hanna thame fisioterapia animal
coronavirus 155 livros do thame

Posts Tagged ‘José Nazal’

Um valioso aparte

Cemitério São João Batista Ilhéus (3)

José Nazal

José Nazal - Foto Maurício MaronInício da década de 1970 do século passado, Edmond Darwich assumiu o governo do município de Ilhéus depois de vencer a Gilberto Fialho na eleição. Era o tempo do bipartidarismo, com a Aliança Renovadora Nacional (Arena) e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), e ele governou com apertada maioria na Câmara Municipal.

No Legislativo, palco de acaloradas discussões em busca da defesa do melhor para a cidade, em uma das sessões, o vereador Manoel Paulino de Oliveira, popularmente conhecido como Maneca do Caixão (dono da funerária mais luxuosa da cidade), apresentou um requerimento sugerindo que fosse construído um muro no Cemitério São João Batista – no antigo Distrito de São João da Barra do Pontal, muito antes de ser bairro –, pois estavam ocorrendo ações de vândalos danificando túmulos, inclusive, com roubo de metal dos ornamentos.

Maneca sempre discursava com veemência, mais ainda se no dia tivesse esquentado os dentes com uma boa pinga, esfriando-os depois com umas cervejas durante o almoço.

Read the rest of this entry »

Antonio, Ruy e Coló

Antônio, Ruy e Coló

José Nazal

José Nazal - Foto Maurício MaronEm Ilhéus há duas antigas praças, muito próximas. Ambas ficam na avenida beira-mar, onde tudo acontece, denominada de Soares Lopes. As praças são dedicadas a dois ilustres baianos: o poeta Castro Alves e o jurista Ruy Barbosa.

Um velho frequentador das praças, o bancário Coló, apreciador de uma boa pinga e fumante inveterado, era apaixonado pelo “Poeta dos Escravos” e adversário ferrenho do “Águia de Haia”. Coló, no auge dos seus ‘’porres”, era o mensageiro que levava e trazia os recados entre os bustos dos ilustres homenageados. Na maioria das vezes, recados desaforados.

Coló morava próximo da praça de Antônio, nome pelo qual ele se dirigia ao ídolo e amigo íntimo, o poeta baiano Antônio Frederico Castro Alves. Diante do busto, bradava em alto e bom som: “Antônio, vim lhe dizer que o tal do Ruy desafiou você. Disse-me hoje que encontrou erros de português em seus versos! Vim aqui te dizer isso e pedir permissão para voltar lá e dizer uns desaforos a ele. Tá pensando o quê, o tal jurista? Que é mais importante que você? Vou lá e volto já”.

Partia então Coló, calmamente e num equilíbrio perfeito (com a solenidade que apenas os bêbados têm), para a praça de Ruy. Chegando, desancava o jurista com o recado que trazia a resposta de Castro Alves. Depois de falar, parava para escutar e, a depender do que ouvia nos resmungos de Ruy, passava a xingá-lo com todos os impropérios que conhecia.

Assisti a essas cenas diversas vezes. Quem não viu tem o direito de não acreditar.

*Ex-prefeito de Ilhéus

José Nazal disponibiliza o relatório final das eleições 2020 de Ilhéus

ponte jorge amado

Por José Nazal.

nazalDesde a eleição de 1976 venho acompanhando e estudando o resultado dos pleitos eleitorais. Nesses quarenta e quatro anos, fiz relatórios dos 22 pleitos eleitorais, sendo 11 eleições municipais e 11 eleições gerais, algumas dessas com segundo turno.

A cada edição tento aprimorar a exposição dos dados. Desde a eleição de 2016, passei a incluir mapas ilustrativos com informações espaciais que facilitam o estudo e a compreensão da decisão soberana do povo de Ilhéus.

Convém esclarecer que as informações referentes às zonas eleitorais foram coletadas diretamente nos cartórios eleitorais da Comarca de Ilhéus e os dados finais do pleito foram extraídos do sítio oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), disponíveis no Repositório Eleitoral, podendo ser aferidos a qualquer tempo.

Veja o relatório.

Para aqueles que deram suor, sangue e vida

trab ponteJosé Nazal

nazalEstá quase chegando a hora da ponte ser entregue, depois da visita do governador Rui Costa, seguido da liberação para a abertura. Quero agradecer, em meu nome pessoal e dos meus familiares, ousando também agradecer em nome dos ilheenses e amigos que me seguiram no acompanhamento da obra pelas redes sociais, àqueles que são os verdadeiros heróis que trabalharam na obra, oferecendo cada um o seu saber, sua experiência, seu suor e sangue para que Dona Ponte pudesse se transformar de um projeto no papel na realidade que hoje vemos.

Quase seis centenas de homens e mulheres se dedicaram no trabalho da obra, estando representados nesse grupo que tive a honra de fotografar no dia 02 de dezembro de 2019.

Rendo minha homenagem a todos e todas, mas cito apenas o nome de quatro colaboradores que, mais do que suor e sangue, deram suas vidas no trabalho da obra: CARLOS AUGUSTO DOS SANTOS ALVES, NELSON BISPO DOS SANTOS, JOEL ARAÚJO DE MATOS e ROBSON SENA SAMPAIO.

Eles infelizmente perderam a vida num trágico naufrágio ocorrido no dia 19 de setembro de 2013.

A eles, todo o meu respeito. Se eu pudesse, colocaria uma placa com seus nomes, para que nunca fossem esquecidos. Como não posso, estou trabalhando em um projeto para registrar as fases da construção da ponte, onde será citado o nome de cada uma das pessoas que trabalharam na obra. Deus permita que eu consiga dar conta de fazer.

José Nazal é fotógrafo, memorialista, vice-prefeito de Ilhéus e autor de Minha Ilhéus – Fotografias do Século XX e um pouco de nossa História.

Ilhéus vista do alto

A cidade eternizada por Jorge Amado, em foto de José Nazal

A cidade eternizada por Jorge Amado, em foto de José Nazal

ponte jan 2020 (2)

Nova ponte em Ilhéus vista de dois ângulos diferentes, pelas lentes de José Nazal

Nova ponte em Ilhéus vista de dois ângulos diferentes, pelas lentes de José Nazal

Ilhéus presta homenagem ao empresário Helenilson Chaves

hc e neto 1Falecido em outubro do ano passado, o Helenilson Chaves acaba de ganhar homenagem em Ilhéus. Uma das ruas do Bairro Jardim Atlântico, na zona sul da cidade, levará o nome do empresário. A Rua E foi denominada Rua Helenilson Chaves.

A lei modificando o nome da rua foi publicada no Diário Oficial agora em julho. Responsável pelo acompanhamento e organização do estudo que definiu CEPs, nomes de ruas e limites de Ilhéus, o vice-prefeito José Nazal foi o autor da homenagem a Helenilson. Ele também explica que o CEP da rua permanecerá o mesmo, mudando apenas o nome.

Ruas com denominação alfanuméricas ganharam nomes de personalidades
A rua que leva o nome de Helenilson não foi escolhida de forma aleatória. “Era justamente a rua onde o empresário possuía uma casa de veraneio”, disse Nazal.

hc e neto 2Com a lei sancionada pelo prefeito Mário Alexandre (Marão), Ilhéus deixou de ter ruas com denominação alfanumérica.

Dentre os homenageados no Bairro Jardim Atlântico, além de Helenilson, estão o jornalista Armando Oliveira, o músico Saul Barbosa, o escritor Euclides Neto e Raimundo Kruschewsky Ribeiro.

LIDEROU O GRUPO CHAVES

Homenageado em Ilhéus, Helenilson Chaves foi um dos maiores nomes do empresariado da Bahia. Comandou o Grupo Chaves, tocando negócios em áreas como agropecuária, comércio, indústria e comunicação.

Em Itabuna, fundou a TV Santa Cruz, afiliada Rede Globo, e construiu o Shopping Jequitibá, que neste segundo semestre inaugura mais de 20 operações com novas lojas, serviços médicos e de academia e um cinema com tecnologia de ponta (Cinemark).

O investimento do Grupo Chaves nesta segunda expansão do Jequitibá é superior a R$ 25 milhões, valor que não inclui os investimentos das empresas. Hoje o grupo empresarial é tocado pelo diretor-presidente Manoel Chaves Neto, filho de Helenilson.

45 anos da ponte que integra e da ponte para o conhecimento

PHOTO-2019-04-22-22-12-00

Há 45 anos, ocorreram as inaugurações da ponte sobre o Rio Itacanoeira (antigo Fundão) e da Fundação que daria origem à Universidade de Santa Cruz.  Dois marcos na história do Sul da Bahia. O vice-prefeito de Ilhéus José Nazal, também fotógrafo historiador, esteve presenta nas duas inaugurações. “Rendo minhas homenagens a todos os que se empenharam e possibilitaram ternos hoje na região um excelente centro acadêmico, de modo especial a Soane Nazaré de Andrade, José Haroldo Castro Vieira e Manoel Fontes Nabuco”, afirma Nazal.

Há 45 anos, ocorreram as inaugurações da ponte sobre o Rio Itacanoeira (antigo Fundão) e da Fundação que daria origem à Universidade Estadual de  Santa Cruz.
Dois marcos na história do Sul da Bahia. O vice-prefeito de Ilhéus José Nazal, também fotógrafo historiador, esteve presenta nas duas inaugurações.
“Rendo minhas homenagens a todos os que se empenharam e possibilitaram ternos hoje na região um excelente centro acadêmico, de modo especial a Soane Nazaré de Andrade, José Haroldo Castro Vieira e Manoel Fontes Nabuco”, afirma Nazal.

Cabos de sustentação da ponte estaiada em Ilhéus serão instalados em março

rc ponte (2)

A Comissão de Acompanhamento da Obra (CAO) da nova ponte Ilhéus-Pontal reuniu-se  para avaliar o avanço físico da construção, prazo de conclusão, Licença Ambiental e andamento dos processos a cargos da Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra/SIT). Na ocasião, representantes do governo baiano informaram que todas as atividades de desapropriação no entorno da ponte, já foram concluídas pelo Governo do Estado, e término da obra para agosto de 2019.

Feunião comissão de Andamento da Ponte.foto Clodoaldo Ribeiro-3Os integrantes discutiram ainda sobre os avanços do sistema viário sul e norte, o projeto de urbanização do remanescente, o uso adequado do espaço, a renovação da licença ambiental e as condicionantes que ainda restam ser cumpridas. Segundo a construtora OAS, a obra está com toda parte de acesso e estrutura concluídas, e prevê para o próximo mês (março), o lançamento da primeira etapa dos estais, que são os cabos que sustentam o vão central da ponte.

O vice-prefeito de Ilhéus e membro da comissão, José Nazal Soub salientou a importância da comissão no acompanhamento das etapas. Na sua opinião, os encontros primam pela apresentação de relatórios e cumprimento de cronogramas. “A cada dois meses nos reunimos para acompanhar o andamento da construção. No encontro passado, fizemos uma visita “in loco” na obra, e iremos fazer outras, até finalizar o projeto. Isso é de extrema importância, sobretudo pelo envolvimento da sociedade civil”.

Read the rest of this entry »

Foto José Nazal

Pedra de Itapitanga, um dos 'ilhéus' que ajudaram a escolha do topônimo da nossa Capitania de São Jorge dos Ilhéus, no meio do oceano com seu exótico coqueiro, elemento antrópico da ilha

Pedra de Itapitanga, um dos ‘ilhéus’ que ajudaram a escolha do topônimo da  Capitania de São Jorge dos Ilhéus, no meio do oceano com seu exótico coqueiro, elemento antrópico da ilha

Foto José Nazal

Prédio do SENAI, no bairro do Salobrinho, em Ilhéus, mais novo equipamento de educação que integra a "Estrada do Conhecimento", onde já estão a UESC,CEPLAC, IFBa e está sendo construída a reitoria da UFSB.

Prédio do SENAI, no bairro do Salobrinho, em Ilhéus, mais novo equipamento de educação que integra a “Estrada do Conhecimento”, onde já estão a UESC,CEPLAC, IFBa e está sendo construída a reitoria da UFSB.

Foto José Nazal

delta (1)

O nosso ´pequeno Delta`,  em Ilhéus, formado pelos rios Santana, Cachoeira e Itacanoeira, com o esplendor dos manguezais

O nosso ´pequeno Delta`, em Ilhéus, formado pelos rios Santana, Cachoeira e Itacanoeira, com o esplendor dos manguezais

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930