hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘João Carlos Oliveira’

UFBA e SEMA assinam termo de cooperação técnica em favor do meio ambiente

ufba 1

Um acordo de cooperação técnica entre a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia (SEMA), por meio do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), foi assinado na quinta-feira (23).  O objetivo do convênio é a execução de ações conjuntas através de troca de dados e informações técnico-científicas, que possibilitem o avanço de conhecimentos dos quadros técnicos da instituição, voltados para ações de desenvolvimento e preservação ambiental, em projetos dos campos da engenharia e geociências, na Bahia.

ufba 2De acordo com o reitor João Carlos Salles, esta é uma iniciativa estratégica para o crescimento do estado da Bahia, na qual “a UFBA cumpre o seu papel como Universidade que aplica seu conhecimento acadêmico na sociedade em que está inserida”.  O secretário do meio ambiente, João Carlos Oliveira da Silva, também destacou a importância do pacto entre as instituições, pois “é preciso unir a excelência da pesquisa realizada na UFBA com os projetos de avanços tecnológicos para a Bahia”.

Várias unidades da Universidade participarão diretamente da cooperação como o Instituto de Geociências, através do programa de Reaproveitamento de Rejeitos Minerais e Resíduos Sólidos e de um grande projeto de estudos oceanográficos em águas brasileiras, como informou a diretora do IGEO, Olívia Oliveira.  Há mais de um ano, um grupo de pesquisadores do Departamento de Engenharia Elétrica e Computação, da Escola Politécnica já vem trabalhando com projetos como o uso de drones para avaliação de impacto ambiental e um programa de monitoramento e gerenciamento de riscos ambientais, que também estão contemplado no escopo do convênio.

 

Read the rest of this entry »

Secretário de Meio Ambiente lamenta cancelamento de Climate Week no Brasil

joão cO secretário do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira lamentou hoje o cancelamento do encontro regional da ONU sobre mudanças climáticas, a Latin American & Carribbean Climate Week (LACCW), que aconteceria em Salvador, entre os dias 19 e 23 de agosto, na Arena Fonte Nova.

– Sem o endosso do governo federal, as Nações Unidas não podem realizar eventos nos países. Em contato com os coordenadores da Climate, Luca Brusa e Maria Laura Vinuela, oferecemos o apoio do governo da Bahia, para que o evento fosse mantido, mas, infelizmente, não será possível, porque o estatuto da ONU impede que eventos sejam realizados nos países sem a chancela do governo central – explica o secretário.

Segundo João Carlos, a recusa do governo federal não se justifica, pois não há necessidade de desembolso de recursos, porque a ONU arca completamente com os custos do evento. “A decisão do governo federal está em completo desalinho com o governo da Bahia que, inclusive, participava da organização do evento, através da Secretaria do Meio Ambiente”, informa.

Read the rest of this entry »

Governo da Bahia define novo modelo de manejo de cultivo de cacau cabruca

cacau cabruca 1

O Governo da Bahia publica na próxima semana a portaria que dá novas diretrizes ao manejo de cacau no Sul da Bahia, conhecido como ‘Portaria da Cabruca’. O anúncio foi feito pelo secretário estadual do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira, durante palestra sobre políticas públicas para o cacau e incentivos a legislação ambiental, no Chocolat Festival, que acontece até amanhã (14) na Bienal do Ibirapuera, em São Paulo.

sema cabruca (3)A portaria incentiva a produção de cacau em áreas de mata nativa, com sombreamento, passando da média atual de 300 para 700 pés de cacau por hectare, preservando a Mata Atlântica, um sistema manejo moderno, que vai possibilitar o aumento da produção e da produtividade no Sul da Bahia. “Isso representa um avanço muito grande, era reivindicação dos produtores de cacau, cuja efetivação pelo Governo do Estado se deu num processo de construção coletiva com a participação de pesquisadores e técnicos da Universidade Estadual de Santa Cruz, Inema, Ceplac, Ministério do Meio Ambiente, Secretaria de Meio Ambiente e associações de produtores”, afirma o secretário.

 

“O cacau é uma planta conservacionista e graças a esse cultivo o Sul da Bahia possui grandes áreas de Mata Atlântica. É um produto inserido na sustentabilidade econômica, social cultural e ambiental”, finaliza João Carlos Oliveira.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031