais favorável ao ex-presidente”, avalia Coimbra.

Vox Populi: Lula vence eleição em todos os cenários

lula247 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva segue líder absoluto nas intenções de voto para o Planalto em 2018, apesar da caçada judicial de que tem sido vítima. A nova rodada da pesquisa CUT-Vox Populi, realizada entre os dias 29 e 31 de julho, mostra que o ex-presidente Lula lidera as intenções de voto para presidência da República no segundo turno nos quatro cenários pesquisados: contra Jair Bolsonaro (PEN-RJ) ou João Doria (PSDB-SP), Lula alcança 53% das intenções de voto; se os candidatos forem Geraldo Alckmin (PSDB-SP) ou Marina Silva (Rede-AC), Lula bate ambos com 52% dos votos.

Nesses cenários imaginados pela pesquisa, Bolsonaro teria 17% dos votos. Já Alckmin, Doria e Marina alcançariam, no máximo, 15% do total de votos, cada um. A intenção de voto espontânea em Lula também aumentou depois que o juiz Sérgio Moro condenou o ex-presidente, sem nenhuma prova, por crime de corrupção passiva no caso do tríplex do Guarujá. Em junho, antes da sentença, 40% dos entrevistados disseram que votariam no ex-presidente. No fim de julho, o percentual aumentou para 42%.

Para Marcos Coimbra, diretor do Instituto Vox Populi, vários dados pesquisa podem explicar porque Moro não acabou com as intenções de voto positivas no ex-presidente.

“Um deles, muito importante, é que, para 42% dos entrevistados, Moro não provou a culpa de Lula no caso do tríplex do Guarujá. Para 32%, Moro provou e, outros, 27% não souberam ou não quiseram responder”.

Read the rest of this entry »

Vox Populi: Lula bate todos os adversários

lula

(Do Pragmatismo Político)-Pesquisa do instituto Vox Populi encomendada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e divulgada nesta terça-feira (18) mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva liderando todos os cenários para as eleições de 2018. O instituto Vox Populi divulgou nesta terça-feira (18) a sua mais nova pesquisa para as eleições de 2018.

Segundo o levantamento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera em todos os cenários. As últimas pesquisas CNT/MDA e Datafolha também apresentaram Lula na frente da disputa.

A pesquisa apresenta três cenários com distintos candidatos do PSDB: Aécio, Alckmin e João Doria. Ela não capta todos os efeitos da delações da Odebrecht. Confira abaixo os números e os cenários avaliados.

CENÁRIO 1

Lula (PT) — 45%
Jair Bolsonaro (PSC) — 11%
Marina Silva (REDE) — 10%
Aécio Neves (PSDB) — 9%
Ciro Gomes (PDT) — 4%
Brancos e Nulos: 15%
Não sabe: 7%

CENÁRIO 2

Lula (PT) — 45%
Jair Bolsonaro (PSC) — 12%
Marina Silva (REDE) — 11%
Geraldo Alckmin (PSDB) — 6%
Ciro Gomes (PDT) — 4%
Brancos e Nulos: 16%
Não sabe: 7%

CENÁRIO 3

Lula (PT) — 45%
Jair Bolsonaro (PSC) — 11%
Marina Silva (REDE) — 11%
João Doria Jr. (PSDB) — 5%
Ciro Gomes (PDT) — 5%
Brancos e Nulos: 16%
Não sabe: 7%

SEGUNDO TURNO

Nas simulações de segundo turno, Lula também vence todos os candidatos. Se as eleições fossem hoje, Lula venceria Aécio (PSDB) por 50% a 17% das intenções de voto; Geraldo Alckmin (PSDB) por 51% a 17%; Marina Silva (Rede) por 49% a 19%; e João Doria (PSDB) por 53% a 16%.

O levantamento do Vox Populi foi realizado no período de 6 a 10 de abril. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Aprovação de Temer cai para 5%

temer

A aprovação de Temer como presidente (5%) cai na mesma velocidade em que aumenta o número de brasileiros contrários à reforma da Previdência (93%) e a terceirização (80%), revela pesquisa CUT-Vox Populi. Segundo o levantamento, 65% dos brasileiros avaliam negativamente o desempenho de Temer como presidente – 5% consideraram positivo e 28% regular. Em dezembro do ano passado, os índices foram 55% negativo, 32% regular e 8% positivo.

