hanna thame fisioterapia animal
emasa coronavirus 155 livros do thame

Posts Tagged ‘queda’

Estado deixa de arrecadar R$ 79 milhões de ICMS com cancelamento do São João

Tatiana_ AzevicheNa Bahia, 1.476.600 pessoas deixarão de viajar para municípios do interior baiano no período dos festejos juninos esse ano, devido ao cancelamento do São João por causa da pandemia da Covid-19. A estimativa é da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan), em parceria com as secretarias de Turismo (Setur), Cultura (Secult) e a Bahiatursa. O estudo também revela que a redução de arrecadação de ICMS nos setores com atividades aquecidas pelo São João, impactados pela pandemia, deverá ser da ordem de R$ 79 milhões. Este volume não pode ser atribuído exclusivamente ao cancelamento do São João, mas influenciado também por este fato.

O cancelamento dos festejos juninos, de acordo com a SEI, foi uma decisão acertada e pautada na necessidade de preservar vidas humanas, uma vez que estamos enfrentando uma pandemia mundial de uma doença altamente contagiosa e o isolamento social é peça chave para conter a propagação da pandemia.

Read the rest of this entry »

Ilhéus registra queda na taxa de internações, casos e mortes por Covid-19

centro covidNo último mês, Ilhéus registrou queda na taxa de internações de pacientes com Covid-19. Os números também demonstram tendência de redução no índice de casos e mortes pela doença. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), houve diminuição de aproximadamente mil atendimentos no Centro Covid-19, comparando os meses de março e abril deste ano.

Referência na região sul da Bahia, o município prestou 4.527 atendimentos no mês de março, com 67 óbitos e média diária de 40 pacientes internados na UTI. Já em abril, o número de atendimentos caiu para 3.495. A média de internação diária era de 23 pacientes e o vírus vitimou 43 ilheenses.

Além das medidas restritivas adotadas pela Prefeitura para conter a disseminação da Covid-19, a estratégia de vacinação estruturada para atender idosos e grupos mais vulneráveis ao contágio da doença contribuiu significativamente para manter a tendência de queda. Embora o cenário apresente certa estabilidade, a Sesau alerta que a pandemia não acabou. As medidas restritivas versam sobre o toque de recolher, atualmente das 22h às 5h, e suspensão de eventos e atividades que geram aglomeração de pessoas.

Read the rest of this entry »

Desde 1996 não se come tão pouca carne no Brasil

carnePublicado originalmente na Rede Brasil AtualO consumo de carne bovina no Brasil sofreu uma queda histórica em 2020, com a elevação do preço da carne e a dificuldade de se ter renda durante a crise sanitária de covid-19. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima que, no ano passado, o consumo da proteína animal foi de 29,3 quilos por habitante. O menor patamar em 25 anos, desde 1996, quando a série histórica teve início.

O consumo de 2020, segundo os dados, representa ainda uma queda de 5% em relação a 2019, quando 30,7 quilos de carne bovina foram consumidos pelos brasileiros. Naquele ano, o patamar já havia recuado 9% em relação ao ano anterior.

De acordo com o diretor técnico do Dieese, Fausto Augusto Júnior, a queda no consumo está relacionada à alta no preço da carne bovina. Na cidade de São Paulo, por exemplo, o valor da proteína chegou a subir 25% em 2020, segundo a entidade. E até 30% em regiões mais pobres, como o Nordeste. O que não acompanhou a perda de renda da população brasileira, que viu a crise econômica ser agravada com a pandemia e a taxa de desemprego bater recorde, superando os 14 milhões de pessoas sem emprego.

 

Read the rest of this entry »

Casos da Covid-19 continuam em queda e Itabuna registra menos de mil casos ativos

Itabuna atingiu nesta segunda-feira (05), o menor número de casos ativos da Covid-19 no município desde 10 de junho. De acordo com o último boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica, atualmente 832 pessoas estão se recuperando da doença no município. A queda no número de casos é reflexo da atuação Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria Municipal de Saúde, que não tem poupado esforços no combate à Covid-19. Mesmo com a curva de casos da Covid-19 em queda, o município continua com ações para enfrentar a doença e a Prefeitura segue reforçando campanhas de conscientização sobre a necessidade da manutenção de medidas como isolamento social, higiene e distanciamento e uso de máscaras em locais públicos e em estabelecimentos comerciais. Ainda no conjunto de ações, na semana passada foi inaugurado 1º Centro de Atendimento para o Enfrentamento à COVID-19, sediado no bairro de Nova Ferradas, que irá atender toda aquela região.

itabuna aérea (foto José Nazal)
O mais recente boletim divulgado na noite de ontem (05), informa que Itabuna tem um total de 12.719 casos confirmados da COVID-19, sendo que destes, 832 estão ativos, e 11.608 estão curados. Dos casos ativos, 26 pessoas estão internadas em UTI (7 leitos disponíveis), 4 em Unidade Semi-intensiva (4 leitos disponíveis) e 26 pacientes em leitos clínicos (68 leitos disponíveis). O número de óbitos chegou a 279. Vale ressaltar que as internações compreendem pacientes não apenas de Itabuna, mas também regulados de outras cidades da região.

