WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

universidade lasalle livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

agosto 2022
D S T Q Q S S
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


:: ‘psicologia’

Depressão é um momento de tristeza?

Cleide Léria Rodrigues

 

cleide leriaMuitas pessoas acreditam que não estão com depressão, estão apenas passando por um momento de tristeza.

Contudo, a depressão é uma doença real , e associa-la a um problema simples e passageiro não ajuda soluciona-la.

É normal sentir tristeza, mas sentir triste por vário dias,  e a maior parte do tempo  , não é.

Sendo assim ! Pare por um instante e reavalie a sua vida. Busque o seu propósito de vida e saiba que você não está sozinha. Ao refletir sobre isso , as  respostas vão começar a surgir e você vai passar a ter força para encarar os problemas e mudar o que precisa ser mudado.

Além do mais , para superar o problema, primeiro é preciso olhar para ele. É preciso assumir as rédeas da própria vida e encarar tudo o que está te bloqueando e causando imensa tristeza.

Mas se não conseguir fazer isso sozinho (a) , peça e procure por ajuda .

Afinal depressão tem tratamento como outras doenças como por exemplo, diabetes, hipertensão…E etc .

Se ficou alguma dúvida sobre o assunto ou  se quiser  saber mais , estarei a disposição para esclarecer, é só enviar uma mensagem . www.psicologacleiderodrigues.com.br

Um  grande abraço.

Cleide Léria Rodrigues

Psicologia Clínica  – CRP03 18383.

Sobre ansiedade

Cleide Léria Rodrigues

 

CleideA ansiedade é um sentimento normal na vida de todos nós.

Em um nível controlado , ela é até considerada saudável, pois o medo nos ajuda a evitar comportamentos impulsivos e situações perigosas.

Vale ressaltar que a ansiedade se torna patológica quando entra em um nível elevado e permanece por um longo período de tempo.

Nesses casos, nem sempre a pessoa consegue identificar o que aquela situação está lhe causando medo e preocupação e, muitas vezes tende a interpretar situações normais como perigosas.

Um dos comportamentos mais comuns de pessoas com transtornos de ansiedade é a fuga de situações que causam ansiedade.

Porém quanto mais você foge de situações que te deixam ansiosa(o) , mais a ansiedade ganha força e tende a controlar e limitar seu repertório comportamental.

Mas a psicoterapia pode te ajudar a lidar com sua ansiedade.

O processo psicoterapêutico vai-te ajudar a conseguir elaborar estratégias de enfrentamento, perceber  o que aumenta a sua ansiedade , identificar as possíveis causas e reconhecer as emoções e comportamentos que vêm dificultando a sua vida.

Sendo assim !  Buscar   um profissional  psicólogo para o tratamento é muito importante.

Quando as pessoas aprende a lidar com ansiedade, elas tem  mais paz , tranquilidade de vida que é tão importante para nossos dias.

Quer saber mais ?  Terei maior prazer em falar com você! Acesse @psicologacleiderodrigues.

Um grande abraço.

Cleide Léria Rodrigues  é Psicóloga  – CRP03 18383.

 

Como diminuir a Ansiedade e Depressão comendo bem

choc licuri (1)Cleide Léria Rodrigues

 

 

cleideVocê é ansioso(a) e gosta de chocolate?

Mas você quer diminuir sua ansiedade , ter mais qualidade de vida ?  Tome uma dose certa de chocolate, ele pode ser o seu grande aliado para sua saúde .

Pois o  chocolate é rico em flavonoide, o oxidante que favorece a produção de serotonina conhecido como bem-estar. Quando há alta de serotonina , o cérebro produz uma sensação de relaxamento, e melhora no  humor,  tratando diretamente os sintomas da ansiedade e depressão.

Sabemos que a depressão é uma doença do sistema nervoso caracterizado principalmente por perda de energia e cansaço constante.

O tratamento convencional é com médico psiquiatra e psicólogos, mas incluir o chocolate também contribui para que a pessoa se sinta melhor .e mais animada.