No Nordeste, o desempenho de Temer como presidente continua afundando: 78% negativo, contra 4% positivo. O maior índice positivo (6%) que ele conquistou foi no Sudeste, onde tem 59% de negativo. No Sul, negativo (62%) e positivo (5%) e no Centro-Oeste-Norte, negativo (57%) e positivo (5%).

Para o presidente da CUT, Vagner Freitas, a piora da avaliação do desempenho de Temer como presidente em todas as Regiões do País, em especial no Sudeste, Região que teve mais apoiadores do golpe de Estado, demonstra que a população percebeu que o golpe foi contra a classe trabalhadora.

“Até agora, nenhuma medida do Temer visou crescimento econômico, geração de emprego e renda, ou combate à fome e a miséria. Ele só propõe desmonte: da aposentadoria, da CLT, dos direitos trabalhistas e venda do patrimônio público”, argumenta Vagner.Para o dirigente, Temer perdeu o debate na sociedade, apesar do investimento milionário em propagandas, e, agora, tudo que faz só contribui para fortalecer a mobilização para a greve geral de 28 de abril.

Read the rest of this entry »

Sob ataque feroz, Lula cresce e lidera corrida presidencial

lula-13O  ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua como favorito à Presidência da República pela maioria do eleitor brasileiro; 5ª rodada da pesquisa CUT/Vox Populi, com 2 mil pessoas, mostra que Lula subiu de 29% em junho para 34%; se o deixarem concorrer novamente, Lula ganhará de Aécio Neves/PSDB (15%), Marina Silva/Rede (11%), Jair Bolsonaro/PP (7%) e Ciro Gomes/PDT (5%); se o candidato tucano for Geraldo Alckmin, Lula vence também, com 35% contra 12%; para 42% dos entrevistados pela pesquisa, Lula foi o melhor presidente do Brasil

Para a maioria dos brasileiros, Lula acertou mais do que errou. Para 62% dos entrevistados, Lula cometeu erros, mas fez muito mais coisas certas pelo povo brasileiro e pelo Brasil. 31% acham que ele errou mais do que acertou.

A pesquisa foi realizada depois do resultado das eleições, entre os dias 9 e 13 de outubro. Foram entrevistadas 2 mil pessoas com idade superior a 16 anos do Distrito Federal e de todos os estados brasileiros, exceto Roraima, de todos os segmentos econômicos e demográficos em 116 municípios.

Vox Populi: Lula lidera em todos os cenários

lula povo

O ex-presidente Lula continua liderando as pesquisas de intenção de voto em primeiro turno, confirmou levantamento realizado pelo instituto Vox Populi divulgado nesta sexta-feira 5 pela revista Carta Capital.

Se a eleição presidencial fosse hoje, Lula seria o candidato mais votado em três cenários pesquisados. Ele teria 28% dos votos em uma disputa contra o tucano Aécio Neves (18%) e Marina Silva (15%).

Com Geraldo Alckmin como candidato do PSDB, Lula lideraria com 29%, contra 18% de Marina e 11% do governador de São Paulo. O cenário com José Serra (13%) também não favorece os tucanos, terminando com Lula (29%) e Marina (19) no segundo turno.

Apesar da campanha jurídico-midiática contra o ex-presidente, ele não deixa a liderança das pesquisas de intenção de voto. Recentemente, levantamento do instituto Datafolha revelou resultados similares.

Confira aqui a íntegra do relatório da pesquisa.

Pesquisas mostram como mídia joga contra o país

Por Ricardo Kotscho

kot Duas pesquisas divulgadas na semana passada por Ibope e Vox Populi sobre como os brasileiros se sentem em relação ao futuro mostram como a grande mídia joga contra o país para desgastar o governo, ao privilegiar e exagerar no noticiário negativo.

Para 41% dos brasileiros, segundo o Ibope, a imprensa mostra a situação econômica do país mais negativa do que na realidade o cidadão percebe. “Isso revela que os níveis de contradição entre a realidade e o que a mídia publica chegaram a graus altíssimos”, constata Laurindo Lalo Leal Filho, sociólogo, jornalista e professor da Escola de Comunicações e Artes da USP, em entrevista a Helder Lima, da Rede Brasil Atual.

