hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle coronavirus 155 livros do thame

Posts Tagged ‘Vane do Renascer’

Uma cidade sem prefeito, dez bairros sem água

uma gotinha, pelo amor de Deus!

uma gotinha, pelo amor de Deus!

Há quase setenta dias, moradores dos bairros  de dez bairro, entre eles partes do Castália, Pontalzinho, Alto Mirante, Alto Maron, bairro Santo Antônio, Novo Horizonte, Loteamento Tupinambá, Parte do São Roque, Alto do Santa Inês e Pedro Fontes 1 não recebem uma mísera gota d´água, segundo a Emasa devido ao rompimento de uma adutora de 300 milímetros no bairro Monte Líbano,

Sem crédito junto aos fornecedores, a Emasa teve que recorrer à Embasa, mas demorou tanto a fazê-lo já que se passaram mais de 30 dias da quebra, que somados aos 40 dias que os bairros já estavam sem água, chega-se aos absurdos 70 dias.

É como se a tal tubulação viesse à pé de Salvador pela BR 101, com paradinhas para um lanche, uma ida ao banheiro e até mesmo um pit stop num motelzinho para um aperto com os parafusos, já que eles são de ferro, mas não tão de ferro assim.

Quando a tal tubulação finalmente chegou (a Emasa diz que chegou, mas são tantas as informações- digamos- contraditórias que é lícito duvidar se chegou mesmo), descobriu-se que faltavam os joelhos para o encaixe das peças. Isso mesmo: faltaram os joelhos!!!

Como se trata de joelhos, repetir-se-á o trajeto pela BR 101, e agora, para justificar o nome, eles virão de joelhos mesmo. Se rolar uma coxa  apetitosa na beira da estrada, lá vai mais uma graninha para o dono do motel.

E mais uma grana alta para os felizardos que vendem água em Itabuna, porque afinal de contas é disso que estamos tratando aqui, se é que precisa desenhar.

Não manda quem pode, nem obedece quem não tem juízo...

Não manda quem pode, nem obedece quem não tem juízo…

Tivesse Itabuna um prefeito de verdade, e não um ex-prefeito em atividade, gente boa, honesto, mas absolutamente sem pulso para exigir que seus subordinados justifiquem os polpudos salários que recebem, e toda a diretoria da Emasa já teria sido afastada, por absoluta incompetência para gerir a crise hídrica que afeta milhares de pessoas em  Itabuna e que não pode ser debitada exclusivamente à longa estiagem.

Mas, a exemplo da espera pela água que não cai, esperemos sentados por uma atitude de quem se esperaria alguma atitude.

Porque, convenhamos, esperar em pé até 1º. janeiro de 2017 cansa…

Prefeito de Itabuna quer ajuda do Estado para combater a seca na região cacaueira

seca 1O prefeito de Itabuna, Claudevane Moreira Leite – o “Vane do Renascer” –, e o prefeito de Ibicaraí, Lenildo Alves Santana, participaram de audiência com Josias Gomes, secretário de Relações Institucionais do Estado, para debater a grave situação vivida pelos municípios do Sul da Bahia em decorrência da estiagem prolongada na região cacaueira.

“Por meio do decreto 11.443, de 2 de dezembro, fiz o pedido de reconhecimento de Situação de Emergência à Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado (Sudec) em razão da estiagem prolongada que está afetando a região. A seca está prejudicando o fornecimento de água para abastecimento humano e também para a zona rural, impactando na produção agrícola, na pecuária, e em empresas que dependem da água para produzir, o que tem levado à demissões”, explica o prefeito Vane..

seca 2Por isso, o prefeito veio à Serin pedir o apoio do Estado para auxiliar Itabuna e toda região Sul. “Também solicitei a Josias Gomes celeridade na construção da Barragem do Rio Colônia para que nos dê a segurança hídrica que tanto necessitamos. A empresa vencedora da licitação já implantou seu canteiro de obras no local”, salienta o prefeito.

Ele também destaca que decretou estado de emergência (decreto 11.446, de 4 de dezembro) para combater a epidemia de dengue, chikungunya, e zika, doenças causadas pelo mosquito Aedes egiptys. “Itabuna é cidade polo em saúde para onde convergem os pacientes dos municípios da região, volume que aumentou também em função da microcefalia em bebês, provocada pelo vírus transmitido pelo mosquito. A situação requer ações urgentes”, completa o prefeito de Itabuna.

