hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Posts Tagged ‘Porto Sul’

BAMIN apoia famílias desabrigadas após as fortes chuvas em Ilhéus; serão R$ 100 mil em produtos

 

DoacoesBAMIN_01

Cem famílias desabrigadas após as fortes chuvas que atingiram Ilhéus na última semana receberão apoio da BAMIN. Foram doados pela empresa 300 colchões, todos acompanhados por travesseiros e cobertores, além de 100 fraldas geriátricas e infantis  e 500 kits de higiene pessoal. A ação representa um suporte de R$ 100 mil às iniciativas de assistência social no município.

DoacoesBAMIN_02Os materiais foram entregues à Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza. Na terça-feira, 14.12, a entrega envolveu todos os itens, com exceção dos colchões, que foram adquiridos em outras cidades e devem chegar até a próxima quinta-feira, 16.12. Antes de organizar essa ajuda às famílias em situação de vulnerabilidade social, a BAMIN entrou em contato com a Prefeitura Municipal de Ilhéus para garantir a aquisição de produtos prioritários nesse momento.

“A BAMIN se solidariza com as famílias impactadas. Esse é o momento de unirmos esforços. Foram muitos prejuízos causados em diversos municípios da Bahia e, agora, precisamos buscar meios de tornar mais forte esse elo de ajuda ao próximo”, comenta o CEO da BAMIN, Eduardo Ledsham.

Com investimentos que superam R$ 450 milhões, obras potencializam desenvolvimento da região Sul da Bahia

 

Ponte Ilhéus-Pontal Fotos Mateus Pereira_GOVBA (3)

Obras em diversos segmentos estão transformando e fortalecendo a região sul, conhecida como um importante pólo econômico da Bahia. Com investimentos que ultrapassam os R$ 450 milhões em áreas como saúde, infraestrutura, saneamento e educação, o Governo do Estado segue valorizando e ampliando o potencial da região com intervenções que oferecem à população mais eficiência no atendimento médico, melhor mobilidade, acesso à água de qualidade, entre outros benefícios.

Hospital Regional do Cacau - Foto Camila Souza_GOVBA (1)Uma das obras de grande porte realizadas na região foi a construção do Hospital Regional da Costa do Cacau, maior obra de saúde pública do sul baiano nos últimos 35 anos, que teve um investimento de R$ 87,7 milhões. Localizada em Ilhéus, a unidade beneficia 70 municípios, com a oferta de 225 leitos. Outro grande equipamento de Saúde entregue para a população do sul da Bahia foi a Policlínica Regional em Itabuna, que atende moradores de 29 cidades e contou com recursos da ordem de R$ 25 milhões para implantação.

Ainda na área da saúde, a região receberá ainda este ano o Hospital Materno-Infantil de Ilhéus, com 105 leitos. Com investimento superior a R$ 40 milhões, a unidade contará com UTI neonatal e pediátrica, além de ser referência para toda a região sul em cirurgia pediátrica e parto de alto risco.

Barragem do Rio Colônia - Fotos Paula Fróes_GOVBA (2)Infraestrutura

Um importante vetor de desenvolvimento e que já figura como novo cartão postal da cidade, a Ponte Ilhéus-Pontal foi entregue no ano passado pelo Governo do Estado com um investimento de R$ 100 milhões. Bastante esperada por moradores e turistas, a primeira ponte estaiada da Bahia possui 533 metros de extensão, 5 metros de largura e abrange um sistema viário com 2,7 quilômetros e acessos ao Centro e ao Litoral Sul. Construída sobre o Rio Cachoeira, a ponte fomenta o turismo na região e facilita a mobilidade de cerca de 511 mil pessoas que moram nas cidades de Ilhéus, Itabuna, Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Ilhéus, Anselmo Clemente, garante que o impacto da ponte “foi totalmente positivo, porque havia uma única ponte que travava o trânsito pela manhã e no final da tarde, com prejuízos para o comércio. Hoje, as pessoas se deslocam com mais rapidez. A nova ponte era o que faltava para a cidade deslanchar como pólo comercial, industrial, turístico e prestador de serviços. É um divisor de águas na história da cidade”.

