WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

dezembro 2022
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘Luciane Yahweh’

O potencial criativo de Davi Pereira

Luciane Yahweh

 

Como artista plástica e amante da arte em suas mais diversas ramificações, sem medo de errar afirmo que,  a arte tem um grande poder de cura e transformação, bem como a ativação do potencial criativo de qualquer pessoa disposta a mergulhar em seu universo. Mas na matéria desta semana quero divulgar o trabalho de um artista de apenas 14 anos, autista, que desenvolve um trabalho singular e merece todo reconhecimento por sua arte que intriga pela riqueza de detalhes.

DAVI PEREIRA

A boa notícia é que esses artistas têm saído de seu lugar solitário e se revelado, graças a trabalhos de muitas pessoas dispostas a contribuir para a inclusão desses artistas e trabalhar pelo seu reconhecimento e potencial artístico. Nomes como Maurício Moura, Theila Rosário, Lótus Gallery,  Grupo de Crescimento e pais e responsáveis com sua incansável luta por qualidade de vida para seus grandes artistas.

Segundo a matéria do site citado abaixo,

“A arte é um importante instrumento para o despertar do processo de criatividade de pessoas com transtorno do espectro autista (TEA). O expressar artístico é capaz de ressignificar a vida de crianças, jovens e adultos que, muitas vezes, têm dificuldade de se perceberem como indivíduos. O professor Alexandre Vieira, artista plástico e especialista em educação especial, é mestre em Educação e Novas Tecnologias pela Uninter e atua com a busca da exploração tátil com os estudantes, através das mãos, com argila, papel, tintas e texturas. Desde 2006, o profissional atua como professor de educação especial na disciplina de arte, atendendo autistas moderados e severos.

Alexandre explica que, em quadros nesses estágios do TEA, normalmente as crianças não possuem a capacidade do simbolismo, o que o trouxe um “espírito muito desafiador” no primeiro contato.

(https://www.uninter.com/noticias/a-arte-no-desenvolvimento-das-percepcoes-de-autistas)

O Davi Pereira é um garoto que acaba de completar 15 anos e estuda na escola estadual Major Arcy.

Ele tem TEA – transtorno espectro autista.

Através do incentivo ao desenho e à pintura ele tem se desenvolvido de forma espetacular.

O menino que era visto como diferente pela TEA agora é reconhecido pelo talento tão precoce.

(Mauricio Moura)

“Acabo de fazer uma exposição das obras dele na biblioteca Raul Bopp que fica no parque da Aclimação.

A exposição chamada “Jardim de Cores” foi um grande sucesso com centenas de visitantes ao longo de um mês.”

(Mauricio Moura)

Isso mesmo que vocês estão vendo. A arte de DAVI PEREIRA , é tão cheia de detalhes que por vezes, uma lupa ajuda a descobrir  detalhes  e surpresas de uma mente criativa e talentosa.

“Um olhar único de um artista extraordinário que começa a despontar na história da arte.” (Mauricio Moura)

Se você gostou do trabalho de DAVI PEREIRA, as obras desse grande artista mirim estão à venda já emolduradas e com vidro por preços que vão de 150 a 200 reais.

Nessa aquisição tem arte, inclusão, educação, beleza, alegria, cores, sonhos, magia e originalidade. Adquirindo uma obra dele você estará legitimando o Davi como artista e ajudando a construir um futuro.

Agradeço a todos  que já contribuíram com essa causa.

Se você divulgar já estará ajudando.

@mauriciomoura6 (curador)

Watsapp (11) 9 7222 4640

Se gostou do trabalho de Davi Pereira, deixe um comentário no final desta matéria como incentivo a sua arte.

Este espaço é para divulgação de artistas e incentivo a arte. Aceitamos sugestões para nomes de artistas que poderiam estar aqui bem como críticas que venham acrescentar.

Tom, o artista sonhador

O assunto dessa semana é TOM – VIDA LIVRE, como assina esse artista de São Paulo que tem em sua mente uma potência criativa surpreendente. Conheci o Tom em uma exposição coletiva que participei em São Paulo. Uma pessoa gentil e pra cima, já enfrentou muitos gigantes como a maioria dos artistas que decidem viver da arte, mas sempre conserva em seu interior a certeza do cuidado de Deus nos mínimos detalhes.

Tom é o criador de um personagem que está em todos os seus trabalhos. Seu personagem está em telas, cadeiras, muros, bonés, sofás, paredes e até mesmo nos metrôs em São Paulo, que ele deixa para quem for o sortudo, encontrar e pegar.

Tom é um artista apaixonado pelo que faz e merece ser destaque da coluna desta semana.

Tom – irreverente, carismático, criativo, artista plástico, muralista e grafiteiro onde iniciou sua trajetória em 2005.Uma das frases muito usadas em seus grafites que me chamou a atenção é: “RESPIRO ART PRA NÃO PERDER O FÔLEGO”.

A arte de Tom tem uma poética em cada trabalho. Muitas vezes deixa bem claro seus sentimentos nos elementos criativos, outras de forma subliminar nos leva a meditar para extrair aquilo que sua mente criativa quer expressar.

Uma frase retirada de suas redes:

“NÃO ME IMPORTO SE A ARTE É BONITA OU FEIA,

 ME IMPORTO SE TEM ALMA E VERDADE”

                                                                    TOM

PERSONAGEM PRESENTE EM TODOS OS SEUS TRABALHOS.  “DOM”

  1. Tom, fale-nos um pouco sobre seu personagem “DOM”.

            O personagem foi criado em 2010, a ideia era criar algo que fosse autêntico, com a minha identidade. Então busquei isso em mim.

            Assim surgiu o personagem que carrega o nome DOM.

  1.  Quais  as mensagens centrais  do “DOM” em suas criações?

O personagem carrega algumas mensagens. Ele tem a mente aberta onde consegue se encaixar em qualquer contexto social e linguagem artística. Dentro da mente do personagem tem um coração que faz referência ao AMOR.

Ele tem os olhos fechados como se estivesse dormindo, referente aos SONHOS (meus sonhos através da Arte)

As vezes carrega um ursinho sobre a cabeça referente algo da INFÂNCIA (INOCÊNCIA)

Também carrega uma lâmpada, fazendo alusão ao ser LUZ por onde passar na vida das pessoas. (amor ao próximo)

  1. Você se identifica com seu personagem?

A intenção era criar algo com as minhas características. Então busquei em mim essas referências.

O personagem “DOM” sou eu mesmo.

Tom também deixa sua marca nos  lugares mais inusitados. Contratado  pelo Shopping Esquina dos Pimentas em Guarulhos/SP

fez um lindo trabalho, trazendo luz e cor ao ambiente que não tem como passar despercebido.

Sonhos, luz, pensamentos, amor, vida e inocência são as matérias-primas para as  criações de Tom. Podemos resumir a Arte de Tom em uma única palavra – COMUNICAÇÃO. Através da arte o artista se comunica com seu público deixando sua mensagem poética.

A obra abaixo é a prova disso.

TÍTULO: “PENSAMENTOS”

DIMENSÕES: 80 X 100

TÉCNICA: MISTA

DESCRIÇÃO:  “Conversando com algumas pessoas, percebi o quanto elas têm vivido o caos da mente, muitas dificuldades, traumas, e surtos psicóticos. Até me identifiquei com elas tempos atrás. Quando fui pintar presenciei tudo isso de maneira muito forte em minha mente e a obra saiu”.

Bem diferente daquilo que sempre fiz, mas por trás de tudo isso, percebo o quanto a Arte me fez bem. Fazer arte me faz buscar o equilíbrio mental e espiritual.

“FAZER ARTE ME TRAZ PAZ”

Termino essa matéria deixando uma mensagem do Tom em forma de arte, através do DOM

PARA CONTRATAR O TRABALHO DO ARTISTA ENTRE EM CONTATO ATRAVÉS DO

INSTAGRAM @tomvidalivre ou pelo whatsapp (011) 959571001

OSHIBANA-E: a arte com flores e folhas desidratadas

Luciane Yahweh

Oshibana é um termo japonês que se refere a técnica artística de desidratar flores e folhas. O método consiste em prensar o material e criar diversos arranjos que são utilizados, principalmente em decorações de ambientes, mas também utilizado para fazer diversas peças artesanais como marca textos, chaveiros, cartões  e aquilo que a imaginação criar.

Emi Imai, nascida em Tokyo/Japão, porém, registrada no consulado brasileiro, referência da arte aqui no Brasil, promovendo cursos e palestras e criando em seu ateliê OSHIBANA-E

EMY IMAI
Artista plástica e professora da
técnica japonesa Oshibana-e

 

  1. Emy, nos fale um pouco de sua arte.

OSHI significa prensar e prender. BANA significa flor e E significa desenho e arte. Essa técnica consegue manter as cores naturais das flores e folhas. Aprecio a natureza e Oshibana-e, a arte de prensar flores e folhas, matéria prima que a natureza nos oferece.

Um belo exemplo:

‘LÁGRIMAS DE CRISTO”

  1. Fale-nos sobre você.

Sou coordenadora de eventos da cultura japonesa de longa data. tive a oportunidade de atuar na coordenadoria de grandes eventos  da  Cultura Japonesa do Bunkyo em 2018 no pavilhão Japonês do Parque do Ibirapuera  em São Paulo. Fui responsável por toda programação no salão nobre do bunkyo no bairro da Liberdade em São Paulo, com shows e workshops de artes com 120 voluntários. Sou instrutora de marmitas bonitinhas, origami, alfabeto japonês e outras. Coordeno atualmente o projeto “Descobrindo o Japão”  nas escolas públicas.

Atuo como profissional do mercado financeiro há 40 anos, AAI (AGENTE AUTÔNOMO DE INVESTIMENTOS), sou registrada na CVM e tenho certificação na área comercial na B3 como execução das operações e palestrante em japonês  e português, especialista no mercado de capitais e vantagens fiscais. Fui VP por 8 anos na Comissão de Consultoria e Assessoria da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil para colaborar na elaboração dos simpósios setoriais semestrais aos associados em Japonês.

Em meio a toda essa carga pesada de responsabilidades, Emy encontra tempo no universo artístico para um trabalho de tanta sensibilidade e beleza. Veja mais um exemplo de sua arte Oshibana-E:

“CARTÃO CASCA DE MILHO”

As folhas se transformaram em árvores e casca de milho em terra!

Uma florzinha que nasce em qualquer lugar deu um destaque. Como é  linda a natureza!

  1. Como conciliar profissão ofício e Arte prazer?

No ano passado me aposentei da Câmara por causa das demandas dos projetos. Escolhi dedicar ao

projeto que poderá melhorar o futuro dos alunos e o futuro do Brasil e fazer bem a sociedade Brasileira.

“FLOR DE AZALEIA”

Meu primeiro quadro de Oshibana-e em 2017

  1. Como conciliar profissão ofício e Arte prazer?

No ano passado me aposentei da Câmara por causa das demandas dos projetos. Escolhi dedicar ao

projeto que poderá melhorar o futuro dos alunos e o futuro do Brasil e fazer bem a sociedade Brasileira.

“FLOR DE AZALEIA”

Meu primeiro quadro de Oshibana-e em 2017

“GRATIDÃO”

 

Agradecendo aos agricultores que enfrentam condições  ambientais, pragas para produzir os legumes e temperos que

que são as obras dos agricultores.

Matéria Prima: Mini berinjelas, gobo (bardana), pimenta dedo de  moça, arroz, feijão, cebola roxa e sálvia com as folhas, flores e caules.

(Essa obra participou da 14a Exposição de Arte Bunkyo)

No momento atual estou definindo o meu destino final para retomar as aulas e ensinar minha arte.

“CYCLAMEN”

Vale lembrar que todo evento, projeto artístico, todo trabalho para  uma realização com excelência, é necessário um time de excelência de colaboradores, parceiros e patrocinadores. E durante a entrevista a Emy citou cada um que tem apoiado o projeto “Descobrindo o Japão” realizado a cada semestre. Seu coração grato é a razão de toda sua simpatia e amor pelo que faz.

“ASTROMÉLIA”

–instagram  @emy.imai

fone- wathsapp (11) 99986-6735

As cores vibrantes de Regina Sganzerla

 

 

Luciane Yahweh

 

Regina Sganzerla  é uma  artista de Cafelândia-Paraná, dedicada a arte e minuciosa nos detalhes. Comprometida com sua missão, mesclada com sua paixão, faz do seu trabalho sua grande paixão.

 

Ela  traz como enredo condutor nas suas obras a temática  fé e espiritualidade. Entre seus objetivos está o de evangelizar através da arte em temas que nos remetem ao criador e as criaturas, a natureza, reflexão , posicionamento  e  responsabilidade do homem perante  ao planeta, ao ser humano.

Regina 2

A flora e fauna também se refletem em suas obras, além das relações humanas, família, resgate de valores, conflitos existenciais, educação cultural, valorização do papel da mulher  entre outros sentimentos, como o amor, a paz, a amizade, etc.

Regina 5

Suas obras caracterizam também nas cores vibrantes que destacam a técnica também utilizada por ela o pontilhismo policromático.

Regina 1

Regina  contextualiza e valoriza o dinamismo da vida contemporânea sem perder a leveza e suavidade que nos remetem ao divino.

Regina 6

A artista procura não fugir da essência, com imagens  recontextualizadas buscando conviver no campo da expressão artística, abrindo possibilidades e integrando novos significados pela arte

Conheçam um pouco mais de seus trabalhos acessando:

www.instagram.com/reginasaganzerlapires

www.facebook.com/reginaaparecida.sganzerlapires

lu

 

 

As formas e cores de Estela Spritzer Fajgenbaum

 

stela 1

Apresento o lindo trabalho da artísta plástica Estela Spritzer Fajgenbaum. 

 Arquiteta por formação, apresenta intimidade com linhas retas e composições geométricas alinhadas a cores vibrantes que remetem a lembranças e vivencias da artista. Através de uma leve perspectiva e da cor, as formas vão delineando ideias de movimento e ilusão de ótica.

 Seus trabalhos são caracterizados por imagens abstratas, mas que reportam sensações e afetos de uma união baseada na cumplicidade, no respeito e no amor, ressaltando a força e a beleza da relação a dois. Mas o espectador é convidado a interpretar as composições de traços, linhas e cores de acordo com suas visões de mundo. Confira nas imagens abaixo.

 

Título:”ESCADA”                   Técnica: óleo sobre tela Dimensões:  2 telas de 70×60 cada

stela 2

  1. Fale  um pouco sobre Estela Fajgenbaum Artista Plástica.

Sou arquiteta e urbanista de profissão. Um dos motivos que me levaram a escolher esta profissão, foi poder ter tido uma professora de desenho artístico no curso de formação para professores de ensino fundamental. Então, não parei mais de pintar.

Título:”HISTORIAS”               Técnica: óleo sobre tela  Dimensões: 2 telas de 60×80 cada

stela 3

2.Fale sobre seu trabalho Artístico

Meu trabalho é com pintura a óleo sobre tela. Minha obra é abstrata, com estruturas geométricas e valorização das cores. Construo planos que se intercruzam e interpenetram, procurando um equilíbrio geométrico e ilusão de ótica, onde a harmonia das cores, linhas e  ângulos, estruturas e movimento, retratam minhas emoções, sentimentos e lembranças. Procuro me especializar através do autoconhecimento, pesquisando e buscando sempre  os materiais necessários para uma aprendizagem significativa. 

Já participei de várias exposições individuais e coletivas, tanto presenciais quanto virtuais . Em cada quadro as memórias afetivas e recordações de minha vida a dois, fazem-se presentes em soluções figurativas abstratas visualizadas pela presença de um par e também na produção de trabalhos dípticos que se completam e se harmonizam.

:: LEIA MAIS »

A arte que emociona, do menino Samuel Vitor

samu 1Em comemoração ao Mês das Crianças apresento aqui um pequeno grande artista que não brinca em serviço quando o negócio é “fazer arte”!

Samuel Vitor, de Belo Horizonte, autista, de 7 anos, um pequeno grande artista mirim em pleno desenvolvimento nas artes. Se denomina “o pintor das emoções”.

“QUADRO DANÇANTE”

samu 2

Samuel fala-me um pouco de você:

A minha assinatura artística é Samuel Vitor. Sou pintor de emoções, gosto de pintar os sentimentos e os pensamentos,  além de pintar gosto de robótica,  jogar xadrez, dançar, cantar e brincar com minhas calopsitas (Mel, Joãozinho, Trevo e Raimundo.

samu 3

Fato curioso: gosto de fazer continhas de matemática bem grandes e de cabeça

Gosto de brincar com dinossauros

“SUPER ALEGRE”

samu 4

Você participou de um dos meus projetos o mais recente: ARTE É…mostre-nos a obra que representou e fale sobre ela.

Participei com o quadro “Emoções”,  Este quadro 50x70cm chama emoções pq “as emoções que sentimos é que faz todas as coisas acontecerem”.

Assim é a arte, nesse projeto procurei mostrar o que é arte a partir do raciocínio do próprio artista. E Samuel assim definiu a arte.

:: LEIA MAIS »

As cores vivas na arte de Zeca Maria

seca 6

“Zeca Maria”, Artista Plástico, aposentado, músico, criativo e bem humorado, de Ribeirão Preto-SP. Participou de várias exposições individuais e coletivas entre elas “Brincadeira de Criança” curadoria de Luciane Yahweh e Miguel Angelo realizada no Centro Cultural Palace em Ribeirão Preto/SP, e da Galeria ao Céu Aberto. Apresento aos admiradores da Arte, José Maria de Carvalho.

zeca 1

Sua arte é expressiva, cores fortes e desenho elaborado a mão livre.

zeca 2

Zeca Maria é bem eclético em seu estilo. Vale o momento, que influencia diretamente no estilo, desenho ou pintura.

zeca 3

Faz com gosto….Faz com amor pela arte.

zeca 4

Consegue retratar na tela, aquilo que sua alma vê

zeca 5

Zeca, participou por varios anos da Galeria a Céu Aberto em Ribeirão Preto/SP, um evento de incentivo a arte. Só parou pelo encerramento das atividades motivado pela pandemia.

zeca 7

Confira seus trabalhos e siga-o em suas redes:

Galeria a Céu Aberto:

https://www.instagram.com/s/aGlnaGxpZ2h0OjE3ODQzOTU1NDI0Njk3NzIz?utm_medium=copy_link

Perfil pessoal:

https://instagram.com/josemariaartista?utm_medium=copy_link

luciane

Luciane Yahweh e a arte como beleza e poesia

66

Daniel Thame

 

Luciane Yahweh é uma artista plástica apaixonada por sua arte e pela arte de outros nas mais diferentes esferas. Sua filosofia está fundamentada no “Ubuntu”,  onde ninguém vai longe sozinho no trabalho que propôs a fazer. Unindo forças, ela  busca  reconhecimento de seu trabalho e mostrar o que é a verdadeira arte que não se define apenas pelo belo, mas por sua poética.

 

arte

De acordo com Luciane, “ como  artista procuro expressar aquilo que tenho dentro de mim. Ser artista é muito além de técnicas de pintura, ou habilidades manuais. É se manifestar com sua arte, imprimir sua alma em cada trabalho, sua habilidade é fazer da vida uma poesia, trazer cor, forma aquilo que está em branco”. “Muitas vezes só o artista pode interpretar sua obra, pois veio do mais profundo de sua alma. Seu poder de criação está em constante movimento.  Ser artista é ser livre para se expressar através das cores e pincéis”, diz.

11

 

“Trabalho para que a arte seja valorizada em todas suas esferas e os artistas reconhecidos em seus trabalhos. Isso se consegue com a uniao de esforços, entendendo que não existem concorrentes na arte, existem artistas com seu próprio estilo que se difere do outro”, afirma. Segundo ela, “não existe o pior ou melhor, existe o mais experiente ou o menos experiente. Não existe o feio ou o bonito, existe por trás de cada obra uma história que faz dela um trabalho significativo.

ARTE QUE IMPRIME A ALMA

 

“Meus trabalhos apresentam cores vivas e traços fortes, expressando aquilo que tem dentro de mim. E por mais que tente, não consigo fazer diferente. As cores fortes expressam alegria, otimismo e esperança, atributos que cultivo”, ressalta.  “Os traços firmes expressam força, fé, alvo definido, demarcado. Nem sempre fui assim, mas a vida me ensinou a trilhar por esse caminho.” E é essa a mensagem que quero transmiti. As cores vivas refletindo otimismo e alegria, e os traços fortes, refletindo a esperança e fé muito presente dentro de mim. Minha alma está impressa em cada trabalho. Amo o que faço e em cada obra finalizada fragmentos desse amor também ficam impregnado na tela” afirma.

44

Luciane lembra que “quando eu decidi fazer da minha arte, minha profissão peguei tudo que eu tinha, e fui à luta. O que eu tinha? Quase nada naquele momento, somente uma vontade imensa de ser. Amo o que faço e a cada trabalho concluído, fragmentos desse amor ficam impregnados na tela, é como que imprimir a minha alma em cada trabalho, transmitindo algo positivo”.

EXPOSIÇÕES E FEIRAS

 

22

Luciane Yahweh participou de várias exposições e suas obras estão representadas em vários estados brasileiros e no exterior. “Atribuo meu dom a Deus a quem tenho como meu Senhor e Salvador”, ressalta.

 

-Exposição Academia Campineira de Letras e Artes- Licia Simoneti

-Exposição   \”Mulheres Maravilhosas’ – Licia Simoneti

-Exposição Museu histórico Pedagógico Mj José L Sobrinho

-Exposição \”Galeria de Arte e Ateliê Licia Simoneti  \”A diversidade Cultural de Nosso País- Limeira/SP

– 44a Semana de Portinari / Brodowski – SP

– “Galeria a Céu Aberto’ / Ribeirão Preto /SP

– Exposição de arte Nove de Julho Rua Aberta 1a,2a e 3a edição  Ribeirão Preto/Sp

– Exposição Virtual Artecom Expo international Association of Artist  Art Quarantine 3a Edição

– “-Exposição Virtual ARTE EM QUADRADOS”,  ‘VIRUS’ e ‘NOVO NORMAL’

55

– “Projeto DIAS DE RECLUSÃO- Maria Vieira/ SP ação solidária

– “Projeto CONVIDA EXPO ART /2020 arte nas máscaras

– “Projeto OPEN CALL FOR ARTIST”

– Exposição Virtual MASP DESENHO EM CASA

– “Projeto ARTNATIC BRASIL – Gallery of Fragrance – Onde uma de minha obra “vestiu” a embalagem de perfumes.

Cristiano Silvestre: criatividade e talento na arte das esculturas

A arte nos apresenta um enorme leque de manifestações. A arte está na música, pintura, interpretação poesia e teatro, fotografia, porcelana, esculturas e muito mais. Cada uma de suas manifestações com suas técnicas, cores e luz,  trazendo brilho, intensidade, despertando suspiros e admiração.

Hoje quero falar um pouco de ESCULTURA, e apresentar um artista iniciante que já trabalha como profissional, esbanjando criatividade e perfeição em suas peças.

Escultura é a arte de transformar  matéria bruta ( pedra, metal, gesso, madeira, barro etc) em peças com formas em 3a dimensão, isto é, com volume, altura e profundidade. A origem da escultura remete à Idade Paleolítica.

Temos grandes nomes da escultura como: Michelangelo, Picasso, Auguste Rodin e tantos outros que deixaram uma enorme contribuição para a arte.

Toda escultura tem um significado que a torna especial. e também apresenta diversos estilos artísticos: Renascentista, Barroca, Neoclássica, e Modernista.

O artista que apresento aqui, está enquadrado dentro do estilo modernista, trabalhando com muita criatividade suas peças.

CRISTIANO SILVESTRE, morador de Telêmaco Borba – PR –  criador da marca “CRIARTS”. Ainda se diz um aprendiz na arte da Escultura Moderna.

“ÁGUIA FEITA COM TALHERES”

Cristiano para criar sua arte faz uso de materiais recicláveis, sucatas de ferro, engrenagens, rolamentos entre outros. Tudo que sua mente de artista sinalizar como obra prima de sua incrível arte.

“LOCOMOTIVA FEITA COM SUCATA”

Perguntado de onde vem suas inspirações, Cristiano diz que se inspira em outros artistas que vê pela internet e a partir daí tenta fazer a sua criação.

“CAVALO MARINHO CRIADO COM ENGRENAGENS”

É impressionante como simples material pode ser transformado nas mãos de um artista, uma tela em branco ganha traços e cores, uma letra se transforma em uma linda melodia, a interpretação explode em  risos ou emoções, o reciclável ou lixo ganha forma e beleza. Isso é ARTE!

“CAMINHÃO CONSTRUÍDO COM SUCATAS”

Os maiores vilões na promissora carreira artística de Cristiano são: O TEMPO, pois a arte é um trabalho secular e faz suas

criações nas “sobras” de tempo. E a VALORIZAÇÃO de seu trabalho. Valendo em conta que todo artista almeja o reconhecimento e valorização de seu trabalho através da venda de sua arte, Cristiano encontra muita dificuldade para vender.

E aqui vai uma observação para todo artista em inicio de carreira, seja persistente, exponha seu trabalho, divulgue sua arte, faça parcerias,

entre numa galeria que trabalhe na divulgação de seu trabalho. Lembre-se: QUEM NÃO É VISTO, NÃO É LEMBRANDO”.

“ESCORPIÃO PRODUZIDO COM ENGRENAGENS E METAL RECICLÁVEL”

“MINIATURA DE MÁQUINA FLORESTAIS FEITA DE AÇO”

Se você gostou do trabalho de Cristiano, e quiser adquirir alguma peça ou mesmo conhecer seus outros trabalhos,

segue abaixo a informação de contato:

Facebook : https://www.facebook.com/cristiano.silvestre.1000

Instagram : www.instagram.com/criart_metal

Email:   Cri_tb@hotmail.com

Você que viu essa matéria e gostou, deixe um comentário, divulgue o link para que mais pessoas conheçam esse talentoso

artista.

 A Arte Agradece!

Recado por meio da arte

Estamos no mês em que ainda se fala muito a respeito do Bicentenário da Independência do Brasil.E como a arte também é um mecanismo de comunicação, expressão e manifestação, ela se faz presente nessa celebração através de projetos como já foram publicados em matérias passadas aqui na coluna.

Essa semana quero apresentar algumas obras que passam uma mensagem para o povo brasileiro. É a arte cumprido seu papel na comunicação,  trazendo reflexão. São artistas de várias regiões do Brasil deixando o seu recado de paixão e esperança pelo Brasil.

 

“ABRACE O DESCONHECIDO”

Obra participante na exposição: Brasil – Gigante pela Própria Natureza, promovida pela Lótus Gallery.

Você poderá ver essa e outras obras de outros artistas acessando o link:

https://lotusgallery.com.br/exposicao-brasil/

Artista: GÊIZA BARRETO/ Salvador-Ba  (catalogada na Lótus Gallery)

“Abrace o Desconhecido”  foi criada em 2016, exatamente quando o Brasil estava dividido entre “verde-amarelos” e “vermelhos”.

Muito me entristece ver que diferentes pontos de vista, que poderiam ser usados para enriquecer a nossa percepção de mundo, tornam-se motivos para discórdia; até mesmo pessoas que se amam se ferem e se afastam por divergências de opinião.

Por isso, meu convite a você hoje é procurar estabelecer uma conversa aberta e respeitosa com alguém que tenha uma visão de mundo diferente da sua. Isso certamente trará crescimento a ambas e trará soluções e possibilidades que jamais existiriam sem essa troca.

“Esta obra reflete meus sentimentos sobre os acontecimentos na história recente do Brasil e a incerteza com relação ao futuro. Eu criei harmonia com as cores que tornaram-se antagônicas no país: verde, amarelo e vermelho, na busca pela beleza no diálogo e na união entre elas. Há tensão, mas também esperança.”