Mas vale ressaltar ,  que uma nutrição adequada trabalha como importante aliado no tratamento da doença, logo , alimentos que participam da produção de serotonina e dopamina devem sendo  usados na dieta de quem tem depressão ou transtorno de ansiedade. Afinal esses hormônios são responsáveis por dar sessão de felicidade no organismo.

Sendo assim tenha o chocolate como seu aliado na prevenção de doenças .Quem não gosta de um docinho ao longo do dia ? O chocolate, por exemplo, é um dos nossos queridinhos e não tinha como ser diferente, o cacau é tipicamente brasileiro.  E , diferentemente do que muitos pensam, não é apenas um vilão para sua dieta. O consumo do chocolate deve ser moderado.

:: LEIA MAIS »

Ansiedade e autoestima: qual a relação?

Cleide Léria Rodrigues

 

cleideA ansiedade é totalmente influenciada pela maneira como pensamos. A baixa autoestima leva a comportamentos irracionais e pensamentos que desvalorizam e desmerecem a própria pessoa.

Sem querer, o sujeito está imerso em pensamentos negativos e catastróficos sobre suas capacidades , habilidades, atitudes e consequentemente  fica mais ansioso a cada tarefa que será executada.

Portanto trabalhar a autoestima e resgatar a autoconfiança ajuda a diminuir as inseguranças e a ansiedade.

Se você não está conseguindo sozinha(o) quero te ajudar a lidar com ansiedade e resgatar sua autoestima . Atuo orientando as pessoas a ver o mundo com mais calma e segurança e que mesmo diante dos desafios da ansiedade, depressão, da baixa autoestima é possível manter o equilíbrio emocional.

Começa agora mesmo fazendo  essa reflexão:

Pensar ansiosamente no futuro e esquecer o presente e mesmo assim, não viver nem o presente e nem o futuro!

A vida é feita de contradições.

A palavra “VIDA” tem a letra “V”, o resto é “IDA”…

Desfrute do presente e das companhias que te faz feliz!

O amanhecer é a parte mais bonita do dia , porque estamos vivos.

Então levanta-te!

Você está tendo outra oportunidade de viver e de recomeçar novamente.

“Os dias bons te dão felicidade, os dias ruins te mantêm forte , as provas te mantêm humano , as quedas te mantêm humilde , mas a sua fé te mantêm de PÉ”!

Guiar pessoas diante do seu sofrimento, da sua dor , diante de situações difíceis que elas não consegue resolver sozinhas e possibilitar as pessoas a caminhar é minha missão enquanto psicóloga.

Um excelente dia para todos nós.

Um grande abraço!

 

Cleide Léria Rodrigues é Psicologia Clínica  – CRP03 18383

www.psicologacleiderodrigues.com.br

 

Como posso superar a ansiedade do relacionamento?

Cleide Léria Rodrigues

 

 

cleide leriaA ansiedade as leva a sacrificar suas necessidades, agradar e acomodar seus parceiros no futuro devido a sua insegurança?

Mas o que causa ansiedade nos relacionamentos afetivos?

Se apaixonar é um desafio , pois surgem situações inesperadas e incontroláveis. Quando mais você valoriza alguém, maior a sensação de medo de perder a pessoa e de ser ferido.

Esse medo muitas vezes surge quando você está recebendo exatamente o que queria quando experimenta o amor que nunca teve.

A medida que você entra em um relacionamento, não são apenas as coisas que acontecem entre você e seu parceiro que te deixa ansiosa . A ansiedade tem a ver com controle , com busca pela perfeição, responsabilidade, com desejo de que nada pode dar errado.

Que não podemos sofrer com frustrações, pois a ansiedade é excesso de futuro e acaba afetando a autoestima das pessoas  e prejudicando os seus relacionamentos.

Porque a pessoa com autoestima baixa ela se acha incapaz de estar ao lado de alguém especial.

