hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Temer’

Lula: “tiraram a Dilma, botaram o Temer e a desgraça se abateu sobre o País”

abcO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu fortemente a classe trabalhadora, neste domingo, durante evento de posse da nova direção do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. O petista afirmou que não é justo nem eficaz que se enfrente a crise econômica por que passa o país cobrando a conta da classe trabalhadora e extinguindo direitos históricos conquistados ao longo dos anos. A retomada do crescimento só pode se dar por meio da melhora da qualidade de vida das camadas populares, geração de empregos e aumento de salários, reforçou Lula.

“Querem jogar a crise do país em cima dos trabalhadores e dos aposentados. Mas nós temos que dizer a eles: ‘não tem que tirar direito de trabalhador e aposentado. Temos que fazer a economia crescer, gerar emprego, aumentar salários. Aí, a Previdência então vai dar conta”, disse o ex-presidente.

Lula recordou a importância histórica do sindicato dos metalúrgicos e de sua luta pela democracia no Brasil. “O país que estão oferecendo a você, Wagner (Santana, novo presidente do Sindicato), é um país que vai exigir de você muitas noites acordados. E um metalúrgico não pode fechar os olhos enquanto a gente não reconquistar o direito de andar de cabeça erguida neste país, enquanto não reconquistarmos a cidadania que já tivemos”, afirmou o ex-presidente da República, que falou também sobre a retirada da presidente eleita, Dilma Rousseff, de seu cargo:

“Antes, toda desgraça era culpa do PT e da Dilma. Então, demonizaram o partido e a presidenta, tiraram a Dilma, colocaram o (Michel) Temer e o que aconteceu? Aí que a desgraça tomou conta deste país.”

Também presente no evento, a recém eleita presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, proferiu discurso em consonância com as palavras de Lula. “Vocês (sindicalistas) podem se orgulhar de ter dado ao país a maior liderança popular que o Brasil já teve. O Brasil não precisa de reforma trabalhista, de reforma previdenciária. O Brasil precisa de emprego, de crescimento, de consumo. Precisa de um governo que olhe para o povo”, resumiu a parlamentar.

Já o novo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, afirmou que a luta da entidade que preside “não é só por nós, pela nossa categoria, é por todos os trabalhadores”. Ele disse ainda:

“Eu tenho certeza que essa categoria não abrirá mão dos direitos garantidos em lei. Que país é esse onde se propõe uma volta quase à escravidão, onde se quer permitir que o trabalhador rural possa ser remunerado não com salário, mas com casa e comida? Minha luta hoje é pelo direito dos outros, dos meus filhos, assim como meu pai lutou pelos meus direitos e meus filhos hão de lutar pelos direitos dos meus netos.” (Brasil 247)

Após Serraglio retomar mandato, Rocha Loures é visto com faixa de ‘Foro, Temer!’

foro temer(do Blog Sensacionalista)-Após o deputado federal Osmar Serraglio ter sido demitido do Ministério da Justiça, ele não aceitou a proposta de Temer de ir para o Ministério da Transparência — algo que o manteria fora do Congresso e deixaria que Rodrigo Rocha Loures, primeiro suplente, continuasse com foro privilegiado.

Loures foi flagrado recebendo uma mala com R$ 500 mil reais de um contato da JBS e preso. O dinheiro seria usado para pagar o “cala-boca” de Eduardo Cunha e teria sido pedido do presidente Michel Temer.

Loures, inconsolável, lançou uma campanha para que o antigo chefe dê um jeito de se mexer.

Ele lançou o “Foro, Temer!”, para conscientizar o mandatário máximo de que não quer ser julgado como um ladrão comum. “É foro ou o colo do Moro”, cantou Loures durante o banho de sol.

De Dilma, para Temer e Aécio…

“Dilma” (interpretada pelo ator Gustavo Mendes). Genial!

Os ´ratemers`

ratermes

Temer e o surto de sinceridade: impeachment foi chantagem

Alguem se indignou?

