hanna thame fisioterapia animal
festival chocolate bahiagas universidade lasalle coronavirus 155 livros do thame

Posts Tagged ‘Medalha de Ouro’

Ubaitaba recebe Isaquias Queiróz com festa e celebra Medalha de Ouro

isa ubaitaba 1 (5)

Isaquias Queiróz, Medalha de Ouro na Canoagem C1 1000 nas Olimpíadas de Tóquio, foi recebido com festa em Ubaitaba, no Sul da Bahia, sua cidade natal e onde deu as primeiras remadas, no Rio de Contas.

Isaquias desfilou pela cidade num caminhão do Corpo de Bombeiros e foi saudado pela população nas ruas. Por conta na pandemia, a pedido do próprio atleta, não houve aglomerações, mas centenas de carros e motos acompanharam o percurso, que incluiu uma parada na praça da cidade, onde Isaquias agradeceu a homenagem e disse que o carinho da sua gente é o maior prêmio que poderia receber.

isa ubaitaba 1 (2)

Das janelas das casas e do comércio, Isaquias recebeu inúmeras demonstrações de reconhecimento pela conquista. Depois de passar pelo Centro de Canoagem, o atleta se dirigiu à sua residência, onde o abraço na mãe dona Dilma foi marcado por choro, emoção e agradecimento,

isa ubaitaba 1 (3)

 

Ao lado da família, Isaquias disse que a Medalha de Ouro representa não apenas uma conquista pessoal, mas também um estímulo para a pratica da canoagem entre os jovens. “Sai de Ubaitaba em busca de um sonho e lutei muito para me tornar um campeão, sem esquecer minhas origens.  Fico feliz ao servir de exemplo para novas gerações de canoístas, de mostrar que quando você acredita no seu potencial, você consegue grandes conquistas”. “O legado da Medalha de Ouro  é proporcionar a formação de uma nova geração que vai manter o Sul da Bahia como referência na canoagem brasileira e mundial”.

 

familia isa

O medalhista olímpico também destacou a construção de um centro de canoagem pelo Governo da Bahia, “Hoje Ubaitaba tem um grande Centro de Treinamento e agradeço muito ao Governador Rui Costa, porque os atletas podem ser formados aqui e temos muitos jovens com garra, talento, que querem vencer na vida através do esporte”.

isa ubaitaba 1 (6)

 

Com o filho Sebastian nos braços, Isaquias Queiroz mais uma vez acariciou a Medalha de Ouro e brincou com o menino. “Hoje o papai vai deixa você dormir com a medalha”, disse.

isa ubaitaba 1 (7)

CENTRO DE TREINAMENTO DE CANOAGEM

Construido  pelo Governo da Bahia, o Centro de Treinamento de Canoagem teve investimento de mais de R$ 1,6 milhão e atende atletas entre 8 e 18 anos da região. A estrutura do centro contempla garagem dos barcos, sala de musculação, refeitório, copa, despensa, área de serviço, sala da administração, sala de professores, sala de aula e deck flutuante.

isa ubaitaba 1 (8)

A presidente da Associação Cacaueira de Canoagem, Luciana Costa, afirmou que “a conquista de Isaquias e a estrutura do local são um incentivo para o surgimento de novos campeões. Temos vários atletas disputando competições no Brasil e no Exterior e o mais importante é que além do esporte, também valorizamos a educação e a cidadania dos nossos atletas”.

 

FOTOS: ALEILTON OLIVEIRA

 

 

Isaquias Queiróz será recebido com festa, mas sem aglomerações, em Ubaitaba

Miriam Jeske/COB

Isaquias, Menino de Ouro (foto Miriam Jeske/COB)

Isaquias Queiróz, medalha de Ouro na Canoagem nas Olimpíadas de Tóquio, será recebido com festa em Ubaita, sua cidade natal, de onde despontou para o mundo remando nas águas do Rio de Contas.

A chegada do atleta está prevista para as 13 horas desde sábado e por conta da pandemia, a Prefeitura de Ubaitaba, a Federação Baiana de Canoagem e a Associação Cacaueira de Canoagem organizaram  uma programação que evitará aglomerações.

Isaquias vai desfilar em Carro de Bombeiros pelas principais vias da cidade, desde a rodoviária e finalizará o percurso no Centro de Canoagem, construído pelo Governo do Estado em 2018, após as vitórias do canoísta na Rio 2016, quando se tornou o maior medalhista brasileiro em uma única edição olímpica, com três medalhas.  No Japão, veio a consagração com o Ouro na categoria C1 1000m e o reconhecimento como uma das grandes estrelas do esporte brasileiro.
“Pretendo rever todos os amigos, e por isso peço a todos, que não façam aglomeração na minha chegada. Vou ficar um bom tempo descansando e não existe estrelismo. Sou de Ubaitaba, amo minha terra, minha Bahia, minha região”, disse  Isaquias em entrevista a uma emissora de rádio local.

 

Isaquias Queiroz é recebido com festa ao chegar ao Brasil

Isaquias é recebido com festa em São Paulo

Isaquias é recebido com festa em São Paulo

O medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, o canoísta Isaquias Queiroz, de 27 anos, desembarcou na noite de segunda-feira (9), em São Paulo, e foi recebido com festa por um grupo de torcedores. Nascido em Ubaitaba, no sul da Bahia, o atleta conquistou o lugar mais alto no pódio ao vencer a prova dos C1 1.000m da canoagem em velocidade.

medalha 2

Isaquias Queiroz também foi homenageado pelo Flamengo, time do atleta. Nas redes sociais do clube, foram publicados vídeos de Gabriel Barbosa e Bruno Henrique parabenizando o baiano pela conquista inédita nas Olimpíadas, que foram encerradas no domingo (8), com o total 21 medalhas para o time Brasil. Foram sete ouros, seis pratas e oito bronzes.

Isaquias Queiroz conquista o Ouro na canoagem e já soma quatro pódios olímpicos

Miriam Jeske/COB

Miriam Jeske/COB

Isaquias Queiroz, atleta sulbaiano de Ubaitaba, entrou de vez na galeria dos maiores atletas olímpicos da história do Brasil. Neste sábado, 7, ele conquistou o ouro na prova C1 1000m da canoagem velocidade nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Foi sua quarta medalha olímpica, feito que o coloca atrás apenas dos velejadores Torben Grael e Robert Scheidt, com cinco láureas cada um, na lista dos maiores medalhistas do país na história olímpica. Isaquias agora integra o seleto grupo que já conta com Serginho, do vôlei, e Gustavo Borges, da natação, com quatro pódios.

isa ouro 3
O canoístade 27 anos dedicou a vitória ao seu falecido treinador, Jesus Mórlan, que o levou a ser o primeiro atleta brasileiro a conquistar três medalhas em uma mesma edição de Jogos, no Rio 2016.

“Muito feliz de poder ganhar essa medalha de ouro para o Brasil. Uma emoção muito grande, me dediquei muito desde 2016 até esse exato momento. A medalha no C2 não veio. Nosso objetivo era representar nosso querido treinador, Jesus Morlán, que faleceu em 2018 e conquistou nove medalhas, com essa de hoje, importantes na nossa carreira. Muito feliz de poder estar realizando esse sonho”, disse Isaquias.

isa ouro
O brasileiro fez uma grande prova no Canal Sea Forest, na baía de Tóquio, e terminou com mais de um segundo de vantagem para o segundo colocado (4m04s408). A medalha de prata ficou com o chinês Hao Liu, com o tempo de 4m05s724, e o bronze, com Serghei Tarnovschi, da Moldávia, com 4m06s069. Isaquias também havia dominado a sua semifinal, chegando em primeiro, à frente de Serghei Tarnovschi, da Moldávia, de Conrad Scheibner, da Alemanha, e de Zheng Pengfei, da China.

Read the rest of this entry »

Isaquias Queiroz atropela e é Ouro na Hungria. Tóquio vem aí…

isa(Correio24hs)A Bahia ficou mais dourada na manhã deste domingo (25). Baiano de Ubaitaba, o canoista Isaquias Queiroz disparou na reta final da prova dos C1 1000m e conquistou com folga o título no Mundial de Canoagem de Velocidade, disputado em Szeged, na Hungria. Ele foi o único a terminar abaixo dos quatro minutos: 3min59s23.

Ele não nega que estava cansado, desgastado, mas virou um gigante para que, no dia em que seu filho Sebastian completou dois anos, não chegasse de mãos abanando em casa. “Hoje é aniversário dele!”, disse com um sorrisão no rosto. Antes de anunciar suas primeiras palavras como melhor do mundo, ele avisou: o discurso teria as cores verde e amarela e um sotaque nordestino.

isa 2

“Thank you (obrigada, em inglês). Ó, eu não sei falar inglês, mas quero agradecer a toda a minha equipe por ter me preparado para estar aqui, hoje, como melhor do mundo. É muito bom poder ganhar aqui. Vim sem estar totalmente preparado, com uma gripe, mas é trabalho. Eu botei o tronco embaixo e fui remando. Acordei feliz, acordei bem e fui pra cima. Quando abri vantagem ali nos 250 metros finais, eu disse: ‘é minha, meu filho, ninguém tira’!”, comemorou.

Read the rest of this entry »

Isaquias Queiroz conquista o ouro no C1 1000m no Pan-Americano

isa pan

O canoísta sulbaiano Isaquias Queiroz conquistou a medalha de ouro nesta segunda-feira (29), no C1 1000 m, no Pan-Americano, disputado em Lima no Peru. A prova foi realizada no Parque Nacional de Albufera de Medio Mundo e o baiano venceu com o tempo de 1min49s093.

isaquias

O final da prova foi apertado e Isaquias cruzou a linha de chegada pressionado pelo cubano Fernando Jorge, que fechou com o tempo 1min49s144 e terminou com medalha de prata. Com 1min55s501, o canadense Drew Hodges completou o pódio ficando o bronze. (Bahia Noticias)

Isaquias Queiroz é Ouro na Copa do Mundo de Canoagem

Isaquias Queiroz brilhou no último dia da etapa da Polônia da Copa do Mundo de Canoagem Velocidade. Neste domingo, o brasileiro superou o checo Martin Fukza e levou o ouro em Poznan na disputa do C1 500 metros para reafirmar o seu domínio na prova, da qual é tricampeão mundial. O atleta do Brasil teve facilidade para conquistar o título, de modo que fechou a prova, que não faz parte do programa olímpico, em 1h46min55s, com mais de um barco de vantagem para Fukza. O terceiro colocado foi o polonês Tomasz Kaczor. Erlon de Souza, outro brasileiro na disputa, foi o sexto. “A prova foi muito boa, o Martin Fucza deu muito trabalho no início e também na saída. Agora é pensar na próxima etapa e enfrentar o (Sebastian) Brendel em Duisburg (Alemanha) na sua casa”, disse Isaquias, já de olho na segunda etapa, no próximo final da semana.

isa q

O Brasil encerra a sua participação no evento com um saldo de três medalhas. Além do ouro de Isaquias, o time nacional faturou duas medalhas na paracanoagem: ouro para Luiz Carlos Cardoso no KL1 200m e prata para Caio Ribeiro no VL3. A segunda etapa da Copa do Mundo de Canoagem Velocidade e Paracanoagem será disputada em Duisburg, na Alemanha, entre os dias 31 de maio a 2 de junho.

 

Estudante de Ubaitaba é Medalha de Ouro na Olimpíada de Matemática do Sul da Bahia

ubaA rede municipal de ensino de Ubaitaba comemora a conquista da Medalha de Ouro da XX Olimpíada de Matemática do Sul da Bahia pelo aluno Alex Costa Santos do 7º ano da Escola Municipal Osvaldo Cruz. A premiação lhe foi entregue no sábado, dia 1º, pelo diretor em exercício da unidade escolar professor Wagner Correa Loyola durante solenidade no auditório da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Alex, morador do bairro Armandão, foi o único estudante de Ubaitaba a conquistar Medalha de Ouro, fato que encheu de orgulho seus pais e familiares, dirigentes da rede escolar e professores. A prefeita Suka Carneiro congratulou-se com o estudante, tendo destacado o apoio que sua gestão tem dado à  Educação na manutenção das escolas da rede e oferta de merenda escolar de qualidade, além de investir na formação continuada dos profissionais.

Para a secretária de Educação, Roberta Carneiro Vasconcelos,  a premiação do estudante é um incentivo para que os demais alunos do município se sintam estimulados a participar das próximas edições da Olimpíada. “Também é demonstração inequívoca do nível de ensino que adotamos no município”, frisa.

Read the rest of this entry »

Aluno de Gestão de Cacau e Chocolate ganha Medalha de Ouro em prêmio internacional

cacau (1)

O engenheiro de alimentos Marcello Ortolano, da Melangeria Dimaggio, e que integra a primeira turma da especialização em Gestão de Negócios em Cacau e Chocolate, promovida pela Faculdade de Ilhéus, conquistou a Medalha de Ouro no International Chocolate Awards Americas 2018. Ele concorreu na modalidade Microbatelada ao Leite, com a barra de chocolate ao leite, 49,5% de cacau, com açúcar demerara. A competição realizada nos Estados Unidos reuniu mais de 800 diferentes produtos de chocolate de países da América do Norte, América Latina e Caribe.

cacau (2)

Ortolano também conseguiu a Medalha de Prata na modalidade Branco com Inclusão ou Sabores, com a barra de chocolate branco 42% de cacau, “bronzeado com cumaru”, termo este que ele acredita ter criado, por nunca haver visto antes. Apenas quatro competidores do Brasil foram premiados no concurso das Américas: Mission, da Arcelia Gallardo, Nugali, Chocolate du Jour e Melangeria Dimaggio.

Marcelo conta que estudou por oito meses, por conta própria, várias formulações, possibilidades e alternativas para obter um chocolate que chame de gostoso. “O meu objetivo é fazer um chocolate que o meu público vá gostar”, comemora com entusiasmo a aceitação de suas formulações e os prêmios conquistados.

Read the rest of this entry »

Isaquias Queiroz e Erlon de Souza ganham o ouro no Mundial de Canoagem

isa e erl

Os baianos Isaquias Queiroz e Erlon de Souza ganharam na manhã de hoje (26) a medalha de ouro na prova C2 de 500 metros  no Campeonato Mundial de Canoagem, que está sendo disputada em  Portugal.

Isaquias e Erlon fizeram uma prova de recuperação. Logo após a marca dos vinte metros, entretanto, os brasileiros igualaram-se e superaram o ritmo dos rivais, abrindo boa vantagem, que foi administrada até o final do percurso.

A dupla nacional fez o tempo de 1min40s043. Em segundo lugar ficaram os russos Viktor Melantev e Vladislav Chebotar, com a marca de 1min41s590. Logo atrás, chegaram os poloneses Arsen Sliwinski e Michal Lubniewski, com 1min41s787.

Esta será a terceira vez que o medalhista olímpico irá subir ao pódio nesta edição da mais importante competição do esporte. Isaquias Queiroz já havia faturado o ouro no C1 500m e o bronze no C1 1000m.

João Torneio é ouro no Latino-Americano de Kettlebell Sport

joão rMais de 40 competidores de toda a América Latina participaram na última sexta-feira (28), em Viña Del Mar, no Chile, do Torneio Latino-Americano de Kettlebell Sport. Dentre eles, quatro brasileiros representando os estados de São Paulo e Bahia. O evento contou com a participação especial do russo Denis Vasilev, campeão mundial de Kettlebell

Único representante da Bahia, João Rosário conquistou a medalha de Ouro na prova Long Cycle, categoria para atletas até 73 kg com dois kettlebells de 24 kg. Na prova Long Cycle, o kettlebell é levado da altura do joelho até o peito e do peito até acima da cabeça e vence o atleta que conseguir executar mais repetições no tempo da prova.

Rosário e os outros competidores brasileiros citaram o frio como um dos fatores negativos para a realização das provas, disputada no ginásio de esportes da Universidade Andres Bello. “Como não podemos calçar luvas, parecia que o frio intenso iria congelar as nossas mãos, devido ao contato com as alças de ferro do kettlebell”, disse o atleta.

João Rosário participou ainda de um relay onde equipes compostas por cinco atletas disputavam entre si a prova Long Cycle com kettlebells de 24 kg e sua equipe conquistou a segunda colocação. “No relay os atletas de cada equipe tinham que fazer 3 minutos dessa prova, vencendo a equipe que obtivesse o maior número de repetições. A minha equipe – eu e mais três chilenos –  conquistou a segunda colocação, recebendo um troféu pelo desempenho, que estou levando para meu país também”, informou.

Read the rest of this entry »

Brasil encerra Mundial Junior/Sub-23 com ouro e prata de Isaquias Queiroz

isa 1

Em sua primeira e última participação no Campeonato Mundial de Canoagem Velocidade Júnior & Sub-23, o baiano Isaquias Queiroz conquistou, neste domingo (30), uma medalha de prata na disputa dos 200m da C1 Sub-23. No sábado (29), ele já havia garantido a comemoração após se tornar o campeão mundial, na categoria C1 1000m, da competição realizada em Bascov, na Romênia.

isa 2“Eu estou feliz pelo resultado, pois foi o esperado. Hoje saí um pouco atrás e no final subi o máximo que eu podia, ficando com a medalha de prata. Na volta para casa continuo mantendo meu foco em agosto, quando teremos o mundial principal, sabendo que eu vim para cá para pegar o ritmo de competição. Vamos pra cima!”, comentou Isaquias. O próximo desafio do atleta é o Mundial da República Tcheca, em agosto.

De acordo com o chefe da equipe brasileira, Álvaro Acco, o saldo foi positivo para o Brasil. “Mais uma vez, o Isaquias mostrou talento e nos trouxe uma prata, deixando-nos no pódio em um evento mundial. O Jacky também fez uma boa prova e faltou pouco para conquistarmos mais uma medalha com ele. No primeiro ano da Bruna no Sub-23, apesar do sétimo lugar, vemos possibilidade de crescimento. De forma geral, temos um balanço positivo da participação do Brasil na competição e agora iremos nos preparar para o próximo campeonato na República Tcheca”, encerrou.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2021
D S T Q Q S S
« nov    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031