O equipamento ainda viabiliza que a produção da região possa ser escoada para diferentes modais, a exemplo do Porto de Malhada e o futuro Porto Sul. Segundo o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, “a construção da Ponte Ilhéus-Pontal, aliada a outras ações como o acesso à Jaguaripe, na BA-883; acesso às praias de Itacaré; a duplicação da BA-001, em Ilhéus, do entroncamento da BR-251 até o Hotel Opaba e a restauração do acesso a Itabuna, na BR-101, estão contribuindo para o desenvolvimento desses municípios, ampliando também as possibilidades de negócios e logística de produtos e serviços”.

Também foram realizadas intervenções como a requalificação do semi-anel rodoviário de Itabuna, que contou com investimento de R$ 8,5 milhões. Outros exemplos de obras de infraestrutura rodoviária realizadas na região são as recuperações da BA-130/650, no trecho Ipiaú – Itagibá – Dário Meira; e da BA-678, no trecho entre Mascote e o entroncamento com a BA-270.

Porto Sul

ponte porto sul bamin

No início deste mês de setembro, foi inaugurada a ponte sobre o Rio Almada, em Ilhéus, com capacidade de até 220 mil toneladas. Esta foi a primeira obra concluída entre as que antecedem a construção do Porto Sul. A ponte se junta a outras obras em andamento – 13 quilômetros de vias, rotatórias, desvios e trabalhos de sinalização, além de ações socioambientais. O complexo portuário está com 40% das intervenções que precedem o porto concluído.

Proprietário de uma loja de materiais para construção na Vila Juerana, Wellington Araújo é um exemplo de otimismo com a obra. Após o início das intervenções, ele começou a ampliar e modernizar a empresa e já contratou 15 novos funcionários. “Tem muita gente chegando de olho nas novas oportunidades, casas sendo alugadas, restaurantes abertos, enfim, há um clima de otimismo, porque não vamos depender somente do movimento do verão e dos feriados”, afirmou.

Em parceria com o Governo do Estado, o Porto Sul, que tem obras realizadas pela Bamin, vai receber investimentos da ordem de R$ 2,5 bilhões e poderá atracar navios de até 220 mil toneladas. Juntos, os projetos da Mina Pedra de Ferro e do Porto Sul vão gerar cerca de 55 mil empregos diretos e indiretos.

Saneamento básico

Mais intervenções para o melhoramento da saúde da população da região sul foram realizadas através de obras direcionadas ao saneamento básico, como a ampliação na Estação de Tratamento de Água (ETA)do Pontal e a entrega da primeira etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário Ilhéus/Pontal, obras que juntas totalizaram mais de R$ 59 milhões em recursos investidos para garantir melhor qualidade de vida à população.

A construção da Barragem do Rio Colônia, no município de Itapé, é mais uma obra de infraestrutura hídrica que visa também a saúde das pessoas. Com um investimento de R$ 110 milhões, a barragem garante o abastecimento de água para cerca de 300 mil moradores da região, além de reduzir o risco de enchentes.

Educação, Cultura e Esporte

Centro de Canoagem Fotos Carol Garcia_GOVBA (1)Os investimentos do Governo do Estado na região seguem acontecendo e outras obras estão em andamento. Na área da Educação, em Ilhéus, será construído um prédio escolar com 25 salas, para sediar o Colégio Estadual Rotary Renato Leite da Silva e o Colégio Estadual Paulo Américo. Mais 25 salas para abrigar o Colégio Estadual Félix Mendonça, além da modernização do Centro Estadual de Educação Profissional do Chocolate Nelson Schaun e do Colégio Estadual do Ceará. Segundo o secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues, “as obras fazem parte do conjunto de ações voltadas à requalificação da rede física das escolas estaduais”, a exemplo do que acontece em grande parte do estado.

A região sul também abriga um dos mais modernos equipamentos culturais do estado. O Teatro Candinha Dórea, em Itabuna, tem capacidade para receber diversos tipos de espetáculos além de figurar como um dos principais cartões postais da cidade. As obras foram realizadas graças a um convênio firmado pelo Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), com a prefeitura para repasse dos recursos da ordem de R$ 30 milhões.

