WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

universidade lasalle livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

outubro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘Secretaria da Segurança Pública’

Força Tarefa da SSP, Justiça Federal, Defensoria da União e Funai visitam aldeia indígena no Monte Pascoal

A Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública realizou na manhã desta quinta-feira (22), uma reunião na Aldeia Nova, tribo localizado na região do Monte Pascoal, na cidade de Porto Seguro. Participaram do encontro integrantes das polícias Militar e Civil, da Justiça Federal, da Defensoria Pública da União, da Funai, entre outras instituições.

Antes da reunião, as forças estaduais e federais assistiram a uma cerimônia de recepção. Homens, mulheres e crianças indígenas tocaram e cantaram músicas de acolhimento.

Na sequência, em um “auditório” ao ar livre, os caciques relataram ameaças e ataques de bandos armados, buscando expulsá-los das terras. Eles relataram também placas de falsos corretores comercializando lotes de terras indígenas.

O tenente-coronel Wildon Reis, comandante do Batalhão de Choque, e o delegado Paulo Henrique do Departamento de Polícia do Interior (Depin), representando o secretário Ricardo Mandarino, ressaltaram que a Força Tarefa continuará na região por tempo indeterminado.

:: LEIA MAIS »

Força Tarefa da SSP, índios, produtores rurais e órgãos federais se reúnem em Eunápolis

Impedir novos conflitos foi o principal objetivo da reunião entre a Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, índios, produtores rurais e órgãos federais realizada, na tarde desta quarta-feira (21). O encontro ocorreu no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na Subseção de Eunápolis.

As representantes indígenas relataram casos de ameaças, agressões físicas, falta de alimento, entre outros problemas enfrentados nas aldeias. Os ruralistas, por sua vez, listaram as fazendas que foram invadidas e denunciaram a utilização de armas de fogo.

“Existe um grande problema, no que diz respeito à propriedade de terras, que não é da competência policial resolver. Os órgãos responsáveis precisam dar uma resposta. A polícia não tem lado. Queremos evitar novos conflitos”, ressaltou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

O chefe da pasta estadual acrescentou também que a Força Tarefa continuará na região por tempo indeterminado. “Estamos aqui para dar segurança aos indígenas e aos fazendeiros”, completou Mandarino.

FOTOS: ALBERTO MARAUX

Após chegada de Força Tarefa da SSP, Extremo Sul completa 72h sem conflitos entre fazendeiros e índios


Desde a chegada da Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, na zona rural da cidade de Prado, município do Extremo Sul da Bahia, a polícia contabiliza 72h sem registro de conflito entre fazendeiros e índios. Equipes do Batalhão de Choque realizam varreduras e reforçam o patrulhamento nesta sexta-feira (16).

Os militares percorrerão todos os acessos por estradas de barro, com as viaturas que possuem tração nas quatro rodas. Locais apontados como possíveis rotas de fugas ganham atenção especial.

“Nossas guarnições colocarão em prática a doutrina de Patrulhamento Rural. Usaremos as viaturas, mas vamos também percorrer o perímetro a pé. É fundamental conhecer o terreno”, afirmou o comandante do Batalhão de Choque da Polícia Militar, tenente-coronel Wildon Reis.

Forças de Segurança estaduais visitam aldeia indígena no Extremo Sul da Bahia

Equipes da PM e PC ouviram os relatos dos ataques sofridos e

estabeleceram perímetros para patrulhamento.

Equipes da Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública visitaram, na manhã desta quinta-feira (15), a aldeia indígena onde ocorreu a morte de um índio de 14 anos, na região de Prado, município localizado no Extremo Sul da Bahia. Os objetivos desse primeiro contato foram ouvir os relatos dos ataques sofridos e estabelecer perímetros para patrulhamento.

Distante 60 km do Centro de Prado, o acesso para a aldeia é através de pistas viscinais. No local, o tenente-coronel Wildon Reis, comandante do Batalhão de Choque, e o delegado Paulo Henrique do Departamento de Polícia do Interior (Depin), designados pela SSP, selecionaram testemunhas para prestar depoimentos na Delegacia Territorial (DT) de Prado.


“Estamos aqui para impedir novos ataques. O Batalhão de Choque dará todo apoio às unidades territoriais e especializads da PM e também nas investigações. A missão é por tempo indeterminado”, declarou o tenente-coronel, Wildon.

:: LEIA MAIS »

Força Tarefa da SSP chega a Prado ampliando as ações ostensivas e investigativas

Unidades especializadas e territoriais das polícias Militar, Civil, Técnica e

Rodoviária Federal atuam para evitar conflitos entres fazendeiros e índios.

 

A Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, criada para evitar conflitos entre fazendeiros e índios, no Extremo Sul da Bahia, chegou na tarde desta quarta-feira (14), ao município de Prado. Unidades especializadas e territoriais das polícias Militar, Civil, Técnica e Rodoviária Federal atuam de forma integrada.

Encontros com líderes indígenas e fazendeiros serão realizados a partir de quinta-feira (15). A Força Tarefa da SSP vai mapear também rotas utilizadas por criminosos que promoveram ataques, auxiliando na elucidação dos delitos.

