hanna thame fisioterapia animal
prefeitura itabuna coronavirus 155 livros do thame

Posts Tagged ‘Teatro Municipal de Ilheus’

Teatro Municipal de Ilhéus apresenta programação para novembro

Teatro Municipal de Ilhéus. foto Clodoaldo Ribeiro (5)O Teatro Municipal de Ilhéus (TMI) divulgou a grade de programação para o mês de novembro, que segue até o dia 27, com espetáculos, musicais e apresentações de dança, show de humor e mostra de arte. Na próxima sexta-feira (8) será exibido o show ‘Bebeto interpreta Fagner’, às 20h. No sábado (9) será apresentado o musical ‘Queen: Rock Dance’, em homenagem à banda britânica, às 20h30min. Os ingressos custam R$60 (inteira) e R$30 (meia) em ambos eventos.

Já nos dias 9 e 10 será apresentado o musical infantil Aladdin, às 17h30min. A entrada custa R$60 (inteira) e R$30 (meia). Na terça-feira (12) será exibido o 4º Sarau Literário da Escola Arca de Noé, às 17h. O acesso custa R$10. Na quarta-feira (13), o humorista Batoré apresentará o Stand Up ‘Di Lascá!’, às 20h30min. Os ingressos custam R$40 (inteira) e R$20 (meia). Nos dias 16, às 19h e 17, às 17h, a Escola de Dança Camarim apresenta a performance ‘Um Sonho de Natal’, a entrada custa R$30 (inteira) e R$15 (meia).

Seguindo a programação, o Centro de Referência à Inclusão Escolar (CRIE) de Ilhéus apresentará no dia 19 (terça-feira), às 13h30min, uma mostra de arte promovida pelos alunos matriculados na unidade. A entrada para esta programação é gratuita. Os alunos do 2º Ano do Fundamental I da Escola São Jorge dos Ilhéus apresentarão o musical ‘As Cores do Amor’, na quarta-feira (20), às 18h. O ingresso custa R$5.

Read the rest of this entry »

Alunos do Sesi Ilhéus apresentam “Auto da Compadecida” no TMI

sesi teatro 2

A Escola Sesi Adonias Filho  apresenta nesta quinta-feira, dia 31,  às 19 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus, a peça “Auto da Compadecida” , baseada na obra do escritor nordestino Ariano Suassuna, adaptada por Geisa Pena .

A apresentação é um fruto do projeto escolar desenvolvido e organizado pelas professoras Samara Pereira e Hellen Oliveira, da área de linguagens, que aborda o desenvolvimento de múltiplas inteligências e artes, com ênfase no teatro.
Os ingressos custam 10 reais (inteira) e 5 reais (meia entrada) e podem ser adquiridos na bilheteria do teatro.

 

TMI sedia Projeto Rimas e Sons

Teatro Municipal de Ilhéus. foto Clodoaldo Ribeiro (5)Se apresenta nos dias 4 e 5 de setembro (quarta e quinta-feira), no Teatro Municipal de Ilhéus (TMI), o Rimas e Sons, projeto pedagógico que envolve arte, literatura e muita diversão. O tema proposto para o evento é “Livros, mentes e guarda-chuvas somente servem se os abrirmos”. A programação cultural se inicia a partir das 8h.

Entre as temáticas, Ciranda e Brincadeiras Cantadas e Dançadas; Sarau Literário: semear leitura, florescer ideias com os escritores, Tatiana Belinky, Ziraldo, Ruth Rocha, Ana Maria Machado e Eva Furnari. A Poética do Espaço: instalações artísticas, com os artistas Goca Moreno, Osmundo Teixeira, Caribé e Mário Cravo Júnior.

Também, Leitores e Seguidores: poesia no insta, a literatura no nosso tempo, poesia, canção e feminismo: pluralidade do belo. Além da exposição, haverá também apresentações de palco e performances no calçadão. A programação, que tem o apoio do Colégio Vitória deve durar o dia todo, e deve atrair um público participante formada por crianças, jovens e adultos.