Na área esportiva, com atletas que se destacam internacionalmente na canoagem , a região recebeu também centros de treinamento especializados nessa modalidade nas cidades de Itacaré e Ubaitaba. A estrutura dos centros, consideradas de excelência, contempla garagem dos barcos, sala de musculação, refeitório, copa, despensa, área de serviço, sala da administração, sala de professores, sala de aula e deck flutuante. Uma terceira unidade semelhante às já entregues será inaugurada em Ubatã ainda em 2021.

Bamin assume a FIOL e constrói novo corredor de logística para o Brasil

Fiol (1)

Após a assinatura do contrato de concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste – FIOL com o Governo Federal, a BAMIN vai retomar a construção, até então administrada pela Valec. A ferrovia é fundamental para a consolidação de um novo corredor logístico de exportação para a Bahia e o Brasil e promoverá um novo ciclo de crescimento regional da mineração e do agronegócio.

fiolA FIOL foi arrematada em leilão do Ministério da Infraestrutura, em abril, na B3, em São Paulo. Para concluir a construção da ferrovia, o investimento do BAMIN será de R$ 3,3 bilhões, sendo R$ 1,6 bilhão em obras civis e R$ 1,7 bilhão em material rodante, como vagões e locomotivas. A subconcessão tem a duração de 35 anos, sendo cinco para construção e 30 anos para exploração.

Quando concluída, a FIOL terá capacidade para movimentar 60 milhões de toneladas por ano, com o BAMIN utilizando apenas um terço desse potencial. Dois terços dessa capacidade estarão disponíveis para outras mineradoras, agronegócio, e todos os demais setores que precisarem escoar seus produtos e receber insumos, máquinas e implementos agrícolas.

Para a BAMIN, a importância da FIOL é dupla, pois faz parte de um projeto de logística integrada que liga a Mina Pedra de Ferro, em Caetité, ao Porto Sul, que está sendo construído em Ilhéus. A mineradora começou a produzir minério de ferro neste ano e deve movimentar 1 milhão de toneladas. Quando o Porto Sul e a FIOL forem concluídos, até 2026, a BAMIN será capaz de produzir 18 milhões de toneladas por ano.

Read the rest of this entry »

Governo do Estado inaugura a ponte sobre o Rio Almada, importante obra para o Porto Sul

ponte porto sul bamin

As obras iniciais que antecedem a construção do Porto Sul, em Ilhéus, estão 40% concluídas. Um avanço é a entrega da ponte sobre o Rio Almada, que após 11 meses de trabalho, será inaugurada na próxima quarta-feira, dia 1º de setembro. A ponte se junta a outras construções como rotatórias, desvios e trabalhos de sinalização, além de ações socioambientais, que estão sendo executadas antes da implantação do Porto Sul.

O governador  da Bahia, Rui Costa, vai inaugurar a ponte sobre o Rio Almada ao lado de representantes da BAMIN, empresa que está à frente do complexo de desenvolvimento que envolve a Mina Pedra de Ferro, o Porto Sul e o trecho 01 da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), entre os municípios de Ilhéus e Caetité.

A ponte sobre o Rio Almada conecta a rodovia BA-001 à futura área industrial do Porto Sul. Sua construção foi executada com tecnologia cantitraveller, que permite o cravamento de estacas em áreas de rios com redução de impacto ambiental. Ela é formada por nove vãos com 26 metros e 234 metros de comprimento em pavimento rígido e seguro à circulação de veículos de grande porte.

Read the rest of this entry »

Rui participa de inauguração da primeira etapa das obras do Porto Sul

rui c

Nesta quarta-feira (dia 01/09), o governador Rui Costa estará em Ilhéus onde participará, às 10h, da entrega ponte sobre o Rio Almada, primeira etapa das obras do Porto Sul. O trabalho contou com recursos da ordem de R$250 milhões. O Porto Sul é um empreendimento realizado pelo Governo do Estado e a Bahia Mineração (Bamin) e é resultado de investimentos de R$ 2,5 bilhões.

O novo terminal portuário permitirá a ampliação do corredor logístico na Bahia viabilizando também a atração de novos negócios para a região.

Sul Bahia, corredores de oportunidades!

fiol 2

Luciano Robson Rodrigues Veiga

 

luciano veiga (2)A Região Sul da Bahia vem se consolidando como uma região com fortes corredores de oportunidades. O seu CAVALETE MODAL, composto por: Porto, Aeroporto, Rodovias e Ferrovia (em formação), permitirá o desenvolvimento de novos empreendimentos, em especial nos segmentos industriais e logísticos, que poderão obedecer uma nova ordem de distribuição e escala, com a participação de diversos municípios criando unidades de industrialização e logísticas através de um dos seus pés modais, a exemplo da Rodovia BR 101, o Território Litoral Sul tem ao longo desta Rodovia 15 municípios dos seus 26 que o compõem.

É possível criar Polos Industriais e Logísticos às margens da Rodovia BR 101 em cada um dos 15 municípios, abraçando modais diversos, em forma de clusters com concentração de empresas que se comunicam por possuírem características semelhantes, modalidades consorciadas, integradas e complementares. Se juntarão aos equipamentos modais existentes, aeroportos de Ilhéus, Una (Comandatuba) e Canavieiras, porto, ferrovia Leste-Oeste em construção.

Somar estes elementos modais ao nosso principal ativo, o meio ambiente diverso, Mata Atlântica, costa litorânea e outros. A junção entre o mar e a mata, do azul do mar ao verde das matas, nos leva a pensar e planejar um novo amanhã, onde os princípios da sustentabilidade, nos garantirá o presente e o futuro, com base em um desenvolvimento estratégico, que exigirá uma aliança entre público e privado.

Read the rest of this entry »

Debate virtual com vice-governador João Leão e presidente da Bamin analisa implementação do Porto Sul

 

crea card

Será realizado na próxima quarta-feira (18), um debate virtual sobre a implantação do Porto Sul e da Ferrovia Oeste-Leste (Fiol). O evento, promovido pelo CREA-BA, tratará dos impactos econômicos e sociais do maior projeto estruturante do sul da Bahia e um dos maiores do estado e do país.

Além do vice-governador João Leão e do presidente da Bamin, Eduardo Ledsham, o encontro terá participação de representantes do governo federal, deputados, lideranças municipalistas e técnicos (veja card). Será possível acompanhar as discussões pelo YouTube, através do canal youtube.com/creaba1.

 

Bamin vislumbra um novo ciclo de desenvolvimento para a Bahia

 

bamin fiol

A BAMIN comemora o grande passo dado com a conquista da FIOL para a consolidação da logística de seus projetos e operações. Os empreendimentos vêm dando à Bahia um novo ciclo de crescimento e desenvolvimento. No Brasil há mais de 15 anos, o grupo investe continuamente em seus negócios, que incluem a Mina Pedra de Ferro, na região de Caetité, e o Porto Sul, em Ilhéus.

 

created by dji camera

Com a FIOL, os dois empreendimentos vão prover o fornecimento com baixo custo de um minério de ferro de alta qualidade, excepcional no mercado mundial. Por demandar menor custo de produção, com redução do consumo de energia e emissão de poluentes, também contribui para melhorar a performance da indústria.

 

Os projetos da BAMIN na mina e no porto irão gerar mais de 10 mil empregos diretos e 60 mil indiretos na fase de implantação e 1.500 empregos diretos e 9 mil indiretos quando entrarem em operação.

 

Com a FIOL, a BAMIN vai alavancar o potencial mineral do estado, em fase inicial. O corredor logístico cria oportunidades, induz o crescimento e favorece, além de mineradoras, toda a cadeia de fornecedores essenciais de insumos e suporte.

Read the rest of this entry »

”Vitória dos baianos e ilheenses para o novo ciclo de desenvolvimento”, diz prefeito sobre Fiol

fiol 2

Com o arremate de R$ 32,730 milhões pela Bahia Mineração (Bamin), no leilão que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizou nesta quinta-feira, 8, para a subconcessão do trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), os gestores municipais de Ilhéus, o prefeito Mário Alexandre, e o vice-prefeito Bebeto Galvão, afirmaram que esse feito é histórico para a Bahia e o Sul do estado, uma vitória dos baianos e ilheenses, rumo aos trilhos do novo ciclo de desenvolvimento. O leilão aconteceu na sede da Bolsa de Valores, a B3, em São Paulo, e correspondeu à concessão do trecho EF-334/BA, com R$ 3,3 bilhões de obrigação de investimento na Fiol. São 537 quilômetros de trilhos entre as cidades de Caetité e Ilhéus, na Bahia, que se integrarão ao Porto Sul.

