hanna thame fisioterapia animal
prefeitura itabuna coronavirus 155 livros do thame

Posts Tagged ‘morte’

Aos 72 anos, morre professor e comunicador Odilon Pinto

odilon pinto 2

O professor e radialista Odilon Pinto faleceu agora há pouco, em Itabuna. Aos 72 anos, ele vinha lutando contra complicações da diabetes e escolheu viver recluso nos últimos tempos. Embora mantendo o gosto pela leitura e pela informação, deixou de exercitar a literatura, outro dos grandes prazeres dele.

Dono de uma criatividade reconhecida na comunicação regional, ganhou voz no rádio por décadas com o programa “De Fazenda em Fazenda” e até hoje é lembrado em toda a região. Nos bancos da faculdade, formou uma legião de profissionais, inclusive outros professores; escreveu livros; teve colunas no jornal Diário Bahia, surgido como Diário do Sul, em 1999. É sempre reconhecido como um dos grandes nomes que colaboraram com esta publicação.

Neste jornal ele escrevia sobre “Coisas da Vida”, onde colocava diversos temas em discussão através de personagens. Já em “Usos do Português”, tirava dúvida da nossa língua, defendendo inclusive a defesa da Linguística (ciência que ressalta a importância de as mensagens serem compreendidas, estando ou não nos padrões impostos pela Gramática).

O saudoso professor concedeu entrevista ao Diário Bahia em 2019, quando relatou sobre a prisão na época da Ditadura Militar, as concepções políticas que defendeu e a forma como enxergava o Brasil na atualidade (Relembre aqui).

Ainda não há informações sobre velório e enterro, mas todas as despedidas atendem aos protocolos de segurança neste período de pandemia.

Itacaré se despede de Mestre Jamaica, um símbolo da capoeira baiana

mestre jamaica 1
Faleceu ontem Itacaré, no Sul da Bahia, m Paulo Sergio Batista Dias, o Mestre Jamaica, fundador do grupo Tribo Unida em e um dos principais responsáveis pela valorização da capoeira e da cultura Africana no município, e com um grande trabalho social junta a crianças e adolescentes. Mestre Jamaica era reconhecido no Brasil e no mundo pelo seu amor e talento na capoeira, e vinha enfrentando problemas de saúde.

Em nota, o prefeito de Itacaré Antonio de Anizio destacou que “Mestre Jamaica deixa para nós um exemplo de vida, de superação e de respeito. Um homem que venceu todas as barreiras, enfrentou o preconceito e superou desafios para mostrar a importância da arte e da cultura de Itacaré e da Bahia”.

“Mestre Jamaica foi guerreiro, mestre, amigo, pai e artista, um motivo de orgulho para todos nós”, afirmou o prefeito.

Veja o documentário “Nossa Tribo”, com Mestre Jamaica produzido pela Tribo Bahia Capoeira e Plano Astral Filmes

Uesc lamenta morte do professor Henrique Simões

henrique simõesA reitoria e a comunidade acadêmica da Universidade Estadual de Santa Cruz – Uesc lamentam a morte do professor e amigo Henrique Campos Simões, ocorrido neste dia 12 de julho.

Professor Henrique Campos Simões foi professor titular da Universidade Estadual Santa Cruz. Trata-se de uma autoridade brasileira na história do Primeiro Século das terras do Brasil, o século XVI. Publicou em 1999 pela Editus – Editora da Uesc, o livro As Cartas do Brasil.

Neste livro há estudos de três dos sete únicos documentos, até agora conhecidos, da viagem da esquadra de 1500: A Carta de Pero de Caminha; A Carta de Mestre João; e a Relação do Piloto Anônimo. Para cada um desses documentos, Henrique Simões apresenta em três versões: a dos manuscritos, a paleográfica e a atualizada.

Esta pesquisa foi realizada entre 1988 e 1990, em Portugal, na Torre de Tombo. O projeto foi apresentado ao Instituto de Cultura e Língua Portuguesa – Icalp, de Lisboa, através do Gabinete Português de Leitura da Bahia, que concedeu a bolsa de estudos. A pesquisa foi consolidada pela autorização do Governo do Estado da Bahia e da Universidade Estadual de Santa Cruz.

Read the rest of this entry »

Aos 32 anos, morre a advogada Andrezza Brandão

Andressa e a mãe, Marta Brandãp, luta pela vida

Andrezza e a mãe, Marta Brandãp, luta pela vida

A advogada Andrezza Brandão faleceu na noite desta segunda (1º), em Salvador, após lutar pela vida e ocorrer uma mobilização de parentes e amigos pela doação de sangue à jovem. Aos 32 anos, Andrezza seria submetida a uma cirurgia no cérebro, no Hospital da Bahia, ainda ontem, quando os pais, José Carlos “Chapéu” e Marta Brandão, receberam a notícia de que ela não havia resistido.

A jovem chegou a ficar internada por uma semana no Hospital Calixto Midlej Filho com a suspeita de ter contraído o novo coronavírus. Sem diagnóstico de que doença acometia Andrezza, os pais batalharam pela transferência da advogada para o Hospital da Bahia, em Salvador, em uma UTI aérea. Lá, também não houve diagnóstico, segundo contou o pai, José Carlos, ao Diário Bahia.

Andrezza faleceu no momento da cirurgia. “Não sei ainda se ocorreu antes ou depois da cirurgia”, disse José Carlos ao Diário Bahia. A jovem era muita querida em Itabuna, assim como os pais, José Carlos, ceplaqueano de longa data, e Marta Brandão, servidora pública municipal. Hoje, a presidência da OAB Itabuna emitiu nota de pesar pelo falecimento da advogada. (Pimenta)

Gerente da Caixa em Itabuna morre de Covid 19

evanilsionHospitalizado em estado grave no início deste mês, o gerente da agência Itabuna da Caixa Econômica Federal, Adevilson Alves Santos, faleceu neste domingo (31). Com dificuldade respiratória, ele foi internado numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Calixto Midlej Filho no dia 8 de maio.

Por ser considerado grupo de risco, o gerente teria sido autorizado a trabalhar remotamente, de casa.  Por isso, ainda não se sabe como foi  a contaminação.  O sepultamento  será sem a presença de público, conforme determina os protocolos do Ministério da Saúde.

Adevilson Alves estava na Caixa Econômica há mais de 20 anos. Ele foi gerente-geral da instituição financeira nos municípios de Ilhéus e Ubaitaba. Antes de ingressar na Caixa, trabalhou nos bancos Econômico, Mercantil do Brasil e Real, onde deixou muitos amigos.

Os amigos e colegas de trabalho afirmam que Adevilson Alves era um ser humano espetacular. Honesto, gentil e sempre disponível para resolver as solicitações dos clientes e colegas. Assim, tornou-se querido em todos os locais onde trabalhou. (Pimenta)

Diretor de Comunicação do Partido dos Trabalhadores morre em Itabuna

franklin

Secretário de Comunicação do diretório itabunense do Partido dos Trabalhadores (PT), Franklin Santana Santos faleceu, nesta terça-feira (26), aos 38 anos, em Itabuna, vítima de complicações respiratórias e Acidente Vascular Cerebral (AVC).

A presidência do diretório municipal emitiu nota em que lamentou a partida de Franklin, que se relacionava bem com as várias alas do partido. “”Externamos nossos sentimentos em nome da militância do Partido dos Trabalhadores, rogando para que a misericórdia divina console a todos, especialmente aos familiares e amigos, nesse momento tão difícil”, escreveu o presidente do PT de Itabuna, Jackson Moreira, em nota oficial.

Políticos locais, a exemplo do vereador Júnior Brandão e da ex-diretora da Direc 7 Miralva Moitinho prestaram homenagem a Franklin nas redes sociais. “Franklin era mais que amigo. Era irmão. Lutou contra um AVC. Deixará lembranças e saudades, imensas”, escreveu Júnior Brandão, que já foi do PT e hoje está na Rede Sustentabilidade.

Miralva Moitinho lembrou da figura alegre. “Franklin foi morar no céu, ao lado do nosso Pai celestial. Entre nós agora somente as lembranças da sua alegria contagiante, sua solidariedade e carinho com todxs”, afirmou em postagem no Instagram. Franklin é filho de uma das mais carismáticas e históricas figuras do PT Itabuna, França do São Pedro.

NOTA

Com imenso pesar, o Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores informa e lamenta o falecimento do companheiro Franklin Santana Santos, em decorrência de complicações respiratórias e de um AVC. Companheiro valoroso, Franklin era membro da Executiva Municipal do PT, onde ocupava o cargo de Secretário de Comunicação. Externamos nossos sentimentos em nome da militância do Partido dos Trabalhadores, rogando para que a misericórdia divina console a todos, especialmente aos familiares e amigos, nesse momento tão difícil.

Jackson Moreira

Presidente – PT Itabuna

Ex-gerente da Caixa morre vítima do Covid 19

cef

Cristiano Ferraz, ex-gerente da Caixa Econômica Federal, morreu nesta quinta-feira (14) vítima de Covid-19. Considerado uma pessoa bastante alegre, Cristiano deixa boas lembranças para amigos familiares.

O ex-bancário estava internado no Hospital Calixto Midjel Filho, em Itabuna, há 19 dias. Natural de Vitória da Conquista, Cristiano deixa dois filhos.

Nas redes sociais,, colegas da Caixa lamentam a perda de uma pessoa querida prestam solidariedade aos familiares.

Morre jornalista Carlos Malluta em Itabuna

malutaO jornalista e publicitário  Carlos Eduardo Favaron Malluta, que completaria 68 anos no próximo dia 15, morreu na noite desta sexta-feira (7), no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna. Ele estava internado desde o último sábado, quando sofreu um infarto e foi levado para o CTI (Centro de Terapia Intensiva).

Natural de São Paulo, dedicava-se a assessorias de imprensa, com um texto irretocável, e também a fazer palestras. Já foi assessor, por exemplo, da ACEI (Associação Comercial e Empresarial de Itabuna) e atualmente assessorava a AABB (Associação Atlética Banco do Brasil) na cidade.

Era elegante no trato com as pessoas, procurava estar atento a assuntos ligados à Educação e até comparecer a eventos de indiscutível interesse público. No sábado, aliás, reencontrou colegas de profissão num seminário em Itabuna que tratou do impacto das notícias falsas, as chamadas Fake News, na sociedade.

O corpo é velado no SAF e o horário do sepultamento ainda não foi divulgado. Malluta deixou viúva e três filhos. (Diario Bahia)

O adeus a Magno Santos

magno 2A morte do empresário Magno Santos Silva, na tarde desta quinta-feira, 19, pegou parentes e amigos de surpresa. Magno  chegou ao Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, com uma infecção dentária, mas seu quadro de saúde piorou evoluiu para o óbito. O diagnóstico, porém, de acordo com a família, ainda não foi fechado.

Magno Santos, 60 anos, pai de um filho, era conhecido no meio político do sul da Bahia pelo trabalho de marketing político que desenvolvia nesta região. Um dos seus clientes foi o ex-prefeito Jabes Ribeiro, de Ilhéus. Ele também foi vereador em Potiraguá.

Foi em umas das gestões de Jabes que ele foi trabalhou como secretário executivo da Amurc (Associação dos Municípios do Sul e Extremo Sul da Bahia), entidade presidida, na época, pelo prefeito ilheense.

Ultimamente, Magno Santos morava em Rondônia, mas estava sempre no Sul da Bahia,  atendendo a compromissos profissionais. Depois de velado no SAF, em Ilhéus, o corpo do empresário será levado para Vitória da Conquista, onde será sepultado às 11 de sábado.

Read the rest of this entry »

Morre o ex-vereador e apresentador Roberto de Souza

roberto s(do Pimenta)- O ex-vereador de Itabuna, radialista e apresentador de TV Roberto de Souza faleceu na madrugada desta terça-feira (17), após um ano de luta pela vida. O comunicador e ex-parlamentar foi diagnosticado com câncer em 2018.

Roberto foi vereador de Itabuna por quatro mandatos consecutivos, no período de 1997 a 2012. Por várias vezes membro das mesas diretoras da Câmara e na Casa conseguiu aprovar a Lei Roberto de Souza, que obriga o município a divulgar, com 30 dias de antecedência, o reajuste de serviços como a tarifa de água e esgoto ou da passagem de ônibus.

Ele comandou por duas décadas um dos programas de maior audiência no rádio grapiúna, o Resenha da Cidade, sempre aos sábados e, por alguns anos, também de segunda a sexta. O Resenha da Cidade foi ao ar nas três emissoras AMs de Itabuna – Difusora, Jornal e Nacional, onde ele chegou a apresentar o programa ainda neste ano, mesmo já debilitado pela doença.

Apaixonado pelo microfone, era dono de bordões como “Beleza, beleza, beleza” e “Confusão, confusão, confusão” para cumprimentar os ouvintes ou abrir novos blocos do programa ou até anunciar uma entrevista quente.

 

Entrevistar era sua maior arte no rádio. Nos mais de 20 anos de microfone, Roberto pautava o noticiário regional a partir de entrevistas feitas em seus programas. Sabia ser contundente nas perguntas sem ser agressivo ou ofender o entrevistado. O estilo e a grande audiência no rádio levaram Roberto para a telinha, com um programa semanal na TVI, após convite do diretor Barbosa Filho.

Nascido em Itabuna em 30 de outubro de 1961, Roberto Tadeu Pontes de Souza, além de radialista e apresentador de TV, formou-se em Agronomia. Deixa esposa, a advogada Sandra Ramalho, e os filhos Roberto Ramalho, Paulo e Natália.

VELÓRIO

O corpo de Roberto de Souza está sendo transladado de Salvador para Itabuna, onde deverá chegar no final da tarde desta terça-feira (17) a Itabuna. O velório será no plenário da Câmara de Vereadores. O enterro está previsto para às 10h desta quarta-feira (18), no Cemitério Campo Santo.

A vida da Néia era mais barata que uma placa ou um cartaz

neia

Fernando Brito, no Tijolaço

O tal Aderbal Ramos de Castro, que matou friamente a moradora de rua Zilda Henrique dos Santos Leandro, de 31 anos, no centro de Niterói é, certamente, adepto da tese bolsonariana de que todos devem andar armados para sua autodefesa.

Não fosse, não carregaria um “trezoitão” na cinta.

O tal Aderbal Ramos de Castro, que matou friamente a moradora de rua Zilda Henrique dos Santos Leandro, de 31 anos, no centro de Niterói é, certamente, alguém que habita a periferia da polícia – segurança, ex-PM, alcaguete, miliciano, etc.

Não fosse, não carregaria um “trezoitão” na cinta, arriscando-se a ser preso em qualquer abordagem policial. Confiava que alguém, “quebraria essa”.

O tal Aderbal Ramos de Castro, que matou friamente a moradora de rua Zilda Henrique dos Santos Leandro, de 31 anos, ainda que sendo assim, nem precisaria atirar para defender-se, pois a mulher se encolhe e faz menção de correr quando vê o “trezoitão” sair-lhe da cinta.

Mas o tal Aderbal a matou, friamente, porque Zilda, a quem chamam pelo apelido de Néia, o mesmo de minha mãe, não é uma vida que valha nada, para ele.

É só uma “negrinha, bandidinha”, que vive na rua, incomodando os passantes, homens de bem como ele, pedindo o real que não tem e que nem a vida dela nem vale.

O tal Aderbal, quem sabe, vá virar deputado como outro tal, o Coronel Tadeu ou tal e qual o tal e qual, o bombadão Cabo Daniel.

“Aderbal, federal, não promete, faz o mal”

Afinal, não quebra placas, como este, nem cartazes, como aquele.

Não fica no “blá-blá-blá”, vai logo ao “pá, pá, pá” do “trezoitão” de sua cinta.

E a Néia vai para o chão, agonizar como uma placa quebrada ou um cartaz arrancado.

É barato, ela não vale nem um real, bem menos que a bala que lhe deu o tal Aderbal.

O adeus a Milton Menezes

m mO comunicador Milton Menezes faleceu na manhã deste domingo (6), no Hospital de Base de Itabuna. O radialista estava internado com infecção generalizada. Dono de uma das maiores audiências do rádio itabunense, o polêmico Millton se afastou da comunicação em 2004, após sofrer um AVC.

Em Itabuna, atuou nas três emissoras AMs. Seu programa Musinforme (música e informação) foi a maior audiência dos anos 80 na Rádio Clube (atual Nacional). Era uma atração focada no jornalismo policial, com denuncias, comentários, entrevistas e, ao final, o radialista sempre tocava um sucesso romântico (muitas vezes internacional), para amenizar a tensão do programa.

Não era raro dizer no início do Musinforme: “Desliguem seus transmissores (se referindo às outras rádios) e, ao término: “Se alguém quiser falar comigo, estou descendo (as escadas da emissora) agora”, desafiava. O corpo de Milton está sendo velado no SAF, em Itabuna, e o enterro está marcado para as 10h desta segunda (7), no Cemitério Campo Santo, no Centro de Itabuna. Com informações do Jornal Sport News.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31