WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

universidade lasalle livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

outubro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘segurança pública’

Mais de 34 mil profissionais participam de esquema de segurança nas eleições 2022

Para garantir o respeito à democracia e o acesso ao voto para os mais de 11 milhões de baianos durante as eleições que ocorrem no próximo domingo (2), a Secretaria da Segurança Pública dá início a ‘Operação Eleições 2022’, com emprego de mais de 34 mil  policiais militares, civis, peritos e bombeiros militares, além do uso de ferramentas tecnológicas.

A pasta apoiará a Justiça Eleitoral durante o primeiro turno, no próximo domingo (2), com reforço do policiamento ostensivo para a garantia do livre direito de voto, escolta de urnas eletrônicas, prevenção e repressão a crimes eleitorais, além do resgate e atendimento de eleitores ou candidatos, caso seja necessário.

No Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), em operação plena desde a última segunda-feira (26), acontece a interlocução com 23 Centros Integrados de Comunicação (Cicoms) espalhados na Bahia e o monitoramento da operação.

Instalado no Centro de Operações e Inteligência, no Cab, no CICC atuam profissionais das Superintendências de Inteligência  (SI), de Gestão Tecnológica  e Organizacional  (Sgto), de Gestão Integrada da Ação Policial (Siap), Corregedoria Geral (Coger), e integrantes das Polícias Militar, Civil, Técnica e Corpo de Bombeiros Militar, além de profissionais convidados de forças municipais e federais.

:: LEIA MAIS »

Jerônimo defende Sistema Nacional de Segurança Pública para combater a criminalidade

O candidato a governador da Bahia pelo PT, Jerônimo Rodrigues, defendeu ações integradas entre Estados, Municípios e União para combater com maior eficácia a criminalidade. “O presidente Lula já assegurou a criação do Ministério da Segurança Pública e a retomada do estatuto do desarmamento, fortalecendo a concepção do Estado de Paz que é defendida por mim”, disse o postulante petista, durante sabatina da Rádio Sociedade, na manhã desta quinta-feira (8).

O governo Rui Costa realizou R$ 1 bilhão em investimentos em inteligência e tecnologia, aumentando a eficácia do trabalho policial em todo o estado, com resultados positivos da atual política de segurança, que já registra uma queda de 11,4% no número de homicídios no primeiro semestre deste ano. “Não dá para discutir segurança pública sem se relacionar com a política nacional, porque mesmo o Estado fazendo o seu papel, ainda há respingos do movimento criminoso que se espalha por todo país”, ressalta Jerônimo.

O candidato a governador da Bahia pelo PT lembrou ainda que cerca de 100 cidades baianas não registram, há um ano, nenhum Crime Violento Letal Intencional (CVLI). A partir de janeiro de 2023, em parceria com o presidente Lula, será possível fortalecer o controle das fronteiras, impedindo o tráfico de drogas e armas. “Nos últimos três anos, triplicou a quantidade de armas nas mãos de pessoas. Temos que dar livros ao invés de armas. O estatuto do desarmamento tem que ser fortalecido”, destaca Jerônimo.

:: LEIA MAIS »

Em Jequié, Estado entrega requalificação da Avenida Tote Lomanto e anuncia obras nas áreas de saneamento e segurança pública

gov ba jequié (1)Novas ações em infraestrutura, desenvolvimento urbano, segurança pública e saneamento básico foram inauguradas e anunciadas pelo Estado da Bahia, nesta sexta-feira (15), no município de Jequié. O ato de entregas e autorizações contou com a presença do governador Rui Costa. Entre as obras entregues, está a requalificação de um trecho de 3,6 quilômetros da Avenida Tote Lomanto, que passou a ter um novo entroncamento com a BR-116. As intervenções, realizadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), incluem a implantação de passeios com piso tátil, pista de caminhada e corrida, iluminação, paisagismo, sinalização e a construção e reforma das praças Irmã Dulce, da Saúde e Maringá. A entrada na rotatória da BR-116 ganhou um novo portal, em homenagem ao homem do sertão, com obra de arte produzida pelo artista baiano Bel Borba.

gov ba jequié (4)A Conder também é responsável pela construção de uma nova ponte sobre o Rio de Contas, que tem 160 metros de extensão e vai duplicar a capacidade da travessia sobre o rio. Erguida ao lado da ponte Teodoro Sampaio, que também será recuperada pela Companhia, o novo equipamento ligará o bairro do Mandacaru ao centro da cidade. A articulação viária com o sistema formado pela Rua Presidente Dutra, no sentido centro da cidade, e a Avenida Otávio Mangabeira, para quem segue para a BR-116, conta ainda com a requalificação de 1 quilômetro de vias com pista dupla.

A Sedur foi autorizada, ainda, a iniciar as obras de requalificação da Praça do Mutirão São Judas Tadeu e a licitar a contratação de empresa para a construção de uma praça no Bairro de Amaralina, na sede do município.

:: LEIA MAIS »

Investimentos anuais de Rui e Wagner em Segurança aumentaram 26% em relação à gestão carlista

Ao abordar os números relativos a investimentos em Segurança Pública na Bahia nos últimos anos, a oposição se esquece de que já foi governo e de que seu desempenho nesta área foi bem inferior, a começar pelas médias anuais em valores corrigidos pelo IPCA. No governo de Paulo Souto, aliado do ex-prefeito ACM Neto, a média anual de investimentos em segurança entre 2003 e 2006 foi de R$ 106,6 milhões, enquanto nas gestões de Jaques Wagner e Rui Costa, no período de 2007 a 2021, o investimento médio por ano foi 26% maior, ampliando-se para R$ 134,1 milhões. Em valores atualizados, os investimentos totais somaram R$ 426,6 milhões no governo Souto, ante R$ 2 bilhões no período de Wagner e Rui.

 
Parâmetro ainda mais expressivo quanto à evolução do volume de recursos para a Segurança nas gestões petistas são os gastos com custeio, que incluem, entre outros, itens não contabilizados como investimentos em função das regras de classificação orçamentária, mas que constituem recursos fundamentais para equipar a área de segurança pública, a exemplo de locação de veículos, reforma de unidades policiais, compra de munições e de equipamentos de proteção, como coletes à prova de balas. Sempre em valores atualizados, os governos de Jaques Wagner e Rui Costa gastaram em média, por ano, R$ 723,8 milhões, ampliando em 109% a média anual de R$ 345,5 milhões da gestão de Paulo Souto. Os valores atualizados de gastos com custeio são R$ 1,4 bilhão entre 2003 e 2006 e R$ 10,9 bilhões de 2007 a 2021.

:: LEIA MAIS »

Crimes Contra a Vida têm redução 21% em abril

Os Crimes Violentos Letais Intencionais – homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte – tiveram uma redução 21% no mês de abril, quando comparado ao mesmo período de 2021. Cento e treze vidas foram preservadas este mês.

De 1º de janeiro a 30 de abril, período acumulado, o decréscimo foi de 12,5%, totalizando 250 ocorrências a menos que o mesmo período do ano anterior.

Em abril, o destaque ficou para a Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Atlântico, que alcançou uma queda de 43,3%, seguida pelas Risps Oeste (40,9%), Baía de Todos os Santos (28,3%) e Sudoeste (21,1%).

“Esse é um resultado dos esforços de todas as forças de segurança. Nosso objetivo é a preservação da vida dos baianos e ampliação, cada vez mais, da sensação de segurança para a população”, reafirmou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.  Com os índices de abril, a Bahia alcança o sétimo mês de redução nos registros de mortes violentas.

Feminicídio tem redução de 21,7% na Bahia

O crime de feminicídio caiu em 21,7%, nos três primeiros meses de 2022, se comparado ao mesmo período do ano anterior. A redução leva em consideração índices de todo o território baiano.
De 1 de janeiro a 31 de março foram contabilizados cinco casos a menos que no ano passado, saindo de 23 ocorrências para 18 casos.

pm
A capital baiana registrou uma morte, computando três casos a menos que no trimestre de 2021. A redução foi de 75%. Já os municípios do interior do estado contabilizaram dois a menos que em 2021, registrando um decréscimo de 11%, totalizando 15 crimes.

:: LEIA MAIS »

R$ 1 bilhão é investido em tecnologia e novas estruturas para polícia e bombeiros

segurança (1)Pouco mais de R$ 1 bilhão foi investido pelo Governo do Estado, nos últimos anos, na Segurança Pública da Bahia. O recurso foi empregado na expansão de tecnologia, em novas delegacias e batalhões, além de armamentos de primeira linha e equipamentos de proteção individual.

Na parte de tecnologia, R$ 250 milhões foram investidos na construção do Centro de Operações e Inteligência (COI), maior estrutura da América Latina, e nos 22 Centros Integrados de Comunicações (Cicom). As unidades estão instaladas em Salvador, na região metropolitana (RMS) e no interior.

segurança (3)

Os sistemas de Reconhecimento Facial e de Placas Veiculares, que auxiliam na localização de foragidos das Justiça e de veículos com restrições de roubo e furto, estão em processo de expansão. Setenta e sete cidades das RMS e do interior receberão os equipamentos, em um investimento de R$ 665 milhões.

:: LEIA MAIS »

Baixo Sul terá novo complexo policial e núcleo de atendimento à mulher

valençaA cidade de Valença, no baixo sul da Bahia, vai ganhar um complexo policial com infraestrutura moderna até junho deste ano. O novo prédio da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) funcionará no bairro Novo Horizonte, a 700 metros de onde funciona o atual prédio da Polícia Civil. O investimento é de R$ 1,8 milhão.

Além do novo prédio, a antiga sede da Coorpin está sendo reformada para abrigar um Núcleo Especial de Atendimento à Mulher (Neam), como explica o assessor especial do gabinete da delegada-geral, delegado Artur Guimarães. “Além do Neam, a antiga sede, quando remodelada, também contará com uma Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes para benefício de mais de 15 cidades e distritos. As unidades seguirão um modelo de inquérito policial digital, através do Sinesp, para uma investigação mais rápida e aprofundada para solução dos crimes”.

As obras do novo complexo policial vão beneficiar cerca de 320 mil pessoas, incluindo os moradores de Valença e de outros 15 municípios baianos, e são parte do projeto de modernização de unidades das polícias Civil e Militar em 46 cidades da Bahia, com um investimento total de R$ 83 milhões.

:: LEIA MAIS »

Itabuna vai sediar em dezembro a 1ª Copa da Segurança Pública

a7e8f853-0f00-48d7-b2fc-cf6a6fa135b0

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel) vai realizar a 1ª Copa da Segurança Pública da Cidade de Itabuna, com a participação de agentes de várias corporações. A disputa de futebol de campo vai reunir 12 equipes e acontecerá no período de 3 e 10 de dezembro na Associação Atlética Banco do Brasil ( AABB).

De acordo com o secretário municipal de Esportes e Lazer, vice-prefeito Enderson Guinho, a Copa terá a participações de agentes de segurança do 15 º Batalhão da Polícia Militar, 4º Grupamento de Bombeiros Militares, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal, Rondas Especiais da PM (Rondesp), Polícia Rodoviária Estadual, agentes penitenciários, Cipe Cacaueira e da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Settran).

“Com esta competição esportiva, o nosso objetivo é promover uma maior integração entre as corporações e os profissionais da segurança pública”, disse Enderson Guinho. O secretário acrescentou que nos meses de novembro e dezembro vários eventos estão movimentando a agenda esportiva da cidade envolvendo pessoas de todas idades.

Durante reunião entre o secretário de Esportes e Lazer, Enderson Guinho, e os comandantes e representantes das corporações de segurança na última quinta-feira, dia 28, os detalhes da 1º Copa da Segurança Pública foram tratados. Na ocasião o projeto foi apresentado e recebeu o apoio de todos.

Para Guinho, a 1ª Copa da Segurança Pública da Cidade de Itabuna servirá como motivação para a prática esportiva nas diversas áreas da sociedade. “Cada time poderá levar dois convidados de outra cidade”, afirmou

VILA OLÍMPICA

Sobre as obras de reforma e requalificação do Ginásio de Esportes da Vila Olímpica Professor Everaldo Cardoso Silva, o secretário Enderson Guinho disse que o imóvel deverá ser entregue até março. As obras estão sendo realizadas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

“Já foi instalado acessibilidade para cadeirantes ao ginásio e adequações na piscina ao padrão olímpico, o que vai nos possibilitar campeonatos envolvendo maior número de atletas”, afirma.
As obras começaram em julho deste ano, a reforma dos vestiários já está avançando, além da recuperação do mosaico na frente do ginásio.

Rui Costa quadruplica valor de prêmio pago a policias por apreensão de armas

O Governo do Estado publica, no Diário Oficial deste sábado (16), mudanças no decreto que regulamenta o Prêmio Especial pago por arma de fogo apreendida em operações policiais. A partir de amanhã, policiais militares e civis receberão quatro vezes o valor que até então era pago por esse tipo de apreensão. Na última quarta-feira (13), o governador Rui Costa anunciou que faria alterações com o objetivo de valorizar a produtividade policial.

“A nossa polícia trabalha com inteligência e determinação. Portanto, merece nosso reconhecimento e valorização. Estamos multiplicando por quatro o valor do prêmio que é pago por apreensão de armas na Bahia, com o objetivo de estimular este trabalho fundamental no enfrentamento da criminalidade”, afirmou o governador.

O prêmio pela apreensão de armas de fogo de uso permitido, que era de R$ 300, passa a ser de R$ 1.200, segundo o novo decreto, que entra em vigor a partir de sábado (16). Já a premiação relativa às armas de uso restrito foi reajustada de R$ 600 para R$ 2.400. O maior prêmio será pago para armas do tipo fuzil, metralhadoras e artefatos explosivos de uso exclusivo das Forças Armadas, que salta de R$ 1.500 para R$ 6.000.

O secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, destacou que o aumento nas premiações vai ajudar no combate à circulação ilegal de armas. “Quem tem que andar armada é a polícia, porque ela usa arma para proteger o cidadão. Arma na mão de pessoas privadas despreparadas não é proteção, é risco”.

O Prêmio Especial continuará sendo pago por arma de fogo apreendida, dividindo-se os valores estabelecidos em partes iguais entre os componentes da equipe que efetuar a apreensão da arma.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia