hanna thame fisioterapia animal
bahiagas livros do thame

Posts Tagged ‘governador Jaques Wagner’

Presidente Dilma assina decreto de Garantia da Lei e da Ordem para a Bahia

 
Atendendo a uma solicitação do governador Jaques Wagner, a presidente Dilma Rousseff assinou o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) autorizando o emprego das Forças Armadas na segurança pública na Bahia. As operações de GLO conferem aos militares condições de patrulha, vistoria e prisão em flagrante.
O comandante da 6ª Região Militar, general Racine Bezerra Lima, assumiu o comando das operações e a Polícia do Exército (PE) já está patrulhando as ruas. A primeira leva de efetivos federais, com 5 mil homens, chega ainda no decorrer desta quarta-feira (16).

Wagner participa da formatura de 1,6 mil novos técnicos de nível médio

jwag 13O governador Jaques Wagner participa nesta segunda-feira (14), às 19h, no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador, da formatura de 1.616 novos técnicos de nível médio, de diversas áreas. Os formandos são de 11 centros estaduais de Educação Profissional de Salvador, Lauro Freitas e Simões Filho, bem como de 18 unidades escolares que ofertam essa modalidade de ensino nessas cidades.

Desde 2007, a Educação Profissional na Bahia saiu de quatro mil para de 69 mil matrículas, e de 22 para 123 municípios, distribuídos nos 27 territórios de identidade. A ampliação da oferta de vagas possibilitou que a rede baiana de Educação Profissional se estabelecesse como a segunda maior do país, atrás apenas da do Estado de São Paulo, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

 

Produtores pedem suspensão de demarcação e aceitam criação de reserva indígena no Sul da Bahia

Durante o encontro com o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo e o governador Jaques Wagner para discutir o conflito de terras no Sul da Bahia,  a  Associação dos Produtores de Ilhéus, Buerarema e Una entregou um documento ao ministro Cardozo solicitando a revogação do processo de demarcação, a imediata reintegração de posse com os mandados expedidos pela Justiça e a realização de um estudo para a criação de uma reserva indígena, com indenização justa aos atuais proprietários.

Os produtores alegam que mesmo com a presença da Força Nacional de Segurança as invasões de fazendas continuam ocorrendo. O encontro com Cardozo, realizado em Salvador, também teve a presença de produtores de Belmonte e Barra Velha, que também sofrem com o risco de perderem suas terras, já que existem processos de demarcação em  andamento.

No sábado, um dia após a reunião com o  ministro, três integrantes da Associação de Juízes para a Democracia, fez uma visita à Serra do Padeiro, em Buerarema, principal palco dos conflitos para levar solidariedade aos tupinambás. Dois juízes são de São Paulo e um de Salvador.

Conflito no Sul da Bahia: Governo Federal e Governo do Estado criam Plano de Segurança

encontro discute conflito e busca consenso (foto Alberto Coutinho/Secom)

Até a próxima semana, Governo da Bahia e o Ministério da Justiça devem assinar um termo de cooperação técnica para a criação do Plano de Segurança com Cidadania voltado para comunidades indígenas. Esse foi o resultado da reunião realizada na tarde desta sexta-feira (25), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, pelo governador Jaques Wagner e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, com lideranças indígenas e proprietários rurais para mediar o conflito de terras na região do município de Buerarema, no sul do estado.

Em aproximadamente seis horas de diálogo, as autoridades receberam representantes dos produtores rurais, na sede da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e, em seguida, lideranças dos povos indígenas envolvidos no impasse, na Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem).

Wagner afirmou que a mediação busca um entendimento na questão que envolve a disputa de uma área de 47 mil hectares. “O que garante a legalidade de qualquer ato é uma sentença do Poder Judiciário. Fora isso, só teremos a pacificação se as partes aceitarem a mediação que estamos tentando construir. O fundamental é não sacrificar as duas partes com esse ambiente de hostilidade permanente em Buerarema e esta é uma questão que o Estado brasileiro precisa resolver”.

Imparcialidade – Mais cedo, o governador e o ministro se reuniram com representantes de órgãos ligados à questão indígena e de segurança. Estiveram presentes a presidente da Funai, Maria Augusta, a secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, o procurador-geral do Estado, Wellington César Lima e Silva, os secretários estaduais de Relações Institucionais, Cezar Lisboa, da Segurança Pública, Maurício Barbosa, e da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Almiro Sena.

Também participaram representantes da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, do Conselho Nacional de Justiça, Secretaria Nacional de Articulação Social, Procuradoria da República, Força Nacional de Segurança, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar da Bahia.

O ministro José Eduardo Cardozo disse que a questão será analisada com total imparcialidade e que o plano de segurança para restabelecimento da paz na região, está sendo elaborado de forma conjunta entre o Ministério da Justiça, Ministério Público Federal, Força Nacional de Segurança e Secretaria de Segurança Pública da Bahia.

“Estamos planejando a melhor maneira de garantir a segurança na região e, nas reuniões, colocando, claramente, que no conflito nada se resolve. Através da mediação vamos garantir os direitos das pessoas dentro de uma situação de ordem e tranquilidade”, disse Cardozo.

Jaques Wagner e Alexandre Padilha acompanham Saúde em Movimento em Bom Jesus da Lapa

O programa Saúde em Movimento disponibiliza, nesta sexta-feira (4), em Bom Jesus da Lapa, no Oeste da Bahia, consultas e cirurgias oftalmológicas para moradores da região. O governador Jaques Wagner e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, estarão no município, às 10h, para acompanhar a ação da Secretaria Estadual da Saúde.

Ainda em Bom Jesus da Lapa, o governador visita a Feira Territorial da Agricultura Familiar e entrega equipamentos a agricultores familiares, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), dentro do Plano Brasil Sem Miséria.
Serão entregues 700 kits familiares de apicultura a agricultores dos municípios de Riacho de Santana, Igaporã, São Félix do Coribe, Malhada, Boquira, Serra do Ramalho, Morpará, Paratinga e Ibotirama, no valor de R$ 2,2 milhões. Agricultores de Bom Jesus da Lapa, Correntina, Riacho de Santana, Santa Maria da Vitória, Serra do Ramalho, Paramirim, Sítio do Mato e Seabra receberão 120 kits de irrigação, no valor de R$ 62,7 mil.
Também serão entregues um trator agrícola, no valor de R$ 102,9 mil, com implementos, para a Associação Comunitária de Santana, e dois tratores agrícolas, no valor de R$ 202,6 mil, com implementos, para a Cooperativa de Agricultura Familiar de São Desidério.

Médicos cubanos chegam à Bahia

50 médicos cubanos, contratados  através do programa Mais Médicos, chegam amanhã (25) à Bahia, para atuar em cidades do interior do estado.

Eles desembarcam às 18 horas no aeroporto de Salvador e serão recebidos pelo governador Jaques Wagner e pelo secretário de Saúde Jorge Solla.

Os médicos cubanos, que vem suprir a ausência de profissionais brasileiros nas pequenas cidades, tem larga experiência em saúde pública.

 

Força Nacional de Segurança e reforço da PM para conter conflitos em Buerarema

O governador Jaques Wagner solicitou  ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o apoio da Força Nacional de Segurança para a região de Buerarema, no Sul da Bahia. O ministro garantiu o envio das tropas, que devem começar a chegar a partir deste domingo (18), e determinou também o reforço de pessoal da Polícia Federal lá. Além disso, a Polícia Militar também terá seu efetivo reforçado na região.

Durante a semana, produtores rurais protestaram, reivindicando a devolução de terras que teriam sido invadidas por indígenas. Nas manifestações, carros foram incendiados e equipamentos públicos depredados. Cerca de 300 índios Tupinambás participam da ocupação de fazendas na região.

Wagner envia à Assembleia projeto que consolida política de valorização dos professores

Valorização dos professores baianos (foto Manu Dias/Secom)

O governador Jaques Wagner encaminhou nesta segunda feira (15), para aprovação da Assembleia Legislativa, o projeto de lei que garante aos professores da rede estadual de ensino o uso de um terço da carga horária destinada à realização de atividades de planejamento fora da sala de aula. O envio aconteceu durante reunião com representantes da categoria na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Também participaram do encontro os secretários da Educação, Osvaldo Barreto, da Administração, Manoel Vitório, da Comunicação Social, Robinson Almeida, e das Relações Institucionais, Cezar Lisboa.

Além da questão da carga horária, o texto do projeto atende a outras reivindicações da categoria como a manutenção dos benefícios aos professores que não podem mais dar aulas por motivo de saúde, mas continuam trabalhando na secretaria – os chamados readaptados. Eles continuarão recebendo as gratificações relativas à docência.

Outro ponto é a regulamentação do programa Profuncionário, que dá gratificação de 15% sobre o salário aos servidores técnicos e administrativos que passarem por curso de qualificação. Estão nessa lista funcionários responsáveis pela merenda e o atendimento aos alunos, pais e professores.

Segundo o secretário da Educação, Osvaldo Barreto, com a mudança a carga horária destinada ao planejamento sai de 30% para 33%. “Temos sido muito cuidadosos com os professores, com reajustes reais de salários ao longo desses últimos seis anos, a aprovação de um plano de carreiras, que é modelo nacional, entre outras medidas. A nossa expectativa, agora, é que esse esforço seja transformado em melhoria da qualidade do ensino e do aprendizado”

Multinacional alemã de construção civil vai implantar fábrica na Bahia

A implantação de uma fábrica da multinacional alemã de sistemas de construção a seco (drywall) em Camaçari foi confirmada no início da tarde desta terça-feira (9) durante encontro entre o governador Jaques Wagner e executivos da Knauf do Brasil, na sede da Governadoria, no Centro Administrativo, em Salvador.

A previsão é que a nova unidade comece a operar no primeiro semestre de 2014. Com as obras iniciadas em um terreno de 157 mil metros quadrados, a planta será a segunda da empresa no país e conta com investimentos de R$ 160 milhões, gerando 150 empregos diretos e indiretos.

A nova fábrica vai produzir placas de gesso ‘acartonado’ e aumentará em 80% a capacidade produtiva da companhia no Brasil. Além do parque industrial no município de Queimados (RJ), a empresa já possui licença para a mineração da ‘gpsita’ (matéria-prima do gesso) em uma mina de Camamu, município baiano localizado na Costa do Dendê, no interior do estado.

Energia eólica: Renova e Alstom confirmam acordo de 1 bi de euros na Bahia

O governador Jaques Wagner participa nesta segunda-feira (4), às 10h30, no restaurante Amado, em Salvador, do anúncio da parceria entre as empresas do ramo de energia eólica Alstom e Renova Energia para construção de parques eólicos no estado, com capacidade de geração de 1.200MW. O montante da operação é de 1 bilhão de euros, em uma parceria que está sendo considerada uma das principais do setor energético no Brasil e das maiores no mercado mundial de aerogeradores terrestres.

O acordo envolve o fornecimento, pela Alstom, ao longo de três a quatro anos, a partir de 2015, de cerca de 440 aerogeradores para construção dos novos parques da Renova, além dos serviços de operação e manutenção. Juntos, os aerogeradores possuem capacidade mínima instalada de 1.2 GW, quase o total da energia eólica gerada atualmente no Brasil.

 

Wagner confirma permanência da Mauricio Barbosa na SSP e diz “que intrigas não demitem nem nomeiam secretários”

O governador Jaques Wagner garantiu nesta quarta-feira (20), a permanência  do secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa (foto). “Intrigas não derrubam nem nomeiam secretários no meu governo. Maurício foi escolhido por mim e vai ser mantido pela qualidade do seu trabalho. Maurício só sai por vontade própria”, declarou  Wagner.

O governador também ressaltou o trabalho realizado por Mauricio Barbosa na SSP, com ações permanentes para a redução da violência na Bahia. A confirmação da permanência do secretario foi feita durante a assinatura de duas ordens de serviço para início das obras de restauração do quartel do Corpo de Bombeiros, na Rua J. J. Seabra (Baixa dos Sapateiros), e três casarões localizados na Rua Padre Vieira (Rua do Tesouro), em Salvador.

Jaques Wagner e Rui Costa no lançamento da ampliação do Programa Brasil sem Miséria

O governador Jaques Wagner e o secretário da Casa Civil, Rui Costa, participaram nesta terça-feira (19), no Palácio do Planalto, em Brasília, da cerimônia onde a presidenta Dilma Rousseff anunciou a ampliação do Programa Brasil sem Miséria. Ela destacou que cerca de 2,5 milhões de famílias cadastradas no Bolsa Família deixarão a extrema pobreza, sendo as últimas do programa que ainda viviam na miséria.

A partir de março, esses brasileiros vão receber complemento para alcançar a renda mínima de R$ 70 por pessoa, considerado o patamar que supera a linha da extrema pobreza. O governo alcançará o número de cerca de 22 milhões de pessoas retiradas da miséria, desde o lançamento do Plano Brasil sem miséria, em 2011.

Segundo Wagner, “nenhum país pode ser considerado desenvolvido sem erradicar a extrema pobreza, que se manifesta de múltiplas formas, além da insuficiência de renda. Por este motivo, é preciso estimular estratégias para a inclusão produtiva deste público-alvo e induzir o atendimento a quem mais necessita dele”.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031