Em outro trabalho complemento deste acima, intitulado “UM SOMOS NÓS, a artista também abre espaço para uma oportuna reflexão:

Quando será que aprenderemos que estamos todos conectados? Que o bem ou mal que faço ao próximo estou fazendo a mim também?

Instagram: @geizarte

“LIBERDADE NA ESCRAVIDÃO”

Artista: CARMEM MOREIRA/ Ribeirão Preto-SP

Minha  inspiração veio á partir deste texto:   “. Ao tornar se Independente de Portugal,a nação Brasileira como um todo era na sua quase totalidade a favor da forma de governo monárquica,as razões para está escolha política São diversas, havia um verdadeiro temor por parte de diversos grupos sociais. a educação e a escravidão sempre foram a maior das preocupações de D.Pedro durante o seu reinado.  ” A ordem,de Paz e Liberdade “.

Instagram: @carmem_silvia.moreira

“NAVEGAR”

Obra participante na exposição : Brasil – Gigante pela Própria Natureza, promovida pela Lótus Gallery.

Você poderá ver essa e outras obras de outros artistas acessando o link:

https://lotusgallery.com.br/exposicao-brasil/

Artista: LUCIANE YAHWEH/ Passa Quatro – MG

(Catalogada na Lótus Gallery)

Como descrição faço uso de trechos do poema de Fernando Pessoa, “NAVEGAR É PRECISO” “…Navegar é preciso, viver não é preciso. Quero para mim o espírito desta frase, transformada a forma para casas como eu sou: Viver não é necessário, o que é necessário é criar… …Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue, o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir para a evolução da humanidade.”

 O pensamento do patriota revelando seu amor e força por sua nação, o pensamento do brasileiro que não foge a luta, é gigante pela própria natureza

Instagram: @atelie_lucianeyahweh

“URCA”

Artista: ANGELA SCORZA/ Ilha do Governador-RJ

Moro numa ilha no Rio de Janeiro,Ilha do Governador. Isso sempre foi motivação para gostar do mar, admirar montanhas e suspirar pelas cores dos céus.   Retratar nas tintas os reflexos de barcos, pesqueiros, casas à beira mar, sempre é estimulante e desafiante. Já pintei quase em todo Brasil, mas paisagens e marinhas têm atrativos extras: uma profunda beleza que não foi feita pelo homem.

Nessa aquarela estamos num pôr do sol no bairro da Urca, lugar de atrações naturais sem par.

Sou Angela Scorza, aquieta e artista plástica desde sempre, profissional desde 1982. Já expus em diversos países e o que mais gosto é fazer como Impressionistas e ir com meu material a paisagem e aquarelar ” a plein Air”. Minhas obras estão sempre à venda, assim como o que aprendi e aprendo estão sempre a disposição em aulas online.

Instagram: @angela_acquerello

“BICENTENÁRIO”  Obra em exposição permanente no projeto artístico: BICENTENÁRIO DAS AMÉRICAS, criado por Jaime Vallardo Chávez

Você poderá ver essa e obras de outros artistas acessando o link: https://www.instagram.com/vallardoartistanaif/

Artista: APARECIDA FELIPE/ Goiânia-GO

Coordenadora e embaixadora do Bicentenário das Américas, representante do Brasil, Goiânia/Go

E também integrante  da  AGAV ( Associação Goiana de Artes Visuais.)

Iniciei no Bicentenário de Honduras em 2021 que foi a segunda edição do Bicentenário.

A exposição em Brasília corresponde a quarta edição do Bicentenário.Foi muito proveitoso e emocionante ver o material pictórico de mais de 500 artistas de todo  mundo. O evento sairá do Brasil  fortalecido, somando novas metas para os próximos eventos . Tive uma somatória de mídia  nacional e internacional muito expressiva em prol do evento.   O Bicentenário  já consagra  uma marca  e eleva o nome de artistas de grande relevância nacional e internacionalmente. Vamos ficar atentos a próxima agenda no Brasil e Honduras.

Instagram: @orkideatulipa

Se gostou, comente, curta, compartilhe o link. Prestigie a Arte dos brasileiros.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia