hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘golpe’

Menos de 24 horas depois que um bando de canalhas rasgou a CLT e usurpou os direitos de milhões de brasileiros, um juiz de Curitiba condena, sem provas, o maior líder trabalhista do país, desviando todas as atenções. Não há como negar: eles são profissionais. O `timing` do Golpe é perfeito.

Menos de 24 horas depois que um bando de canalhas rasgou a CLT e usurpou os direitos de milhões de brasileiros, um juiz de Curitiba condena, sem provas, o maior líder trabalhista do país, desviando todas as atenções.
Não há como negar: eles são profissionais.
O `timing` do Golpe é perfeito.

José Dirceu: “o PT vai retomar o Governo”

ze dirceu

O ex-ministro José Dirceu gravou um áudio, publicado pelo jornalista Dimas Roque, da Bahia, em que diz que o PT vai “retomar o governo do Brasil”. A fala dele foi gravada em Brasília.

Dirceu manda abraços fraternos ao público e se declara em gratidão a todos, em um recado para a militância. Diz estar firme, de pé e na luta.

“Como vocês sabem, nós vamos retomar o governo do Brasil”. O ex-ministro também declarou que “eles tomaram na mão. Deram um golpe. Rasgaram a Constituição”.

O petista também antevê que o povo apoiará o projeto da candidatura de Lula à presidência em 2018, e que o Partido dos Trabalhadores, que ele ajudou a construir, retornará ao poder muito mais forte.

“O povo está conosco. E nós vamos voltar”, anuncia.

Lula a Temer: ´não foi Deus, foi golpe´

lulaO ex-presidente Lula rebateu na noite desta quarta-feira 28 um trecho do pronunciamento feito nesta terça por Michel Temer, em que o peemedebista diz que ‘não sabe como Deus o colocou ali’, em referência ao cargo de presidente da República.

“O Temer agradeceu a Deus, dizendo não saber por que foi levado a presidência. O que levou foi um golpe”, disse Lula em discurso durante as comemorações dos 25 anos da Confederação Nacional dos Metalúrgicos, em São Paulo.

“Foi golpe que deram. Não foi por conta de Deus, mas por conta de deputados e senadores que assaltaram o poder e derrubaram uma presidenta democraticamente eleita com 54 milhões de votos”, completou.

Segundo Lula, a única saída para dar início à solução da crise econômica do País é “o povo voltar a eleger um presidente da República”. “A crise que vivemos no mundo é uma falta de liderança política. A desgraça de quem não gosta de política é que é governado por quem gosta”, afirmou.

“O Temer está acabando com direitos quase que seculares da classe trabalhadora”, criticou ainda o ex-presidente, relembrando as benfeitorias de seu governo, além do alto índice de emprego e crescimento da economia.

O petista destacou ainda que “a Lava Jato está destruindo uma parte da indústria nacional”. “As pessoas tem vergonha de falar isso. Mas é verdade”, disse. (Brasil 247)

Janot denuncia Temer por corrupção

michel

(da Agência Brasil)- O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou o presidente Michel Temer ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo crime de corrupção passiva. A acusação está baseada nas investigações iniciadas a partir do acordo de delação premiada da JBS. O áudio da conversa gravada pelo empresário Joesley Batista, um dos donos da empresa, com o presidente, em março, no Palácio do Jaburu, também é uma das provas usadas no processo. Procurado pela reportagem, o Palácio do Planalto ainda não se manifestou sobre a denúncia.

O ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) também foi denunciado pelo procurador pelo mesmo crime. Loures foi preso no dia 3 de junho por determinação do ministro Edson Fachin. Em abril, Loures foi flagrado recebendo uma mala contendo R$ 500 mil, que teria sido enviada pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS.

Para o procurador, Temer usou Rocha Loures para receber vantagens indevidas. “Entre os meses de março a abril de 2017, com vontade livre e consciente, o Presidente da República Michel Miguel Temer Lulia, valendo-se de sua condição de chefe do Poder Executivo e liderança política nacional, recebeu para si, em unidade de desígnios e por intermédio de Rodrigo Santos da Rocha Loures, vantagem indevida de R$ 500.000 ofertada por Joesley Batista, presidente da sociedade empresária J&F Investimentos S.A., cujo pagamento foi realizado pelo executivo da J&F Ricardo Saud”, diz a denúncia apresentada por Janot.

Read the rest of this entry »

Lula: “tiraram a Dilma, botaram o Temer e a desgraça se abateu sobre o País”

abcO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu fortemente a classe trabalhadora, neste domingo, durante evento de posse da nova direção do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. O petista afirmou que não é justo nem eficaz que se enfrente a crise econômica por que passa o país cobrando a conta da classe trabalhadora e extinguindo direitos históricos conquistados ao longo dos anos. A retomada do crescimento só pode se dar por meio da melhora da qualidade de vida das camadas populares, geração de empregos e aumento de salários, reforçou Lula.

“Querem jogar a crise do país em cima dos trabalhadores e dos aposentados. Mas nós temos que dizer a eles: ‘não tem que tirar direito de trabalhador e aposentado. Temos que fazer a economia crescer, gerar emprego, aumentar salários. Aí, a Previdência então vai dar conta”, disse o ex-presidente.

Lula recordou a importância histórica do sindicato dos metalúrgicos e de sua luta pela democracia no Brasil. “O país que estão oferecendo a você, Wagner (Santana, novo presidente do Sindicato), é um país que vai exigir de você muitas noites acordados. E um metalúrgico não pode fechar os olhos enquanto a gente não reconquistar o direito de andar de cabeça erguida neste país, enquanto não reconquistarmos a cidadania que já tivemos”, afirmou o ex-presidente da República, que falou também sobre a retirada da presidente eleita, Dilma Rousseff, de seu cargo:

“Antes, toda desgraça era culpa do PT e da Dilma. Então, demonizaram o partido e a presidenta, tiraram a Dilma, colocaram o (Michel) Temer e o que aconteceu? Aí que a desgraça tomou conta deste país.”

Também presente no evento, a recém eleita presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, proferiu discurso em consonância com as palavras de Lula. “Vocês (sindicalistas) podem se orgulhar de ter dado ao país a maior liderança popular que o Brasil já teve. O Brasil não precisa de reforma trabalhista, de reforma previdenciária. O Brasil precisa de emprego, de crescimento, de consumo. Precisa de um governo que olhe para o povo”, resumiu a parlamentar.

Já o novo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, afirmou que a luta da entidade que preside “não é só por nós, pela nossa categoria, é por todos os trabalhadores”. Ele disse ainda:

“Eu tenho certeza que essa categoria não abrirá mão dos direitos garantidos em lei. Que país é esse onde se propõe uma volta quase à escravidão, onde se quer permitir que o trabalhador rural possa ser remunerado não com salário, mas com casa e comida? Minha luta hoje é pelo direito dos outros, dos meus filhos, assim como meu pai lutou pelos meus direitos e meus filhos hão de lutar pelos direitos dos meus netos.” (Brasil 247)

Perdoai-lhes pai…

perdão 2

Quer que embrulhe?

pato

Não vem ao caso…

laerte

Dilma sem rodeios: “o Brasil é governado por ladrões”

quadrilha
(do Brasil 247) – Eleita com 54 milhões de votos e derrubada por um golpe parlamentar, liderado por políticos que em breve serão investigados por esquemas de corrupção, caixa dois e propina, a presidente deposta Dilma Rousseff concedeu à jornalista Maria Cristina Fernandes sua mais contundente entrevista, desde que foi afastada do poder.

Sem meias palavras, Dilma deixou claro que o Brasil hoje é governador por ladrões. Não apenas Michel Temer, mas vários de seus aliados foram apontados como corruptos por Dilma.

“O gato angorá tem uma bronca danada de mim porque não o deixei roubar. Chamei o Temer e disse: ‘ele não fica'”, diz Dilma, explicando por que demitiu Moreira Franco da Secretaria de Aviação Civil.

Coincidência ou não, Moreira Franco, que recentemente ganhou o foro privilegiado, aparece nas delações da Odebrecht, sendo acusado de cobrar propinas nas concessões de aeroportos.

Sobre Temer, Dilma deixa claro que é o próprio Eduardo Cunha, preso há mais de quatro meses em Curitiba, quem o chama de ladrão, nas perguntas que tentou encaminhar a ele, mas que foram vetadas pelo juiz Sergio Moro. “Lá está Eduardo Cunha dizendo que quem roubava na Caixa Econômica Federal, no FGTS, é o Temer. Leia minha filha. Alguém não sabe que o Cunha está dizendo que não foi o Yunes, mas o Temer?”, questiona Dilma, mencionando ainda o ex-assessor especial José Yunes, que disse ter sido “mula” de Eliseu Padilha.

Dilma explica ainda por que não se aliou a Eduardo Cunha, para tentar evitar o golpe. “Você está falando de um gângster inteligente. Devia ajoelhar e aceitar as condições?”, questiona. “Você vai me desculpar, mas eu não vou assaltar o País. Eduardo Cunha e eles assaltam o País”.

A presidente legítima, que tem circulado como popstar pelo exterior, disse ainda que um de seus erros foi permitir que Michel Temer assumisse a articulação política, ao lado de Eliseu Padilha. Com isso, os dois perceberam as fragilidades da base aliada e prepararam o bote do golpe parlamentar de 2016. Padilha e outros aliados de Temer, como Geddel Vieira Lima, também são elencados por Dilma na categoria de “ladrões”.

“Saber quem eles são, nós sabemos. Não tenho a menor dúvida de quem é Padilha e Geddel. Sabia direitinho. Inclusive uma parte do que sou e da minha intolerância é porque eu sabia demais quem eles eram”.

 

Lula mobiliza trabalhadores contra reforma da Previdência

Discurso de Lula em ato contra a reforma da Previdência Avenida Paulista, em São Paulo.

PIB: Golpe mergulha Brasil na maior recessão da História

pib(do IBGE)- Em 2016, o PIB caiu 3,6% em relação ao ano anterior, queda ligeiramente menor que a ocorrida em 2015, quando havia sido de 3,8%. Houve recuo na agropecuária (-6,6%), na indústria (-3,8%) e nos serviços (-2,7%). O PIB totalizou R$ 6.266,9 bilhões em 2016.

O PIB caiu 0,9% no 4º trimestre de 2016 frente ao 3º trimestre, levando-se em consideração a série com ajuste sazonal. É o oitavo resultado negativo consecutivo nesta base de comparação. A agropecuária cresceu 1,0%, enquanto que a indústria (-0,7%) e os serviços (-0,8%) recuaram.

Na comparação com o 4º trimestre de 2015, o PIB sofreu contração de 2,5% no último trimestre de 2016, o 11º resultado negativo consecutivo nesta base de comparação. Houve queda na agropecuária (-5,0%), na indústria (-2,4%) e nos serviços (-2,4%).

O PIB per capita teve queda de 4,4% em termos reais, alcançando R$ 30.407. O PIB per capita é definido como a divisão do valor corrente do PIB pela população residente no meio do ano.

 

C6J3LLXWQAEBbEW-compressed

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
julho 2017
D S T Q Q S S
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031