Projeto Coco Dendê promove exposição coletiva no TMI

Teatro Municipal de Ilhéus. foto Clodoaldo Ribeiro (5)Começa hoje, quinta-feira (22) e vai até o dia 12 de setembro, o “Coco Dendê Projeto de Arte” com o objetivo de levar ao público diversidade cultural, agregar valor artístico e ainda a oportunidade de artistas apresentarem seus trabalhos na III Exposição Coletiva, na Galeria do Teatro Municipal de Ilhéus (TMI).

A mostra visa ainda a possibilidade de inclusão social artística cultural dentro de um contexto visual linguístico, criando assim, uma diversidade de obras bidimensionais e tridimensionais, fomento da Cultura local através de linguagens semióticas.

As obras escolhidas vão desde aquarela a escultura de argila, com pinturas a óleo, literatura de cordel, escultura em papel e móveis rústicos. Essa nova edição conta com novos artistas que participam pela primeira vez de uma exposição.

O Projeto Coco Dendê e a Exposição Coletiva têm à frente o diretor e produtor, Nô Oliveira, e a direção artística do evento ficou por conta de Gildásio Rodriguez. A programação cultural acontece sempre das 8 às 18h na galeria do TMI.

Espetáculo que reflete sobre banalização do amor chega a Ilhéus

bruno e fantim

A banalização da frase “Eu te amo” é uma das principais reflexões trazidas pelo espetáculo “Precisamos falar de amor sem dizer eu te amo”, que estraá em cartaz, em Ilheus, nos dias  15 e 16 de agosto , no Teatro Municipal.

O espetáculo é uma programação sugestiva para celebrar o dia dos namorados. Tem direção e elenco de Priscila Fantin e Bruno Lopes, e texto de Wagner D’Ávila. Além de Priscila e Bruno viverem um casal na trama eles também vivem um relacionamento amoroso fora dos palcos. E para eles  a confiança que existe um no outro faz com que o palco seja uma grande diversão.

” Não existe julgamento, ego ou competição. Nos admiramos mutuamente e cuidarmos de todos os detalhes da peça com muito carinho. Termos um ao outro no palco e isso nos tranquiliza”, diz Bruno Lopes.

A comédia romântica conta a história de dois jovens viúvos, Bento e Pilar, que cansados da solidão decidem se aventurar e conhecer pessoas utilizando o aplicativo virtual “Segunda chance”, que tem a utilidade de promover encontros. Sobre essa temática, os atores dizem que “eu te amo” está cada vez mais banal e,por isso, o título traz a reflexão a respeito de mostrar que o amor está nas ações e nas atitudes

Read the rest of this entry »

Janete Lainha expõe no Teatro Municipal de Ilhéus

Exposição de Janete. Foto - Rodrigo Macedo-SECOM 2No mês em que Jorge Amado completaria 107 anos no dia 10, data em que Ilhéus insere na sua programação uma série de acontecimentos que relembra a vida e as obras do escritor, uma exposição de xilogravuras, produzidas pela artista plástica Janete Lainha homenageia o escritor com criatividade e grande estilo. A mostra está aberta à visitação de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h e nos finais de semana, na Galeria do Teatro Municipal (TMI), onde as obras estarão à venda.

As Xilogravuras, montadas em 25 quadros de 30 por 40 centímetros, fazem uma verdadeira viagem no tempo, e traduz em um documento histórico, a referência das obras do escritor baiano e seu encontro com as obras de Ilhéus para o mundo. A mostra é uma realização da Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo (Secult) e do Museu Casa Jorge Amado, e conta com o apoio da Casa da Cultura Popular.

“Meus trabalhos são marcados por minha trajetória pessoal”, define Janete Lainha, Mestra pela Cultura Popular, que traz a obra “Logra e Logro” para a capa de agosto do catálogo do Teatro Gamboa Nova, em Salvador. A publicação integra o projeto “Se Mostra Interior”, promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). “Eu comecei a ilustrar as capas de meus cordéis, foi aí que me chamaram atenção que eu deveria valorizar mais meu trabalho”, revela.

