camara itabuna
livros do thame

Posts Tagged ‘Piso Nacional do Magistério’

MEC: piso salarial dos professores é de R$ 1.697,00

O Ministério da Educação divulgou o novo piso salarial do magistério. Com aumento de 8,32%, o salário inicial da carreira será R$ 1.697,00, ante os R$ 1.567,00 em vigor, para jornada de 40 horas semanais e vale para todo o País. O governo informa que o valor é definido pelo valor investido por aluno entre dezembro de 2012 e igual período de 2013 (R$ 1.867,15 ante R$ 2.022,51 no mês passado).

O valor foi criticado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), que esperava reajuste de, no mínimo, 15%, conforme dados já consolidados, até novembro passado, do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb).

Na mão contrária, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) informa que, hoje, mais de mil municípios comprometem em mais de 100% o Fundeb para pagamento dos professores. Em nota na semana passada, a entidade informou que o reajuste “liquida a educação básica”. O reajuste significa acréscimo de R$ 4,151 bilhões na folha de pagamento, segundo cálculos da CNM.

 

Itagibá: prefeito anuncia pagamento do piso nacional aos professores

O prefeito de Itagibá, Marcos Barreto (Marquinhos) assegurou ontem o pagamento do piso nacional de salários para todos os professores da rede municipal de ensino, e a parceria com o governo do estado para a construção de um colégio modelo. O anuncio foi feito durante a abertura da jornada pedagógica que vai até a próxima sexta-feira.

Marquinhos também informou a introdução da farda inteligente, programa que será implantado inicialmente em três colégios, 14 de agosto e Raimundo Santiago na sede do município, e Antonio Imbassahy no distrito de Japumirim, e beneficiará 900 alunos da rede.

“Estamos construindo um novo momento também na educação, onde os educadores e demais profissionais da educação serão ouvidos. No nosso governo a classe vai participar”, assegurou o prefeito. Ele também ressaltou as conquistas já asseguradas na educação de Itagibá, a exemplo da contratação de dois ônibus universitários para Jequié e Itabuna.

“Breve Itagibá receberá prêmios nacionais e internacionais com os avanços na educação. Quero parabenizar a secretária de Educação Elinea e o prefeito Marquinhos. Já estão mostrando a que veio. Itagibá vai ter uma educação vitoriosa”, afirmou o vice-prefeito e secretário de Planejamento de Itabuna o também professor Wenceslau Júnior presente na abertura da jornada.

A Jornada

A jornada pedagógica de Itagibá desenvolvida pela editora Positivo, reuniu cerca de 200 professores na quadra do colégio Erivan Ribeiro. Nela foram homenageados professores que se destacaram na educação de Itagibá. Um deles foi o professor José Fernandes, considerado referência para os profissionais da educação.

AL aprova e Wagner deve sancionar reajuste de professores

A Assembleia Legislativa da Bahia enviou para sanção do governador Jaques Wagner o projeto de lei que assegura o cumprimento do piso nacional para os professores do Estado e o que reestrutura a tabela de vencimento da categoria. As duas matérias foram aprovadas pelos deputados.

O PL nº 19.779/2012 assegura o cumprimento do Piso Nacional da Educação para os 5.210 professores da rede estadual com formação em nível médio, integrantes de uma carreira em extinção. O salário desta classe do magistério será de R$ 1.659,70 (40 horas semanais), superior ao piso nacional.

O projeto garante também aos profissionais com nível médio a possibilidade de ascensão ao Plano de Carreira do Professor até 31 de dezembro de 2016, com a conclusão de curso de licenciatura, sem a necessidade de prestar concurso público. Atualmente, 1.728 professores estão cursando licenciatura com apoio do governo. Desses, 338 são da carreira em extinção.

Já o projeto de lei nº 19.778/2012 reestrutura a tabela de vencimento, reajustando em 4,66% o salário dos professores licenciados no primeiro grau da carreira.

Governo do Estado envia para Assembléia projeto que assegura piso dos professores

Todos os professores da rede estadual de ensino receberão o piso nacional estabelecido em lei. Atualmente, todos os professores licenciados, integrantes da carreira do magistério estadual, já recebem salário inicial acima do piso fixado. E o projeto de lei que assegura o cumprimento do piso nacional da educação aos 5.210 professores de nível médio (carreira em extinção), que ficaram com os salários abaixo do novo patamar nacional, de R$ 1.451,00, será enviado, nesta quarta-feira (11), pelo governo à Assembleia Legislativa.

As secretarias da Administração e da Educação asseguram que o cumprimento do piso nacional na Bahia é um compromisso do governo. O fato de o piso vir sendo cumprido na rede pública estadual desde 2009 é resultado da política de valorização da categoria, que vem sendo contemplada, nos últimos seis anos, com aumentos reais específicos associados aos reajustes gerais do funcionalismo.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
julho 2014
D S T Q Q S S
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031