hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC’

Uesc suspende aulas amanhã

uesc

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) suspendeu as aulas e atividades administrativas para esta segunda-feira (28) devido à paralisação dos caminhoneiros e das transportadoras. Estão mantidas apenas as atividades “que se façam inadiáveis” de acordo com o comunicado, dentre elas “as provas didáticas e demais atividades das bancas instaladas do concurso para professor (Edital 15/2018), conforme cronogramas apresentados pelas Bancas Examinadoras”.

A reitoria justifica a decisão “pelas dificuldades de mobilidade e a escassez de insumos, resultantes do cenário nacional de protestos e crise”. A reitoria deverá voltar a se pronunciar nesta segunda, caso haja necessidade de manter a suspensão das atividades.

Pesquisadores da UESC fabricam próteses mecânicas de baixo custo

Por Jonildo Glória

 

27 02 17 Mão Mecânica Foto - Jonildo Glória (5)Imagine-se dormindo e sonhando que, com uma de suas mãos, você acaricia o seu rosto. Ao acordar você toca o seu rosto, mas não consegue sentir os dedos, o que lhe causa uma sensação estranha. Não existem dedos, não há mãos, restam apenas as marcas de uma cirurgia de amputação na altura do pulso.

E assim criar a possibilidade e o desejo de recuperar de alguma forma o membro perdido, motivou à execução desse projeto, a fabricação de uma prótese mecânica. Essa prótese foi resultante do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do discente Tiago Santa Fé, que teve como orientadores os professores Me. Erickson Fabiano Moura Sousa Silva e Me. Victor Hugo Martins de Almeida, do curso de Engenharia Mecânica, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Ilhéus (BA).

27 02 17 Mão Mecânica Foto - Jonildo Glória (3)A ideia foi colocada em prática graças à impressora 3D de baixo custo, montada pelos professores para o uso comum das atividades acadêmicas da Universidade, no ambiente do Laboratório de Projetos Mecânicos e Tribologia (LAPMET), do curso de Engenharia Mecânica, da UESC, em Ilhéus. Inicialmente, aluno e professores imaginavam um projeto que pudesse beneficiar animais amputados, e após conversarem com a professora Dra. Elisângela Barboza da Silva, do curso de medicina veterinária, passaram a enxergar além do que imaginavam, não somente a criação de próteses para os animais, mas também para pessoas.

A ideia foi criar uma prótese de baixo custo para pessoas de baixa renda, que sonham com uma prótese de membros superiores. Começaram a estudar e decidiram adotar a plataforma E-NABLE que é uma comunidade global formada por pessoas dispostas a colaborar para melhorar e difundir projetos de impressão 3D para próteses de mãos e braços, visando ajudar em especial crianças, mas também adultos, que nasceram com limitações nos membros superiores ou sofreram amputação seja por doença, guerra, acidente ou desastre natural.

Read the rest of this entry »

UESC abre inscrição para Especialização em Programas de Residência multiprofissional

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) abre inscrições para seleção de candidatos aos Programas de Residência Multiprofissional em Saúde (PRMPS), nível de Especialização. O programa contempla bacharéis em Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia, Psicologia e Serviço Social. Os interessados pode verificar o Edital nº 16, no site www.uesc.br.

As inscrições vão estar abertas a partir do dia sete até às 15h30min do dia 14 deste mês (fevereiro) e serão feitas exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico http://www.uesc.br.Estão disponibilizadas 36 vagas para Itabuna e 11 para Ilhéus,  distribuídas de acordo com as áreas de concentração (Atenção Básica/Saúde da Família) e municípios dos cenários de prática.

O PRMPS/UESC disponibiliza para Itabuna seis vagas para Enfermagem, seis para Odontologia, seis Psicologia, seis Fisioterapia, seis Nutrição e seis Serviço Social. Para o município de Ilhéus estão abertas três vagas para Enfermagem, duas para Odontologia, duas Psicologia, duas Fisioterapia e duas Nutrição. A prova escrita será realizada às 8 horas do dia 18 de fevereiro, no 2º andar do Pavilhão Jorge Amado, no campus da UESC, no bairro Salobrinho, em Ilhéus.

