hanna thame fisioterapia animal
prefeitura ilheus livros do thame

Posts Tagged ‘prisão’

Prisão de Lula faz disparar filiações ao PT

povo

A prisão do ex-presidente Lula fez disparar as filiações ao Partido dos Trabalhadores. Desde a detenção do petista, há 16 dias, foram registradas 3.230 filiações, 30% do total de 11 mil inscrições contabilizadas desde janeiro. A última parcial da dimensão do partido apontou, segundo registros internos, 2,1 milhões de filiados, dos quais 44% são mulheres. Nas cidades com mais de 500 mil habitantes, as mulheres respondem por 51% dos filiados. O PT é o maior partido em número de filiados do país.

“O Partido dos Trabalhadores lança nesta segunda (23) nova campanha nacional de filiação, intitulada “Sou Lula, sou PT”. A sigla decidiu estimular adesões após constatar que o número de ingressos espontâneos foi impulsionado pela prisão do petista. Desde que o ex-presidente foi detido, há 15 dias, 3.230 pessoas se registraram na legenda —quase 30% do total de 11 mil inscrições contabilizadas desde janeiro. A operação será inaugurada na reunião do diretório nacional, em Curitiba.”

Leia mais aqui.

Leonardo Boff e Pérez Esquivel são impedidos de visitar Lula na prisão

esquivel e boff

A Polícia Federal impediu que o teólogo e escritor Leonardo Boff e o vencedor do Prêmio Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel visitassem o e ex-presidente Lula em Curitiba, onde é mantido como preso político.

Boff criticou a prisão do ex-presidente Lula; “Lula está recluso. Recluso injustamente, pois não se trata de uma condenação judicial, se trata de uma condenação política, rejeitada pelos maiores juristas nacionais e internacionais”, disse ele

O ganhador do Prêmio Nobel da Paz, Adolfo Perez Esquivel, disse que “ as portas estão fechadas, mas temos de abri-las”, disse o argentino, ao lado de Boff.

O argentino disse que pode esperar algumas horas, pois só vai voltar para seu país amanhã (20). “Vim transmitir minha solidariedade ao povo brasileiro e a Lula, junto com meu companheiro Boff. Queremos Lula livre para que ele siga caminhando com seu povo, pois é uma injustiça o que estão fazendo com ele e é importante que o povo fique unido. Para tirar Lula da cadeia é fundamental a unidade do povo e a solidariedade internacional”, afirmou.

 

Itabuna: preso em SP suspeito de matar técnica de enfermagem da Santa Casa

vagabaA Polícia Rodoviária Federal prendeu, em São José do Rio Preto, em São Paulo, o principal suspeito da morte da técnica em enfermagem Maria Ferreira Lima, de 51 anos, funcionária da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. Jefferson Costa Nascimento, o Quinho, estava sendo monitorado pela Polícia Civil baiana. Na semana passada, o criminoso empurrou Maria Ferreira de uma moto em movimento para roubá-la, no Bairro de Fátima. Na queda, a vítima sofreu traumatismo craniano e faleceu no último final de semana, na UTI do Hospital Calixto Midlej Filho.

De acordo com o coordenador da Polícia Civil em Itabuna, André Aragão, Jefferson fugiu para Vitória da Conquista na terça (10). De lá, partiu para o município paulista, ondem foi preso ontem à tarde pela PRF. O mandado de prisão contra “Quinho”, de acordo com Aragão, foi expedido pela comarca itabunense da Justiça.

maria f“Quinho” será transferido para Itabuna. Ele foi reconhecido por testemunhas. De acordo com o delegado André Aragão, o criminoso poderá pegar entre 20 a 30 anos de prisão pelos crimes.

Imagens de circuito de segurança flagram um homem armado observando carros e, na sequência, atacando a técnica de enfermagem. Ela é empurrada da moto ao tentar se desvencilhar do assaltante, que estava com arma em punho. Com a queda de Maria Ferreira, o assaltante rouba a bolsa da vítima e foge correndo. De acordo com testemunhas e a polícia, o autor do crime foi Jefferson. (do Pimenta na Muqueca)

Lula desafia os algozes e escreve o próprio script

Lula aceita prisão e diz “milhões de brasileiros andarão por mim”

lula(Brasil 247) – Em seu último discurso antes de ser preso num processo de exceção, que atendeu a interesses internacionais e redundou numa ordem de prisão ilegal, expedida por Sergio Moro antes até do trânsito em julgado na segunda instância, o ex-presidente Luiz Inácio Lula fez um discurso histórico, em São Bernardo do Campo (SP). “Eu não os perdoo por ter sido tratado como ladrão”, disse Lula. “Eu não estou acima da justiça. Mas eu acredito numa justiça justa, numa justiça justa que leva em consideração as provas do processo. O que eu não posso admitir é um procurador que fez um power-point e que foi para a televisão para dizer que o PT é uma organização criminosa. Eu quero que ele guarde a convicção dele para os comparsas deles, e não para mim”, afirmou Lula, numa referência a Deltan Dallagnol. Lula também protestou contra as campanhas de mídia de que foi vítima. “O que eles não se dão conta é de que, quanto mais me atacam, mais cresce a minha relação com o povo brasileiro”, disse o ex-presidente com a voz rouca. “Os poderosos podem matar uma, duas ou três rosas, mas jamais podem deter a chegada da primavera”, disse Lula.

O ex-presidente também se referiu a Sergio Moro. “Eu gostaria de fazer um debate com ele e eu o desafio a mostrar alguma prova”, afirmou. “Eu sou um construtor de sonhos. Sonhei que era possível um metalúrgico, sem diploma, cuidar mais da educação do que os diplomados e concursados cuidaram da educação. Sonhei que era possível pegar os estudantes da periferia e colocá-los nas melhores universidades do País. Daqui a pouco vamos ter juízes e procuradores nascidos na favela, nascidos na periferia. Esse crime eu cometi. Esse crime eles não querem que eu cometa mais. Se esse crime que eu cometi, eu vou continuar sendo criminoso”, afirmou Lula.

Read the rest of this entry »

Líder de sequestros no Baixo Sul, ´9 de Paus´ é localizado pela polícia

1 (8)Líder de uma quadrilha responsável por sequestros na região do Baixo Sul da Bahia, principalmente em Valença e cidades do entorno, Manoel Rafael Bispo de Jesus, o ‘Jorge Bocão’, foi localizado por equipes da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Valença), na madrugada desta terça-feira (3). O criminoso, que ocupava a carta 9 de Paus do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública, estava escondido na zona rural da cidade de Camamu.

 

 
Considerado um dos mais procurados da região, Jorge Bocão foi encontrado após denúncia anônima. Policiais civis do Serviço de Investigação (SI) da 5ª Coorpin foram até o imóvel indicado e o criminoso reagiu atirando. No confronto ele foi atingido, mas não resistiu aos ferimentos. Espingardas, pistola e munições foram apreendidas no local.  Equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) monitoravam a movimentação de Jorge Bocão, que conseguiu fugir às investidas recentes dos investigadores. Ele comandou o sequestro de uma cabeleireira, no bairro do Costa Azul, em Salvador, no ano de 2015. Jorge Bocão tinha participação também no tráfico de drogas, homicídios e roubos a banco.

 

“Grande trabalho do Departamento de Polícia do Interior e do Draco. Tiramos de circulação o criminoso mais perigoso do Baixo Sul da Bahia e a determinação é para desmontar todo o restante da quadrilha”, declarou o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito Filho. Diligências continuam sendo realizadas na zona rural de Camamu à procura de outros integrantes do bando. Informações sobre comparsas de Jorge Bocão podem ser repassadas através do 181 (Disque Denúncia do interior).

 

Três criminosos que explodiram transportadora de valores em Eunápolis são mortos em confronto com a polícia

armasCinco criminosos envolvidos na explosão de uma empresa transportadora de valores,  a Prosegur, em  Eunápolis, no Sul da Bahia, foram localizados, na manhã deste domingo (11), na cidade de Porto Seguro. Com a quadrilha a polícia apreendeu um fuzil, uma metralhadora, explosivos, um revólver e munições.

O quinteto estava escondido, nas localidades Mercado do Povo e Vila Parracho. Guarnições do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica, do Grupamento Aéreo (Graer) e do 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM/Porto Seguro) chegaram no grupo após denúncia anônima.

Nos locais os criminosos foram cercados e resistiram à prisão atirando. Três foram atingidos, socorridos, mas não resistiram aos ferimentos. Outros dois conseguiram fugir por um matagal e seguem sendo procurados.

“Todas as equipes ostensivas e investigativas se comprometeram em dar a resposta para aquela ação criminosa. Vamos trabalhar para chegarmos nos outros envolvidos, desarticulando toda a quadrilha”, destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Itabuna: policiais civis prendem autor de feminicídio horas após o crime

Após negar, xxxx confessou o crime. (foto Verdinho Itabuna)

Após negar, Anailton confessou o crime. (foto Verdinho Itabuna)

O agressor Anailton Marques Silva, de 33 anos, foi preso horas após assassinar a sua companheira, Sandra Silva dos Santos, 43, no bairro Maria Pinheiro, em Itabuna. O crime foi informado a Polícia Civil na noite do domingo (4), mas as agressões à vítima começaram no dia anterior.

A equipe do Serviço de Investigação de Local de Crime (Silc), da Delegacia de Homicídios (DH), daquela cidade, esteve na casa da vítima, onde o assassinato ocorreu. No local, encontraram Sandra com várias lesões provenientes de socos, pontapés e causadas por um pedaço de madeira com pregos na ponta.

Os investigadores descobriram que Anailton havia sido o autor das agressões e o encontraram na casa de sua mãe, na mesma rua onde o crime ocorreu. Autuado por feminicídio, ele foi conduzido para a unidade policial, onde confessou o crime.

“As agressões começaram na noite anterior, após ele suspeitar que Sandra o estava traindo. O assassino relata que a vítima estava caída na cama, desmaiada, quando ele deixou o local”, explicou a delegada Magda Sueli Figueiredo, titular da DH/Itabuna.

Anailton havia saído recentemente do presídio, onde estava custodiado por agredir Sandra, mas eles voltaram a viver juntos, após ele ser liberado pela Justiça. A vítima já havia denunciado o companheiro diversas vezes na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Itabuna), o que resultou em cinco processos criminais e na prisão anterior.

Sequestradores de ex-prefeito são apresentados

DracoGeraldoBradockAndréCarlos19022018Os sequestradores do ex-prefeito de Valença, Ramiro José Campelo de Queiroz, foram apresentados à imprensa, nesta segunda-feira (19), depois de confessarem o crime ao delegado Cleandro Pimenta, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).  A quadrilha, que havia fugido para São Paulo, foi presa, na quarta-feira (14), e trazida para Salvador no sábado (17).

Márcio Reis dos Santos, o “Bradock”, Geraldo Alves de Carvalho Neto, Carlos Eduardo Rabello e André Luís Maciel Santos, estavam fazendo a divisão do dinheiro recebido da família da vítima, quando foram presos por policiais do Draco, em uma churrascaria na Rodovia Presidente Dutra, na cidade de Caçapava-SP. Dois veículos, modelo Honda Fit e HB20 foram apreendidos com os criminosos.

Quase meio milhão de dólares, em espécie, foi recuperado pelos policiais e será devolvido à família. “Apesar de não termos sido acionados oficialmente, tomamos conhecimento do sequestro e passamos a investigar a quadrilha. Apuramos, inclusive, que todos possuem passagem por roubo a banco”, detalhou Pimenta.

Ainda durante a coletiva, o delegado ressaltou que Bradock havia sido preso por receptação, em outubro de 2017, por equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos e Veículos (DRFRV).  André passará por exame de identificação criminal, no Departamento de Polícia Técnica (DPT), pois ele já foi preso com 18 diferentes identidades e é preciso confirmar o nome dado por ele desta vez.

O sequestro ocorreu no dia 18 de janeiro, quando três homens invadiram a casa da vítima, por volta das 6h, e renderam o ex-prefeito, sua esposa e caseiro. Ramiro passou 25 dias entre dois cativeiros, localizados na zona rural de Valença e em Dias D’Ávila, quando, em 12 de fevereiro, foi liberado em Simões Filho, onde pegou um táxi até a sua casa. O resgate foi pago na cidade de Taubaté.

De acordo com as investigações do Draco, André chegou a morar por dois meses em Valença, para observar os hábitos da vítima e a movimentação da cidade. A participação de mais pessoas neste crime está sendo investigada pelo Draco.

Polícia recupera 451 mil dólares de extorsão contra família de empresário sequestrado

doletasQuatrocentos e cinquenta e um mil e seiscentos dólares foram recuperados pela operação da Polícia Civil da Bahia, realizada em Caçapava, São Paulo, na quarta-feira de cinzas. O valor, que ultrapassa a casa do R$ 1 milhão de reais, é fruto da extorsão mediante sequestro, pago pela família do empresário e ex-prefeito de Valença, Ramiro José Campêlo Queiroz, para a libertação da vítima.
O montante foi apreendido em uma churrascaria no KM 19 da Rodovia Presidente Dutra, com quatro envolvidos no crime, ocorrido no mês de janeiro. A operação também contou com informações da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública.

Os baianos Márcio Reis dos Santos, conhecido como Bradock, e Geraldo Alves de Carvalho Neto, o pernambucano Carlos Eduardo Rabello e o mineiro André Luís Maciel Santos já estão presos na Delegacia Antissequestro da PC de São Paulo, que também apoiou a operação.
Responsável pelas investigações, o delegado Cleandro Pimenta do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil baiana ressaltou a colaboração do Poder Judiciário e do Ministério Público para o sucesso da operação policial.
” Foi um trabalho conjunto que graças aos esforços de todos os setores chegamos aos autores do crime”, reconheceu o delegado, que permanece em São Paulo dando seguimento às buscas por mais integrantes da quadrilha.

Policia baiana prende em SP sequestradores de ex-prefeito de Valença

aaaaa

A Polícia Civil da Bahia prendeu, nesta quarta-feira (14), em uma churrascaria no KM 19 da Rodovia Presidente Dutra, em Caçapava, São Paulo, quatro pessoas acusadas de participar do sequestro do ex-prefeito de Valença e empresário Ramiro José Campêlo de Queiroz, ocorrido no mês de janeiro. A operação também contou com informações da Superintendência de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública.

 

 

Com os baianos Márcio Reis dos Santos, conhecido como Bradock, e  Geraldo Alves de Carvalho Neto, o pernambucano Carlos Eduardo Rabello e o mineiro André Luis Maciel Santos foram encontradas quantias  provenientes do pagamento realizado pela família para a libertação da vítima. O valor será divulgado em breve, após conferido.

 

 

Comandada pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil baiana, a operação também contou com o apoio da Delegacia Antissequestro da PC de São Paulo, para onde o grupo foi encaminhado.

 

 

De acordo com o delegado do Draco responsável pelas investigações, Cleandro Pimenta, embora a família não tenha aceitado a participação da polícia na negociação com a quadrilha, a Polícia Civil seguiu com as demais providências de polícia judiciária, chegando à identificação e prisão do grupo.

 

 

Márcio e Geraldo tiveram mandado de prisão cumprido. Já Carlos e André foram encaminhados para a adoção das demais medidas.

Lula e o teste da temperatura

Pesquisa Datafolha não se limita aos números, mas ao que eles buscam para justificar eventual prisão de Lula.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
abril 2018
D S T Q Q S S
« mar    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930