marão fiol

“Nosso sentimento é de vitória, para todos os baianos e ilheenses. Foi dada a largada para que seja ampliado o ciclo de desenvolvimento econômico e social da Bahia e de Ilhéus”, comemorou o prefeito Mário Alexandre, ao lado do vice-prefeito, Bebeto Galvão. O governo municipal enfatizou o protagonismo do governador Rui Costa, que contribuiu decisivamente para a realização do leilão e da obra da FIOL.

Cerca de milhões de toneladas de minério serão movimentadas pelo bimodal em operação, o correspondente a R$ 500 milhões por ano.

Read the rest of this entry »

Bamin inicia produção de minério de ferro e prevê R$ 4 bi para ampliar capacidade

O complexo portuário do Porto Sul receberá aporte de mais R$ 4,6 bilhões da Bamin e será operado pela companhia (David Gray/Forbes)

O complexo portuário do Porto Sul receberá aporte de mais R$ 4,6 bilhões da Bamin e será operado pela companhia (David Gray/Forbes)

(da Forbes)-A brasileira Bamin prevê investir R$ 4 bilhões em cinco anos para ampliar a capacidade de produção de sua mina Pedra de Ferro, que iniciou operação comercial em janeiro e promete transformar a Bahia no terceiro maior Estado produtor de minério de ferro do Brasil, disse o CEO à Reuters.

porto sul Atualmente, a mina tem capacidade para produzir 2 milhões de toneladas por ano e deve extrair metade disso em 2021. Com o aporte planejado, que será empenhado principalmente na estrutura de mina, planta de beneficiamento e barragem, o plano é atingir 18 milhões de toneladas de capacidade em cinco anos, tempo também necessário para a construção da infraestrutura para escoamento do volume maior.

O projeto completo da Bamin – empresa controlada pelo Eurasian Resources Group, do Cazaquistão – contará com a conclusão do Porto Sul, em Ilhéus (BA), e da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), cujo trecho que transportará o produto da Bamin será leiloado em 8 de abril.

O complexo portuário do Porto Sul receberá aporte de mais R$ 4,6 bilhões da Bamin e será operado pela companhia, em parceria com o Estado da Bahia.

“Esse projeto tem um potencial de geração de empregos muito importante e deverá tornar a Bahia no terceiro maior Estado produtor de minério de ferro”, disse Eduardo Ledsham, CEO da Bamin, em uma entrevista por videoconferência.

Read the rest of this entry »

Obras do Porto Sul impulsionam economia no Sul da Bahia

psul 1

O início da implantação do Porto Sul com a instalação do canteiro de obras e a construção da ponte sobre o Rio Almada, que dará acesso à retro área de armazenagem de minérios, está impulsionando o surgimento de novos negócios em localidades próximas ao empreendimento, no Litoral Norte de Ilhéus. São lojas de materiais de construção, mercados, padarias, restaurantes e outras, que estão sendo abertos e ampliados, além do aquecimento do setor imobiliário.

 

Wellington Araújo

Wellington Araújo

Proprietário de uma loja de materiais para construção na Vila Juerana, Wellington Araújo é um exemplo desse otimismo. Após o início das obras, ele começou a ampliar e modernizar a empresa e já contratou 15 novos funcionários. “Tem muita gente chegando de olho nas novas oportunidades, casas sendo alugadas, restaurantes abertos, enfim, há um clima de otimismo, porque não vamos depender somente do movimento do verão e dos feriados. Estou muito otimista e sei que o Porto Sul vai impactar”, afirma.

 

Também proprietária de uma loja de materiais de construção, Nilza Barbosa destaca que “já sentimos uma melhora no movimento, com muita gente construindo ou reformando residências, tanto que planejo ampliar a empresa este ano”.

 

Já Diego Souza Santos, que teve que encerrar as atividades de uma escola infantil no bairro Malhado por conta da pandemia da Covid 19, enxergou uma nova oportunidade e abriu um mercadinho às margens da Rodovia Ilhéus-Itacaré. Segundo ele, o Porto Sul “para o comércio é excelente, porque haverá aumento do consumo com a renda gerada pelos empregos na obra. As pessoas aqui estão bastante otimistas”.

