hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Hospital Costa do Cacau’

Estado assegura assistência no Hospital Regional Costa do Cacau

hrccO atendimento no Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC) será mantido em plena capacidade operacional durante a fase de transição de gestão. Quem garante é o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, que esteve no hospital na tarde desta sexta-feira (11) e se reuniu com os representantes do corpo clínico. Mesmo estando em fase de transição para uma nova organização social que assumirá a gestão da unidade pelos próximos 60 meses, nenhum serviço no hospital será paralisado.

“Tivemos uma reunião muito boa com o corpo clínico do Hospital Costa do Cacau, asseguramos os pagamentos dos médicos e alinhamos a garantia dos atendimentos eletivos e não urgentes”, afirmou Fábio Vilas-Boas. De acordo com o Secretário, a conversa foi importante para liquidar quaisquer movimentos de paralisação dos profissionais.

Com um ano em funcionamento, completado no dia 15 de dezembro, o HRCC realizou mais de 180 mil procedimentos, dentre os quais 30 mil atendimentos e mais de 3.500 cirurgias em nove especialidades, destacando-se 1.422 em Ortopedia.

O hospital oferece atendimento à população em 13 especialidades: Clínica Médica Geral, Cardiologia, Saúde Mental, Neurologia, Ortopedia, Infectologia, Urologia, Nefrologia, Terapia Intensiva e Cirurgia Geral, Ortopédica, Neurológica e Vascular. O serviço de diálise implantado na Unidade de Terapia Intensiva reduziu a necessidade de transferências para outras unidades, atendendo exclusivamente os usuários em estado grave e que apresentam quadro de insuficiência renal.

A unidade de saúde é pioneira em serviços de Cardiologia ofertados pelo SUS, realizando procedimentos de colocação de marca-passo; cardiodesfibrilador implantável, além dos serviços de hemodinâmica, como cateterismo, angioplastia e arteriografia.

Localizado em Ilhéus, o HRCC também atende a outros 65 municípios da região sul da Bahia. O hospital, uma das maiores e mais modernas unidades de saúde da Rede Pública do Estado, conta com 225 leitos, 195 destinados a internação e cirúrgicos e outros 30 leitos exclusivos para Terapia Intensiva Adulto; ambulatório, centro cirúrgico, parque de bioimagem completo, com equipamentos de última geração, incluindo ressonância magnética e tomógrafo.

Sesab garante que Hospital Costa do Cacau mantém atendimento

DCIM/100MEDIA/DJI_0007.JPG

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia esclarece que o Hospital Regional da Costa do Cacau (HRCC), que é administrado pelo Instituto Gerir, encontra-se com o atendimento normal, seja em nível ambulatorial ou emergência. Na oportunidade, informamos que são realizados pagamentos regulares e consecutivos a todos os fornecedores, sendo o último efetuado em 11 de dezembro de 2018, no montante de R$ 5,328 milhões ao Instituto Gerir.

Cabe ressaltar que a unidade encontra-se em fase de transição para que uma nova Organização Social assuma a gestão da unidade pelos próximos 60 meses. A divulgação do vencedor foi publicada no Diário Oficial de 5 de janeiro de 2019.

Nota Sesab/Hospital Costa do Cacau

hrcc 1

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que realiza pagamentos regulares e consecutivos ao Instituto Gerir, que faz a gestão do Hospital Regional Costa do Cacau, sendo o último realizado em 11 de dezembro de 2018, no valor de R$ 5.328.650,46.

Além das auditorias do SUS e das fiscalizações contratuais periódicas nas quais todos os fornecedores estão submetidos, a Sesab instaurou sindicância a fim de apurar os questionamentos levantados pela imprensa sobre o pagamento dos trabalhadores.

Hospital Costa do Cacau investe em saúde e formação profissional

 

Karoleska Ribeiro - Ascom HRCC (2)

Habilitado para ser um hospital de ensino e pesquisa, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC) desenvolve atividades curriculares na área da saúde, passando a receber estudantes para o processo de estágio supervisionado. A unidade atende, dessa forma, a demanda das instituições de ensino superior conveniadas, públicas e privadas, pertencentes ao eixo Ilhéus-Itabuna.

hospital da costa do cacauA estudante de Biomedicina da Universidade Estadual de Santa Cruz, Karoleska Ribeiro de Queiroz, explica que a vivência hospitalar adquirida durante o estágio realizado no HRCC propicia ao estudante associar o estado clínico do paciente ao exame realizado, oportunizando uma aproximação à realidade na qual atuará.

“Essas associações me permitem agregar conhecimento. Eu preciso saber interfacear a relação do paciente com o exame, e o Hospital Regional Costa do Cacau está proporcionando isso no âmbito da minha formação. A unidade dispõe de um excelente aparato, possibilitando que o serviço seja realizado em tempo hábil. Todo o processo tem contribuído de forma significativa, me dando uma visão ampla enquanto profissional”, destacou.

Read the rest of this entry »

Professores lecionam para jovens e adultos internados no Hospital Costa do Cacau

Programa de Classe Hospitalar - HRCCA vendedora de cachorro-quente, Girlandia Santos, de 47 anos, lembra que durante a infância e juventude não pôde frequentar a escola. Internada no Hospital Regional Costa do Cacau há mais de 15 dias, Girlandia é uma das pessoas atendidas pela modalidade de ensino classe hospitalar, que compõe o Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares (SARAHDO). Vinculado às escolas da rede estadual de ensino, o serviço garante o direito à educação, mas colabora também na recuperação dos pacientes. A iniciativa é viabilizada pela Secretaria da Educação da Bahia (SEC-BA), por meio da Superintendência de Políticas para a Educação Básica (SUPED).

“Nunca fui à escola, mas agora estou tendo essa chance. Eu já imagino quando receber alta. Sentirei falta dos professores, porque eles me dão palavra de conforto, me ensinam e me dão apoio. Eu agradeço a Deus em primeiro lugar e a todos que estão tendo paciência comigo nesse leito”, conta Girlandia.

Girlandia Santos -HRCC Classe HospitalarA professora Alyne Gomes explica que os docentes montam o plano educacional tendo por base conteúdos que garantem a aprendizagem mínima essencial. As atividades desenvolvidas pelo estudante durante o período de permanência no HRCC serão entregues à escola na qual ele encontra-se matriculado. Dessa forma, após alta, o paciente pode continuar o processo de escolarização. O trabalho da equipe se estende às pessoas que, embora afastadas das salas de aula, desejam participar da modalidade de ensino.

“O trabalho é dividido em duas etapas. A primeira é a escuta sensível, momento no qual compreendemos a pessoa, o que ela pensa e as coisas que já viveu. A segunda parte é a escuta pedagógica, anamnese da vida escolar. Após o levantamento dos dados pedagógicos, montamos o plano de estudo individual, organizando as aulas por área. As atividades motivam o paciente, sem interferir, contudo, na rotina hospitalar”, explica Alyne Gomes.

Os educadores envolvidos na modalidade de atendimento pedagógico participaram de uma formação continuada. As disciplinas são lecionadas nos segmentos Ensino Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos). Alyne Gomes enfatiza que a ocupação pedagógica mantida durante os dias de internamento permite ao estudante não se desprender da escola, além de tirar o foco na doença. Ela destaca que a rotatividade de pacientes é grande. Desde o começo das atividades, os docentes já atenderam mais de 40 pessoas, entre pacientes e acompanhantes.

Feira de Saúde do Hospital Costa do Cacau incentiva doação de órgãos

Organizada pela Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT), do Hospital Regional Costa do Cacau e como parte da Campanha Nacional de Incetivo à Doação de Órgãos e Tecidos, a feira de saúde ofertou serviços básicos, dentre eles orientação nutricional; identificação de grupo sanguíneo; medição de glicemia capilar; aferição de pressão arterial e vacinação para adultos e crianças.

Feira de Saúde HRCC

Além disso, a ação reuniu moradores e profissionais do hospital, que participaram de pequenas palestras instrutivas a respeito da campanha para doação de órgãos. Durante o evento, os presentes puderam conhecer relatos de pessoas que são doadoras e de pessoas que foram transplantadas.

Os profissionais de saúde também realizaram uma oficina para gestantes. As participantes receberam informações sobre assuntos ligados ao parto; vacinação; aleitamento materno; cuidados pós-parto e com o recém-nascido; importância do teste do pezinho; entre outros.

Read the rest of this entry »

Hospital Costa do Cacau planta árvore em campanha para doação de órgãos

Plantio de árvore - HRCCNa manhã desta quarta-feira (19), a equipe da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT), do Hospital Regional Costa do Cacau, em parceria com a Organização de Procura de Órgãos (OPO) Sul realizou o plantio de uma árvore em referência ao Setembro Verde, campanha que busca orientar e sensibilizar pacientes, familiares, profissionais de saúde e toda a sociedade sobre a importância da doação de órgãos e tecidos.

“É gratificante saber que podemos contar com uma equipe envolvida e empenhada nesse processo, que atua de forma integrada. As famílias que dizem sim à doação demonstram que a  dor da perda pode ser transformada em esperança”, ressalta Silvana Batista, coordenadora da CIHDOTT.

O doador não precisa deixar nada por escrito, porém é necessário manifestar em vida o desejo de doar. A doação é consentida, ou seja, só pode ser realizada mediante autorização documentada da família. Após a autorização, a Central Estadual de Transplante encaminha o órgão para um receptor compatível.

De acordo com os dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), a Bahia possui mais de 1.500 pacientes ativos à espera de órgão sólido e tecido. O Dia Nacional da Doação de Órgãos é comemorado em 27 de setembro.

Hospital Costa do Cacau realiza ação de conscientização sobre doação de órgãos

Momento de Conscientização (4)

A Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT), do Hospital Regional Costa do Cacau realizou  uma atividade sobre a importância da doação de órgãos e tecidos. A iniciativa faz parte da Campanha Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante, Setembro Verde. Durante todo o mês, o hospital irá desenvolver atividades de sensibilização e conscientização dos colaboradores e de toda a sociedade.

A atividade no refeitório foi marcada por música ao vivo e uma pequena palestra. Colaboradores e acompanhantes participaram do momento, que também contou com a presença da OPO (Organização de Procura de Órgãos) Sul.

Momento de Conscientização (2)

“O trabalho de conscientização desenvolvido pelas equipes é de suma importância, pois esclarece e orienta a respeito da doação de órgãos, oferecendo mais chances às pessoas que aguardam esperançosas por um transplante”, destaca Hernani Vaz Krüger, diretor-geral do HRCC. A programação do Setembro Verde ainda inclui o plantio de uma árvore e uma feira de saúde.

Hospital Costa do Cacau zera fila para cirurgias ortopédicas e inicia mutirão

HRCC(1)O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC) zerou a fila de cirurgias ortopédicas dos pacientes de 67 municípios da região Sul e iniciou um mutirão para procedimentos cirúrgicos em adultos e crianças. A informação é do secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, que conferiu de perto os trabalhos nesta sexta-feira (7) ao inspecionar a unidade localizada no município de Ilhéus.

O HRCC já realizou mais de 1.200 procedimentos ortopédicos entre janeiro e agosto deste ano. De acordo com o titular da pasta da Saúde, “embora a demanda seja grande, o hospital conseguiu realizar os procedimentos de todos os usuários regulados que aguardavam por uma vaga”, afirma Vilas-Boas.

Mutirão de cirurgia

O Hospital Regional Costa do Cacau realizará nas 287 cirurgias eletivas dos pacientes triados entre 30 de julho e 4 de agosto nos municípios de Camacan e Ubaitaba. As cidades centralizaram o atendimento pré-operatório de 23 municípios.

No caso dos pacientes adultos, as cirurgias ofertadas são hérnias (umbilical, inguinal, epigástrica), histerectomia, colecistectomia e tireoidectomia (retirada da tireoide). Já para as crianças de 4 a 13 anos são disponibilizadas as cirurgias de amigdalectomia com adenoide; hernioplastias inguinal, umbilical e epigástrica; retossigmoidectomia (retirada da bolsa de colostomia).

Hospital Costa do Cacau realiza Feira de Saúde

hospital da costa do cacau

Um espaço dedicado a oferecer orientações para uma vida saudável, esse é o objetivo da I Feira de Saúde do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), que será realizada nos dias 26 e 27 de março. O evento marca os 100 dias de funcionamento da unidade e estará aberto ao público de 08h às 18h, em frente ao ambulatório.

Março é o mês dedicado à mulher e para contemplar essa data, a unidade móvel de mamografia realizará um mutirão instruindo as mulheres sobre o autoexame de mamas para possível detecção de nódulos.

A faixa etária para realização do exame de mamografia é de 50 a 69 anos, preconizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde para rastreamento preventivo do câncer de mama. As interessadas devem comparecer portando cartão SUS, documento de identidade (RG) e comprovante de residência atualizado, ambos original e cópia.

Read the rest of this entry »

Novos serviços e mais uma UTI serão abertas no Hospital Costa do Cacau

Prefeito e Sec de Saude do Estado visitam HRCC. Fotos - Rodrigo Macedo-3Um dia depois de anunciar um investimento de 15 milhões de reais na reestruturação da saúde básica de Ilhéus, o secretário estadual Fábio Vilas-Boas e o prefeito Mario Alexandre visitaram neste domingo (18), o Hospital Regional da Costa do Cacau. Juntos, anunciaram para os próximos dias, a inauguração da terceira Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, com mais 10 leitos, e o funcionamento de serviços especializados de endoscopia e hemodiálise. Novos equipamentos para a unidade chegarão ainda essa semana, segundo o secretário Fábio Vilas-Boas.

Inaugurado há 60 dias, o hospital já reduziu filas para cirurgias, inaugurou recentemente serviços de hemodinâmica passando a ser a primeira unidade da rede pública de saúde da região sul da Bahia a realizar a coronariografia e, em breve, duplicará o número de cirurgias cardíacas na região, com capacidade de realizar mais de 20 procedimentos por mês.

Prefeito e Sec de Saude do Estado visitam HRCC. Fotos - Rodrigo Macedo-8 (1)Além do prefeito e do secretário estadual de Saúde, participaram da visita o secretário Municipal de Governo, Alisson Mendonça; o deputado federal, Paulo Magalhães e representantes do Conselho Municipal de Saúde, acompanhados pelo diretor técnico da unidade, Cláudio Moura Costa. O secretário estadual salientou que a visita teve um olhar mais técnico, um processo importante para os setores da unidade hospitalar e para os usuários que utilizam os serviços públicos de saúde

“Alguns ajustes serão feitos com a equipe gestora da unidade para otimizar o atendimento prestado à população. Contudo o hospital está funcionando dentro do padrão de qualidade que nós esperávamos”, avaliou Fábio Vilas-Boas. “As áreas onde tem paciente internados teve avaliação positiva pelos usuários”, assegura.

O prefeito Mário Alexandre ressaltou como positiva a vistoria realizada que, demonstra, segundo ele, demonstra o cuidado que o Estado está tendo com os usuários. “Interessa ao governo do estado manter o Hospital Regional Costa do Cacau como reverência de Saúde. Estamos focados para melhorar a saúde para a população de Ilhéus e a presença do secretário Fábio Vilas-Boas demonstra a nossa preocupação e a busca de solução com ações imediatas que já foram anunciadas na coletiva de sábado”, destacou.

Primeiras cirurgias do Hospital Costa do Cacau serão dois dias após inauguração

hcacacau 2As primeiras cirurgias que serão realizada no Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, a partir do próximo dia 17, serão histerectomia, que consiste na remoção de parte ou da totalidade do útero; hérnia umbilical, feito através de uma pequena incisão, cujo tecido é retornado para a cavidade abdominal e a abertura é costurada; e vesícula biliar, que remove “pedras” (cálculos) responsáveis por inflamações agudas, fortes dores e até infecções abdominais. As intervenções que fazem parte da última etapa em 2017 do Mutirão de Cirurgias, serão antecedidas de consultas pré-operatórias que acontecerão na Praça Soares Lopes, ao lado da Igreja Catedral, em Ilhéus, de 12 a 14 próximos.

Para ser atendido, procure a Secretaria da Saúde da sua cidade para cadastro na Lista Única do Governo do Estado. A idade para atendimento no Mutirão é de 14 a 65 anos e pessoas que possuem mais de um fator de risco ou patologias como: diabetes, hipertensão ou obesidade são encaminhadas para realizar a cirurgia em outras unidades especializadas. Saiba mais em mutiraodecirurgias.saude.ba.gov.br

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031