Esta contradição apontada por Leal Filho pode ser explicada pelos números da “Pesquisa Brasileira de Mídia 2014″, também do Ibope: 75% dos 18.312 entrevistados em 848 municípios nunca lê jornal e 85% nunca lê qualquer revista. Apenas 6% dos brasileiros leem jornais diariamente. Acrescento: é este noticiário, porém, que serve de matéria prima e alimenta os comentários das redes sociais nas novas plataformas da mídia eletrônica.

Na mesma linha, pesquisa nacional do Vox Populi sobre sentimentos e expectativas a respeito da economia revela que a opinião pública vive um pesadelo. Quase metade da população estima uma inflação mensal superior a 20% até o final do ano e apenas 7% dos entrevistados sabem que hoje menos de dez indivíduos em cada cem estão desempregados, enquanto 38% imaginam que a proporção de brasileiros sem emprego já ultrapassa os 40%.

“A nova pesquisa mostra que a quase totalidade dos brasileiros depois de ser bombardeada durante tanto tempo com a noção de “crise”, perdeu a capacidade de enxergar com realismo a situação da economia”, analisa Marcos Coimbra, do Vox Populi, em artigo publicado na última edição da revista Carta Capital, sob o título “A crise e suas interpretações”.

Na abertura do texto, Coimbra se pergunta: “Quanto mal uma mídia partidarizada pode causar a um País? Que prejuízos a irresponsabilidade dos veículos de comunicação traz à sociedade?”

E ele mesmo responde mais adiante: “Todos sabem quão importante é o papel das expectativas na vida econômica. Quando a maioria se convence de que as coisas não vão bem, seu comportamento tende a produzir aquilo que teme: a desaceleração da economia e a diminuição do investimento público. A “crise” é, em grande parte, provocada pelas expectativas”.

Os números do Ibope confirmam o que diz Coimbra: enquanto os dados das pesquisas mais recentes indicam uma inflação anual em torno de 8%, uma em cada três das 2.002 pessoas ouvidas não sabe apontar corretamente quais são os atuais níveis. Para 19%, ela já estaria acima dos 12% ao ano.

“Há uma contradição entre a realidade e o que é pauta. Essa contradição se mantém há muito tempo, e agora num grau de distanciamento muito maior. E isso explica a percepção da sociedade e do cidadão revelada nesses números”.

Como se estivessem participando juntos de um debate, os dois analistas chegam às mesmas conclusões sobre diferentes pesquisas, e Coimbra lembra um ponto importante: “Ninguém defende que a população seja mantida na ignorância em relação aos problemas enfrentados pela economia. Mas vemos outra coisa. A mídia hegemônica deseduca ao deformar a realidade e por nada fazer para seus leitores e espectadores desenvolverem uma visão realista e informada do País. Fabrica assustados para produzir insatisfeitos”.

Em 1968, o ano do AI_5, o golpe dentro do golpe, Caetano Veloso já cantava em “Alegria, Alegria”:

O sol nas bancas de revista

Me enche de alegria e preguiça

Quem lê tanta notícia

Eu vou…

E vamos que vamos. Para onde?

 

Datafolha e Vox Populi apontam ´virada´ de Dilma

 

dilma e aecioA candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) aparece pela primeira vez à frente de Aécio Neves (PSDB) neste segundo turno, conforme o Datafolha. Dilma tem 52% dos votos válidos contra 48% de Aécio. Os dois estão empatados no limite da margem de erro, que é de 2 pontos percentuais.

A pesquisa foi feita ontem (20), sob encomenda da Folha de São Paulo e da TV Globo.

Nos votos totais, Dilma passou de 43% para 46%, enquanto Aécio Neves oscilou de 45% para 43%. Neste cenário, os votos brancos e nulos chegam a 5%, enquanto o percentual de indecisos atinge 6%.

A rejeição a Aécio aumentou ainda mais em relação à pesquisa anterior. Saltou de 38% para 40%, enquanto a de Dilma manteve linha descendente, caindo a 39%.

Os eleitores de Dilma são mais convictos. 45% dizem que votarão nela com certeza contra 42% da pesquisa anterior. Os de Aécio são 41% ante 42% da pesquisa da semana passada.
A aprovação ao Governo Dilma também subiu, saltando de 40% para 42%. O percentual de regular oscilou de 38% para 37%. Já os que reprovam a gestão, caiu de 21% para 20% agora.

