hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Sul da Bahia’

Setur discute ações para incrementar fluxo de visitantes na Estrada do Chocolate

Estrada do Chocolate. Foto-Alfredo Filho (3)

Com o objetivo de incrementar o fluxo de visitantes na Estrada do Chocolate, no sul da Bahia, a Secretaria do Turismo do Estado (Setur) reuniu o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e representantes da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil) nesta terça-feira (30). Ao secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, e ao subsecretário Benedito Braga o grupo apresentou um diagnóstico das etapas do projeto da estrada, executado a partir da colaboração entre o público e o privado.

est c“O fortalecimento e a consolidação da Estrada do Chocolate como primeira rota temática da Bahia têm todo o apoio da Secretaria do Turismo e dos órgãos do Governo do Estado envolvidos nesse projeto”, reafirmou Fausto Franco.

Construída no trecho da BA-262 que liga Ilhéus a Uruçuca, a Estrada do Chocolate permite ao turista conhecer, em visitas guiadas a fazendas, todo o processo de produção e fabricação do chocolate, do plantio do cacau à produção e consumo do bombom. “A estrada possui grande potencial turístico, mas faltam detalhes como internet, segurança e infraestrutura, para, então, trabalharmos em sua promoção”, disse Mário Alexandre.

Read the rest of this entry »

Secretários debatem estratégias para a Educação no Sul da Bahia

Cíntya Proex na Reunião do Forsec (7)Durante uma reunião Ordinária do Fórum Regional de Educação (Forsec) da Amurc, os Secretários de Educação dos municípios do Sul da Bahia iniciaram o diálogo para a realização de um Planejamento Estratégico que vai contemplar as principais demandas da educação regional e que será apresentado ao Governo do Estado da Bahia.

A proposta, segundo a presidente do Fórum e secretária de Firmino Alves, Andréa Morais visa a elaboração de um Planejamento Estratégico pontuando as necessidade da educação na região. A ideia é levar o documento até o secretário de Educação do Estado e verificar o que pode ser feito para melhorar a educação nos municípios da região”, relatou Andréa.

“Nós temos a necessidade de dialogar, precisamos de apoio e parcerias para o fortalecimento da educação na região. Dentre as demandas, pontuamos a construção de uma Base Nacional Curricular Comum (BNCC) e a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) na Bahia, que no ano passado obteve o pior resultado em relação a outros Estados do Brasil”, destacou Andréa.

A iniciativa fortalece o papel do Forsec e da Câmara Técnica de Educação, que integra o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul, e que segundo o coordenador executivo da Amurc, Luciano Veiga, tem atraído parcerias importantes, a exemplo dos Institutos Natura, Arapyaú e o Itaú Social para o desenvolvimento da educação regional.

Read the rest of this entry »

Empresa é flagrada extraindo minerais ilegalmente no Sul da Bahia

foto 4 (1)

Auditores Fiscais do Trabalho participaram de ação fiscal na manhã desta quarta-feira (24), que resultou em interdição das atividades e apreensão de explosivos de mineradora no extremo sul da Bahia. A atividade de mineração era exercida na zona rural do município de Itapebi/BA, a seiscentos quilômetros de Salvador, por empresa cujo sócio possui endereço no município de Taiobeiras em Minas Gerais.

foto 2 A ação foi realizada pela Agência Nacional de Mineração, Auditoria Fiscal do Trabalho, Exército Brasileiro, Justiça do Trabalho, Ministério Público do Trabalho, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

 

No local, havia treze trabalhadores laborando sem registro na CTPS, ausência de exames de saúde admissionais e sem a observação das medidas de segurança e saúde de trabalho. Estes trabalhadores, apesar de operarem com explosivos, não receberam qualquer treinamento, manuseando-os de forma insegura e em desacordo com as normas técnicas vigentes, ensejando o risco de explosões acidentais. As atividades com explosivo eram realizadas de forma precária, sem observância das normas técnicas, com o acionamento do explosivo antes mesmo do trabalhador sair da zona de perigo, o que poderia ocasionar acidentes com resultados fatais. Além do risco de acidentes, havia também a exposição dos trabalhadores a sílica.

Read the rest of this entry »

Semana do MEI oferece 500 vagas em capacitações gratuitas no Sul da Bahia

Por: Viviane Cabral

 

A tradicional Semana do MEI chega ao Sul da Bahia, entre os dias 20 e 24 de maio, com 500 vagas em capacitações gratuitas nas cidades de Itabuna, Ilhéus, Uruçuca, Camacan, Itajuípe, Itacaré e Serra Grande. O evento acontece em todo o país, programação presencial e disponibilização de conteúdos e palestras online com foco em finanças.

