hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘lançamento’

Tenda do TPI recebe lançamento do livro de memórias de Zé Dirceu

Lançamento Memórias Zé DirceuO Teatro Popular de Ilhéus receberá nesta-feira, dia 18, a partir das 18 horas, o lançamento regional do livro “Memórias – volume 1”, de Zé Dirceu. A autobiografia conta os bastidores inéditos de sua militância estudantil durante a ditadura militar, seu exílio e o treinamento para ser guerrilheiro em Cuba, a cirurgia plástica que mudou seu rosto, a vida clandestina no Brasil nos anos 1970, a volta à legalidade com a anistia, em 1979, e sua ascensão no Partido dos Trabalhadores, onde se tornou presidente e maior responsável pela eleição de Lula à presidência da República.

Nascido na cidade de Passa Quatro, em Minas Gerais e formado em direito pela PUC de São Paulo, Dirceu revela, pela primeira vez, segredos dos bastidores da luta política dentro do PT e do próprio governo, onde foi chefe da Casa Civil e provável sucessor de Lula, até ser abatido pelas denúncias do “Mensalão” – cujos episódios serão contados no segundo volume, previsto para ser lançado ainda este ano.

No primeiro volume de suas Memórias, Dirceu, que concederá autógrafos e um bate-papo com os presentes, expõe o que jamais foi dito sobre sua vida e sobre os principais líderes da política brasileira nos últimos 50 anos. Um livro imprescindível para se entender como foi a luta contra a ditadura militar, a redemocratização, a derrubada do presidente Fernando Collor, a oposição aos governos de Fernando Henrique Cardoso, a eleição de Lula e Dilma e o atual momento político do país.

Read the rest of this entry »

Ilhéus: grupo ameaça desmontar tenda do TPI em protesto contra lançamento de livro de José Dirceu

dirceuUm grupo de ilheenses adeptos do antipetismo e que atua em sintonia com a ideologia de direita do atual presidente Jair Bolsonaro, do PSL, ameaça desmontar a tenda do Teatro Popular de Ilhéus. Localizada na Avenida Soares Lopes, a tenda do TPI será palco, no próximo dia 18, do lançamento do livro de memórias  petista José Dirceu. Dirceu foi ministro durante o governo Lula, e lança o livro após ter passado um período preso,

Revoltados com a presença do petista em Ilhéus desde o fim do ano passado, o grupo, que vem manifestando sua insatisfação nas redes sociais com a presença de Dirceu na cidade e elogiou a Academia de Letras de Ilhéus após a entidade anunciar que devido a uma reforma o livro do petista não seria lançado em sua sede, não descarta partir para o enfrentamento, desmontando a tenda.

Tem que tacar fogo logo em tudo”, disse uma internauta  nas redes sociais, mostrando todo seu destempero. O fato é que, o que era pra ser um simples evento, pode se transformar em caso de polícia.

Lideranças progressistas e defensoras da liberdade de expressão estão se mobilizando para garantir o lançamento do livro.

Vale ressaltar que Zé Dirceu já lançou seu livro em eventos concorridíssimos, em São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Brasília, Recife, João Pessoa e outras capitais brasileiras sem que em nenhuma delas houvesse qualquer tipo de protesto, desordem, ou qualquer tipo de intolerância. (com informações do Blog do Chicó e Ipolitica)

Bahia Farm Show é lançada durante a Fenagro

farmMaior feira agrícola do Norte Nordeste, a 15ª Bahia Farm Show foi lançada nesta terça-feira (27), no auditório da Fenagro, no Parque de Exposições de Salvador. A Bahia Farm Show será realizada entre os dias 28 de maio e 1º de junho de 2019, em Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano, e deve movimentar R$ 2 bilhões em negócios. A última edição alcançou mais de R$ 1,8 bilhão, em um cenário de retração da economia. A secretária estadual da Agricultura, Andrea Mendonça, participou do lançamento.

Segundo o chefe de gabinete da Seagri, Eduardo Rodrigues, a Bahia Farm Show é muito importante pelo seu tamanho e pelos equipamentos que são comercializados. “Todos nós estamos muito felizes. O oeste baiano tem grande importância em diversas culturas. É o celeiro para toda a economia da Bahia. O agronegócio representa 25,8% do PIB baiano e também um quarto, ou seja, 25% do agronegócio nacional”.

