hanna thame fisioterapia animal
camara municipal itabuna camara municipal itabuna prefeitura itabuna coronavirus 155 bom petiscos livros do thame

Posts Tagged ‘Secretaria de Desenvolvimento Rural’

Feirantes de Itabuna passam por capacitação

feira 2

Através de uma parceria com o Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Sistema FAEB/SENAR, a Prefeitura Municipal de Itabuna capacitou feirantes que trabalham nas feiras livres da cidade. A ação está sendo possível através do Projeto Viva a Feira e Feira Segura, e tem o objetivo de promover um treinamento adequado sobre as normas de segurança e prevenção da COVID-19.

feira 1

A capacitação segue as recomendações determinadas pela Organização Mundial de Saúde, levando em conta o distanciamento social, práticas de higiene e garantia da segurança alimentar. Recentemente, também através de parceria com o Governo do Estado, 55 feirantes de Itabuna receberam barracas padronizadas para que pudessem trabalhar com segurança, substituindo as utilizadas de madeira.

feira 3

Durante dois dias os feirantes aprenderam técnicas de como manusear os alimentos, colocar os preços expostos e embalar os alimentos. Nesta etapa, 32 feirantes participaram do curso, que foi aberto para os feirantes das barracas padronizadas, como também para os demais que manifestaram interesse em participar. Vale ressaltar que por conta da pandemia, muitos feirantes ainda não retornaram ao trabalho.

Começam as inscrições para o Prêmio Semear Internacional de Jornalismo

fidaTeve início, nesta quarta-feira (01), o período de inscrições para o Prêmio Semear Internacional de Jornalismo, que irá escolher as melhores reportagens sobre boas práticas rurais. O concurso é voltado para profissionais de imprensa e irá distribuir R$ 70 mil em prêmios, divididos em quatro categorias: impresso, televisão, rádio e internet. Os primeiros colocados em cada categoria receberão, cada um, o valor de R$ 12.500,00, enquanto os quatro segundos lugares ganharão R$ 5.000,00 cada um, além de troféus e certificados.

Inicialmente, o prazo para as inscrições iria até o dia 15 de julho, porém, em função da pandemia provocada pela COVID-19, ele será estendido e a nova data será comunicada em breve pela organização. Dessa maneira, os jornalistas terão mais tempo para produzirem suas matérias em segurança. Até lá, serão aceitas reportagens já realizadas este ano, desde o dia 15 de janeiro, ou seja, anteriormente à chegada da doença ao Brasil.

As matérias jornalísticas devem abordar temas como: comercialização de produtos da agricultura familiar, técnicas de beneficiamento, protagonismo de jovens rurais, ações focadas no empoderamento de mulheres, quilombolas e indígenas na zona rural, e mudanças e impactos positivos nas comunidades atendidas pelos projetos apoiados pelo FIDA. No Brasil, o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola apoia seis projetos, sendo todos na região do Semiárido. Na Bahia, a ação financiada pelo Fida, por meio de acordo de empréstimo com o Governo do Estado, é o Pró-Semiárido, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Read the rest of this entry »

SDR conhece experiência de produção de cacau orgânico em assentamento de Ibirapitanga

asse 3

Uma equipe formada por dirigentes e técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), realizaramuma visita ao Assentamento Dois Riachões, localizado no município de Ibirapitanga, no Baixo Sul da Bahia.

O objetivo principal foi conhecer a experiência de produção orgânica de cacau no assentamento, que é um dos empreendimentos selecionados pelo edital do Bahia Produtiva, projeto executado pela SDR/CAR, a partir de acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

asse 1“O Assentamento Dois Riachões provou que é necessária uma intervenção muito mais objetiva no que diz respeito à agroecologia. É um assentamento com 39 famílias, dirigido por jovens, com um trabalho de agroecologia. Com certeza, a Bahia está obtendo bons frutos” destacou o secretário estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), Josias Gomes.

Gomes salientou ainda que atualmente 50% da produção de cacau produzido por agricultores familiares, correspondem a commodity: “No Assentamento eles estão enveredando por um caminho de produção de cacau fino, cujo valor é o dobro ou até às vezes o triplo do que alcança o cacau de commodity. Eles são jovens dinâmicos, conhecedores, com assistência técnica e extensão rural (Ater) dirigida, e eu não tenho dúvida que o papel da secretaria, como indutora do desenvolvimento rural baiano e da agricultura familiar, terá que participar mais e atentamente ao projeto desenvolvido hoje pelo Assentamento Dois Riachões”.

Read the rest of this entry »

Desafio recompensador

 

josias gomesNo início de 2019 recebi o desafio de assumir a Secretaria de Desenvolvimento Rural. Estava ciente das responsabilidades que me foram confiadas.  A SDR é um dos pilares do governo do Estado.

 

 
Primeiramente, quero parabenizar os companheiros que me antecederam pelo excelente trabalho prestado ao povo baiano.Agradeço aos membros desta equipe maravilhosa, que trabalha incansavelmente na realização de cada programa que beneficie os homens e mulheres do campo, assim como no progresso do nosso Estado. Sinto-me honrado em poder liderar este time e dar continuidade ao desenvolvimento rural da Bahia.

 

 

Foi um ano extraordinário em conquistas, capacidade de mobilizações coletivas, e nas alianças com parcerias vitoriosas.
Nesse projeto, enquanto eterno militante, realizo os sonhos estudantis da minha época de estudante de Agronomia.

 

 

Com muito orgulho, sou fundador do PT, vejo as nossas bandeiras históricas sendo colocadas em prática a cada atendimento no gabinete, em toda visita técnica, nas nossas conquistas –que são muitas -, no sorriso de realização da família campesina.
Desfruto dos eventos realizados pela SDR, desde os de proporção nacional, a exemplo da X Feira de Agricultura Familiar e Economia Solidária, até os pequenos encontros. Tudo nessa pasta me realiza. Enfim, o meu muito obrigado à grande família SDR!

 

 

Tenho certeza de que com a força do nosso trabalho, o amor que dedicamos a esse ofício e o potencial do povo baiano faremos um 2020 ainda melhor!

 

 

Contem comigo. #Aquietrabalho

Josias Gomes – Deputado Federal (licenciado) do PT/Bahia e

atualmente titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Empreendimentos da agricultura familiar tem acesso a capital de giro

cap giroCooperativas e associações agroindustriais da agricultura familiar da Bahia agora contam com financiamento de capital de giro, disponibilizado pelo Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), e da Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia).

Denominada Coopergiro, a linha de crédito vai dar apoio ao cooperativismo no estado, proporcionando a ampliação das operações relacionadas à produção e comercialização de produtos sustentáveis, com prazo de pagamento e taxas competitivas. A linha de crédito é financiada com recursos do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Social (Fundese).

De acordo com o coordenador de agroindústrias da CAR, Wanderley Gomes, a linha de crédito Coopergiro surge como uma grande conquista da agricultura familiar: “Com a criação da SDR, foi possível viabilizar o capital de giro para agroindústrias por meio da CAR e Desenbahia. Desta forma, temos um cenário bastante positivo quanto à operacionalização dos créditos que serão acompanhados por meio dos diversos programas de fomento e comercialização da CAR”.

Read the rest of this entry »

Oficina debate estratégia para ampliação de mercado da agricultura familiar baiana

bprod (1)

Alavancar a comercialização dos produtos da agricultura familiar, no atacado ou varejo, para que cheguem às prateleiras das delicatessens, minimercados, restaurantes, rede hoteleira e de supermercados, armazéns e outros pontos. Esse foi um dos assuntos em destaque da Oficina Alianças Produtivas, realizada nesta quarta-feira (04), em Salvador. O evento reuniu dirigentes de organizações da agricultura familiar baiana, para debater estratégias conjuntas de acesso a mercado na Região Metropolitana e grandes centros.

bprod (2)A oficina foi promovida pelo Bahia Produtiva, projeto executado Companhia de Desenvolvimento e Ação regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). Durante dois dias, representantes de 50 cooperativas, participaram de palestras, debates e formações estratégicas, para trabalhar em rede e conseguir de maneira conjunta, oportunidades de negócios.

Wilson Dias, diretor-presidente da CAR/SDR, avaliou que o encontro foi proveitoso: “Com os encaminhamentos pactuados será possível aperfeiçoar o apoio do Governo do Estado para dar continuidade ao trabalho dessas cooperativas, para que elas alcancem os resultados previstos, que são melhorar sua base de produção, a comercialização e a renda dos agricultores”. Ele ainda lembrou que “foi traçado um conjunto de ações que irão possibilitar a entrada dos produtos da agricultura familiar a partir do Centro de Distribuição e Comercialização para Salvador e Região Metropolitana”.

Read the rest of this entry »

Abertas as inscrições para Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária

feiraEstão abertas as inscrições para empreendimentos da agricultura familiar interessados em participar da maior feira da agricultura familiar do Brasil, que chega à sua 10ª edição, a Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária. O evento será realizado de 23 de novembro a 01 de dezembro de 2019, no Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador.

A Feira é uma iniciativa do Governo do Estado, pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Superintendência de Agricultura Familiar (SUAF), em parceria com a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária – Unicafes/Ba.

O período de inscrição começa nesta quarta-feira (28) e vai até o dia 30 de setembro de 2019, pelo site da www.sdr.ba.gov.br. O evento contará com 27 armazéns da agricultura familiar, um para cada território, que reunirão produtos dos diferentes sistemas produtivos, além de Praça Gastronômica, Vila do Artesanato, Praça das Comunidades Tradicionais e Feira Verde.

No ano passado, a Feira Baiana de Agricultura Familiar e Economia reuniu 270 associações e cooperativas que expuseram seus produtos e o público da capital soteropolitana pôde conhecer mais de dois mil produtos da agricultura familiar baiana.

Projeto baiano é referência em desenvolvimento rural e apresenta experiências em Moçambique

Moçambique (3)

O projeto Bahia Produtiva, do Governo do Estado, vem viabilizando o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para organizações produtivas de agricultores familiares de toda a Bahia e se tornando referência mundial. Desta segunda-feira (29) até sexta-feira (02), uma missão de cooperação técnica, composta por técnicos do Bahia Produtiva, está em Moçambique para apresentar aos moçambicanos a metodologia do projeto e fazer um intercâmbio a convite do Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural.
Moçambique (2)A programação conta com visita de campo à província de Nampula, para conhecimento das experiências do Sustenta, uma ação de gestão integrada de agricultura e recursos naturais cujo objetivo é promover e facilitar o desenvolvimento rural integrado. As zonas rurais de Moçambique representam 90% do território nacional, que vem buscando desenvolver e ampliar suas ações, visando a produção de alimentos e inclusão produtiva de agricultores familiares.
A cooperação técnica é realizada em parceria com o Projeto Sustenta, executado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável (FNDS) de Moçambique, e financiado pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento – BIRD/Banco Mundial. A instituição financeira também financia o Projeto Bahia Produtiva, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Read the rest of this entry »

Bahia: café da agricultura familiar é exportado para a China

PHOTO-2019-07-09-19-40-19

De Barra do Choça para a China, o café da agricultura familiar atravessa fronteiras e conquista o paladar dos asiáticos. Ainda neste ano, a Cooperativa Mista dos Pequenos Cafeicultores de Barra do Choça e Região (Cooperbac) começa a exportar seus produtos para o país asiático. Um grupo da Câmara de Comércio da China conheceu as instalações da cooperativa baiana da agricultura familiar, que tem previsão de enviar para o país cerca de 40 toneladas de café por mês.

PHOTO-2019-07-09-19-39-53O Governo do Estado, por meio do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), investiu cerca de R$3,4 milhões na cadeia produtiva do café da cooperativa, possibilitando agregar valor à produção e alavancar a comercialização do produto.

Os investimentos deram um salto na qualidade da produção, com a oferta de assistência técnica e extensão rural (Ater), aquisição de equipamentos como cinco despolpadores e 20 estufas instalados nas propriedades dos agricultores, o que resultará na linha gourmet da Cooperbac. A cooperativa também teve sua estrutura contemplada com máquina pesadora, modeladora e empacotadora a vácuo, ampliando o acesso ao mercado.

A presidente da Cooperbac, Joara Oliveira, destaca que a exportação de uma grande quantidade de café significa que os cooperados estão organizados: “Isso foi possível graças aos investimentos que o Governo do Estado tem feito na qualificação da agroindústria e na qualificação das unidades familiares. Significa que esses projetos estão promovendo renda pra os nossos produtores. Se a gente está fazendo essa exportação hoje é graças a esse projeto, o que vai gerar muita economia e vai tirar a figura dos atravessadores da vida dos nossos produtores”.

Read the rest of this entry »

Produção de licores gera renda para agricultores familiares

licorA diversidade de sabores dos licores da agricultura familiar, em Cachoeira, no Recôncavo Baiano, contribui para que o município seja destaque na produção da bebida mais tradicional dos festejos juninos no estado da Bahia. Aipim, capim santo, limão rosa, jaca, castanha de caju e carambola, estão entre os sabores exóticos produzidos pela Associação de Mulheres do Quilombo Tabuleiro da Vitória, que fazem sucesso nas mesas de dezenas de consumidores da Bahia.

Durante todo o ano, as associadas comercializam o licor e produzem a matéria-prima em suas propriedades. Mas é durante o período junino que as vendas crescem e geram lucro de cerca de 200% para os agricultores. Os licores possuem o Selo Quilombos do Brasil e o Selo da Agricultura Familiar, entregue durante a 9ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária, maior evento da agricultura familiar do Brasil, que acontece em paralelo à Fenagro, pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

O Selo da Agricultura Familiar identifica os produtos deste segmento, que vem crescendo e se organizando para produzir mais e com mais qualidade. A certificação comprova que esses produtos contribuem para a promoção da sustentabilidade e responsabilidade social e ambiental.

Read the rest of this entry »

Produtores de cacau devem voltar a acessar crédito rural

PHOTO-2019-02-12-12-44-00Agricultores familiares produtores de cacau da Bahia devem voltar a fazer financiamento de crédito para implantação, ampliação ou modernização da estrutura de produção, beneficiamento, agroindustrialização do cacau, entre outras ações. A medida foi discutida, nesta terça-feira (12), por dirigentes e técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR) e do Banco do Nordeste, no município de Ilhéus.

O secretário em exercício da SDR, Jeandro Ribeiro, apresentou as diversas ações que estão sendo realizadas pela secretaria para fortalecer a cacauicultura baiana, como assistência técnica e extensão rural (Ater), apoio à reforma agrária, regularização fundiária, mecanização rural, além dos investimentos realizados por meio de projetos como o Pró-Semiárido e o Bahia Produtiva.

PHOTO-2019-02-12-12-45-35Ribeiro enfatizou que é preciso somar esforços para a região cacaueira: “É um desafio que trazemos, mas essa é uma estratégia de juntar todos os investimentos e potencializá-los como esse acesso ao crédito”.

Estiveram presentes técnicos da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR) e da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater/SDR), além de agentes das prestadoras de assistência técnica e extensão rural (Ater) dos Territórios de Identidade Litoral Sul, Baixo Sul, Médio Rio das Contas e Costa do Descobrimento.
Segundo o superintendente do Banco do Nordeste, José Gomes, com a SDR surgiu a possibilidade de voltar a atender os produtores de cacau: “Estamos aprofundando a discussão para atender os produtores que se encaixarem no perfil para o crédito para que possam retornar as atividades preponderantes na região”.

Read the rest of this entry »

SDR e Banco do Nordeste promovem encontro em Ilhéus para discutir abertura de linha de crédito

Cacau (3)Dirigentes e técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR) e do Banco do Nordeste se reunirão, nesta terça-feira (12), às  9 horas, na sede do Banco do Nordeste, no município de Ilhéus, Território de Identidade Litoral Sul, com o objetivo de discutir a abertura de uma linha de crédito para agricultores familiares produtores de cacau. Os recursos são destinados ao fortalecimento da base de produção da lavoura cacaueira.

A reunião integra a estratégia do Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia 2018-2022, lançado pelo Governo do Estado, em novembro de 2018, que atenderá 20 mil agricultores,  e prevê o desenvolvimento de ações que permitirão elevar, em cinco anos, a produção de cacau na Bahia para 240 mil toneladas/ano, até 2022, e, consolidar a fabricação de chocolates finos com certificado de origem no Sul da Bahia.

Participam ainda do encontro técnicos da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), além de agentes das prestadoras de assistência técnica e extensão rural (Ater) dos Territórios de Identidade Litoral Sul, Baixo Sul, Médio Rio das Contas e Costa do Descobrimento.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031