Recital de Matheus Luna na UESC

Matheus LunaA Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) realiza amanhã (12) o recital “O violão de 7 cordas na música brasileira” do violonista Matheus Luna, revelação jovem da música instrumental. O espetáculo será  às 19 horas, no auditório do Centro de Arte e Cultura da universidade, com entrada franca.

O recital é uma realização da Pró-Reitoria de Extensão, com a participação do Departamento de Letras e Artes, do Colegiado de Comunicação Social e do Núcleo de Artes UESC.

Matheus Luna é baiano de Ilhéus, criado no bairro do Salobrinho. Iniciou seus estudos em música como aluno das aulas de violão e teoria musical no Núcleo de Artes da UESC (NAU). Estudou violão clássico, harmonia e improvisação no Conservatório Villa-Lobos, em Salvador, além de ter sido professor de violão no Conservatório Musical Schumann e na Casa dos Artistas de Ilhéus, onde realizou um recital de violão solo no teatro popular.

Read the rest of this entry »

MEC: UESC é a melhor entre as universidades estaduais e a segunda na Bahia

DCIM100MEDIADJI_0065.JPGA Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) é a primeira, entre as universidades estaduais avaliadas pelo Ministério da Educação. O MEC, através do Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgou, os Indicadores de Qualidade da Educação Superior do ano de 2016. Na Bahia, onze universidades foram avaliadas de acordo com Índice Geral de Cursos (IGC), e a Universidade Federal da Bahia (Ufba) alcançou nota mais alta, com 3,6627.

Em segundo lugar e a primeira entre as estaduais baianas  vem a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) com 3,2309, seguida da Universidade Federal do Oeste Baiano (Ufob), com 3,0714. Seis instituições, ao todo, todas de ensino público, atingiram a faixa 4 do indicador – desempenho considerado bom.

As cinco restantes ficaram na faixa 3 do indicador. A Universidade Salvador (Unifacs) foi a instituição privada mais bem colocada com nota de 2,6529. A outra instituição particular da lista, a UCSal, ficou em último lugar entre todas as universidades avaliadas no estado, com 2,2324.

O IGC é calculado com base na média de três conceitos no último triênio: Conceito Preliminar de Curso (CPC), Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) dos cursos das instituições avaliadas e o dos conceitos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) dos cursos de mestrado e doutorado.

Qualidade

A avaliação do Conceito Preliminar de Curso (CPC), que avalia a qualidade dos cursos de bacharelado e graduação tecnológica, leva em conta quatro critérios: os professores (corpo docente); o desempenho dos formandos no Enade; o que a graduação agregou ao aluno e, por fim, a opinião dos alunos sobre o curso. As notas variam entre 1 e 5.

Este ano, as graduações avaliadas foram de Agronomia, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Serviço Social e Zootecnia. Além delas, também foram analisadas a situação das graduações tecnológicas de Agronegócio, Estética e Cosmética, Gestão Hospitalar e Gestão Ambiental.

Na Bahia, apenas dois cursos dos 221 avaliados atingiram a nota máxima (5) no CPC de 2016. Isso corresponde a 0,9% do total, menos da metade da média nacional. Em todo o país, só 1,9% dos cursos de graduação alcançaram nota 5.

As notas máximas na Bahia foram para cursos da mesma instituição, em Feira de Santana, a Uefs. Tanto a graduação em Nutrição quanto o bacharelado em Educação Física são da Faculdade Nobre (FAN).

Na UESC foram avaliados os cursos de Medicina Veterinária com (4), Medicina (4), Agronomia( 4), Biomedicina (4) e Enfermagem (3)

 

Confira o ranking das instituições de Ensino Superior:

Read the rest of this entry »

Pesquisadores da Uesc descobrem nova espécie de perereca na Bahia e homenageiam Jorge Amado

pererecaOs pesquisadores da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) professor doutor Mirco Solé e doutor Iuri Ribeiro Dias, em conjunto com a doutora Judith Vörös, curadora do Museu de História Natural da Hungria, encontraram uma nova espécie de perereca na região Sul da Bahia. Ao descrever o anfíbio, os cientistas o batizaram com uma homenagem ao escritor baiano Jorge Amado.

 

“Os livros de Jorge Amado nos revelam o passado da região cacaueira e ainda que os anfíbios não desempenhem um papel central nas histórias dele, uma visita ao memorial do Rio Vermelho, em Salvador, casa de Jorge Amado e Zélia Gattai, nos revela o grande carinho que o escritor tinha por estes animais, os quais colecionava na forma de obras de argila e madeira”, explica o professor Mirco.  A Phyllodytes amadoi é um tipo de perereca que vive nas bromélias, planta ainda abundante na região e propícia para a reprodução desses animais por apresentar a capacidade de segurar água da chuva. Entre as principais características desta espécie estão seu diminuto tamanho, com apenas dois centímetros, focinho achatado e uma listra que vai dos olhos aos flancos.

 
O animal foi encontrado no município de Una, na reserva Ararauna, durante trabalho de campo em 2015. Mas somente no último dia 24 de outubro, a descoberta foi publicada na revista científica neozelandesa Zootaxa, a mais importante do mundo na descrição de novas espécies. Phyllodytes amadoi é a segunda nova espécie de perereca de bromélia encontrada pela equipe do professor Mirco Solé. O cientista já descreveu outras três espécies de anfíbios do Sul da Bahia.

Infâncias e juventudes negras no Sul da Bahia é o tema de colóquio do Kàwé na UESC

OS 825 - KAWE - FOLDER - Coloquio KAWE 2017O Kàwé (Núcleo de Estudos Afro-Baianos Regionais) do Departamento de Letras e Artes da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) realiza o Colóquio “Infâncias e Juventudes Negras no Sul da Bahia” nos dias 24 e 25 de outubro. O evento está aberto à comunidade acadêmica e ao publico interessado. As inscrições podem ser feitas no auditório Paulo Souto ou através do site www.uesc.br/eventos/.

De acordo com a professora Valéria Amim, coordenadora do Kàwé, “o objetivo é discutir a infância e a juventude negras e seus modos de vida e socialização na contemporaneidade, traduzidas em expressões educacionais e culturais como a dança, a música, a religiosidade e as novas estéticas”.

“A natureza  multidisciplinar  das discussões e atividades coloca em pauta a abordagem dessas expressões como políticas do viver e estratégias de negociação e luta das crianças e dos jovens negros em escolas, ruas e periferias das cidades brasileiras, no enfrentamento da violência, da exclusão e do preconceito,” frisa a professora.

O colóquio será aberto às 8h30min de terça-feira (24) com uma temática desenvolvida por Flávia Damião(UFBA), Marcos Bandeira (Itabuna) e Ruy Póvoas (UESC). O evento prossegue até o dia 25 com as discussões e debates dos quais participam professores, líderes comunitários baianos e cariocas.

NECA-UESC promove capacitação para produtores artesanais de cervejas

birraCom o objetivo de desenvolver ações empreendedoras e formação qualificada no setor de microcervejarias no Sul da Bahia,  Núcleo de Estudos sobre Cervejas Artesanais – NECA da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC,  promoverá capacitação gratuita sobre criação, desenvolvimento e registro de marcas para cervejas artesanais. O curso ocorrerá sábado (21), a partir das 8 horas na sala 1211, do Departamento de Administração (Pavilhão Pedro Calmon). Inscrições antecipadas e gratuitas pelo email:  neca@uesc.br

Direcionado aos  envolvidos com a produção de cervejas artesanais, o curso possui metodologia 100% prática, na qual abordará estratégias de posicionamento e design para construção de marcas para cervejas artesanais, será apresentado também os principais casos de sucesso e as etapas de registro no INPI.