A pesquisa foi feita nesta segunda-feira (20) em 257 municípios e ouviu 4.389 eleitores. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número 01140/2014.

VOX POPULI

Já na pesquisa Vox Populi, também divulgada ontem, encomendada  pela Rede Record, mostra empate técnico entre o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, e a candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT). Segundo o levantamento, Dilma aparece com 46% das intenções de voto e Aécio com 43%. Votos brancos e nulos somam 5% e indecisos, 5%.

No levantamento anterior Dilma  tinha 45% dos eleitores consultados e Aécio, de 44%.

Considerados os votos válidos, excluindo-se os votos brancos, nulos e indecisos, mesmo procedimento utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial, Dilma tem 52% e Aécio, 48%. Configurando também empate técnico.

Dilma Rousseff se sai melhor entre os eleitores das regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste. Aécio lidera no Sul e no Sudeste.

Vox Populi: Dilma 45×44 Aécio

Pesquisa Vox Populi, encomendada pela TV Record, Record News e R7, indica que a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e o candidato Aécio Neves (PSDB) estão tecnicamente empatados na corrida ao Palácio do Planalto. A petista, porém, aparece um ponto percentual à frente do tucano, segundo o levantamento divulgado nesta segunda-feira (13).

Em relação às intenções de voto, Dilma Rousseff tem 45% e Aécio Neves aparece com 44%. Os brancos e nulos são 5% do total, enquanto que os eleitores indecisos também somam 5%. Como a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, os dois candidatos estão empatados tecnicamente.

Considerando apenas os votos válidos, ou seja, sem as intenções votos em branco e nulo e os eleitores que não sabem em quem vão votar, outro empate técnico: Dilma aparece com 51% e Aécio totaliza 49%.

A pesquisa ouviu 2.000 eleitores em 147 cidades de todas as regiões do País entre o sábado (11) e domingo (12). A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-01079/2014.

Vox Populi: Dilma chega a 40%, Marina cai para 24% e Aécio chega a 18%

dimacio

Pesquisa Vox Populi, encomendada pela Rede Record, mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) na liderança com 40% das intenções de voto para a Presidência da República. A candidata pelo PSB, Marina Silva, aparece com 24% das intenções e Aécio Neves (PSDB) com 18%. Na ultima pesquisa Vox Populi, Marina tinha 22% das intenções de voto e Aécio, 17%. Dilma manteve a mesma porcentagem.

Na pesquisa divulgada ontem (29), os candidatos Luciana Genro (PSOL) e Pastor Everaldo (PSC) tiveram 1% das intenções de voto cada um. Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB), Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) tiveram menos de 1% das intenções. Brancos e nulos somam 6% e 11% não souberam indicar um candidato ou não quiseram responder.

O Vox Populi fez duas simulações de segundo turno. Em disputa entre as candidatas Marina Silva e Dilma Rousseff, Dilma venceria com 46% das intenções contra 39% de Marina. Brancos e nulos somariam 9%, e 6% seriam os indecisos.

Em uma disputa entre Dilma e Áecio, a candidata do PT venceria com 48% das intenções contra 38% do candidato tucano. Os votos brancos ou nulos seriam 9%, e os indecisos 5%.

Foram feitas 2 mil entrevistas em 147 cidades. O levantamento foi no sábado (27) e domingo (28). A margem de erro é 2,2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. O número de registro na Justiça Eleitoral é BR-00888/2014. Da Agência Brasil.

Vox Populi: Dilma amplia vantagem sobre Marina

eleições brasil
A presidente Dilma Rousseff ampliou para nove pontos sua vantagem em relação a Marina Silva, no primeiro turno. É o que mostra pesquisa Vox Populi, divulgada nesta segunda-feira. Ela tem 36%, contra 27% de Marina e 15% de Aécio Neves.
Na simulação de segundo turno, a situação é de empate técnico. Marina Silva tem 42% e Dilma apresenta 41%. Praticamente não houve alteração em relação à pesquisa anterior, quando Dilma tinha 36%, Marina 28% e Aécio 15%.
Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930