Também participante do encontro, Lenildo Santana, prefeito de Ibicaraí e presidente da Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul, e Sudoeste da Bahia (Amurc) – que congrega 26 cidades da região – enviou no dia 8 deste mês correspondência ao governador Rui Costa pedindo providências para combater a seca prolongada, a exemplo de bombardeamento de nuvens, fornecimento de carros pipas, equipamentos para perfuração de poços, e construção de açudes e reservatórios de água.

“A situação é delicada porque os municípios da região não têm histórico de convivência com a seca e, por isso, nossas estruturas para preservação da água não são apropriadas para período de longa estiagem. Temos que nos compromissar com o abastecimento humano e evitar a perda da cobertura vegetal que protege as nascentes. Já há a ocorrência de incêndios em várias localidades, o que pode comprometer o abastecimento de água”, analisa o presidente da Amurc.

Também participaram da reunião na Serin, Aldenes Meira, presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, e Ricardo Campos, presidente da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa) de Itabuna.

Prefeitura de Itabuna e TV Record Bahia apoiam Mutirão do Diabético

A Prefeitura de Itabuna e a Record Bahia/TV Cabrália assinaram o convênio de parceria com o Hospital de Olhos Beira Rio e a Associação dos Diabéticos de Itabuna para a realização do Mutirão do Diabético, que acontece no próximo dia 9 de novembro. A assinatura do convênio contou com a participação do prefeito Claudevane Leite, o vice-prefeito Wenceslau Junior, o diretor  da TV Cabrália Marcelo Almeida, o coordenador do Mutirão, Dr. Rafael Andrade, a diretora do HOBR Rose Cordeiro e o apresentador do Balanço Geral Tom Ribeiro.

Considerado o maior evento de prevenção do diabetes do Brasil e incluído no calendário da Federação Internacional do Diabetes, o Mutirão do Diabético atendeu  de 13 mil pessoas em 2012, entre procedimentos médicos no Hospital de Olhos Beira Rio e ações de prevenção na Feira de Saúde, realizada na praça Rio Cachoeira. Para 2013, a meta é atingir 15 mil atendimentos. Cerca de 800 voluntários, entre oftalmologistas, enfermeiros, estudantes das áreas de saúde e pessoal de apoio, participam do mutirão.

“A Record Bahia/TV Cabrália tem entre seus objetivos apoiar projetos que beneficiem a sociedade e o Mutirão do Diabético é um exemplo de ação com resultados práticos, que atende principalmente a população mais carente”, afirmou Marcelo Almeida. Para o prefeito Claudevane Leite, “é motivo de orgulho para Itabuna promover o maior evento de diabetes do país e vamos ampliar essa parceria, porque o poder público deve priorizar a área de saúde”. Vane garantiu ainda que o município vai atender os pacientes que, após a avaliação feita no mutirão, precisem de tratamento para impedir os efeitos negativos do diabetes.

“O Mutirão do Diabético é muito importante para a cidade, porque presta um serviço essencial para a população, ajudando a prevenir uma doença silenciosa, em que o tratamento na fase inicial é fundamental”, ressaltou o vice-prefeito Wenceslau Junior.  “A Prefeitura de Itabuna e a Record Bahia/TV Cabrália são dos grandes parceiros do Mutirão do Diabético, que a cada ano ganha uma nova dimensão”, destacou o Dr. Rafael Andrade, lembrando que “é preciso que cada vez mais as instituições e as pessoas abracem essa causa, fazendo de Itabuna um referencial no tratamento e prevenção da doença”.

Vane exonera secretário de Saúde e ´assume´ cargo por 30 dias

Renan sai em meio a fogo amigo

O prefeito Claudevane Leite exonerou o secretário municipal da Saúde, Renan Araújo, nesta manhã de sexta-feira (26). A queda do secretário era esperada há mais de um mês devido ao baixo rendimento de Renan à frente da pasta.

Vane estaria insatisfeito com a precariedade dos serviços da rede básica de saúde, mesmo após sete meses à frente do governo. “Os recursos não deixaram de chegar, mas a atenção básica não melhorou”, disse ao blog Pimenta na Muqueca  uma fonte do governo municipal.

Nesta semana, o secretário foi bastante cobrado pela falta de médicos e de infraestrutura nos postos de saúde em matérias em emissoras locais e estaduais de televisão.

Como a última gota d´água, o prefeito não poderá inaugurar quatro das unidades de saúde anunciadas para este final de semana, quando o município completa 103 anos de emancipação política. O prefeito comandará a secretaria por, pelo menos, 30 dias ou até o PCdoB indicar um nome de consenso.

Geraldo Simões pede definição do terreno para implantação da Ufesba

O deputado federal Geraldo Simões se mostra bastante preocupado com a indefinição da área onde será implantada a Universidade Federal do Sul da Bahia em Itabuna. A prefeitura optou por uma chamada pública para a escolha do terreno, mas Simões entende que essa não é a melhor opção. “Na construção da Barragem do Rio Colônia e do Porto Sul, o governador Wagner desapropriou áreas e agilizou o processo, sem necessidade de chama publica”, afirma.

Para o deputado, essa situação pode comprometer o processo de implantação da Ufesba, já aprovada pelo Congresso Nacional e prestes a ser sancionada pela presidente Dilma Rousseff, como também dá margem para movimentações de outras cidades, embora o projeto deixe claro que Itabuna é a sede da reitoria e  do campus principal.

“Fazemos um apelo para que o prefeito Vane e sua equipe definam a escolha do terreno em área de acordo com a importância da Ufesba  e façam a doação  à Universidade”,  afirma Geraldo Simões.

A mãe do lixo?

Vane com Angela atrás: olho no lixo

Comentários nos corredores do Centro Administrativo Firmino Alves dão conta do grande apreço da deputada estadual Ângela Sousa (PSD) pela empresa Solar Ambiental.

A empresa é responsável pela coleta de lixo na zona norte e região central de Ilhéus e está na disputa para assumir o serviço de limpeza pública também na vizinha Itabuna.

Ângela tem grande amizade e possui acordo político com o prefeito Claudevane Leite. Mas, claro, nada disso vai influir na escolha da empresa que executará o serviço em Itabuna… (do Pimenta na Muqueca)

NOTA DE BLOG DO THAME: A deputada Angela Souza já é chamada de Angela S/A, tamanhos os seus interesses em prefeituras e câmaras municipais em  áreas que vão da contabilidade à publicidade, passando pela coleta do lixo. 

O grupo predileto de Angela só não botou o bloco (e as caçambas) na rua por conta de ´pecadilhos´ no edital,  que estão sendo questionados judicialmente.

Com o perdão do trocadilho infame, essa é uma história que ainda vai feder. 

 

A Emasa e a fila (inútil) de lamentações

O consumidor, literalmente, paga a conta

Seria de bom alvitre que o prefeito de Itabuna, Vane do Renascer, dispendesse meia hora do seu precioso tempo e desse uma olhada, pessoalmente, no que está acontecendo no posto de atendimento da Emasa na rua Adolfo Leite, ao lado da praça Olinto Leone.

Uma interminável fila de consumidores transformou o local numa espéciede muros de lamentações, a reclamar dos valores absurdos na conta de água.

Uma consumidora, que mora num imóvel do Minha Casa Minha Vida recebeu uma conta de R$ 110,00  quase o dobro do que paga de prestação.

E é perda de tempo pedir releitura, porque demora e quando é feita invariavelmente confirma o valor salgado, ainda que o consumidor mostre a sua média de consumo.

Isso pra não falar da política implacável de cortes de fornecimento, obrigando o pagamento de uma taxa de religação de R$ 18,00.

Engordar os combalidos cofres da Emasa às custas do pobre usuário, é fácil.

Mas que isso não contribui em  nada pra melhor a imagem da administração, não contribui mesmo.

Como se a direção da Emasa estivesse preocupada com isso.

Itabuna: 34,5% aprovam o Governo Vane

A aprovação ao Governo Vane atingiu 34,5% após 120 dias de governo. É o que mostra levantamento da MHF feito nos dias 2 e 3 de maio ao qual o PIMENTA teve acesso. Do universo pesquisado, 19% consideram a gestão boa e 15,5% avaliam como ótima. Já o percentual dos itabunenses acima de 16 anos que considera o governo regular atinge 28,4%.

Na outra ponta, 25,5% reprovam a gestão, dos quais 15,6% a avaliam como péssima e 9,9% a avaliam como ruim. O instituto ouviu 800 itabunenses. A pesquisa tem margem de erro de 4 pontos percentuais. 7,2% dos pesquisados não souberam avaliar e 4,4% não responderam à pesquisa.