Com duração de quatro horas, o curso será ministrado por Gustavo da Cruz, professor de marketing e transferência de tecnologia do Departamento de Administração da UESC em conjunto com Laís Viana, advogada e ex-integrante do Núcleo de Inovação e Tecnologia – NIT da universidade.

Segundo o professor Gustavo, o curso tem como objetivo gerar reflexões e estímulos nos produtores de cervejas artesanais para a construção de marcas fortes e protegidas por meio da geração de vantagens competitivas para as microcervejarias da região.

Missão de reitores da Abruem visita universidades na Austrália

UQ_1_WideNove universidades do estado de Queensland serão visitados até quarta-feira. A delegação da Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais), formada por 17 integrantes – entre reitores, vices e assessores dos escritórios de relações internacionais das universidades –, incluindo a reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro, chegaram ontem (15) à Austrália e já no período da noite deram inicio às atividades da missão deste ano de 2017, que visa promover e fortalecer o processo de internacionalização das instituições de ensino superior afiliadas à Abruem.

As atividades começaram pelo estado de Queensland e foram abertas com um jantar de boas-vindas oferecido pela Trade and Investment Queensland. Nesta segunda-feira (16), no período da manhã, aconteceu uma apresentação, por William Street, de Brisbane, das universidades da região do estado de Queensland. Na sequência, na parte da tarde, divididos em três grupos, os integrantes da comitiva, farão visitas técnicas à University of Queensland, Brisbane; à University of the Sunshine Coast, Sunshine Coast; e visita à Australian Catholic University, Brisbane.

As visitas técnicas direcionadas por áreas de interesse têm sequência na terça (17) e na quarta-feira (18). Também divididos em grupos, os membros da missão da Abruem conhecerão a James Cook University, Townsville; a Central Queensland University, Rockhampton; a Griffith University, Gold Coast; a Southern Cross University, Gold Coast; a University of Southern Queensland, Toowoomba; e a Queensland University of Technology, Brisbane.

As atividades serão realizadas em três instituições de ensino superior a cada dia. Já na quinta-feira (19), os integrantes da comitiva parte em direção a Sidney, onde a missão terá seguimento.

UESC realiza Encontro do Proler e VI Fórum de Políticas Públicas do Livro e da Leitura

uescO XIII Encontro Local do PROLER, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) será realizado nos dias 18 e 19. O evento está focado na promoção da leitura e na formação de mediadores. Nesta edição, o tema “Livros: mediar é semear o futuro” vai abordar as possibilidades de construir uma nova perspectiva de futuro, semeando literatura.

A conferência de abertura, “Literatura, experiência literária e formação docente,” será proferida pela Profa. Dra. Célia Abicalil Belmiro, (UFMG), além de 10 oficinas e 10 minicursos, tratando de aspectos teórico-práticos e interdisciplinares da formação do leitor.

Segundo a professora Glória de Fátima Lima dos Santos, coordenadora do Porler/UESC, “o Encontro é destaque para o VI Fórum de Políticas Públicas do Livro e da Leitura, que contará com a presença de Zoara Failla, gerente de projetos do Instituto Prolivro-SP, apresentando a pesquisa Retratos da  leitura no Brasil, em sua 4ª edição. O Conselho Regional de Biblioteconomia – 5ª Região (Bahia e Sergipe) participará do debate com gestores das Secretarias de Educação e de Cultura, Conselhos e Academias de Letras, discutindo os caminhos para a implantação dos planos municipais do livro e da leitura.”

