hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Posts Tagged ‘jorge amado’

Wagner pede duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna ao DNIT

Wagner com Jorge Fraxe: duplicação da BA 415

O governador Jaques Wagner, pediu, hoje à tarde (18), em Brasília, ao diretor-geral do Dnit – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Jorge Fraxe, a liberação da Ordem de Serviço para a duplicação da BR-415, rodovia federal localizada no sul da Bahia, que liga Ilhéus a Itabuna.

Wagner quer que a Ordem de Serviço para a duplicação da Rodovia Jorge Amado, como é conhecida, seja assinada no centenário do escritor baiano Jorge Amado, que ocorre este ano e será marcado com diversas homenagens.  O diretor do Dnit disse que vai atender ao pedido do governador baiano.

AMADO, PERO NO MUCHO

Ari Rodrigues, com Zé Raimundo, o guerreiro contra o Dragão da Competência

O repórter José Raimundo, da Rede Globo, esteve em Ferradas para conhecer o Galpão Cultural Casa de Jorge Amado e produzir uma matéria que será exibida no Jornal Hoje sobre a vida do escritor, que terá seu centenário de nascimento comemorado em 2012.

 Em Ferradas, José Raimundo entrevistou o produtor cultural Ari Rodrigues, presidente da Associação Cultural Amigos do Teatro e idealizador do projeto do Galpão. Na entrevista, Ari  falou da importância do resgate cultural de Jorge Amado em Ferradas, onde nasceu.

Louve-se o empenho de Ari Rodrigues, já que o Galpão é uma oportunidade de reconciliar Itabuna com Jorge Amado, pois a cidade nunca lhe deu o devido valor. 

Mas, é muito pouco perto do que Ilhéus está fazendo, com uma programação de nível internacional para homenagear o escritor, incluindo a transformação da cidade na Capital da Bahia na data do Centenário de Jorge  Amado.

 Ari Rodrigues é um guerreiro  quase solitário, com a incansável Eva Lima ao lado,  sem condições de fazer frente ao Dragão da Competência com que Ilhéus preserva a memória de Jorge Amado.

 Jorge, e um dia Itabuna se dará conta disso, é merecedor de todas as reverências na terra em que nasceu. Mas é um santo de casa que ainda não provocou o milagre do reconhecimento.

ILHÉUS QUER SER CAPITAL DA BAHIA NO CENTENÁRIO DE JORGE AMADO

Encontro define programação dos 100 anos de Jorge

Ilhéus já está se preparando para comemorar o centenário do escritor Jorge Amado, com eventos que acontecerão entre os dias 5 a 12 agosto, mês de aniversário do escritor Jorge Amado. A festa terá shows de artistas nacionais, feira literária com escritores internacionais, festivais de teatro, dança e música, além de um festival gastronômico.

O projeto prevê também a restauração da Casa de Jorge Amado, através de parcerias entre as empresas públicas e privadas. A casa onde o escritor passou grande parte de sua infância e adolescência será totalmente recuperada para receber ainda mais ilheenses e turistas encantados pelas obras de Jorge Amado.

 

O ponto alto das comemorações, será o Festival Amar Amado, entre os dias 5 a 12 de agosto, que contará com uma série de atividades, incluindo shows de artistas nacionais aberto ao público, festival gastronômico, exposições e mostras de dança e teatro. Também será realizado um festival literário contando com a presença de escritores nacionais e internacionais, além de apresentações de artistas que interpretarão as obras do escritor Jorge Amado.

Outra proposta é transformar Ilhéus no dia 10 de agosto, dia do aniversário de Jorge Amado, na capital da Bahia. A idéia, que será apresentada ao governador Jaques Wagner, é de que nesse dia a capital da Bahia seja transferida, simbolicamente, de Salvador para Ilhéus, onde o governador assinará atos e despachará com secretários e assessores. Há também a solicitação para que a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, participe das comemorações do centenário do escritor Jorge Amado em Ilhéus.

GALPÃO CULTURAL JORGE AMADO

Será inaugurado amanhã (30) em Ferradas, o Galpão Cultural, na casa em que Jorge Amado morou quando menino. O espaço foi recuperado e o Galpão, que terá cinema, teatro e área de exposições, é o embrião do Memorial Jorge Amado. A inauguração será às 9;30 horas e à noite haverá shows com Marcelo Ganem e Banda, Banda Houria A6ichia e L'Hijaz'Car ( Argelia) e Banda Chris Combette e Papa Zon (Guiana Francesa) No comando do projeto, os produtores culturais Ari Rodrigues e Eva Lima. É Itabuna iniciando o justo reconhecimento ao seu filho Jorge Amado.

AO AVÔ AMADO, COM CARINHO

Cecília, com os atores do filma (foto Clodoaldo Ribeiro)

De passagem pelo eixo Ilhéus-Itabuna, para o lançamento do filme Capitães da Areia, a diretora  Cecília Amado, neta do escritor grapiuna, fez uma espécie de volta às origens, conhecendo locais em que o avô viveu a infância e parte da adolescência. Foi a primeira visita de Cecília ao Sul da Bahia, que disse estar encantada com a região e se comprometeu a colaborar com programas que incentivem atividades culturais e o surgimento de novos artistas.

 Cecília afirmou que, “não basta apenas resgatar a memória de Jorge Amado, mas torná-lo presente, vivo na região, através das pessoas que pensam e fazem a cultura”. “Os romances de Jorge Amado têm essa magia porque suas histórias são reais, falam de gente de verdade. Ele amava imensamente a Bahia e o povo baiano, porque era um deles”, disse.

 Sobre Capitães da Areia, que tem o patrocínio da Bahiagás,  Cecília Amado revelou que “não se trata apenas de um filme, mas de um projeto que envolve várias ONGs e que passa pela denuncia de uma situação de exclusão social que torna o livro de Jorge Amado atual. Passa também por oportunidades de inserção de meninos e meninas de rua”. O elenco de Capitães da Areia foi recrutado após oficinas em parceria com ONGs que envolveram cerca de 1500 adolescentes.

 Cecília Amado, que está envolvida no projeto de comemoração dos 100 anos do nascimento de Jorge Amado, visitou o Bataclan e o Vesúvio, que serviram de cenário para livros de Jorge e conheceu uma fazenda de cacau, o fruto de ouro que é parte indissociável da obra do escritor.

CAPITÃES DE AREIA EM ITABUNA E ILHEUS

 

O filme Capitães de Areia, base­ado no livro de Jorge Amado, será lançado dia 7 em Itabuna e dia 8 em Ilhéus. Adiretora do filme, Cecília Amado, neta do  escri­tor grapiuna, estará presente nas exibições ao lado dos atores principais, produtores, patrocinadores e personalidades especialmente convidadas. Pela primeira vez em visita oficial à região, Cecília quer percorrer uma fazenda de cacau e visitar os principais pontos turísticos expressos e eternizados na obra de Jorge Amado.  

Traduzido para vários idi­o­mas, o livro Capitães da Areia foi escrito em 1937 e acabou  sendo um dos mai­o­res suces­sos de Jorge Amado, que faleceu em2001. Ahis­tó­ria fala de um grupo de meni­nos aban­do­na­dos que, jun­tos, des­co­brem a vida nas ruas de Salvador. O bando de meninos abandonados incomoda a sociedade e são chamados de “Capitães da Areia”, uma vez que o cais transforma-se no seu quartel general.

 

A DESCOBERTA DE ITABUNA POR JORGE AMADO

um romancinho, mas um livraço

Escrito especialmente para as comemorações dos 500 anos do descobrimento (ocupação?) da América,  o livro “A Descoberta da América pelos Turcos”  foi considerado pelo autor, Jorge Amado, como um romancinho.

O diminutivo deve ser visto como algo carinhoso, porque o livro mantém a genialidade, a ironia fina e as referências ao Sul da Bahia, presentes em boa parte das obras do escritor, nascido em Itabuna e criado em Ilhéus

As aventuras e desventuras dos árabes (na época chamados genericamente de turcos) Raduan Murad, Jamil Bichara e  Ibrahim Jafet, este último viúvo e pai de três lindas filhas (Samira, Jamile e Fárida), mas que não consegue desencalhar a feiosa Adma,  compõem um cenário delicioso dos primeiros anos de Itabuna. Igualmente deliciosa é a solução para o drama de Ibrahim, poupando Jamil da tentação do diabo, mas revelando em Adma  um encanto divino, a que Jorge se refere com a língua afiada de sempre.

Pra quem ainda não leu, é leitura obrigatória, naquela que é talvez a maior e mais direta homenagem de Jorge a Itabuna, cidade onde finalmente ele começa a ser amado. Pra quem já leu, como este blogueiro, é sempre uma releitura agradável.

Filme Capitães da Areia tem pré-estréia hoje

o filme mostra a infancia perdida

O filme Capitães da Areia que terá pré-estréia para convidados hoje(5), dois dias antes do lançamento nacional, dia 07, que ocorre simultaneamente nas salas de exibição em todo o País e no Festival de Cinema do Rio de Janeiro. A diretora e os 12 capitães da areia, além de outros atores e responsáveis pelo filme estarão na pré-estréia baiana, juntamente com jornalistas, críticos, cineastas, artistas diversos, empresários da área cultural, personalidades de várias vertentes, dentre outros convidados, num total de 600, capacidade das quatro salas do Espaço Unibanco de Cinema – Glauber Rocha, onde será realizada, a partir das 21 horas. O filme tem o apoio da Bahiagás.

 Um dos mais famosos livros de Jorge Amado, escrito em 1937, Capitães da Areia tem em seus 12 principais personagens seres que já povoavam a imaginação de milhões de pessoas.  Agora eles ganham vida e definitivamente sua forma humana, na obra gestada pela neta e diretora Cecília Amado, que vislumbrou e concretizou o projeto.

 O livro de Jorge Amado é um “best-seller”, com mais de 5 milhões de exemplares vendidos, sendo 600 mil só nos últimos dois anos. O filme começa agora sua trajetória, como parte das comemorações dos 100 anos de nascimento do escritor, que serão desenvolvidas até agosto de2012. Atrilha sonora é de Carlinhos Brown e a direção de fotografia leva a assinatura de Guy Gonçalves. O mote da história é a liberdade em contraponto ao abandono. Trata da infância carente, drama atual em todo o Brasil, que é abordado com uma visão mais universal trazendo a tona questões como superação, amizade e lealdade.

 

VEM JORGE, SER AMADO PELOS ITABUNENSES

enfim, amado Jorge!

Homenagens a Jorge Amado, que terá seu centenário de nascimento comemorado em 2012, marcaram a participação das escolas da rede estadual de ensino nos festejos do 7 de Setembro em Itabuna, terra natal do escritor. Caracterizados de gabrielas, coronéis, jagunços e trabalhadores rurais, estudantes reviveram personagens que marcam a obra literária de Jorge Amado. Também foram apresentados painéis e cartazes destacando as principais obras do escritor ambientadas no Sul da Bahia, como “Gabriela Cravo e Canela”, “Tocaia Grande”, “Mar Morto”, “Terras do Sem Fim”, “Menino Grapiuna”, que através de Jorge Amado, projetaram a Região Cacaueira em todo o mundo.

         Um imenso boneco de Jorge Amado desfilou pela avenida do Cinquentenário, chamando a atenção dos presentes, que no desfile puderam ter uma dimensão da grandiosidade da obra do escritor. “Tenho orgulho de saber que Jorge Amado nasceu em Itabuna e ele é merecedor de todas as homenagens, disse Tais Soledade, estudante do 2º. ano do ensino médio do Colégio Lourdes Veloso, que compôs a ala das gabrielas. Enio Gabriel, que cursa o 2º. Ano do ensino médio e integrou a ala dos coronéis “é preciso que os jovens conheçam a obra de Jorge Amado, porque ela representa a história da nossa região”. “Jorge Amado nasceu em Itabuna e é isso que devemos valorizar e admirar”, ressaltou Eliciane Nascimento, estudante do Centro de Educação Profissionalizante.  

 “Os itabunenses devem aprender a valorizar Jorge Amado por tudo o que ele representa para a cidade e para a região. Ele é eterno através de sua literatura”, disse a professora Marilucia Bandeira. A coordenadora da Direc 7, Miralva Moitinho, destacou que “procuramos envolver todas as escolas da rede estdaul nesse processo de resgate e de reconhecimento a Jorge Amado e é importante que desde o ensino básico os alunos tenham uma dimensão da obra de Jorge Amado para Itabuna e o Sul da Bahia”. Miralva ressaltou ainda que “através da leitura, do teatro e da música estamos promovendo uma ampla divulgação da literatura de Jorge Amado na rede pública de ensino”.

VEJA O ALBUM DE FOTOS

 

UFESBA, CAMPUS JORGE AMADO

Nosso grande irmão itabunense

A implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia, em 2012, com sede em Itabuna, vai coincidir com a comemoração dos 100 anos do nascimento de Jorge Amado.

 Daí que este blog lança a sugestão para que o campus Itabuna seja denominado Campus Jorge Amado.

 Além de ser uma justa homenagem ao filho mais ilustre de Itabuna, o nome de Jorge Amado, reconhecido  mundialmente, atrairá as atenções para a nossa universidade, que acaba de deixar a categoria sonho para se transformar em realidade.

JORGE, ENFIM AMADO PELOS ITABUNENSES?

um caso de amor mal resolvido

Entidades culturais de Itabuna como a  ACODECC, a ACARI e a ACATE,  promovem nesta quarta-feira, dia9, apartir das 19 horas,  o evento cultural  “1 pra 100″ que faz parte do Projeto “Irmão Jorge 100 anos Amado” que acontece na praça principal de Ferradas, em frente ao que restou da casa onde Jorge Amado nasceu e viveu parte da sua infância.

 

 

Se estivesse vivo, o escritor grapiuna, completaria hoje 99 anos. Vários artistas estão se mobilizando para celebrar esta data que homenageia o itabunense mais ilustre, que é praticamente ignorado pelos seus concidadãos.

 

A homenagem, que terá música, pinturas em painéis, literatura e poesia, pode ser o primeiro passo para o reencontro entre Jorge e sua gente.

OS 100 ANOS DE JORGE AMADO

Quincas abre as comemorações do centenário de Jorge Amado

O espetáculo Berro D´Agua, do Grupo Vozes, dará início às comemorações do centenário de nascimento do escritor Jorge Amado. A peça estará em cartaz amanhã (dia9), às 9h e às 15h, no Centro de Cultura Adonias Filho, em Itabuna.

A peça, ganhadora do edital da Fundação Cultural do Estado da Bahia, tem a direção de  Jorge Batista e elenco formado por Adrian Greyce, Aldenor Garcia, Carlos Martins, Daniel Prudente, Lucas Oliveira e Silvia Smith. A peça estará em cartaz em Salvador no mês de outubro.

O governo baiano prepara uma agenda de eventos culturais para marcar o centenário do escritor itabunense. A programação começa nesta semana e vai até o dia 10 de agosto de 2012, quando completam-se 100 anos de nascimento de Jorge Amado. (com informações do Pimenta na Muqueca)

 

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2022
D S T Q Q S S
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031