Read the rest of this entry »

Nadja Alves expõe no Teatro Municipal de Ilhéus

nadjaComeça na próxima segunda (4) a exposição de 11 telas da artista plástica itabunense Nadja Alves no Teatro Municipal de Ilhéus. As peças estarão expostas no foyer, até o final de fevereiro, das 8h às 18h, com entrada gratuita. São pinturas que trazem um colorido especial e remetem a lugares, afazeres e sentimentos, em um mix de cultura, tradição e realidade.

Nadja Alves descobriu a pintura em 2011, e desde então vem mostrando seus trabalhos em várias cidades do interior e na capital. Em Ilhéus, já expôs duas vezes consecutivas no Cana Brava Resort e quatro no TMI. “São pinturas que representam a região cacaueira, a simplicidade e o cotidiano de seu povo”, diz a artista.

Segundo a chefe municipal dos Espaços Culturais, Jeniffer Horrana, a programação do TMI está suspensa até março, devido às intervenções necessárias feitas no local desde o mês passado.

Diversidade de ritmos marca reabertura do Projeto Seis e Meia em Ilhéus

Projeto Seis e Meia. Foto - Clodoaldo Ribeiro-18

A reabertura do Projeto Seis e Meia), no Teatro Municipal de Ilhéus foi marcada pela diversidade de ritmos como rock in roll, rap e canções de trabalhadores da lavoura do cacau, lavadeiras e marisqueiras. Idealizado pela Secretaria da Cultura, a iniciativa tem o objetivo de promover os artistas regionais, além de fomentar o cenário cultural e divulgar os valores dos músicos do município. A primeira apresentação foi do artista Ayam Ubrais Barco, seguida das bandas Intuito Neutro e Mulheres em Domínio Público.

Os projetos contemplados para esta nova formatação do Projeto Seis e Meia serão apresentados quinzenalmente, até 31 de outubro deste ano, sempre às quartas-feiras, pontualmente às 18h30min. A Secretaria da Cultura de Ilhéus selecionou doze, das 22 propostas de espetáculos musicais inscritas no edital, que visam estimular o desenvolvimento da música em diversos gêneros.

Projeto Seis e Meia. Foto - Clodoaldo Ribeiro-2

As atrações – O artista Ayam Ubrais Barco, do município de Ipiaú, disse que foi incrível participar deste projeto de alta relevância musical, e ainda fazer parte da sua abertura. “Escrevemos e compomos coisas direcionadas à consciência e ao coração das pessoas, para que criem determinadas condições e possam entender o lugar onde elas estão. E assim, entendendo, possam lutar por lugar, e aprofundamentos da democracia”, ressaltou.

Read the rest of this entry »

Temporada do Projeto Seis e Meia é reaberta no Teatro Municipal de Ilhéus

Mulheres em Domínio Público

A Secretaria da Cultura de Ilhéus divulgou as primeiras atrações que vão participar este ano do Projeto Seis e Meia, a partir desta quarta (26), às 18h30, no Teatro Municipal. Com direção artística de Letto Nicolau e produção executiva de Beto Produções, sobem ao palco o artista Ayam Ubrais e as bandas Mulheres em Domínio Público e Intuito Neutro. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente, na bilheteria do teatro, ao preço de R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Intuito Neutro

A primeira atração é Ayam Ubráis, com o show “Na peleja da navegança” que já circulou por Salvador, Vitória da Conquista, Cruz das Almas, Eunápolis, Santa Cruz Cabrália e Coaraci. O show é composto de canções autorais dos dois discos do coletivo Ayam Ubrais Barco & Bando do Mar. O primeiro disco, “Partir do mar em banda”, foi eleito melhor lançamento da Bahia, pelo site El Cabong, em 2013 e melhor produção no Prêmio Caymmi, em 2015, com o clipe “O Quintal”.

Read the rest of this entry »

Nadja Alves mostra “Cores da Bahia” no Teatro Municipal de Ilhéus

nadja 2Celina Santos, no Diário Bahia

Você olha e vê pintada uma Gabriela cheia de cor e beleza; ou uma baiana de acarajé com seu traje típico e seu tabuleiro; a vista do Rio Cachoeira, em Itabuna; o Carnaval Cultural de Ilhéus… Eis uma breve descrição da exposição “Cores da Bahia”, assinada pela artista plástica Nadja Alves. A mostra, pela terceira vez no Teatro Municipal de Ilhéus, estará aberta a visitação até o próximo dia 1º de outubro.

nadja 1Autodidata, Nadja mergulhou há sete anos nesse universo de cores e formas. Já expôs algumas vezes no Centro de Cultura Adonias Filho, em Itabuna. Ela teve, em 2014, a chance de compor a plateia do programa Encontro, na rede Globo, e presenteou a apresentadora Fátima Bernardes com um quadro.

Agora, o sonho da artista itabunense é fazer um curso, para aprimorar o indiscutível talento que ela tem. “Quero aprender mais e mais”, diz, sobre a principal atividade dela desde que tomou gosto pela pintura. “Fico em casa sempre matutando alguma coisa para fazer”, conta.

Com um jeito simplório e olhar atento, Nadja Alves não se esquece de mencionar quem abre as portas para ela mostrar os novos trabalhos. “É a terceira vez que a diretora Jennifer Horrana [do Teatro Municipal] me dá a oportunidade de expor minhas obras de arte; eu agradeço a ela, à secretária Grasiele Oliveira e às demais pessoas que fazem parte desse time da cultura e que me ajudaram na montagem da exposição”, acrescenta.

“Pluft, o Fantasminha” será atração no Teatro Municipal de Ilhéus

Pluft, o Fantasminha - CITM Teatro(1)O espetáculo infantil “Pluft, o Fantasminha”, será apresentado no Teatro Municipal de Ilhéus, neste final de semana (25 e 26), 17 horas. O texto é um clássico da literatura nacional, da obra de Maria Clara Machado, adaptado por Cristina Barretto, que assina a direção e a produção.

O ingresso promocional pode ser adquirido antecipadamente, na academia de teatro CITM e na loja Etc & Tal. Cristina Barretto diz que o espetáculo é feito para todas as idades. “É recheado de magia, figurinos sensacionais, efeitos pra lá de especiais e interpretação de tirar o fôlego do espectador”, comenta.

A diretora adianta que o roteiro acontece em um sótão, onmde vive divertida família de fantasmas: Pluft, Fantasminha, que tem medo de gente, a mãe dele, que faz deliciosos pastéis de vento e tio Gerúndio, que passa todo o tempo dormindo dentro de baú.

E completa: “A tranquilidade do lugar termina quando o pirata Perna de Pau traz a menina Maribel, que fora raptada por ele. O vilão está em busca do tesouro do avô da garotinha, o capitão Bonança, que morreu no mar e – ao que tudo indica – deixou sua herança escondida naquele sótão. O que não se esperava é que a amizade iria se formar entre Pluft e Maribel, dando novo rumo à história”.

Manu Pessoa expõe obras em homenagem a Jorge Amado

expo 1

A exposição da artista plástica Manu Pessoa,  na Galeria do Teatro Municipal, marcou o início das homenagens a Jorge Amado em Ilhéus, que se estendem até 10 de agosto, data de nascimento do escritor. A mostra, com trabalhos em pintura naif e acrílica, fica à disposição do público até o dia 31 deste mês, sempre das 9 às 18 horas, e conta com apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura (Secult).

A exposição reúne criações que provocam uma releitura da obra de Jorge Amado. “Meu estilo é naif, sou autodidata, coloco emoções na tela do meu jeito. Venho aperfeiçoando isso ao longo dos anos”, diz a artista. Pedagoga graduada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Manu Pessoa é estudante do curso de Metodologia do Ensino da Arte e autodidata.

expo 2

O estilo naif apareceu durante a revolução da arte moderna no final do século XIX quando Henri Rousseau, pintor francês autodidata foi acolhido pelos pintores impressionistas da escola de Paris.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2020
D S T Q Q S S
« mai    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930