República de Bananas é isso aí!

O Brasil acabou. Resta uma republiqueta de impunes canalhas

Para o jornalista Humberto Mesquita

Não basta que as coisas que se dizem sejam grandes, se quem as diz não é grande (…) – Padre Antônio Vieira

por  Silas Correa Leite*

brasil acabouLutamos todos os politizados e sonhadores de um Brasil de justiça social, contra a incompetente, corrupta, violenta e senil ditadura militar e seu terrorismo de estado. Lutamos pela anistia, pelas diretas já, pela volta do regime democrático e pelo fim do regime de exceção. Lutamos, como em outras trincheiras, em difíceis épocas passadas, outros plantadores de sonhos também lutaram, como Getúlio Vargas (que foi assassinado), como Jango Goulart (que foi assassinado), como Leonel Brizola (que teve sua reputação vilipendiada pela Rede Esgoto de Televisão), tudo isso coroando uma luta de direitos trabalhistas a partir também da CLT-Consolidação das Leis do Trabalho, e, enfim, depois, finalmente, resultado de sufrágios eleitorais, com um líder nato saindo do povo; um nordestino migrante da seca.

O Brasil com FHC e uma elite, mais ditadores marechais, que insanos levaram o país a bancarrota de ser a decima quarta economia do mundo, mas com o Presidente Lula tornou-se a sexta economia do mundo, com milhões ascendendo a classe média, com brasileirinhos pela inclusão social.

Read the rest of this entry »

Espírito coxinha bate panela e assusta família

Um destruidor de democracias e um pilhador de nações

Valter Xéu*

 

vxeoA midiotização pelo mundo afora, leva o povo a acreditar que governos não simpáticos aos EUA, são governos ditatoriais, mesmo que tenham sido eleitos pelo voto dos seus concidadãos, como o caso de Assad na Síria e Maduro na Venezuela.

Na época do George Bush, a mídia e os serviços de inteligências do ocidente propagaram para o mundo de que países como o Irã, Iraque e Coreia do Norte formavam o Eixo do Mal que colocava o mundo em perigo e a propaganda dizia: ‘Ou você está conosco, outra contra nós’.

Todos os países que não são simpáticos ou que contrarie os interesses dos Estados Unidos, a forte propaganda de manipulação trata de disseminar pelo mundo de que aquele governante é um ditador.

E assim é feito com a Síria, onde apesar de Assad ter vencido duas ou três eleições presidenciais, recebeu o carimbo de ditador pelo simples fato de contrariar os interesses dos Estados Unidos e ter sido eleito, a propaganda dissemina pelo mundo de que foi uma eleição fraudulenta e isso o ocidental não aceita como aceitou o resultado da eleição em que Bush venceu Al Gore.

demo-euaOs Estados Unidos destruíram o Iraque com a propaganda de que o país possuía armas de destruição em massa o que não era verdadeiro e isso foi atestado pelas próprias forças de ocupação.

Como a mentira já não colava nos quatro cantos do mundo e inventaram de que estavam levando a democracia a um pais governado pelo ditador Saddam Hussein e que até? então, tinha sido aliado dos americanos. Hoje os iraquianos vivem em situação muito pior, com conflitos de toda natureza onde os grupos diversos recebem armas do ocidente para guerrearem entre si enquanto as Hal?l?iburton da vida segue tranquila roubando o seu petróleo. ? Halliburton foi administrada pelo ex-vice-presidente americano Dick Cheney: Tutti cosa nostra…

Read the rest of this entry »

Faustão solta o verbo contra Temer: “p… de governo!”