A aprovação ao governo é maior nas regiões que menos dependem de serviços públicos e a reprovação aumenta quanto mais periférica for a região, a exemplo da área dos bairros Maria Pinheiro e Ferradas, onde a reprovação atingiu 41,2%. A região onde o Governo Vane obtém o mais alto índice de aprovação é a do Santo Antônio: 50,9%.  (do Pimenta na Muqueca)

Deputado federal e prefeito ´desfalcam´ andor de São José em Itabuna

Pelo menos duas ausências deverão ser notadas durante a tradicional procissão de São José,  Padroeiro de Itabuna, que acontece nesta terça-feira, 19.  O deputado federal Geraldo Simões optou em ir a Brasília, onde faz gestões no Senado para a aprovação do projeto da presidenta Dilma que cria a Universidade Federal Sul da Bahia.

Já o prefeito Claudivane Leite, o Vane do Renascer, não deve comparecer à procissão por ser evangélico. A tarefa de representar a Prefeitura caberá ao vice, Wenceslau Junior.

A disputa de políticos em torno do andor, um olho no santo outro no eleitor, é uma das marcas da procissão.

 

Rui Costa garante início da duplicação da Itabuna-Ilhéus já no primeiro semestre

O secretário da Casa Civil do Governo da Bahia, Rui Costa, garantiu aos prefeitos de Itabuna, Claudevane Moreira Leite, e de Ilhéus Jabes Ribeiro, que em maio entram nas etapas definitivas os projetos de duplicação da BR 415 e a construção do novo aeroporto entre Itabuna e Ilhéus. Segundo o prefeito de Itabuna, a Casa Civil assegurou que o início efetivo das duas obras ocorrerá nos próximos meses.

A reunião foi no gabinete de Rui Costa e  além do secretário e dos prefeitos das maiores cidades do Sul da Bahia, teve ainda a participação do secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Cícero Monteiro. Foram discutidos vários projetos de interesse da região, incluindo a implantação do complexo Porto Sul. A duplicação da Itabuna-Ilhéus, o novo aeroporto e o porto somam cerca de R$ 4 bilhões em investimentos.

Pastor pede “trégua de 90 dias e orações para Vane”

Pastor Ernesto: trégua e orações

O pastor Ernesto Soares, chefe de cerimonial da Prefeitura de Itabuna, pediu uma trégua de 90 dias da imprensa e da população com o prefeito Vane do Renascer. Durante um evento educacional, o pastor Ernesto, uma das mais respeitadas lideranças evangélicas da região, afirmou que “as críticas e o descontentamento de parte da população tem sido exagerados. Vane tem pouco mais de um mês de governo e está buscando acertar, porque é um homem  de bem”.

O pastor disse ainda que “a administração municipal foi deixada em situação caótica e Vane vem tendo muito trabalho para organizar as coisas”. Ele ressaltou que as críticas são construtivas e necessárias, mas é preciso entender as dificuldades nesse inicio de governo. Ernesto Soares também pediu que “a população se uma numa corrente de oração, para que Deus ilumine os passos do prefeito Vane e de sua equipe”.

Geraldo Simões e Vane lamentam morte de Eduardo Anunciação

O deputado federal Geraldo Simões lamentou a morte do jornalista Eduardo Anunciação e se solidarizou com os familiares. “O Sul da Bahia perde um grande profissional de comunicação, um colunista político com visão apurada, que escrevia com paixão”. Para o deputado, Eduardo é um exemplo para as novas gerações de jornalistas, uma demonstração de que as  tecnologias na área de informação não podem prescindir do talento.

“Além de um jornalista extraordinário, perdi também um grande amigo e nesse momento quero transmitir minhas condolências à família e aos amigos de Eduardo Anunciação”, ressaltou Geraldo Simões.

O prefeito Itabuna Claudevane Moreira Leite também  lamentou a morte do jornalista Eduardo Anunciação, ocorrida esta tarde, em Ilhéus. Vane lembrou o importante papel que Eduardo teve na imprensa regional, com seu estilo próprio, especialmente quando tratava de política.

Segundo Vane, era possível discordar do posicionamento de Eduardo e do que ele escrevia, mas não se pode negar o seu valor como personalidade da comunicação e a contribuição que ele deu na formação da opinião regional.  O prefeito pediu a sua assessoria que manifeste à família as condolências do governo e as suas próprias. “Sei que Deus, em sua misericórdia, consolará a família neste momento de dor”, disse Vane.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2021
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31