“Nosso principal objetivo é proteger vidas. A polícia atuará no limite das suas competências. Esperamos que as questões envolvendo a propriedade de terras sejam resolvidas o mais rápido possível pelos órgãos competentes”, declarou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

SSP doa oito perucas para mulheres em tratamento contra câncer

capeloOito mulheres em tratamento contra o câncer de mama foram presenteadas pela Secretaria da Segurança Pública, na manhã desta terça-feira (19), com perucas. A iniciativa, que fez parte da campanha Ligadas Por Fios, coordenada pela Superintendência de Prevenção à Violência (Sprev), ocorreu no Hospital da Mulher, no Largo de Roma, em Salvador.
capelo 2O projeto foi apresentado às beneficiadas pela major Denice Santiago, superintendente da Sprev, que reforçou a importância da campanha. “Quando apresentamos o Ligadas Por Fios ao secretário Ricardo Mandarino ele de imediato abraçou a causa. Estamos levando esperança para centenas de mulheres”, ressaltou a oficial.
Além da peruca, as atendidas também ganharam a reconstrução das sobrancelhas, disponibilizada de forma gratuita pela Sobrancelhas Design, sediada, no Shopping Bela Vista, e álcool em gel, livro, maquiagem, dentre outros itens.
“Estou fazendo tratamento na mama direita e esse projeto com certeza vai melhorar a nossa autoestima. Perder os cabelos é muito difícil”, declarou Valdimeire Borges, 54 anos, uma das beneficiadas.

:: LEIA MAIS »

Rui entrega sedes do Serviço de Assistência Jurídica aos profissionais da SSP e anuncia novo Programa de Habitação do Servidor

rui sspa

Servidores da Secretaria da Segurança Pública (SSP), especialmente policiais civis e militares, agora podem obter assistência jurídica gratuita na sede do Comando-Geral da Polícia Militar, no Quartel dos Aflitos, ou no prédio da Polícia Civil, na Praça da Piedade. Nesta terça-feira (14), o governador Rui Costa deu por inauguradas as novas sedes do Serviço de Assistência Jurídica para os servidores da área em solenidade no Centro de Operações e Inteligência da SSP, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Na ocasião, Rui também anunciou um novo Programa de Habitação do Servidor, que privilegia policiais civis e militares.

spp rc 1

Segundo o governador, a implantação das sedes do Serviço Assistência Jurídica é um desejo que ele realizou. “É uma inquietação minha que os policiais, civis ou militares, no exercício da sua atividade profissional, pudessem ter direito à defesa individual ou coletiva quando no seu exercício. A atividade profissional gera situações em que o policial vem a responder ou a órgãos de controle ou eventualmente a processos criminais ou judiciais. E, muitas vezes, eles tinham que arcar o pagamento de advogados com os próprios recursos, o que, na minha opinião, sempre foi uma grande injustiça. Afinal de contas, eles são agentes públicos e estavam em pleno exercício da sua profissão”, disse. O serviço é resultado de convênio com a Defensoria Pública do Estado (DPE).

:: LEIA MAIS »

SSP lança serviço que permitirá devolução de celulares apreendidos

alerta celDificultar a revenda de aparelhos furtados e roubados e facilitar a devolução dos itens subtraídos em ações criminosas. Esses são os destaques do Alerta Celular, sistema disponibilizado pela Secretaria da Segurança Pública, a partir de hoje (11), para a população baiana.

Ao acessar o site www.alertacelular.ssp.ba.gov.br e fazer o cadastro do IMEI – número que identifica o aparelho, o proprietário vincula o equipamento ao seus dados. O IMEI consta na nota fiscal, na embalagem original do bem e pode ser consultado discando *#06# do próprio aparelho. Com o cadastro realizado, caso o celular seja alvo de criminosos, o proprietário pode entrar no site e ativar o alerta.

Após esse passo, a vítima deve registrar o boletim de ocorrência na Delegacia Digital (nos casos de crimes sem violência física) ou em qualquer unidade da Polícia Civil e aguardar. O proprietário tem 48 horas para, após acionar o sistema de alerta no site, registrar o BO. Caso não conclua esse processo, o alerta é cancelado.

:: LEIA MAIS »

SSP ativa Centro Integrado para auxiliar no cumprimento do toque de recolher

sspA Secretaria da Segurança Pública (SSP) ativou, às 19h desta sexta-feira (19), o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) para auxiliar as polícias Militar e Civil, além dos órgãos municipais, no cumprimento do toque de recolher na Bahia. A estrutura funcionará nos sete dias do decreto estadual, que prevê restrições no período das 22h às 5h.

No CICC, as imagens de 1 mil câmeras da SSP instaladas na capital baiana, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e em algumas cidades do interior ajudarão no direcionamento de viaturas, caso seja visualizado algum descumprimento do toque de recolher.

“As instituições atuarão de forma integrada, com mais celeridade. Nossa missão é salvar vidas, evitando que o novo coronavírus se espalhe com mais velocidade”, destacou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

´Posto Legal` aponta fraudes graves e encerra 2019 exportando modelo

posto legal (2)Um posto em Vitória da Conquista que utilizava dispositivo para entregar menos combustível ao consumidor e ainda vendia gasolina com 96% de etanol anidro, quando o limite legal é 27%, outro em Anguera que também comercializava gasolina contendo mais de 90% de etanol anidro e um terceiro em Conceição do Jacuípe com 77% de álcool na gasolina comum e 79% na aditivada foram as fraudes mais graves encontradas pela Operação Posto Legal em 2019.

posto legal (1)Os casos, que alcançaram repercussão nacional, tiveram as fraudes devidamente comprovadas por laudos da Agência Nacional de Petróleo (ANP) e do Departamento de Polícia Técnica (DPT), para a adulteração do combustível, e do Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), para a fraude na quantidade entregue ao consumidor, e geraram inquéritos abertos pela Polícia Civil, além das devidas sanções administrativas por parte dos órgãos integrantes da Posto Legal.

O impacto da iniciativa baiana tem sido tão positivo junto à população que o modelo começa a ser exportado: em dezembro, foi lançada no Piauí a Operação Tira Teima Combustível Legal, nos mesmos moldes, já com resultados importantes relacionados a fraudes na qualidade do combustível.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia