hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Posts Tagged ‘Gustavo Felicíssimo’

“Antifascistas: Contos, Crônicas e Poemas de Resistência”: a literatura combate o fascismo

ant i fPublicado pela Editora Mondrongo, de Itabuna, o livro Antifascistas reúne algumas das mais importantes vozes da literatura de língua portuguesa no mundo, como Luiz Fernando Veríssimo, Pilar del Río, José Eduardo Agualusa, Valter Hugo Mãe, Maria Valéria Rezende e outros autores que escreveram em torno do tema da resistência.

A obra tinha lançamento agendado na Primavera Literária, em Paris, e em Portugal, com apoio da Fundação José Saramago, depois São Paulo, Rio, Salvador, Recife e João Pessoa, mas tudo teve que ser adiado devido à pandemia do Coronavírus. Foi quando Leonardo Valente e Carol Proner, organizadores da antologia, decidiram realizar não apenas um, mas oito eventos virtuais, envolvendo todos os escritores participantes.

A cada quinta-feira, sempre às 16h, no canal do YouTube TV247, um grupo debate as temáticas abordadas no livro. Nesta quinta (28) o Nordeste está na pauta com a presença de Urariano Mota, Maria Valéria Rezende, Hildeberto Barbosa Filho, além de Gustavo Felicíssimo, que além de editora da Mondrongo, é também participante da antologia com a crônica “O valor das coisas”, além de Leonardo Valente e Regina Zappa que mediam os debates.

Read the rest of this entry »

Centenário de Jorge Amado: Sitio do Escritor lança livros de autores grapiunas

As editoras grapiúnas Via Litterarum e Mondrongo Livros vão participar juntas da Feira do Livro de Ilhéus, que acontecerá entre os dias 05 e 11 de agosto, no espaço Sítio do Escritor, onde acontecerá lançamentos de livros e bate-papo de escritores e leitores. A programação será aberta domingo (5) às 18 horas, com o lançamento do livro Jorge100anosAmado: tributo a um eterno menino grapiúna, do jornalista Daniel Thame, seguido do livro   Ilhéus, terra do cacau: poções de encantos  (Turismo), de Agenor Gasparetto e Aurélio Schommer. Na segunda-feira, as 19;30 horas, lançamento dos livros Indômitos (Poesia), de Bira Lima; Pedra por Pedra (Contos), de Claúdio Zumaeta.

Na terça feira, o Sitio do Escritor terá o lançamento de obras de Jorge Araujo: Ara uma vez… uma fábula abecedária (Infantil),  Travessias do Travesso Pingo D`água (Infantil), O gavião e a flecha: contos da velhice espavorida (Contos),– Estupros à razão: e outras crônicas da vida vinagre (Crônicas), e– Dioniso & Cia. na moqueca de dendê: Desejo, Revolução e Prazer na obra de Jorge Amado, 2ª edição (Ensaio).

A programação de quarta-feira (8) terá a apresentação do 9 mulheres e 8 Janelas: Quando vidas reservam silêncios (Romance), de Josanne Morais, além de  Morte e Gênero: Estudos sobre a obra de Jorge Amado (Ensaios), de André Rosa e Sandra Sacramento, às 21 horas. Já na quinta-feira, os lançamentos começam às 15 horas, com o livro O sequestro dos Raios de Sol (Teatro infanto-juvenil), de Pawlo Cidade, seguidos de Dois temas ligados ao cangaço: Anésia Cauaçu (Romance), de Domingos Ailton; e A Casa de Santinha (Teatro), de Pawlo Cidade, O desterro dos mortos, (Contos, 3ª edição), livro indicado para o vestibular 2013 da UNEB, de Aleilton Fonseca; Jorge Amado: nos terreiros da ficção (Ensaio), de Aleilton Fonseca, Myriam Fraga e Evelina Hoisel e Cantares de Roda (Poesia), de Cleberton Santos.

Na sexta, dia 10, serão lançados os livros A neurociência e as emoções do ato de aprender: Quem não sabe sorrir, dançar e brincar não deve ensinar (Educação), de Iana Muniz; e A qualidade na educação básica: Uma proposta de gestão estratégica para o processo ensino e aprendizagem (Educação), de Fabiana Kauark. O Sitio do Livro encerra a sua programação no sábado, às 18 horas, com o lançamento de Ferradas: Um capítulo na história do Brasil (História), de Gustavo Veloso.

Os editores Marcel Santos, da Via Litterarum e Gustavo Felicissimo, da Mondrongo, destacam que esse é um importante espaço para a literatura regional, numa interação entre autores e leitores, nas mais variadas manifestações da literatura regional. O Sitio do Escritor faz parte das comemorações do Centenário de Jorge Amado.

Cordel escrito a seis mãos

tres poetas e um cordel

 A Tocaia Edições e a Editus – editora da UESC, convidam para o lançamento do romance de cordel: “Os três irmãos da curriola: Chico Tampa, Zé Tabaca e Mané Sola”, nesta 2ª feira, dia 29 de agosto, primeiramente na UESC, às 16:30h, no CEU, com uma aula de despedida do Piligra, que está de malas prontas para Frankfurt, Alemanha, onde passará os próximos meses aprimorando seus conhecimentos. Depois, no Beco do Fuxico, na Bodega do Robinho, em Itabuna.

No folheto, que é de autoria dos poetas George Pellegrini, Piligra e Gustavo Felicíssimo, se conta a engraçadíssima história de três diabinhos que vieram à terra pra fazerem muita estripulia. Essa história possui certa identidade com o realismo mágico, que é um movimento literário criado ao final dos anos 40 para denominar um tipo de ficção hispano-americana. Mas isso foi algo acidental, pois os poetas de Cordel, muitas vezes, criam fábulas que logo se tornam populares. Para isso, lançam mão de abundantes recursos fantasiosos, como acontece, por exemplo, nos folhetos “A lenda do pavão misterioso” e “A chegada de Lampião no inferno”, dois dos maiores clássicos do gênero.

Como cada poeta desenvolveu uma personagem da história, ao final fica a pergunta: será que as personagens guardam algumas semelhanças com os seus autores? Resta ao leitor ir aos lançamentos, comprar o folheto e decifrar o enigma.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
janeiro 2022
D S T Q Q S S
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031