Na tarde do dia 19, o bosque da UESC será o palco para receber crianças de escolas selecionadas pelas Secretarias de Educação municipais para interagirem com atores de linguagens diversas (música, teatro, contação de histórias, criação de livros e dança), “num semear de livros e textos literários e musicais, nossa semeadura na esperança de um futuro referenciado e melhor,” frisa a coordenadora do Proler.

Read the rest of this entry »

Campanha `Respeita as Mina` é lançada na Uesc

A secretária de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia, Julieta Palmeira, participa nesta terça-feira (19) do lançamento da campanha “Respeita as Mina”, de enfrentamento à violência contra as mulheres, na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). A campanha, lançada no Carnaval pelo governo do estado por meio da SPM-BA, se tornou permanente e tem se ampliado com a adesão de universidades, organizações não governamentais e municípios. A titular da SPM-BA, Julieta Palmeira, e a comandante da Ronda Maria da Penha, majora Denice Santiago, participam da solenidade de lançamento oficial da campanha às 18h, no auditório Paulo Souto, na UESC.

As atividades começarão às 14 h com o Jogo do Espelho, um jogo de tabuleiro que ensina de forma lúdica sobre prevenção e enfrentamento à violência contra as mulheres, tipos de violência previstos em lei, além de ensinar como reconhecer as várias formas de violência no cotidiano e também saber sobre a rede de atenção à mulher em situação de violência e como buscar apoio.

Logo depois do Jogo do Espelho, coordenado pela Ronda Maria da Penha, está prevista a Ronda para Homens, que tem como objetivo sensibilizar e capacitar os homens por meio de oficinas para o combate à violência às mulheres. As oficinas tem participação exclusivamente masculina, incluindo os facilitadores. A programação consta ainda do “Bazar das Comadres” e da exibição do documentário “Por Elas”, às 18h. Em seguida, o ato de lançamento oficial da campanha, que será encerrado com uma apresentação da Companhia de Dança A.rrisca, de Ilhéus.

UESC mobiliza estudantes do ensino médio para V Feira das Profissões

15 09 16 Feira das Profissões - Julia Barreto (197)A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) está convidando os alunos do 3º ano do Ensino Médio das escolas publicas e particulares da sua área de abrangência para participarem da V Feira das Profissões. O evento será realizado no campus Prof. Soane Nazaré de Andrade, no bairro Salobrinho, em Ilhéus, nos dias 25, 26 e 27 de outubro. A participação é gratuita, mas as instituições devem solicitar a inscrição através dos links: https://goo.gl/forms/ k2OOj4T8x1JQfOl43, para escolas da rede pública e https://goo.gl/forms/ tzi0L8X5Yp4X8Plf2, para escolas da rede privada, que podem ser localizados no site www.uesc.br.

O objetivo da Feira das Profissões é auxiliar ao estudante, do último ano do ensino médio, a descobrir sobre o seu futuro profissional e uma oportunidade para que os jovens obtenham informações sobre o ingresso num dos 33 cursos da UESC e nos programas de apoio à permanência estudantil (moradia, alimentação, etc.) oferecidos pela instituição de ensino superior.

15 09 16 Feira das Profissões - Julia Barreto (166)O evento coordenado pela Pró-Reitoria de Graduação, Gerência Acadêmica de Graduação e Coordenação Geral de Estágios reúne unidades de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade, distribuídas em estandes. Alunos e professores da UESC, atuam como monitores e esclarecem as dúvidas dos visitantes sobre os cursos de graduação oferecidos, carreiras, profissões, mercado de trabalho, formação acadêmica, grade de disciplinas, conteúdos programáticos e especializações.

A inscrição é necessária a para que Universidade possa montar a infraestrutura necessária para receber os alunos. Cada turma dispõe de um monitor com as orientações necessárias. Os estudantes, além de conhecerem os estandes farão um tour pelo campus, recebem material explicativo do seu interesse, lanche e água. No caso das escolas públicas, também o transporte.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2018
D S T Q Q S S
« mai    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930