Crimes violentos diminuíram na Bahia

crimesAs mortes violentas caíram 9,7% na Bahia neste segundo semestre, até agosto, segundo a Secretaria de Segurança Pública. Esse tipo de crime inclui homicídios, latrocínios e lesões dolosas seguidas e morte.

Nos meses de julho e agosto foram 727 casos, contra 805 no mesmo período de 2019. Por macrorregiões, a Polícia Civil registrou em Salvador 148 mortes violentas neste período, contra 156 no ano passado. Já nas 403 cidades do interior ocorreram 496 mortes violentas em 2020 contra 541 no ano passado.

 

Nas treze cidades da Região Metropolitana de Salvador também houve declínio. Foram 83 casos neste ano, frente a 108 registrados em 2019.

Pelo sexto dia consecutivo Itabuna registra alta dos casos de pacientes curados da COVID-19

Pelo sexto dia consecutivo Itabuna registra que o número de pacientes curados da COVID-19 supera o de casos ativos da doença no município. Um fato que merece ser comemorado pelo município, pois mostra que todos estão no caminho certo, tomando as medidas corretas de prevenção, tais como, o uso adequado de máscara de proteção facial ao sair de casa, evitando aglomerações e higienização das mãos sempre que necessário.

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado na noite de ontem (31) pela Prefeitura de Itabuna, via Secretaria de Saúde/Vigilância Epidemiológica, a cidade contabiliza 10.082 casos confirmados da COVID-19 desde o início da pandemia, sendo que destes, neste momento são 2.763 casos ativos da doença, e 7.107 de pacientes curados.

O primeiro registro de elevação dos casos de pacientes curados ocorreu na quarta-feira (26), quando o município contabilizou 9.606 casos confirmados, sendo que destes, 4.451 ativos e 4.954 curados. De lá para cá, os números de pacientes curados só vem aumentando no município, o que é muito positivo.

Banco de Sangue da Santa Casa de Itabuna registra queda de 70% no número de doadores

banco de sangueO medo e as restrições de deslocamento impostas pela pandemia do novo coronavírus provocaram o sumiço de doadores de sangue em Itabuna. O estoque do Banco de Sangue da Santa Casa de Misericórdia caiu drasticamente nos últimos meses e ameaça o atendimento aos pacientes que continuam chegando às unidades de saúde.
O coordenador da captação do Banco do Sangue, Adelson Bispo, afirma que o déficit, que já era alto antes da chegada do novo coronavírus, só tem aumentado. Na última terça-feira (12), por exemplo, apenas 14 pessoas fizeram doação, quantidade muito distante da necessidade diária dos hospitais. O ideal seria a captação de, pelo menos, 50 bolsas diariamente.
Adelson Bispo conta que, em determinados períodos, a queda nas doações chega a 70%. Ele ressalta que a necessidade por sangue e seus derivados segue a mesma de antes da pandemia, porque os serviços emergenciais estão mantidos, assim como as cirurgias não eletivas.

Read the rest of this entry »

Preço da cesta básica cai em Itabuna e Ilhéus

cesta basicaA cesta básica passou a custar R$408,51 no mês de abril na cidade de Itabuna, uma redução de 2,17% comparativamente ao mês de março. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, seis reduziram de preço: tomate (-16,67%), banana (-6,65%), arroz (-6,49%), café (-3,08%), manteiga (-1,93%) e pão (-1,42%). Em contrapartida, aumentaram de preço: feijão (28,62%), óleo (6,13%), açúcar (5,00%), farinha (4,34%), carne (1,71%) e leite (1,11%)

Já em Ihéus, a cesta básica passou a custar R$373,72 no mês de abril na cidade de Ilhéus, uma redução de 9,32% comparativamente ao mês de março. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, sete reduziram de preço: banana (-41,63%), manteiga (-25,96%), tomate (-22,27%), café (-8,62%), arroz (-6,10%), leite (-5,36%) e pão (-1,98%). Em
contrapartida, aumentaram  de preço: feijão (32,97%), farinha (14,39%), óleo (12,63%), açúcar (8,61%) e carne (2,91%).