De acordo com o gerente adjunto do Sebrae em Ilhéus, Michel Lima, na região, serão realizadas oficinas e clínicas tecnológicas sobre como controlar o dinheiro, vender, planejar o negócio, atender melhor o cliente, utilizar as mídias sociais no negócio, manipular corretamente os alimentos e expor melhor o seu produto.

“A Semana do MEI tem uma programação especial para microempreendedores individuais e potenciais empresários, que podem participar de palestras e oficinas para melhorar o seu negócio, além de orientação empresarial sobre gestão, inovação, finanças, obrigações e benefícios do Microempreendedor Individual”, afirma.

O MEI terá acesso às orientações gratuitas sobre como abrir, alterar ou dar baixa no CNPJ, fazer a Declaração Anual de Faturamento, conhecer os benefícios de formalização do negócio e as linhas de crédito disponíveis através do Banco do Povo. Em parceria com o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), serão realizadas palestras esclarecedoras sobre os benefícios e o parcelamento de dívidas com a instituição.

Read the rest of this entry »

Oficina otimiza da gestão financeira nas prefeituras do Sul da Bahia

1ª Oficina de Melhoria do Equilíbrio Fiscal MunicipalA empresa Gove, em parceria com o Instituto Arapyaú e a Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc realiza nesta quinta-feira, 25, a 2ª oficina de Melhoria do Equilíbrio Fiscal Municipal, na sede da entidade, em Itabuna. O evento tem o objetivo validar e priorizar os diagnósticos fiscais dos municípios do Sul da Bahia, e auxiliar os gestores na elaboração de um plano de ação para a gestão financeira das prefeituras.

O encontro acontece após a primeira oficina, realizada no mês de março, quando os secretários e técnicos da gestão pública foram capacitados para a elaboração de um diagnóstico fiscal de receitas e despesas do município e receberam dados fiscais estruturados da sua localidade.

Para a próxima etapa, a especialista em eficiência municipal na empresa Gove, Anna Deniz, explica que será elaborado um plano de ação para as receitas e as despesas municipais. “A iniciativa visa o aumento na arrecadação e a otimização das despesas locais”, destacou.

O secretário de finanças do município de Almadina, Crenilto Borges, que confirmou a sua participação nas próximas oficinas, 25/04 e 27/06, destacou que todas ações que visam a recuperação e captação de recursos próprios, é uma atuação mais saudável para os municípios, “principalmente para os menores, como Almadina, com menos de 7 mil habitantes e a arrecadação de 0.6%”.

Read the rest of this entry »

Começa a 2ª temporada das Série Juacas em Itacaré

JuacasNos novos episódios, um novo verão começa em Itacaré, na Bahia. Considerada como uma das maiores séries de televisão juvenil brasileira produzida pelo Disney Channel Brasil, a nova temporada de Juacas, gravada também em Itacaré, estreia nesta segunda-feira, dia 22 de abril, às 17h30min, no canal Disney. Com muita aventura, comédia e emoção, a segunda temporada dos Juacas lidará com as dificuldades do campeonato e da adolescência. Mas, no final, todos amadurecem com o surf e terminarão o campeonato muito diferentes de quando começaram. Tudo isso tendo como cenário uma das cidades mais bonitas do Brasil que é Itacaré.

Juacas é uma das séries de maior sucesso no mundo e Itacaré foi escolhida mais uma vez para ser cenário dessa produção pelas belezas naturais, ter sol o ano inteiro, belas ondas e um espaço perfeito para a produção. A primeira temporada da série estreou no dia 3 de julho de 2017 no Brasil e na América Latina, pelos canais fechados no Disney Channel e Disney XD. E desde 21 de julho do ano passado, faz parte do bloco Mundo Disney no SBT. Em Portugal, estreou no dia 14 de maio do ano passado pelo canal fechado SIC K.

Juacas 1(1)

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, se reuniu com a equipe de produção de Juacas e destacou a importância do município ser mais uma vez cenário da série. De acordo com ele, além de movimentar a economia da cidade, envolver os atores e destacar o esporte, a série também é responsável por divulgar cada vez mais o potencial turístico da cidade. E a proposta é que cada vez mais pessoas sejam atraídas para conhecer as belezas naturais de Itacaré e o cenário das gravações de Juacas. E além das paisagens de Itacaré, a série ainda conta com a participação de atores e figurantes da cidade.

Read the rest of this entry »

Investimentos na cadeia produtiva de cacau e chocolate qualificam a produção baiana

chocolate bahia cacau 1Um dos produtos que mais se destacam é o chocolate, alimento secular, produzido a partir da amêndoa do cacau, que vem passando, ao longo dos anos, por sucessivos aprimoramentos, tanto na base de produção, quanto no beneficiamento. Na Bahia, segundo dados do Censo Agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE 2017), a produção de cacau tem origem na agricultura familiar, nos assentamentos de reforma agrária, resultado de um processo de modificação da malha fundiária nos últimos 20 anos.

Para fortalecer a cadeia produtiva do cacau, o Governo do Estado vem investindo em ações voltadas para a melhoria da qualidade da amêndoa, inclui a escolha das mudas e a adubação, com preservação do meio ambiente, recomposição de áreas, construção de casa de fermentação, estrutura de secagem, ampliação de agroindústrias, até assistência técnica e extensão rural (Ater). Os investimentos já ultrapassam R$ 100 milhões, aplicados em empreendimentos da agricultura familiar, direta ou indiretamente, nos territórios de identidade Baixo Sul, litoral Sul, Extremo Sul, Vale do Jiquiriçá, Costa do Descobrimento e Médio Rio das Contas.

Na busca pela qualificação da produção do cacau, foram desenvolvidas formas diferenciadas de plantio, a exemplo do cacau-cabruca, utilizado na região Sul da Bahia. Esse modelo, além de gerar retorno financeiro, contribui para a conservação de fragmentos da floresta tropical, preservação da fauna e dos recursos hídricos regionais.

cacau premiumDe acordo com o chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Jeandro Ribeiro, nos últimos quatro anos o Governo do Estado vem promovendo um amplo diálogo com todos os atores envolvidos na cadeia produtiva do cacau, o que gerou o lançamento, no ano de 2018, do Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia 2018 – 2022: “O nosso esforço, enquanto SDR, é reunir e integrar todas as ações que convergem para o rural, incluindo assistência técnica, fomento, regularização fundiária, acesso ao crédito, agregação de valor à produção, e outras intervenções que resultem em uma amêndoa de qualidade”.

O plano, que atenderá cerca de 20 mil agricultores, prevê o desenvolvimento de ações estratégicas que permitirão elevar, em cinco anos, a produção de cacau na Bahia para 240 mil toneladas/ano, até 2022, e consolidar a fabricação de chocolates finos com certificado de origem no Sul da Bahia, por meio da instalação de agroindústrias. Entre os produtos e subprodutos do cacau, além do tradicional chocolate, estão geleias, doces, mel de cacau, licor, polpa para suco e nibs.

 

Read the rest of this entry »

Portaria da Cabruca beneficia mais de 20 mil produtores de cacau do Sul da Bahia

cabruca (2)

Atendendo a uma reivindicação dos produtores de cacau do Sul da Bahia, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) publicaram no Diário Oficial desta quarta-feira (17) a Portaria Conjunta Sema/Inema nº 03, que dispõe sobre os critérios e procedimentos para a concessão da Autorização de Manejo da Cabruca – AMC. O documento atualiza portaria de 2015 sobre AMC, e reflete ampla discussão com os atores interessados.

cabruca (1)Os critérios estabelecidos foram construídos com a participação da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Ministério Público Estadual, pesquisadores da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), técnicos da Sema e Inema e representantes dos produtores de cacau.

Além da certeza da preservação da Mata Atlântica, os novos procedimentos estimulam a manutenção do agrossistema e o enriquecimento das Cabrucas com espécies nativas, com ganhos ambientais. A portaria facilita o cadastramento das Cabrucas no CEFIR; esclarece a desnecessidade de autorização para o manejo de espécies exclusivamente exóticas; reduz o custo do projeto técnico; traz maior segurança jurídica ao manejo; e estabelece a isenção da taxa de análise para os produtores da agricultura familiar.

“Nós vamos sair de uma média atual de 300, para uma expectativa de 700 pés de cacau por hectare, preservando a Mata Atlântica. Isso nos leva ao aumento da produção e da produtividade, viabilizando a cabruca como uma atividade positiva no contexto econômico, social, ambiental e cultural, beneficiando mais de 20 mil produtores de cacau”, afirma o secretário do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira.

Read the rest of this entry »

Produção de chocolates de origem impulsiona turismo no Sul da Bahia

CHOCOLATE E TURISMO - DANIEL THAME (5)

Uma região celebrizada em todo o mundo pelas obras magistrais do escritor Jorge Amado com seus coronéis, jagunços, trabalhadores, etc. e cenários de fantasia como o Vesúvio de Nacib e Gabriela, o Bataclan de Maria Machadão e suas moçoilas dadivosas e o universo único das fazendas de cacau. A esse universo, que faz do Sul da Bahia um local que encanta pessoas do Brasil e do Exterior, soma-se um emergente polo de produção de chocolates de origem, com mais de 40 marcas apresentadas e comercializadas no Chocolat Festival, realizado no Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

CHOCOLATE E TURISMO - DANIEL THAME (6)

Um pouco desse cenário mágico está sendo mostrado no estande do Governo da Bahia no evento, que inclui modelos de barcaça e fermentação de cacau, mudas de cacaueiros produzidos pela Biofábrica e uma exposição fotográfica com a história do chamado fruto de ouro, desde os maias até sua chegada ao Sul da Bahia.

CHOCOLATE E TURISMO - DANIEL THAME (7)

O secretário estadual de Turismo, Fausto Franco afirma que “a criação do polo chocolateiro vai potencializar o setor, agregando um produto de excelência, com a rica história do cacau, às belezas naturais, com praias exuberantes, Mata Atlântica preservada e um grande patrimônio cultural e arquitetônico, que já fazem de Ilhéus e Itacaré destinos turísticos que atraem pessoas do Brasil e do Exterior”.

 

estrada do chocolate 1

Além de incentivar a produção de cacau de qualidade e chocolates de origem, o Governo da Bahia implantou a Estrada do Chocolate, a primeira rota temática do Estado. São 44 quilômetros entre a primeira fábrica do chocolate caseiro, localizada no Distrito Industrial de Ilhéus, e o entroncamento com a BR 101, no município de Uruçuca, num trajeto que inclui fazendas de cacau e as belezas naturais como rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental. A rota também passa pelas fábricas do parque moageiro de cacau, no Distrito Industrial de Ilhéus, fazendas/fábrica de chocolate gourmet, a Estação Rio do Braço, sede do antigo distrito de Ilhéus e a Biofábrica do Cacau.

JORGE CHOCOLATE E TURISMO - DANIEL THAME (3)

Para Marco Lessa, coordenador do Chocolat Festival, que produz chocolates premium em Ilhéus, destaca que “o Sul da Bahia tem de grande diferencial em relação a outras regiões do mundo, porque depois que as pessoas conhecem o chocolate feito com cacau baiano, ele vivencia um pouco da nossa rica história, o compromisso com a conservação ambiental”. “O chocolate associado ao turismo, oferece experiências únicas, num pacote completo que vai da gastronomia ao convívio com a natureza. A agroindústria e o turismo são alternativas efetivamente viáveis para o desenvolvimento regional”, afirma Lessa.

 

Governo da Bahia define novo modelo de manejo de cultivo de cacau cabruca

cacau cabruca 1

O Governo da Bahia publica na próxima semana a portaria que dá novas diretrizes ao manejo de cacau no Sul da Bahia, conhecido como ‘Portaria da Cabruca’. O anúncio foi feito pelo secretário estadual do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira, durante palestra sobre políticas públicas para o cacau e incentivos a legislação ambiental, no Chocolat Festival, que acontece até amanhã (14) na Bienal do Ibirapuera, em São Paulo.

sema cabruca (3)A portaria incentiva a produção de cacau em áreas de mata nativa, com sombreamento, passando da média atual de 300 para 700 pés de cacau por hectare, preservando a Mata Atlântica, um sistema manejo moderno, que vai possibilitar o aumento da produção e da produtividade no Sul da Bahia. “Isso representa um avanço muito grande, era reivindicação dos produtores de cacau, cuja efetivação pelo Governo do Estado se deu num processo de construção coletiva com a participação de pesquisadores e técnicos da Universidade Estadual de Santa Cruz, Inema, Ceplac, Ministério do Meio Ambiente, Secretaria de Meio Ambiente e associações de produtores”, afirma o secretário.

 

“O cacau é uma planta conservacionista e graças a esse cultivo o Sul da Bahia possui grandes áreas de Mata Atlântica. É um produto inserido na sustentabilidade econômica, social cultural e ambiental”, finaliza João Carlos Oliveira.

Festival em São Paulo abre novos mercados para o chocolate do Sul da Bahia

chocolat bahia (1)

O Chocolat Festival, realizado desde 2009 em Ilhéus, chega ao principal mercado consumidor do país. Aberto na tarde desta sexta-feira, o Chocolat São Paulo 2019 acontece até domingo, na Bienal do Ibirapuera. O evento, que tem o apoio do Governo da Bahia, reúne 77 expositores, com apresentação e comercialização de 40 marcas de chocolates de origem da região cacaueira do Sul do Estado. Um dos destaques é a Bahia Cacau, projeto da agricultura familiar, que produz chocolates finos, nibs e outros derivados do cacau.

chocolat bahia (2)
Na abertura do Chocolat Festival, o secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, disse que “o cacau e o chocolate são duas marcas importantes do Sul do Estado, com qualidade reconhecida e potencial de expansão. Além disso, tem um forte apelo para o fortalecimento do turismo regional. O Governo do Estado desenvolve projetos que incluem toda a cadeia produtiva, da amêndoa à industrialização, com impactos positivos no setor turístico”.

chocolat bahia (3)

O coordenador do evento, Marco Lessa, que destacou o apoio do Governo da Bahia ao festival, afirmou que “essa é uma virada de página na história da cacauicultura sulbaiana. Ao oferecer uma variedade de chocolates de origem, com produtos de qualidade, estamos dando visibilidade e abrindo novas oportunidades de negócios num grande mercado consumidor”. “Não basta apenas produzir chocolate, é preciso apostar na divulgação e comercialização, que garantem sustentabilidade ao setor”, disse.

chocolat bahia (11)
“Estamos num dos maiores mercados do mundo, mostrando que quem produz a melhor amêndoa de cacau pode produzir o melhor chocolate. Logo no primeiro dia os negócios já estão surgindo e estamos muito otimistas com os resultados do festival”, afirmou o produtor Henrique Almeida.

chocolat bahia (5)

A abertura do festival foi marcada por um momento simbólico: o plantio de um cacaueiro do Sul da Bahia, produzido pela Biofábrica de Cacau, no parque mais famoso de São Paulo.

chocolat bahia (4)
Nesta sexta-feira, um dos principais eventos do Chocolat Festival São Paulo é o Fórum do Cacau, com painéis sobre a cacauicultura no Brasil e no mundo. Entre os temas abordados estão “Cacau e Chocolate no Brasil: Desafios e Oportunidades”, “Tree to Bar. A produção que Faz a Diferença, Os novos horizontes do Cacau.”, “Novas Regiões Produtoras do Fruto do Chocolate”, “Estratégias para Valorização da Qualidade do Cacau Brasileiro” e “Políticas públicas para o Cacau”.

Chocolat Festival em São Paulo terá expositores de 40 marcas do Sul da Bahia

chocolate bahia cacau 1

O chocolate de origem do Sul da Bahia, produzido com algumas das melhores amêndoas do mundo, chega a São Paulo com a realização do Chocolat Festival São Paulo, que acontece entre os dias 12 e 14 de abril, no pavilhão da Bienal do Ibirapuera. O evento, que tem o apoio do Governo do Estado, reunirá 72 expositores, entre eles 40 marcas do chocolate da Região Cacaueira, no Sul do Estado. Entre as marcas, chocolates produzidos pela agricultura familiar, a exemplo do Bahia Cacau, que tem investimentos do Bahia Produtiva, programa que incentiva a qualificação, aumento da produtividade, capacitação de mão de obra e comercialização.

marco lessa 1Além da exposição e venda de chocolates, o festival terá uma ampla programação com experiências sensoriais, uma série de atividades culturais, exposição A História do Chocolate, cursos e palestras como ChocoDay, Cozinha Show, Espaço Kids e Fórum do Cacau, com chocolatiers e palestrantes do Brasil e do Exterior.

De acordo com o coordenador do Chocolat Festival São Paulo, Marco Lessa, “o desafio é muito grande e nossa expectativa é de que o evento abra espaço para o chocolate de origem do Sul da Bahia no maior mercado consumidor do país”.

“O evento vai alinhar duas áreas importantes, a produção de cacau e chocolate e o turismo. A Bahia precisa acelerar o processo de expansão e consolidação do polo chocolateiro, com profissionalização do setor e um trabalho permanente de promoção no Brasil e no Exterior”, disse.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2019
D S T Q Q S S
« mai    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30