Read the rest of this entry »

Rally Costa do Cacau tem lançamento no Jequitibá

 

Rally Costa do Cacau - Taís Borba

O Rally Costa do Cacau promete agitar a região no dia 29 de julho, com uma competição automobilística de regularidade, nas categorias carro e moto, voltada para toda a família. O evento é uma promoção da Senna Proteção Veicular de Itabuna, com o apoio das Federações baianas e Confederações brasileiras de automobilismo e motociclismo.

 

 
A iniciativa será lançada hoje no Shopping Jequitibá com um coquetel, às 19h, na loja do Rally Costa do Cacau, que fica ao lado da loja Colombo, na Alameda Otaciana Pinto. Neste espaço, que fica aberto à visitação, o público poderá ainda conferir uma exposição de carros e fotos de rallys e réplicas de peças usadas pelo inesquecível piloto Ayrton Senna.

 

 
Rally de regularidade
O rally de regularidade é uma prova na qual o objetivo da equipe, piloto e navegador, é seguir o trajeto determinado pela organização, mantendo médias horárias pré estabelecidas.
Iniciantes também poderão participar com seu carro de uso diário, sem nenhuma modificação, já que a prova é normalmente realizada em estradas não pavimentadas e trilhas que podem ser abertas ou fechadas ao trânsito normal de veículos.

 

 
Carros pequenos (4X2); utilitários leves (4X4); motos trail; quadriciclos; UTV (gaiolas) e bicicletas poderão participar. Como novidade, o rally abre a participação para as categorias universitários e zequinhas (caronas).
Mais informações na loja do rally no Shopping Jequitibá e no site www.rallycostadocacau.com.br.

Lançamento da 36ª Expoita

Será lançada na próxima quinta-feira (03), às 19 horas, no Parque de Exposições Antônio Setenta, a 36ª Exposição Agropecuária de Itabuna “É da Terra. É da gente”. O evento está sendo coordenado pela Rancho Leilões e Rancho do Pimpo, empresas com ampla experiência na área de negócios agropecuários em todo o estado da Bahia e que decidiram abraçar este projeto ainda em 2015, promovendo o resgate de um dos maiores eventos agropecuários da região.

A Expoita será realizada entre os dias 29 de setembro e 1º de Outubro, e recebe o apoio da Prefeitura Municipal de Itabuna através da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente (Sema). O Secretário John Nascimento, titular da Sema, lembra que por se tratar de um evento que atrai visitantes de várias cidades da região e de outros estados, como por exemplo, Sergipe, Espírito Santo, Minas Gerais e Tocantins, movimenta consideravelmente a economia local.

“O que se torna um fator determinante para receber o apoio da administração municipal. A meta do prefeito Fernando Gomes é gerar emprego e renda, e a Expoita traz no seu bojo um leque de benefícios importantíssimos para Itabuna”, destaca o Secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, John Nascimento. Sob a coordenação dos empresários Pablo Nascimento, Carlos Alberto Dantas (Beto Dantas), Amélio Boldori e Ângelo Affonso (Pimpo), o grupo de empresários espera um crescimento em torno de 30%, ao comparar esta edição 2017 da Expoita com o ano de 2015.

A Exposição Agropecuária de Itabuna reunirá em um só lugar, o Parque de Exposições Antônio Setenta, uma variedade de eventos que agradará o gosto de toda família: exposições de bovinos, equinos, feira de negócios, palestras técnicas, concurso leiteiro, marcha equestre, shows musicais, parque de diversões, restaurantes, entre outros.

Rui participa do lançamento da 7ª edição da Flica

Nesta terça-feira (18), às 9h, o governador Rui Costa participa do lançamento da 7ª edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), no Palácio Rio Branco. Pelo terceiro ano consecutivo, o Governo do Estado marca presença na festa, com uma série de atividades relacionadas às áreas de educação, cidadania, cultura e turismo.  A programação é destinada aos públicos adulto e infanto-juvenil e estará concentrada, em sua maior parte, no Espaço Educar para Transformar, instalado na Casa do Iphan, em frente à Câmara Municipal do município do Recôncavo Baiano.

Consolidado como um dos mais importantes eventos literários do país, a Flica recebeu no ano passado um público recorde de 35 mil participantes da Bahia, de outros estados e também do exterior. Além de garantir uma ampla programação e oferta de serviços para o público da festa, o Governo do Estado também se destaca como um dos promotores da Flica, cuja realização é viabilizada através do programa de incentivos fiscais Fazcultura, uma parceria das secretarias estaduais de Cultura e da Fazenda.