Em seu programa dominical, Faustão critica reforma de Temer na Educação. A Globo escancara crise na relação com o Golpista:

Temer diz que 40 pessoas foram a ato contra ele na Paulista e PM de SP diz que foram 35

 (do Blog Sensacionalista)- O presidente Michel Temer reforçou ontem  a entrevista que deu na última sexta-feira dizendo que os protestos contra ele são de “pequenos grupos, grupos mínimos, movimentos populares sem muito peso” e que seriam “40, 50, cem pessoas” e que seriam um grupo inexpressivo.

protestiTemer disse isso após assistir à cobertura do ato pedindo eleições diretas de grandes grupos de comunicação. “Vi umas três pessoas debaixo de uma árvore em Copacabana de manhã e agora vi mais umas 40 na grande avenida Paulista, onde o verdadeiro brasileiro trabalha nas instituições financeiras americanas que representam o cerne da nossa população e cultura.”

A conta de Temer, no entanto, foi prontamente rebatida pela Polícia Militar de São Paulo. De acordo com o coronel Melquisedeque Metralhadora, a PM usou helicópteros e um software de última geração da multinacional Alstom para chegar ao número de 35 manifestantes.

“Isso, se somarmos os vendedores de churrasquinho, água mineral e cerveja em lata. Há também o risco de o número estar exagerado porque nossa inteligência pode ter contado cinco torcedores do Internacional, vestidos com a camisa do time, como arruaceiros de vermelho.”

De rabo preso com o Golpe: DataFolha ou DataFraude?

temer

Pesquisa DataFolha divulgada com estardalhaço foi feita sob encomenda para influenciar senadores e a opinião pública e sacramentar o Golpe contra Dilma, uma presidente legitimamente eleita pelo voto popular.

Números inconsistentes e perguntas fora de propósito tornam a pesquisa um mero instrumento golpista.

A Folha, definitivamente, perdeu todos os pruridos.

Povo na rua derruba o golpe… na Turquia

Alex Solnik

alex “O povo na rua derruba a ditadura” foi a manchete de um jornal da imprensa alternativa carioca dos anos 70, exprimindo mais um desejo do que noticiando um fato.

Nessa noite, na Turquia, pudemos ver que o povo na rua derrubou um golpe de estado.

Quando o presidente Erdogan convocou o povo para ir às ruas soou como um convite ao suicídio, pois os golpistas de parte do exército turco ocuparam o aeroporto da capital, invadiram a televisão estatal, bloquearam pontes, sobrevoavam a cidade com helicópteros e cercaram o Parlamento com tanques. E estavam, evidentemente, armados.

Embaixadas de vários países, inclusive de Portugal, comunicaram aos imigrantes para ficarem em casa.

Aos poucos, no entanto, as principais ruas foram se enchendo de gente desarmada oferecendo um espetáculo inédito: o povo sem armas expulsou os golpistas do aeroporto, impediu o avanço de tanques, sem que os articuladores da deposição de Erdogan tivessem tempo de reagir.

turcDepois de algumas situações de confronto que resultaram em 197 mortes, nas quais aviões pró-Erdogan derrubaram helicóptero golpista, entre outras, notícias de que o golpe falhara foram emitidas, acalmando não só o país, como a vizinha Rússia e o distante Estados Unidos, que aguardavam com ansiedade o desenrolar dos acontecimentos.

Soldados anti-Erdogan foram presos pela polícia e conduzidos pelas ruas sob aplausos da multidão. Carros abertos com civis carregando bandeiras passaram a desfilar em homenagem à democracia. A tevê estatal foi desocupada.

Em poucas horas a rebelião anti-democrática foi sufocada.

Pela primeira vez um governo conseguiu derrotar os golpistas com a força do povo.

Não há como não estabelecer um paralelo com o caso brasileiro. O golpe do PMDB, com Temer à frente, que não tem apoio militar, não usa tanques, nem helicópteros, prossegue dentro do Congresso Nacional sem que um movimento popular o abafe. Ao contrário do povo turco, que não se intimidou com o estado de guerra, tanques nas ruas e helicópteros no céu, o povo brasileiro resume suas ações em “escrachos” que não produzem os efeitos desejados.

Talvez falte um Erdogan para convocar uma verdadeira resistência civil ao avanço do PMDB sobre a democracia brasileira.

 

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2017
D S T Q Q S S
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930