hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Secretaria da Educação’

Estado oferta mais de 2 mil vagas para formação de professores em 2019

profs (3)A Secretaria da Educação do Estado ofertará 2.872 vagas para a formação de professores da rede estadual em instituições de Ensino Superior, em 2019. A iniciativa faz parte do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), gerenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), que desenvolve cursos de nível superior e de pós-graduação por meio da modalidade de Educação a Distância (EAD). Ao todo serão cursos distribuídos em 20 polos, ofertados por 10 instituições de Ensino Superior. As inscrições estão previstas para iniciarem em fevereiro nos sites das instituições com cursos de especialização, bacharelado, licenciatura, tecnólogo, em áreas de Cultura, Ciência, Tecnologia, Ciências Naturais e Linguagens.

O subsecretário da Educação do Estado, Nildon Pitombo, explicou que houve um alinhamento com as instituições ofertantes para que os cursos estivessem vinculados às demandas do novo perfil de oferta da rede estadual de ensino. “Nós privilegiamos especializações e graduações na área da Cultura em sintonia com ações da Secretaria da Educação, como o projeto Escolas Culturais. Trazemos a novidade de cursos específicos das Ciências Naturais, aprofundando diversos tópicos neste campo como prevê o Plano Estadual e Nacional de Educação, com ofertas de Química e Biologia, na Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIFASV)”, destacou. Outros destaques para 2019 serão cursos de Gestão em Saúde, Tecnologias Digitais, Gestão de Escolas do Campo, Direitos Humanos, com foco nos estudos étnico raciais. “Ainda em diálogo com os municípios estaremos ofertando cursos de Administração Pública”, ressaltou o subsecretário.

Read the rest of this entry »

Educação Profissional e Tecnológica prepara para o trabalho e empreendedorismo

Mini Fábrica -Escola Fenagro - Foto - Divulgação (5)O sonho de uma formação técnica ou de montar o próprio negócio tem se tornado viável para os estudantes que podem optar em fazer um curso técnico de nível médio, se preparando para o mundo do trabalho ou para ser um empreendedor. Para tanto, a Secretaria da Educação do Estado tem ampliado e expandido a oferta de cursos para toda a Bahia. Neste ano, foram ofertadas 160 mil vagas.

O número de unidades ofertantes na rede estadual, entre 2015 e 2018, também foi ampliado de 172 para 225 e o número de cursos de 71 para 83. Dentre as 225 unidades ofertantes, 38 são Centros Estaduais de Educação Profissional e 41 são Centros Territoriais, com 34 anexos de Centros com ofertas exclusivas de cursos técnicos de nível médio. As demais 112 unidades ofertantes são compartilhadas. Além disso, estão sendo ofertados cursos de qualificação de curta duração em diversas unidades escolares, fazendo com que a Educação Profissional chegue a mais de 340 municípios.

profEstes números refletem os avanços da rede de Educação Profissional do Estado da Bahia no cenário nacional, que é apontada como a segunda maior do Brasil e a primeira do Nordeste. Além da oferta de cursos pelo próprio Estado, a Secretaria da Educação também é executora de programas federais como PRONATEC FIC, MEDIOTEC e PROJOVEM Urbano e Rural.

A oferta dos cursos é contextualizada nos 27 Territórios de Identidade da Bahia, considerando a pluralidade e diversidade cultural, bem como as suas características socioeconômicas e ambientais. Deste modo, os estudantes são preparados para uma inserção no mundo do trabalho e, também, para serem empreendedores sociais e agentes de transformação nos locais onde vivem. Além disso, os estudantes contam com o incentivo de programas estratégicos do Governo como o Primeiro Emprego, que lhes garante a primeira experiência profissional.

Read the rest of this entry »

Ciência na Escola levou 11 mil estudantes à iniciação científica em 2018

cie 1Os estudantes da rede estadual de ensino são incentivados, por meio do Programa Ciência na Escola (PCE), a produzirem projetos de iniciação científica para solucionar problemas identificados por eles no meio onde vivem.Tratam-se de projetos relacionados a questões como sustentabilidade, meio ambiente, tecnologia, empreendedorismo, saúde, entre outros.

Assim, o programa desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado visa inovar e diversificar o currículo escolar, promovendo o acesso dos estudantes ao conhecimento científico, à cultura e à tecnologia, além de potencializar a produção e a divulgação científica. Em 2018, o programa alcançou 382 escolas, em 85 municípios, beneficiando 11 mil estudantes.

As Feiras de Ciências Escolares são a culminância das atividades desenvolvidas no Ciência na Escola, nas quais os estudantes e os professores orientadores apresentam projetos de pesquisas de diversas áreas do conhecimento, produzidos em sala de aula. Os projetos selecionados são apresentados durante a Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (Feciba), realizada anualmente, em Salvador.

Read the rest of this entry »

Plataforma do Google é utilizada em escolas estaduais baianas

Projeto E- Nova Educação  Foto: Paula fróes/GOVBA

Projeto E- Nova Educação
Fotos: Paula fróes/GOVBA

Com o projeto e-Nova Educação, uma parceria da Secretaria da Educação do Estado com o Google, a expressão “cabeça nas nuvens” se transforma e passa a se referir a escolas modernas e estudantes conectados a novas tecnologias. A plataforma educacional utiliza armazenamento de dados e ferramentas como editores de texto e planilhas, todos em nuvem, para o ensino em sala de aula e também fora do colégio.

O ambiente interativo da plataforma é ideal para atividades escolares e de pesquisa, especialmente no interior. Um exemplo de sucesso é o Colégio Alaor Coutinho, em Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). “Ter isso no colégio nos incentiva a querer estudar. Também é interessante porque, quando o professor passa um assunto do qual a gente não tem conhecimento, a gente pode pesquisar”, afirma Alessandra Soares, 17 anos, estudante do 2º ano do ensino médio.

Já Lorena Nunes Fonseca, 18, está ansiosa para usar a plataforma. “Pode melhorar nosso rendimento, porque, às vezes, a gente não acompanha muito bem o conteúdo, mas a tecnologia desperta o interesse. E também é possível tirar dúvidas pelo Google, fazer pesquisas e acessar informações”.

Read the rest of this entry »

Consulta pública para currículo de referência na Bahia recebe mais de 200 mil contribuições

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, e em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME/BA), irá oferecer, a partir do ano letivo de 2019, um currículo de referência para o Estado da Bahia, nas etapas de Educação Infantil e de Ensino Fundamental, à luz da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Para colher sugestões dos diferentes segmentos, a Secretaria abriu uma consulta pública que recebeu mais de 200 mil contribuições.

O currículo, que se encontra em fase de elaboração e sistematização, terá a proposição de novas competências e habilidades associadas às expectativas e demandas da infância, adolescência e juventude do século XXI. O processo de elaboração do currículo de referência começou com o apoio de consultores e redatores. Além disso, foi constituído um comitê de governança com várias instituições, como o Conselho Estadual de Educação (CEE) e a União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), que funcionou durante todo o ano. “Esta construção coletiva comprova que o Estado permanece tão atento e responsável com o Ensino Fundamental que entregará este valioso documento para ser implementado nas escolas e isso mostra que o Estado continua corresponsável por esta etapa de ensino”, destaca o superintendente de Políticas para a Educação Básica do Estado, Ney Campello.

Read the rest of this entry »

Estudantes do Sul da Bahia dão um show de talento em projetos de arte e cultura

face sul da bahia (4)

Os estudantes das escolas pertencentes ao Núcleo Territorial de Educação de Itabuna (NTE 05) deram um show de talento nas apresentações da etapa territorial dos projetos de Arte e Cultura realizadas nesta quarta-feira (28), no Centro de Convenções de Ilhéus. O evento, que reuniu um público de 1200 pessoas, foi marcado pelas performances vocais dos estudantes compositores das 15 canções finalistas do projeto Festival Anual da Canção Estudantil (FACE) e declamações de poemas e poesias do projeto Tempos de Arte Literária, além da premiação de todos os demais projetos que já foram aparentados, a exemplo do Artes Visuais Estudantis (AVE).

face sul da bahia (2)

A estudante Lara Ellen dos Santos, 17, 2º ano, que estuda no Colégio Estadual Anísio Loureiro, em Camacã, cantou a música ‘Elas por elas’, que retrata sobre empoderamento feminino. “Esta é a primeira vez que eu participo do FACE e poder cantar para um público grande como este é uma honra. Gosto muito deste projeto, pois canto desde os 12 anos e foi através dele que eu perdi a minha timidez”, revelou.

face sul da bahia (7)

Joémille Souza, 19, 3º ano, do Colégio Estadual Paulo Américo de Oliveira, localizado em Ilhéus, declamou a sua poesia ‘Coisa de preto’. “Fiz esse poema com base no comentário racista do jornalista William Waack. Trata-se de uma revolta transformada em poesia”, afirmou a estudante.

Escolas realizam ensaios para a etapa regional do Festival Anual da Canção Estudantil

face itab

Serão realizados dias 24 e 27 em Itabuna os ensaios regionais dos alunos da a rede estadual estadual de ensino selecionadas para a apresentação no Festival Anual da Canção Estudantil de 2918, promovido pela Secretaria de Educação da Bahia. Os ensaios acontecerão no Júbilos Buffet, no bairro  Góes Calmon em  Itabuna.

No dia 28, às  14 horas, no Centro de Convenções de Ilhéus, acontecerá a apresentação do FACE 2018,  com participação de todas as escolas da rede estadual do Núcleo Territorial de Educação, Litoral Sul.

A final regional do FACE, com a apresentação de 15 canções, deve reunir cerca de 1200 pessoas em Ilhéus, definindo os selecionados para a final estadual, que acontecerá na Arena Fonte Nova, em Salvador.

 

Matriculas na rede estadual de ensino começam dia 26

matriculas 2Secretaria da Educação do Estado da Bahia publicou, nesta quarta-feira (14), no Diário Oficial a portaria que regulamenta os procedimentos e calendário para matrículas. A renovação da matrícula para os estudantes da rede estadual de ensino poderá ser feitas presencialmente nas escolas e, também, pelo sistema online no Portal da Educação.

A renovação da matrícula do estudante que frequenta regularmente o ano letivo 2018 poderia ser feita de 26 de novembro a 17 de dezembro. Para renovar a matrícula, a unidade escolar entregará aos alunos uma carta de renovação, que deverá ser devolvida, obrigatoriamente, à Secretaria Escolar.

Quando a escola em que o aluno está regularmente matriculado não oferecer a série subsequente para o próximo ano letivo , o estudante receberá uma carta informativa com um código para fazer sua matrícula pela internet, no dia 22 de janeiro de 2019. Esta data é reservada à transferência de estudantes da rede estadual de ensino, que também poderá ser feita presencialmente em qualquer escola da rede estadual.

Read the rest of this entry »

Secretaria da Educação do Estado realiza consulta pública para a construção coletiva do novo Currículo Bahia

A Secretaria da Educação do Estado está realizando uma consulta pública para a construção coletiva do novo Currículo Bahia, referente às Educações Infantil e Fundamental. As contribuições poderão ser realizadas até o dia 13 de novembro, através do Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). Poderão participar professores, estudantes e gestores das redes públicas e privada, além de representantes de diferentes instituições educacionais e da sociedade civil, de modo a contextualizar os diversos componentes curriculares com a realidade baiana e os conteúdos educacionais trazidos pela Base Nacional Curricular Comum (BNCC).

 

profs
As contribuições passarão por uma avaliação e servirão para a construção da versão final do Currículo Bahia. No Portal, estão sendo disponibilizados textos introdutórios dos componentes curriculares, organizações curriculares, além de textos integradores ao currículo voltados a questões como Territorialidade, Educação Socioambiental, Educação Inclusiva e Diversidade, para orientar na formulação das contribuições.

Read the rest of this entry »

Experiências dos Centros Juvenis de Ciência e Cultura são apresentadas em Curitiba

centro juvenil 3Experiências  desenvolvidas por educadores dos Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) de Itabuna, Barreiras, Vitória da Conquista e Senhor do Bonfim estão sendo apresentadas na Conferência Brasileira de Aprendizagem Criativa (CBAC), que acontece até esta sexta-feira (28), em Curitiba (PR). Dos 250 trabalhos selecionados para apresentação na Conferência, 13 são trabalhos da rede estadual da Bahia, elaborados por gestores, professores e monitores dos CJCC. A participação dos professores na conferência também irá consolidar a implantação do Núcleo Bahia da Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, liderada pelos CJCC.

centro juvenil
Durante o evento, são apresentados trabalhos que compreendem as ciências humanas e exatas, e que discutem atividades educacionais diversas, tais como culinária, fotografia, artes, programação, marcenaria, robótica, agricultura, ou qualquer outra que torne o aprendizado mais mão na massa, colaborativo e relevante para os alunos. “A seleção e apresentação dos nossos educadores reforça o potencial para a disseminação da aprendizagem criativa na rede pública estadual e evidencia o investimento do Estado em inovação”, afirmou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

Read the rest of this entry »

Secretaria da Educação do Estado lança classes hospitalares para atender estudantes do Sul da Bahia

Os estudantes do Sul da Bahia que estão doentes e impossibilitados de frequentar a escola voltarão a estudar graças à implantação de três classes hospitalares e duas domiciliares, nesta quarta-feira (26), pela Secretaria da Educação do Estado nas cidades de Ilhéus e Itabuna. As cinco classes hospitalares e domiciliares foram instaladas nos Hospitais Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, Manoel Novaes e Calixto Mideledj, no Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC) e no Grupo de Apoio ao Paciente Oncológico (GAPO), em Itabuna. A previsão é a de que 1.300 estudantes, que estejam enfermos e assistidos nestas unidades, sejam atendidos mensalmente.

hosp 2

A iniciativa faz parte do Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares (SARAHDO), da Secretaria da Educação do Estado, que visa garantir o direito de estudantes enfermos (Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos/EJA), que se encontram nos leitos hospitalares ou em atendimento médico domiciliar, a darem continuidade aos seus estudos. O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, e da Saúde, Fábio Vilas-Boas, participaram da entrega no Hospital Costa do Cacau e o superintendente de Políticas para a Educação Básica, Ney Campello, das entregas de Itabuna.

hosp 1

O secretário Walter Pinheiro falou sobre a iniciativa. “Este é um processo importante para a gente adotar uma nova política de educação que é você ir ao encontro do estudante e cumprindo até uma das etapas das chamadas metas do Milênio que fala que a gente tem que buscar todo aluno que está fora da escola e esse em particular é um aluno, inclusive, que esteve na escola e que, por uma circunstância completamente alheia à sua vontade, terminou tendo que sair da escola e veio para o hospital. Então, o que a gente tá fazendo é seguir este aluno, dando-lhe condições para que não sofra duplamente, além da enfermidade ele terminar tendo que abandonar o curso. Na prática, esta é uma nova escola que a gente está abrindo em que a sua sede física literalmente não existe, mas é a continuidade da escola indo ao encontro da verdadeira e real necessidade do estudante”, afirmou.

Read the rest of this entry »

SEC implanta cinco classes hospitalares e domiciliares para estudantes enfermos em Ilhéus e Itabuna

classes hTrês classes hospitalares e duas domiciliares serão implantadas pela Secretaria da Educação do Estado, nesta quarta-feira (26), nas cidades de Ilhéus e Itabuna, sendo as primeiras do interior da Bahia. A ação faz parte do programa SARAHDO – Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares, que visa garantir o direito de estudantes enfermos (Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos/EJA), que se encontram nos leitos hospitalares ou em atendimento médico domiciliar, a darem continuidade aos seus estudos. Em média serão atendidos 1.300 estudantes, por mês, nos Hospitais Regional Costa do Cacau, Manoel Novaes e CalixtoMideledj, assim como no Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC), e no Grupo de Apoio ao Paciente Oncológico (GAPO).

 

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, que participará das atividades destacou o papel do SARAHDO. “O programa surge de uma necessidade de fazer a cobertura da Educação Inclusiva no nosso Estado de modo total. Quando um aluno da rede adoece e vai para um leito ou fica em casa por conta de um problema de saúde, ele está sendo condenado ao abandono escolar naquele período. Então, criamos o programa justamente para cuidar dessas pessoas em um momento difícil, fazendo com que a educação seja verdadeiramente inclusiva. Este projeto vem como um novo desafio de levar a educação para onde o estudante estiver, seja em sala de aula, em casa ou no hospital. É a escola ampliando os seus espaços através do acompanhamento, do acolhimento e, principalmente, da verdadeira inclusão”, afirmou.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031