Campus Party é lançada oficialmente em Salvador

campus p 1O lançamento oficial da Campus Party Bahia foi realizado na noite desta terça-feira (23), no Lounge da Arena Fonte Nova, em Salvador, com a presença dos secretários de Ciência, Tecnologia e Inovação, Vivaldo Mendonça, da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis, além de empresários, estudantes e jornalistas. As atrações do maior evento de inovação e tecnologia do mundo – que acontecerá pela primeira vez na capital baiana, entre 9 e 13 de agosto – foram apresentadas pelo presidente da Campus Party, Francesco Ferrugia, e pelo diretor-geral do evento, Tonico Novaes.

Segundo Vivaldo Mendonça, o evento colocará a Bahia no cenário mundial de inovação. “É uma grande oportunidade. Vamos ter eventos pré-campus e pós-campus, inclusive no interior. Será um evento que vai se integrar ao calendário permanente da Bahia. Nunca se vendeu tão rápido as entradas das 3,5 mil vagas que foram colocadas à disposição do público como aqui”, afirma o secretário.

campus p 2Para Francesco Farrugia, que mora há 14 anos em Salvador, promover a Campus Party é como criar uma cidade para três ou quatro mil pessoas, com alimentação, segurança, limpeza, centenas de horas de palestras, workshops e outras atividades. “Eu falei [sobre o evento] com o secretário Vivaldo Mendonça, que me apresentou ao governador Rui Costa. O governador me surpreendeu, porque ele sabia tudo sobre a Campus Party e tem as ideias muito claras. Ele falou que era o momento de fazer o evento e o apoio do Estado é fundamental”.

Read the rest of this entry »

Gilson Guimarães lança ‘Bravi’, Uma mistura de ficção e realidade

bravi

Gilson Guimarães escreve desde a infância. Livros imaginários. Duvidou do talento e virou engenheiro. Construiu uma sólida carreira que exerceu por 22 anos. E teve que se desconstruir para pegar a origem e se refazer tijolo por tijolo. Passou a viver letras vapores, palavras perfumes, livros pessoas. Em 2002, menos engenheiro e mais publicitário, uma trombose medular quase o tirou do mundo. Revirou sua história. Paraplégico, aposentado, engavetou-se durante uma década.

Durante dez anos remoeu as entranhas e em 2013 deu um basta. Abriu a gaveta e lançou seu primeiro livro de poemas ” Imensidão Mulher “., com prefácio do poeta e jornalista Fernando Coelho e projeto gráfico do designer Washington Falcao.

Agora Gilson Guimarães lança ” Bravi “, seu primeiro romance, com 288 páginas, pela editora Aquariana, sobre a saga de duas famílias europeias que desembarcam no Brasil antes da Segunda Guerra Mundial, fugindo, uma do fascismo na Itália, e a outra da Guerra Civil Espanhola.

O romance narra a trajetória de personagens singulares que se confundem com importantes acontecimentos durante o século 20 e desfila dramas, amores, encontros e desencontros.

Comentários sobre ” Bravi ”

Read the rest of this entry »

Miruna Genoino lança Felicidade Fechada

geno 2

Felicidade Fechada, livro de Miruna Genoino narra, a partir dos relatos e memórias afetivas da filha, a trajetória do pai, o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) e militante de esquerda José Genoino, desde a condenação em 2005 à liberdade em 2014. “Ninguém notou. Ninguém morou na dor que era o seu mal. A dor da gente não sai no jornal”: os versos do compositor e cantor Chico Buarque de Holanda, podem ser associados livremente como poesia musical do livro Felicidade Fechada de Miruna Genoino, se a leitura for considerada como um ato de escuta do outro.

geno 1Com data de lançamento prevista em todo o Brasil para março de 2017, pela Editora Cosmos, o título transcende a condição de livro com teor jornalístico e factual ao expor um relato sensível e humano da filha de José Genoino, que assumiu para si a tarefa em ser a “expressão pública da família”, durante o processo e a condução do julgamento de seu pai na Ação Penal 470.

Felicidade Fechada foi escrito como um ato de insurgência pela palavra, um desvelar de um véu inacabado, traz à luz a complexidade da existência, muitas vezes “esquecida” pelos jornais: “Relatos de uma filha que, por amor, soube que escrever nunca foi uma escolha, mas uma necessidade”, como revela a própria autora. Necessidade pela verdade, que só é possível de ser alcançada pelo exercício da memória e do não esquecimento; para assim, quem sabe, principiar a esperança da política cumprir a sua meta e o seu destino enquanto justiça: ser uma “felicidade aberta”.

 

Leonardo Sakamoto lança livro no Teatro Dona Canô, em Santo Amaro

leo sakaO jornalista Leonardo Sakamoto lança, na segunda-feira (18), às 10 horas, o livro “O que aprendi sendo xingado na internet”. Fruto de uma parceria da editora LeYa com o Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (Cecult-UFRB), o evento, que acontecerá no Teatro Dona Canô, espaço cultural da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), às 10h, contará com mesa de debates com os professores Felipe Milanez e Nadja Vladi, ex- coordenadora da Revista Muito, do jornal A Tarde.

Inspirado pela experiência que o jornalista paulista teve em seu blog, “O que aprendi sendo xingado na internet” é um manual de sobrevivência nas redes sociais, fruto das habilidades desenvolvidas por Sakamoto em lidar com os mais diversos tipos de reações ao conteúdo publicado diariamente por ele no portal UOL, desde comentários grosseiros às ameaças de agressão física.

O debate, que irá problematizar as relações entre as redes sociais e a crise da democracia no Brasil será mediado pela professora da UFRB Nadja Vladi e terá, além de Sakamoto, a participação do professor Danillo Barata, diretor do Cecult, e comentários do professor Felipe Milanez, também da UFRB.

Festival incentiva produção de chocolates finos no Sul da Bahia

fest choc 12De produtor de amêndoas  a produtor de chocolates finos, com alto teor de cacau. Essa é a transformação que vem se verificando no Sul da Bahia. Um incentivadores desse processo é o Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Bahia, que este ano chega à sua oitava edição, e acontece de 21 a 24 de julho no Centro de Convenções de Ilhéus.

O lançamento do festival, que teve a apresentação da programação do evento, aconteceu na noite de ontem (7) no Espaço Bataclan e contou com a presença do secretário de Turismo da Bahia, Nelson Pelegrino. O Governo do Estado é um dos parceiros do evento, que no ano passado movimentou mais de R$ 10 milhões em negócios e atraiu cerca de 30 mil pessoas.

f 1O Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Bahia é aberto ao público e reunirá mais de 50 expositores, sendo mais de 30 marcas de chocolates Premium do Sul da Bahia, como Amma, Mendoá, ChOr – Chocolate de Origem, Amado Cacau, Fazenda Sagarana, Maltez, Costa Negr. A programação inclui workshops gratuitos de receitas à base de chocolate com participação de  chefs do Brasil e do Exterior.

“Ilhéus e o Sul da Bahia são conhecidos no mundo inteiro através da obra de Jorge Amado e isso serve como um atrativo turístico muito forte. O cacau faz parte desse imaginário e o chocolate da região, um dos melhores do mundo, agrega ainda mais valor a esse processo que fortalece o turismo e a economia”, destacou Nelson Pelegrino. Segundo ele, “durante os quatro dias do festival, Ilhéus passa a ser a capital do chocolate, num evento de dimensão mundial. Essa junção cacau, chocolate e Jorge tem potencial para consolidar o Sul da Bahia como um grande polo turístico”.

marco e nelson“O Governo do Estado tem investido para consolidar a produção de chocolate em Ilhéus como mais um produto de excelência na Bahia, com impactos positivos na economia regional”, afirmou.

O  publicitário Marco Lessa, coordenador do festival, afirmou que “a parceria com o Governo da Bahia tem sido importante para consolidar o evento, com estimulo ao surgimento e novos marcas de chocolate, que hoje já chegam ao mercado nacional e internacional”. A meta para este ano é atingir cerca de R$ 15 milhões em negócios.

 

Lançamento do Festival do Chocolate em Ilhéus

choc 2Com a presença do secretário estadual de Turismo, Nelson Pellegrino, a oitava edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Bahia será lançada nesta quinta (7), às 19h, no Bataclan, no centro histórico de Ilhéus.

O festival começa dia 21 de julho, no Centro de Convenções de Ilhéus, e reunirá 50 expositores, dentre eles mais de 30 marcas de chocolate premium do sul da Bahia.

A programação inclui workshops gratuitos, concursos e shows musicais, como o de Djavan, no dia de abertura do evento. Os ingressos para o show já estão à venda.

Somente no ano passado, o festival movimentou mais de R$ 10 milhões em negócios e atraiu cerca de 30 mil pessoas.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2019
D S T Q Q S S
« mai    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30