hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Ministério da Saúde’

Ministério da Saúde amplia vacinação contra gripe

vacinaO Ministério da Saúde autorizou os municípios a estender a vacinação contra a gripe para crianças de cinco a nove anos e adultos de 50 a 59 anos. A orientação ocorre após o término da Campanha Nacional de Vacinação para públicos prioritários, que teve início em 23 de abril. Até a semana passada, 83% do público-alvo tinha se vacinado.

A escolha dos grupos prioritários para a vacinação contra a gripe segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe.

São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. “Foram dois meses de oportunidade exclusivamente para o grupo prioritário se vacinar. Agora, a recomendação é que as doses sejam disponibilizadas também para esses outros públicos”, destaca o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

Até a última quinta-feira (21), o grupo das crianças de seis meses a cinco anos de idade registrava a menor cobertura vacinal, com 67%. As gestantes tiveram cobertura de 71%. Já o público com maior cobertura da vacina contra a gripe é o de professores, com 98%, seguido pelas puérperas (96,2%), idosos (91%) e indígenas (90,5%). Entre os trabalhadores de saúde, a cobertura de vacinação está em 88,6%.

Ministério da Saúde prorroga vacinação contra a gripe até dia 22

vacinaO Ministério da Saúde vai prorrogar mais uma vez a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, que deveria ter sido encerrada no início do mês. A decisão de estender o prazo para até o dia 22 deste mês ocorreu depois da constatação de que a maioria dos estados não atingiria a meta até esta sexta-feira (15), quando se encerraria a campanha iniciada no dia 23 de abril. Será a segunda prorrogação de prazo.

Na Bahia, a maioria dos municípios não atingiu a meta de vacinação contra a gripe. O último levantamento indicou que pouco mais de 76% das pessoas dos grupos prioritários tinham sido imunizadas no estado.Cerca de 800 mil baianos ainda não compareceram às unidades de saúde nos 417 municípios baianos.

O Ministério da Saúde informou que a preocupação aumenta com a proximidade do inverno, período de maior circulação dos vírus da gripe. Disse também que é preocupante o número de casos e mortes registrados no Brasil, que já dobraram em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo o último levantamento, 11,8 milhões de pessoas ainda precisam se vacinar contra a gripe.

A partir do dia 25 de junho, caso haja disponibilidade de vacinas nos estados e municípios, a imunização contra gripe poderá ser ampliada para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos. Nos estados que já atingiram a meta de 90%, essa estratégia já pode ser adotada.

Bahia vacina 2,7 milhões de pessoas

vacinaA Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe termina na sexta-feira (15), mas a maioria dos municípios baianos não ainda atingiu a meta prevista do Ministério da Saúde. De acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (13),  foram imunizadas 2.760,555 pessoas (pouco mais de 76% do público alvo). Pelo resultado preliminar, a meta de vacinar cerca 3,5 milhões baianos não será atingida.

Segundo o Ministério da Saúde, somente os estados de Goiás (100%) e Amapá (98%) atingiram a meta prevista. Em todo o país, 12,7 milhões de pessoas que fazem parte do público-alvo ainda não se vacinaram. Desde o início da campanha, em 23 de abril, 76,1% dos considerados prioritários buscaram os postos de saúde para receber a vacina contra a gripe. A meta do MS é imunizar contra a gripe 54,4 milhões de pessoas.

Após o fim da campanha, caso exista disponibilidade de vacinas nos estados e municípios, a imunização contra a gripe poderá ser ampliada para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos.

Ubaitaba entrega próteses do Brasil Sorridente

104 pessoas foram atendidas em Ubaitaba“Sorriso é tudo na vida da gente. Sorriam…” disse às pessoas presentes na manhã desta quarta-feira, no auditório da CDL, a prefeita de Ubaitaba, Suka Carneiro, ao participar do ato de entrega de próteses dentárias provenientes do Projeto Brasil Sorridente do Ministério da Saúde. Um total de 104 pessoas foram beneficiadas com pontes superior, inferior e dupla e próteses total ou parcial.

Ao todo foram entregues 197 próteses que além do efeito estético, elevam a autoestima das pessoas, melhoram as condições de saúde e alimentação. “O programa Brasil Sorridente permite às pessoas inúmeros benefícios. Por isso, é com muita alegria que a nossa administração, através da Secretaria de Saúde, promove este ato na certeza de que a vida de vocês, será muito melhor daqui para a frente”, afirmou a prefeita.

Read the rest of this entry »

Bahiafarma inicia fornecimento de insulinas para o SUS

bf 3

A Bahiafarma, laboratório público do Estado da Bahia, inicia nesta semana o fornecimento de insulinas para abastecer o Sistema Único de Saúde (SUS). Os primeiros lotes do medicamento, usado para controle da Diabetes, devem chegar aos postos de saúde nos próximos dias. O procedimento marca a primeira etapa do processo de transferência de tecnologia que vai tornar o Brasil um dos poucos países a dominar o processo de fabricação de insulina, um dos medicamentos mais utilizados no mundo – e considerado estratégico pelo Ministério da Saúde.

bf 1A compra do medicamento, por parte do ministério, foi publicada no dia 16 deste mês, no Diário Oficial da União, concretizando a redistribuição dos projetos de Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs) para produção de insulina no País, que havia sido definida por meio da Portaria número 551, publicada no DOU em 21 de fevereiro de 2017. Pelo documento, a Bahiafarma passa a ser responsável pelo abastecimento de 50% da demanda de insulinas do ministério, fornecendo para o SUS as insulinas de maior uso – a Regular (R) e a de ação prolongada, NPH.

Para a produção das insulinas, a Bahiafarma tem como parceiro tecnológico o laboratório ucraniano Indar, dentro do regime de PDPs. “É uma empresa que atua exclusivamente em pesquisa e produção de insulinas há mais de 15 anos e é reconhecida por utilizar tecnologias inovadoras, além de realizar operações em diversos países”, ressalta o diretor presidente da Bahiafarma, Ronaldo Dias.

Read the rest of this entry »

Campanha de vacinação contra a gripe começa hoje

vacinaComeça hoje (23) a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Até o dia 1º de junho, devem ser imunizados idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem receber a dose. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos de saúde em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

O chamado Dia D de mobilização nacional deve ocorrer em 12 de maio. A previsão é de que nessa data estejam abertos 65 mil postos de vacinação, sendo 37 mil de rotina e 28 mil volantes, com o envolvimento de 240 mil pessoas. Também estarão disponíveis, para a mobilização, 27 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais.

De acordo com o Ministério da Saúde, a dose protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, conforme determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo o H1N1 e o H3N2.

“A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos”, informou o ministério

Salvador e sete municípios do interior recebem campanha de vacinação contra a febre amarela

vacinaOito municípios baianos começam, na próxima segunda-feira (19), uma campanha de vacinação contra a febre amarela. A meta é que pelo menos 95% da população de Camaçari, Candeias, Itaparica, Lauro de Freitas, Mata de São João, Salvador, São Francisco do Conde e Vera Cruz seja imunizada até o dia 9 de março, quando acaba a campanha. A estratégia adotada será a determinada pelo Ministério da Saúde, com a utilização de doses fracionadas. No dia próximo dia 24, acontece o Dia D da vacinação.

A vacinação é destinada a pessoas a partir dos 2 anos de idade, inclusive indígenas, desde que não apresentem condições clínicas especiais. Todos que já tiverem tomado a vacina ao longo da vida não terão a necessidade de receber nova dose. A intenção é proteger o maior número de pessoas contra a febre amarela, em localidades com grande contingente populacional e que têm evidência de circulação do vírus e risco elevado de transmissão da doença.

Estudos realizados pela Fiocruz/RJ demonstram que a utilização da dose fracionada da vacina protege o indivíduo por pelos menos oito anos. Após esse período, deve ser feito o reforço da imunização.

Dose Padrão

Durante a campanha, a dose padrão será disponibilizada apenas para crianças de 9 meses a menores de 2 anos de idade, gestantes com indicação escrita do médico, viajante internacional que necessite a emissão do certificado internacional de vacinação e profilaxia, e para pessoas que apresentarem condições clínicas especiais avaliadas pelo serviço de saúde.

Casos de febre amarela

No ano 2000, na Bahia, foram confirmados dez casos de Febre Amarela Silvestre em pessoas residentes nos municípios de Coribe e Jaborandi. Deste total, três foram a óbito. Estes foram os últimos casos autóctones (quando a infecção acontece no próprio local de residência) registrados no estado. Em 2018 houve a confirmação de um caso importado de febre amarela.

Ministério da Saúde reconhece farmacêuticos como profissionais da saúde

farmO Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (24) duas medidas que visam melhorar a qualidade e o acompanhamento dos serviços farmacêuticos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A primeira é a inclusão do profissional farmacêutico no código de identificação do SUS, reconhecendo-os como profissionais da saúde. Com isso os farmacêuticos terão melhores condições para acompanhar os tratamentos oferecidos pelo sistema, de forma a checar se a dosagem dos medicamentos está correta e se os resultados estão dentro do esperado.

A outra medida anunciada, durante a reunião plenária do Conselho Federal de Farmácia, foi o lançamento do projeto-piloto do Programa de Cuidados Farmacêuticos, que beneficiará pacientes portadores de hepatite e artrite reumatóide com orientações e acompanhamento sobre o uso racional de medicamentos. A expectativa é que além de se evitar os riscos de falhas no tratamento por conta do uso inadequado de medicamentos, o governo consiga economizar nos gastos com ações voltadas à saúde. O projeto-piloto será implementado inicialmente em São Paulo, na Bahia e no Distrito Federal. Até o final do ano será estendido a outros sete estados.

Read the rest of this entry »

Projeto para enfrentamento do Aedes aegypti em Itabuna é aprovado pelo Ministério da Saúde

 

Projeto para enfrentamento do Aedes aegypti em Itabuna Foto Pedro AugustoItabuna já tem projeto de Educação em Saúde Ambiental para o enfrentamento do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya no município.  A proposta encaminhada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Itabuna foi aprovada conforme edital divulgado pela da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) do Ministério da Saúde.

O coordenador de combate às endemias da SMS, Roberto Góes, explicou que o edital foi aberto em nível nacional, com o objetivo de reforçar a educação ambiental em saúde para o combate ao mosquito nos estados e municípios. Tem a pretensão ainda de, além de promover a saúde e contribuir com a melhoria da qualidade de vida das populações, reduzir os indicadores das arboviroses provocadas pelo vetor, incluindo a zona rural do município.

Read the rest of this entry »

Bahiafarma lança vídeo mostrando o passo-a-passo da realização do teste rápido de Zika vírus

Com o intuito de prevenir o uso incorreto dos testes rápidos para diagnóstico de infecção por Zika vírus que estão sendo distribuídos por todo o País pelo Ministério da Saúde, a Bahiafarma, laboratório público do Estado da Bahia, elaborou um vídeo mostrando o passo-a-passo da realização do exame. O material tem 3 minutos de duração e explica em detalhes todo o procedimento para a utilização do dispositivo, chamado Zika IgG / IgM Combo, da coleta da amostra ao resultado final do exame.

“Apesar de o uso de testes rápidos para diagnóstico de diversas doenças ser bastante conhecido pelos profissionais da área, entendemos que seria útil termos um vídeo explicativo sobre a aplicação do teste de Zika, já que é um produto novo para a saúde pública do País”, diz o diretor-presidente da Bahiafarma, Ronaldo Dias. “O material soma-se ao manual de instrução, que acompanha os testes e também está disponível no site da Bahiafarma, para evitar que haja dúvidas sobre a correta aplicação e leitura de resultados dos dispositivos.”

Prático, seguro e com alto índice de confiabilidade, o Zika IgG / IgM Combo é composto por dois cassetes portáteis (7×2 cm cada), que utilizam uma pequena amostra de soro sanguíneo do paciente e fornecem o resultado em até 20 minutos. O primeiro cassete reage ao anticorpo IgM e identifica infecções recentes (de cinco dias a duas semanas), enquanto o segundo reage ao anticorpo IgG, identificando se o paciente foi infectado há mais tempo, mesmo que não tenha manifestado sintomas da doença.

O Ministério da Saúde adquiriu 3,5 milhões de unidades do teste, que estão sendo distribuídas para a rede pública de todo o País, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Bahiafarma recebe autorização para fabricar insulina

insulinaA Bahiafarma recebeu sinal verde do Ministério da Saúde para quebrar o monopólio das companhias estrangeiras sobre a venda de insulina destinada aos portadores de diabetes atendidos pelo SUS.

Às vésperas do Carnaval, o ministro Ricardo Barros autorizou o laboratório farmacêutico do governo estadual a firmar Parceria para Desenvolvimento Produtivo (PDP) com a empresa ucraniana Indar, voltada à fabricação no Brasil de insulina de origem animal e dos chamados análogos, criados através de engenharia genética.

A PDP, que obriga a Indar a transferir para a Bahiafarma a cadeia tecnológica usada na produção, é o primeiro passo para resolver as constantes faltas de insulina nas unidades públicas de saúde em todo território nacional, um dos mais graves problemas enfrentados atualmente pelo SUS. Somente os portadores de diabetes tipo 1, dependentes regulares de insulina,  representam hoje um universo de 600 mil brasileiros, volta e meia prejudicados pelas crises no abastecimento.

Bahiafarma envia kits de testes de zika para Ministério da Saúde

zika

A Bahiafarma iniciou o envio de 3,5 milhões de kits testes rápidos para o diagnóstico do zika vírus. Os kits foram adquiridos pelo Ministério da Saúde junto ao laboratório público baiano.

O material está sendo encaminhado para a Central Nacional de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos, no Rio de Janeiro. Depois, será distribuído para todo o Brasil.

O objetivo é acelerar o diagnóstico dos pacientes infectados pelo zika e, assim, iniciar mais cedo o tratamento. A expectativa é de que o governo federal inicie o envio dos testes para postos de saúde nas próximas semanas.

Há uma preocupação maior com o crescimento dos casos de zika durante o verão, quando aumenta a proliferação do mosquito Aedes aegypti, também responsável pela transmissão da dengue e da febre chikungunya.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031