Fonte: Projeto de extensão Acompanhamento de Custo da Cesta Básica – ACCB/UESC

Preço da cesta básica despenca em Ilhéus e Itabuna

cestaA cesta  básica passou a custar R$329,06 no mês de agosto em Ilhéus, reduzindo 7,78% em comparação com o mês anterior. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, sete reduziram de preço: tomate (44,42%), feijão (9,72%), café (7,99%), manteiga (5,37%), açúcar (4,62%), óleo (3,33%) e arroz (1,79%). Em contrapartida, aumentaram de preço os seguintes itens: banana (4,82%), pão (3,34%), farinha
(2,44%), carne (2,13%) e leite (1,15%).

Já em Itabuna, a cesta básica passou a custar passou a custar R$328,21 em  agosto , uma redução de 7,43% em comparação com o mês anterior.
Dos 12 itens que compõem a cesta básica, oito reduziram de preço: tomate (39,20%), feijão (10,39%), manteiga (5,28%), arroz (5,17%), café (4,34), leite (2,06%) açúcar (1,77%) e farinha (1,59%). Em contrapartida, aumentaram de preço os seguintes itens: banana (5,09%), óleo (2,54%)
e pão (0,49%). Não houve variação no preço da carne.

Preço da cesta básica cai em Itabuna e Ilhéus

cestaA cesta básica passou a custar R$355,20 no mês de julho em  Itabuna, reduzindo 5,69% em comparação com o mês anterior. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, oito reduziram de preço: tomate (24,70%), feijão (5,41%), banana (3,15%), farinha (1,56%), café (1,36%), arroz (1,32%), leite (0,29%) e manteiga (0,04%). Em contrapartida, aumentaram de preço os seguintes itens: óleo (2,91%), açúcar (2,26%) carne (0,77%) e pão (0,12%).

Já em Ilhéus o preço da cesta básica  passou a custar R$356,82 no mês de julho, uma redução de 7,93% em relação ao mês anterior. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, 11 apresentaram redução no preço: tomate (23,71%), banana (7,65%), arroz (6,67%), farinha (5,31%), feijão (3,89%), carne (3,79%), óleo (3,49%), açúcar (1,65%), manteiga (1,65%), café (1,23%) e pão (0,83%). Apenas o leite apresentou aumento no preço (1,45%).

Fonte: Projeto de extensão Acompanhamento de Custo da Cesta Básica – ACCB/UESC.

 

Com nova gestão da Caixa, Nordeste recebe apenas 2,2% dos empréstimos

(Agência Estado)- A Caixa reduziu a concessão de novos empréstimos para o Nordeste neste ano, mostra levantamento feito pelo Estadão/Broadcast com base nos números do próprio banco e do sistema do Tesouro Nacional.

 

 
Em 2019, até julho, o banco autorizou novos empréstimos no valor de R$ 4 bilhões para governadores e prefeitos de todo o País. Para o Nordeste, foram fechadas menos de dez operações, que juntas totalizam R$ 89 milhões, ou cerca de 2,2% do total – volume muito menor do que em anos anteriores.

Leia mais em

https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,com-nova-gestao-da-caixa-nordeste-recebe-apenas-2-2-dos-emprestimos,70002951591

Preço da cesta básica cai em Ilhéus e Itabuna

cesta bA cesta básica passou a custar R$387,51 no mês de maio na cidade de Ilhéus, redução de 3,80% em relação ao mês anterior. Dos 12 produtos que compõem a cesta básica, oito itens diminuíram de preço: feijão (16,22%), tomate (15,38%), açúcar (5,90%), carne (2,20%), pão (1,82%), farinha de mandioca (0,94%), óleo de soja (0,54%) e café (0,52%). Em contrapartida, aumentaram de preço os seguintes itens: banana (15,78%), arroz (8,91%), manteiga (1,21%), leite (0,57%).

Já em Itabuna, a  cesta básica passou  a custar R$377,11  em maio na cidade de Itabuna, representando uma redução de 1,20% quando comparada ao mês anterior. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, quatro reduziram de preço: feijão (12,50%), tomate (10,78%), farinha de mandioca (3,16%) e arroz (1,71%). Em contrapartida, os seguintes itens aumentaram de preço: café (19,65%), banana (13,91%) óleo (3,88%), leite (2,93%), manteiga
(2,15%), pão (1,40%) e carne (0,68%). O açúcar não variou de preço.

PROJETO ACOMPANHAMENTO DE CUSTO DA CESTA BÁSICA – ACCB/UESC

 

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930