A sua voz interior “critica” alimenta seus medos de manter relacionamentos íntimos com pensamentos como :

“ você nunca vai encontrar ninguém então porque tentar?

“você não pode confiar em ninguém “.

Essa voz interna critica e faz lutar contra você mesmo e contra as pessoas que você ama.

Esses pensamentos diminuem sua autoestima aumenta sua desconfiança, criando atitudes defensiva , ciúme e ansiedade

Mas para superar a ansiedade do relacionamento, você deve mudar o foco dos olhos, do externo para dentro de sí.

Avalie seu relacionamento para determinar se ele está contribuindo para sua insegurança e ansiedade.

Seja independente, se você se perder em um relacionamento você pode tornar-se dependente de validação do seu parceiro levando o aumento de ansiedade e insegurança.

Pense nisso!

E se precisar de orientações para viver relacionamentos saudáveis, sou Psicóloga com foco nos estudos da ansiedade e autoestima.

Um grande abraço.

Cleide Léria Rodrigues

Psicóloga- CRP03/18383.

@psicologacleiderodrigues.

Mulheres , acolham-se !

Cleide  Léria Rodrigues

cleide leriaUma das coisas que mais digo as  minhas pacientes/ clientes  é:

“ Se acolha , olhe pra você, se ponha em primeiro lugar  , seja gentil com sua história…

Nossas ações estão baseadas nos nossos aprendizados . Desde a infância aprendemos uma forma de “ ver” a vida e lidar com situações mais diversas.

Para isso utilizamos alguns padrões comportamentais que podem ser disfuncionais…

Por meio das nossas feridas e traumas emocionais criamos defesas , pensamentos e comportamentos que podem ser distorcidos como uma forma de nos proteger da dor…

Mas ao não acessar nossas feridas e traumas , não é possível a transformação de fato da sua forma de viver a vida , de “Perceber “ a Si mesmo, aos Outros , ao Mundo !

Sendo assim! Você precisa  decidir  e olhar mais para você  mulher ! Enxergar a mulher que você é , suas potencialidades, qualidades e fortalecer sabendo que você merecer mais do que tem.

Então ! Eí mulher! Seja  livre pra ser quem você quer ser , livre pra sentir o frio na barriga, livre dos seus próprios rótulos ou dos diversos sociais que fomos impostos , livre pra se aventurar nos seus sentimentos, nos seus desejos e sonhos, nas suas ideias .

Vista suas assas de coragem, e se joga na pista da Vida !

Seja livre pra ser essa mulher incrível que tem aí dentro , não poupe o mundo da preciosidade que sua alma tem .

Afinal ! Somos muito pra viver tão pouco.

Mergulhe no oceano de intensidade e profundidade que existe em você  , sem medo , sem culpa , sem insegurança e frustrações.

Liberte -se da sua ansiedade que te faz paralisar e reconstrua sua autoestima  , compartilha seu amor  com quem souber valorizar essa mulher  que Você  é !

Seja feliz ! Cuide de suas emoções e tenha uma vida saudável!

Se precisa de ajuda , sou Cleide Léria Rodrigues , psicóloga crp03/18383 , com foco nos estudos da ansiedade e autoestima e posso orientar você nesse processo.

“A vida só  pode andar e nos trazer coisas novas , se permitirmos que ela faça   isso.”

Um grande abraço.

Cleide Léria Rodrigues

Psicóloga  – CRP03/18383

@psicologacleiderodrigues

www.psicologacleiderodrigues.com.br

Ansiedade e autoestima em relacionamentos

Cleide Léria Rodrigues

cleide leriaUltimamente, tem se falado muito sobre a importância da autoestima para que tenhamos uma vida melhor.

A autoestima é a qualidade que pertence ao indivíduo satisfeito com sua identidade, ou seja , quem a tem , é uma pessoa dotada de confiança e que valoriza a si mesma.

O contrário de autoestima temos a baixa autoestima , onde a pessoa tem dificuldades de se enxergar positivamente e interfere em todas as áreas de nossas vivências. Essas áreas abrangem nosso relacionamento amoroso , com amigos , familiares , trabalho.

Além do mais, uma pessoa com baixa autoestima, sente-se com abaixo potencial, e vive buscando ser aceita pelos OUTROS. Ela vive relacionamentos insatisfatório ou abusivos.

Ela não acredita que merece mais que recebe.

Quando se trata de relacionamentos e, o modo como é percebido essa imagem de si mesmo impossibilita essa pessoa de viver plenamente, ter qualidade de vida , alcançar objetivos e sonhos.

Mas , segundo Bert Hellinger, criador das constelações familiares, em toda relação adulta deve existir um equilíbrio de troca saudável, isto é, entre o dar e receber.

Essas por sua vez quando estão equilibradas em um sistema familiar promovem uma vida saudável.

E talvez você esteja sentindo uma tensão em seu relacionamento , a ansiedade pode está desempenhando um papel e você nem tenha percebido.

:: LEIA MAIS »

Lidando com a Ansiedade

cleide ansiedadeCleide Léria Rodrigues

 

CleideVocê se acha uma pessoa lenta ?

“As pessoas não são lentas as vezes nos somos rápido de mais e ansiosos”.

A ansiedade impactou muito minha vida , e hoje venho falar para vocês como driblar essa ansiedade do dia a dia , de como a essa ansiedade pode trazer prejuízos para nossa saúde emocional  social, familiar, no trabalho, estudo e as vezes nos prejudicando por ser tão ansiosos diante de situações que poderia ser resolvidas ou praticadas no seu tempo. Pois todos nós temos nosso tempo para resolver situações do cotidiano.

Mas a ansiedade muitas vezes nós leva a  correr contra esse tempo. “ como se diz tudo no seu devido tempo “. Mas saber  lidar com a ansiedade pode te ajudar a chegar da melhor forma possível no lugar que você deseja  com  saúde, saúde emocional , física e  com qualidade de  vida . Mas para isso é necessário    que seja sábio, paciente, saber que tudo acontece no seu tempo.

Sei que não é muito fácil ter esse controle da ansiedade e as vezes parece impossível. Principalmente em momentos de crise, instabilidade e incertezas…

É preciso mudar hábitos, trilhar novos caminhos e buscar ter uma vida mais tranquila e equilibrada independente de qualquer crise.

Sendo assim : se você se considera uma pessoa ansiosa e não consegue  ter controle sobre o que está sentindo  , venha fazer terapia, pois ela  não é só para quem tem transtornos mental. A terapia é um momento que dedicamos a nós mesmos , para compreender mais profundamente os nossos sentimentos, pensamentos e ações.  E investir na sua saúde emocional é investir em si mesmo , nos seus objetivos e sonhos. Além do  mais a terapia serve de prevenção para o adoecimento psíquico.

Vou deixar duas dicas que talvez sirva para te ajudar no  momento que esteja sendo difícil controlar sua ansiedade.

1 – Viva mais na realidade do que na expectativa.

2 –  Não deixa a ansiedade te dominar.

Um grande abraço.

Cleide Léria Rodrigues

Psicóloga  – CRP03 18383.

 

Conversa de psicóloga: Emoções

emoçãoYanara Setenta

 

 

Falar, refalar, informar, reinformar de emoções, o saber de como vivemos e modificamos a nós mesmos e ao mundo, parecem importantes.

 

Vamos falar?

 

Nós, exceção feita aos psicopatas, aos frios de ânimo, temos todas as emoções. Sim, mas o que é emoção? Vejamos a etimologia da palavra: ex movere – em movimento. Observe que quando vivencia uma ou mais emoções (praticamente todo tempo) existe uma movimentação do corpo. Fica mais fácil a verificação observando um bebê. Então, emoção significa reações fisiológicas herdadas ao longo da evolução da nossa espécie.É um impulso neural que leva o organismo para a ação e que depende da percepção que o indivíduo tenha daquela situação, ou seja, da sua história de vida..

 

Consideramos a existência das emoções básicas ou primárias – todos vivenciam, inclusive muitas outras espécies animais, e as sociais ou secundárias:

Primárias – amor, raiva, medo, alegria, tristeza, nojo, surpresa.

Secundárias – culpa, elevação, vergonha, simpatia, indignação, desprezo, compaixão, gratidão, admiração, inveja, espanto.

:: LEIA MAIS »

Ansiedade é doença?

Cleide Léria Rodrigues

 

cleideNão  ! A ansiedade é um mecanismo adaptativo essencial para o nosso sucesso como ser humano.  Através dela saímos da nossa zona de conforto, respondemos aos perigos e podemos planejar o futuro.

Porém em algumas pessoas essa ansiedade pode ser desproporcional, de difícil controle  e pode causar grande  prejuízo a sua vida cotidiana.  Essa ansiedade é chamada de transtorno de ansiedade generalizada.

Falta de ar , dores de cabeça  , palpitações, tremores , medo , insegurança , entre  outros… são sintomas da ansiedade e todos nós já sentimos em algum momento da vida.

Mas você não precisa ficar ansioso(a) por esta ansiosa (o) , a ansiedade tem tratamento.

Sendo que as formas de tratamento dependem do quadro em si , de sua  gravidade , da idade e perfil da pessoa , pois cada paciente tem uma forma  adequada de adaptar ao tratamento.

Mas vou deixar aqui algumas ferramentas utilizadas de maneira geral que pode te orientar a começar o tratamento.

Psicoterapia  – na psicoterapia serão trabalhadas as questões como medidas do enfrentamento da ansiedade  , busca por identificação de gatilhos , técnicas de controle diante da crise .

Mudanças no estilo de vida – prática de atividades física regularmente.

Cuidar da alimentação e do sono .

Evitar gatilhos estressores são formas importantes de lidar com a ansiedade.

Se você conhece alguém que  esteja passando por crises de ansiedade, o  mais importante é oferecer apoio  e mostrar que a pessoa não está sozinha (o) para lidar com aquele desconforto.

Buscar ajuda especializada para uma avaliação e estabelecimento de estratégia terapêutica é uma forma eficaz de apoio .

Não minimize a dor do outro , se não compreende , busque informa-se , acolha e seja empático.

Se a ansiedade atrapalha sua vida , procure um psicólogo.

Um grande abraço.

Cleide Léria Rodrigues

Psicóloga  – CRP03/18383.

Faça as pazes com seu passado…

Cleide Léria Rodrigues

.

cleideAprenda a controlar sua ansiedade para ter relacionamentos saudáveis, uma autoestima elevada, viver uma vida mais leve e feliz.

Mas  fazer as pazes com seu passado…não quer dizer que esquecer , deixar pra lá…

Fazer as pazes significa que você pode mudar tudo que você deixou de viver por ter deixado de ser Você, acreditando que não tem valor, que não é boa o suficiente preocupada em agradar o “Outro”.

Mas entendo que essa foi uma forma que você encontrou para receber afeto e validação de quem estava ao seu lado. Por menos que seja  intencional, você deixou de ser sua prioridade, deixou de se olhar de  se por em primeiro lugar, isso lhe trouxe o estresse elevando sua ansiedade te deixando com uma baixa autoestima por não demonstra quem  realmente é .

Sabe porque?

Porque as vezes a gente tem tantas coisas boas guardadas no peito, tanto amor querendo ser doado , tanta história querendo ser vivida, tantas páginas querendo ser escritas… que a gente se confunde… E acaba entregando todo esse afeto a um relacionamento que não tem a intenção de recebê-lo ou a alguém que nem faz questão de retribui-lo

Isso pode acontecer tanto nos relacionamentos amorosos como nos relacionamentos do seu dia a dia, como por exemplo: na família, com amigos , trabalho.

Sendo assim: venha comigo nessa busca de autoconhecimento e saúde mental e aprenda a diminuir sua ansiedade diante de relacionamentos ruins e nesse processo você vai obter amadurecimento pessoal que nos ajuda a agir com racionalidade e nos proporciona uma vida mais leve.

E se esse conteúdo fez sentido pra você, talvés fará sentido para alguém do seu círculo de amizades, torne-o visível e compartilhe!

E se quiser saber mais sobre ansiedade que atrapalha seus relacionamentos… estarei a disposição. Sou psicóloga clínica com foco nos estudos da ansiedade e autoestima é será um prazer poder ajudar.

Um grande abraço.

Cleide Léria Rodrigues  é Psicóloga  – CRP03 18383.

Abusos emocionais

 

Cleide Léria Rodrigues

 

cleide 19 marçoEu sou mulher , nunca vivi a Violência doméstica  nem física, mas me coloco no lugar de milhares de mulheres que vivênciam ou já vivenciaram em algum momento .

A violência psicológica é tão intrínseca, essa acredito que algum momento todas nós possamos. Como por exemplo: Quando Nos diminui por ser mulher, nos limitam, nas músicas, nas cantadas , nos xingamentos no trânsito, no trabalho, na faculdade, na família ,situações protagonizadas pelo domínio de uma outra pessoa sobre a outra , onde o desprezo a ignorância ou a crítica são os principais elementos de um relacionamento e está presente no contexto cultural.

O abuso emocional é um processo silencioso  e tem consequências devastadora na saúde mental da vítima. O abuso emocional não deixa marcas na pele, mas sim, profundas feridas na alma que são difíceis de cicatrizar e curar.

O abuso emocional é uma realidade muito presente em nossos dias que não estende idade , sexo ou status sociais.

Mas nos  mulheres caminhamos em passos lentos , mas já conquistamos muitas coisas  – direito ao voto , divórcio, a pílula para escolher quando ser mãe  , ter sexo não para satisfazer só o parceiro (a) , contudo a mentalidade de muitos homens e mulheres (infelizmente) ainda estão mergulhadas no machismo , no preconceito, no tabu estrutural , na ideia de que mulher é inferior, no sexo frágil, limitada , etc… e consequentemente o homem é o soberano em tudo , o da vez , o “ cara” , ah , menos para cuidar de crianças e da casa , isso é coisa de mulher né gente. Como mudar ? Como viver a nossa essência? Como crescer ? Como ser livre ?

Saiba que só depende de você  ! Da sua força e coragem !

A  violência doméstica trás grandes prejuízos para nossa saúde emocional e precisamos ficar atentas.

Não deixar que o abusador destrua nossa identidade, rouba nossa força emocional. A vítima do abuso  emocional encontra -se presa em uma prisão mental de deficiência e insegurança que sua autoestima enfraquece pouco a pouco .

A prisão mental é tão sólida que a vítima que está nessa condição entra em uma situação profunda de desamparo , que não consegue imaginar .

Nestes casos , o fator mais importante é que você possa identificar a situação em que se encontra pressa , onde carrega toda a responsabilidade e culpa que o agressor a induziu , esse é o primeiro passo , identificar e se libertar desse ser.

Além disso buscar ajuda de um profissional especializado nos facilitará a reconstruir sua  identidade e autoestima , para reparar aquelas feridas emocionais invisíveis que habitam nosso interior. Dessa forma podemos encontrar novamente com nós mesmos.

Não será um processo simples e rápido, mas complexo e lento .

Mas não podemos esquecer que cada um de nós também pode causar feridas na alma dos outros quando desprezamos, ignoramos ou criticamos sem ter que chegar a situações de abuso emocional.

As palavras e os nossos gestos são espada de dois gumes que deve ser cuidada…

Pensem nisso !

E aí esse conteúdo fez sentido para você ? Se sim , compartilha com  seus amigos , quem sabe possa fazer sentido para eles também.

Um grande abraço.

 

Cleide Léria Rodrigues  é Psicóloga  – CRP03 18383.



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia