hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘PT’

Jaques Wagner assume a coordenação da campanha de Lula na Bahia

Everaldo e Wagner 14

O ex-governador e ex-ministro Jaques Wagner é o coordenador geral da campanha de Lula na Bahia e o presidente do PT/Bahia Everaldo Anunciação é o coordenador executivo. A escolha dos dois petistas teve o aval dos partidos aliados. Nesta quarta-feira (15) Wagner e Everaldo participam do ato de registro da candidatura do ex-presidente Lula em Brasília.

Também estarão presentes no ato o governador Rui Costa, parlamentares, associações de moradores (as) movimentos sociais e sindicais. Segundo Everaldo, “cerca de 20 ônibus saem da Bahia com destino à Brasília para o grande ato de registro da candidatura do melhor presidente da história do Brasil.”

PT/Bahia realiza convenção neste sábado

Foto convenção

 O PT/Bahia realiza convenção neste sábado (04) às 9h, no Parque de Exposições, para homologar as candidaturas da coligação Mais Trabalho pela Bahia, com Rui Costa, governador; João Leão, vice; e Jaques Wagner e Angelo Coronel senadores.

 Também serão homologadas as candidaturas a Deputado Federal e Estadual, além de realizado o sorteio do número de cada candidato.

Carta de Lula aos baianos

rui lula e wagner

“Queridos companheiros e companheiras da Bahia.

O povo baiano sabe muito bem o que o PT fez por este estado com Jaques Wagner e Rui Costa. Sabe também o que o PT foi capaz de realizar durante o tempo que governou o Brasil, fazendo o país crescer como nunca, gerando um número recorde de empregos com carteira assinada, reduzindo as desigualdades sociais e regionais que pareciam eternas, investindo em saúde e educação como nenhum outro governo na história.

O povo baiano sabe também, e sabe na carne, tudo o que foi desfeito desde que os golpistas tomaram de assalto o Palácio do Planalto e rasgaram os votos de 54 milhões de brasileiros. Destruíram conquistas que foram resultado de décadas e décadas de luta da classe trabalhadora, cortaram programas sociais, desmantelaram a saúde e a educação a pretexto de “corte de gastos”, quando sabemos que cuidar do povo não é gasto, é investimento. Eles trouxeram de volta o desemprego, a fome e a mortalidade infantil. E não satisfeitos, estão entregando nossas riquezas a preço de banana.

É por causa da memória e da consciência do povo baiano e brasileiro que nós vamos eleger de novo o Rui e o Jaques, e vamos voltar a governar este país. Mas é preciso lembrar que nossos adversários entram todos os dias na casa do povo, sem pedir licença, em forma de horas e horas de bombardeio no Jornal Nacional e outros telejornais, vomitando mentiras e semeando o ódio contra nós. Sem falar nas fake news que eles espalham na internet através de uma milionária rede de intrigas.

Por isso é preciso que todos vocês saiam desse encontro com a certeza de que cada voto conta muito, de que cada voto tem uma importância histórica. Porque cada voto a menos na Bahia e no Nordeste, onde abrimos uma larga vantagem sobre nossos adversários, é um voto a mais a favor daqueles que não toleram uma Bahia e um Nordeste desenvolvidos, que não aceitam um Brasil mais justo e mais feliz.

Cada um de vocês precisa sair desse encontro com o coração na ponta da chuteira, como se o jogo estivesse empatado, já no final da prorrogação, caminhando para a disputa por pênaltis. Não tem bola perdida. Vamos disputar cada voto, em cada cidade, em cada rua, em cada casa. O jogo é duro. A sorte nossa, e o azar dos nossos adversários, é que nós temos a melhor dupla de ataque que já pisou os gramados da Bahia. Vamos com Rui Costa e Jaques Wagner fazer a Bahia e o Brasil felizes de novo.

Forte abraço,
Luiz Inácio Lula da Silva”

Luiz Fux, fake news e imprensa independente

Gleisi Hoffmann

gleisiA grande mídia noticiou com certo espanto que após um mês e meio depois de o ministro Luiz Fux, atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), elaborar um acordo com os partidos contra a disseminação de notícias falsas na internet – as chamadas fake news -, o PT é a única grande sigla que ainda não subscreveu o documento. Não subscreveu, nem subscreverá, por razões muito objetivas.

O PT é o partido que mais se empenha no combate às notícias falsas, porque é alvo de mentiras na imprensa desde a sua fundação em 1980 e, depois, de forma sistemática, no submundo das redes.

Diante de notícias falsas, qualquer que seja sua origem, a Constituição e a lei preveem o direito de resposta, que deve ser garantido pelo Judiciário. Mas esse direito tem sido negado ao PT, também de forma sistemática, principalmente quando a mentira e a ofensa partem das Organizações Globo.

Setores do Judiciário brasileiro, no entanto, têm se especializado em censurar e coagir a imprensa independente, como se vê, para citar apenas um exemplo, nas decisões autoritárias contra o Blog do jornalista Marcelo Auler, impedido de divulgar informações sobre desmandos policiais na Lava Jato.

No mesmo sentido, a imprensa dos poderosos vem manipulando o conceito de “fake news”, em cumplicidade com os administradores das grandes redes sociais, para calar e constranger a imprensa independente. Foi o que se viu no episódio do rosário entregue por um representante do Papa Francisco ao presidente Lula.

O compromisso do PT é com a verdade e com a livre circulação de informações. Demonstramos isso na prática, sem necessidade de assinar compromissos vazios, que possam, no futuro, vir a validar ações arbitrárias contra quem quer que seja.

Da forma como foi proposto pelo presidente do TSE em final de mandato, Luiz Fux, o compromisso contra fake news não passa de mais uma fake news. E não será endossado pelo PT.

Da Justiça, inclusive da Justiça Eleitoral, o que se espera é que faça cumprir a lei, punindo quem espalha mentiras, com os instrumentos que a lei já dispõe, e garantindo o direito de resposta e a livre circulação da verdade, seja na imprensa tradicional seja nos meios digitais.

——

Gleisi Hoffmann é senadora (PT-PR) e presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores

Em Cuba, Gleisi denuncia lawfare contra Lula, o PT e lideranças de esquerda

gleisi(Brasil247)-A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, denunciou nesta segunda-feira (16), no Foro de São Paulo, que acontece em Cuba, a perseguição política e judicial, o chamado ‘lawfare’, da qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem sendo vítima e cuja prática vem se espalhando por outros países da América Latina.

“Estamos com outro modelo de intervenção política e econômica nos países latino-americanos. (…) Agora, se utilizam as instituições, que passam a tomar lado na disputa política. Se utiliza o Judiciário, o parlamento, para fazer essas intervenções”, disse Gleisi em coletiva no evento.

Segundo ela, em um primeiro momento o mecanismo judicial e policial é acionado para “construir o descrédito de figuras públicas populares e progressistas sempre com acusações ligadas à corrupção. Induzindo a opinião popular a desacreditar estes líderes”. “Aconteceu no Brasil, acontece no Equador, também na Argentina, em El Salvador, também no Paraguai… são vários os casos em que isso acontece”, emendou.

O passo seguinte, de acordo com a presidente do PT, é “através dos parlamentos, muitas vezes se dá o golpe para retirar estas lideranças”. “No caso do Brasil foi explícito o que aconteceu com a presidente Dilma Rousseff”, exemplificou. “E se usa este processo para desestabilizar governos progressistas. Seja para retirá-los do poder ou para impedir que eles voltem”, destacou.

“Isso é um atentado à democracia. E tentam naturalizar, normalizar este tipo de intervenção, já que se dá por questões judiciais e parlamentares. No caso do Brasil é evidente o uso do lawfare, ou seja, a lei como perseguição política do adversário, O presidente Lula é vítima disso, o Partido dos Trabalhadores é vítima disso, e outras lideranças de esquerda também”, denunciou.

 

Gleisi: Nós não vamos aceitar mais violência contra Lula

luliv

“Os novos ataques do Judiciário contra os direitos de Lula são um aprofundamento do golpe”. A declaração é da presidenta Nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, durante entrevista , em São Paulo, um dia após decisão legítima concedida para libertar o ex-presidente ser ignorada de maneira ilegal pelo juiz Sergio Moro, servidores da Polícia Federal e pelos desembargadores João Gebran Neto e Thompson Flores.

Para Gleisi, a aparente vitória dos golpistas nesta nova batalha jurídica terá efeito contrário e servirá de estopim para uma nova onda de mobilizações populares em defesa de Lula e da da democracia.  “Vamos reforçar o abaixo-assinado de Lula Livre, reforçar as mobilizaçõespor todas as cidades, vamos ler a Carta de Lula que denuncia a falta de isenção de parte do Judiciário em todas as assembleias legislativas e câmaras municipais do país, vamos fazer representação no CNJ preparada pelosmovimentos sociais, juristas e parlamentares farão a representação contra Moro e os desembargadores do TRF- Também entraremos com representação na corregedoria da Polícia Federal por não cumprir determinação daJustiça”.

Jones Carvalho: o mandato não pertence ao político e sim aos seus eleitores

“Um parlamentar é investido em um mandato para definir leis e

políticas públicas em favor do povo, isso não o transforma em autoridade”

a jonesJones Carvalho é mineiro de Belo Horizonte, aos 9 anos de idade em pleno período da ditadura militar,  presenciou da janela de sua casa, a cavalaria do exército sufocar uma passeata pacífica deixando muitos mortos, fato determinante para sua conscientização política. Ainda jovem chegou a Bahia, onde passou a militar no movimento sindical do Polo Petroquímico de Camaçari. Suas ações foram determinante na criação de uma nova ideologia sindical e juntamente com outros operários de chão da fábrica, a exemplo de Jaques Wagner, Moema Gramacho, Rui Costa, dentre outros, mudaram definitivamente o cenário político baiano. Por ser Jones, um símbolo vivo da resistência militar armada, no período da ditadura, A entrevista concedida aos jornalistas, Valter Xéu, e Luciano Barreto, foi regada com algumas doses do tradicional “cravinho”, ofertado pelo também símbolo de resistência e ativista cultural, Clarindo Silva, em sua tradicional Cantina da Lua.

Candidato a deputado estadual pelo PT, Jones Carvalho defende um mandato participativo, e que o Partido dos Trabalhadores precisa se reinventar.

Read the rest of this entry »

O silêncio dos indecentes

Justiça mãe, justiça madrasta

Para uns, afagos, para outros, bofetões

Um café com Marisa e Luiz Inácio

Lula, anos 80. Na luta, sempre e sempre…

Carta aberta ao presidente Lula

“A liberdade o aguarda, assim como o esquecimento aguarda seus algozes”

lula

Por Josias Gomes*

“Vendo o sol a brilhar no céu celeste

No impacto da seca cruciante
Já não posso apelar pros governantes que não lembram do Nordeste
Michel Temer roubando feito a peste
Aumentando o petróleo e a energia
Cortou o tempo da aposentadoria, toda minha esperança se consome
Se eu parar de cantar morro de fome que a cantiga é meu pão de cada dia
Quando Lula era nosso presidente 
Ganhei casa, Samu, bolsa família, comprei carro, troquei minha mobília, comprei tudo que quis pra minha gente
Nordestino ganhou vida decente e almoçava em qualquer churrascaria 
Hoje se eu não fizer a cantoria lá em casa onde eu moro ninguém come.
Se eu deixar de cantar morro de fome que a cantiga é meu pão de cada dia”.

(Sabedoria popular expressa nos versos de repentistas nordestinos)
Caro presidente Lula
josias gomesA vontade de te escrever esta carta aberta surgiu por uma série de motivos.

O primeiro foi a desfaçatez do déspota de plantão, que foi à TV comparar-se com José Joaquim da Silva Xavier, o Tiradentes. Além de desrespeito ao nosso primeiro mártir da Independência, isto é um desrespeito a você, que todo mundo sabe e considera o nosso Tiradentes do século XXI.

Outro motivo foi a decisão desta juíza, de primeira instância, de Curitiba, proibindo a visita de Adolfo Perez Esquivel, prêmio Nobel da Paz, e de Leonardo Boff, um dos mais importantes teólogos do Cristianismo de todos os tempos.

Outro motivo foi a agressão a você e aos participantes da sua caravana pela cidadania por pessoas que pregam o ódio e a intolerância política.

Tenho a certeza de que a grande maioria do povo brasileiro está solidário com você nesta cela de Curitiba.

Personagens históricos que dispensam apresentação, Anita e Giuseppe Garibaldi, a “heroína e o herói de dois mundos”, foram combatentes libertários, e testemunhas vivas até hoje da liberdade das paixões e da paixão pela liberdade.

No Nordeste, outros dois revolucionários – expoentes da luta pela liberdade – foram o baiano Carlos Marighella e o pernambucano Joaquim da Silva Rabelo – Frei Joaquim do Amor Divino Rabelo Caneca -, mais conhecido como Frei Caneca, um dos mentores da Revolução Pernambucana.

Não tenho a menor dúvida de que se estivessem vivos todos eles também estariam tentando visitá-lo, assim como Perez Esquivel e Leonardo Boff.

Read the rest of this entry »

O DNA do fascismo

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031