 

Carine

Carine Lima

Carine Lima abriu com a irmã uma padaria na Vila Juerana e diz que “o movimento está crescendo bastante e, com o avanço das obras, já pensamos em ampliar o negócio e contratar mais funcionários. As pessoas estão dispostas a investir porque o porto está se tornando realidade”.

 

Clientes o ano inteiro

 

Proprietário de um restaurante/pizzaria na Vila Juerana, Adilson José dos Santos, conhecido como Le Chef, afirma que, “com as obras e a implantação do Porto Sul, a tendência é aumentar o movimento, porque haverá maior circulação de pessoas”, deixando de depender da sazonalidade do negócio e garantindo clientes durante todo o ano.

 

Luzimar Souza

Luzimar Souza

Luzimar Souza, que trabalha com aluguel de imóveis, já observa uma mudança de tendência. “Antes a gente alugava imóveis por temporada, em períodos curtos. Após o início das obras, já existe procura por aluguel fixo, por um ano, além do preço dos terrenos e casas, que estão valorizando muito. Após a visita do governador Rui Costa e o início das obras, a demanda cresceu muito. O Porto Sul vai dar um impulso muito grande à economia regional”.

 

Porto Sul

 

O Porto Sul é um investimento realizado pelo Governo do Estado e pela BAMIN, com recursos de R$ 2,5 bilhões. A obra irá gerar 400 empregos diretos quando alcançar o pico e outros 1,2 mil postos de trabalho indiretos.

 

As obras iniciais, que representam o sistema viário interno com ligação a Ferrovia Oeste-Leste (Fiol), devem ser concluídas em abril de 2022. Nesta etapa da obra serão construídas vias, instalação de sinalização, pontes, implantação de redes elétrica e de água, entre outras ações. Concluída essa fase, será iniciada a construção e desenvolvimento da estrutura do empreendimento.

 

O empreendimento, que já possui todas as licenças ambientais necessárias para a evolução da obra, será fundamental para o escoamento da produção de minérios e de grãos, criando um sistema intermodal que incluirá um Polo de Logística.

 

“O conjunto logístico da Fiol com o Porto Sul é um dos mais importantes investimentos em infraestrutura de integração econômica feita na Bahia nas últimas décadas. Além de movimentar a região, vai facilitar a chegada de insumos e possibilitar o escoamento da produção baiana em condições melhores e mais rápidas”, explica José Carlos Valle, coordenador dos projetos na Casa Civil do Estado.

 

Governo assina escrituras de terrenos para obras viárias de acesso ao Porto Sul

porto sulO Governo da Bahia assinou escrituras públicas de três áreas para a construção de acessos viários ao Porto Sul. Desapropriados em acordos consensuais, os terrenos foram legalizados junto ao tabelionato por intermédio de assinatura eletrônica com dispositivo Token. Pela primeira vez, a tecnologia foi utilizada para a lavratura de uma escritura pública no Estado. A ferramenta foi usada como forma de prevenção à Covid-19 e para dar celeridade ao processo.

Três escrituras foram assinadas digitalmente pelo secretário da Administração, Edelvino Góes, durante uma videoconferência com o tabelionato de imóveis da região. Toda transmissão é gravada e a assinatura eletrônica possui um certificado digital que confere autenticidade e inviolabilidade do documento. As áreas legalizadas neste ato terão efetivados os pagamentos das indenizações ajustadas, dentro do prazo de 30 dias.

Situados no município de Ilhéus, os terrenos serão usados para obras viárias de acesso ao Porto Sul. Esta fase faz parte da etapa inicial de construção de infraestrutura para o Porto Sul, com previsão de 22 meses e custo de R$ 188 milhões, conforme explicou o coordenador de acompanhamento de políticas de infraestrutura da Casa Civil, José Carlos Valle. Nesta etapa, a obra vai gerar 278 postos de trabalho e, em fases mais avançadas, alcançará um total de 400 empregos diretos, acrescentou Valle.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
janeiro 2022
D S T Q Q S S
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031