hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘geraldo simões’

Josias e Geraldo fazem dobradinha em Itabuna

gs e js

Josias Gomes, ex-secretário de Relações Institucionais da Bahia e deputado federal, fechou dobradinha eleitoral com Geraldo Simões em Itabuna. Josias concorre à reeleição como deputado federal e Geraldo disputa uma vaga na Assembleia Legislativa. A dobradinha vinha sendo ensaiada desde o início da campanha e, nesta quarta (3), os dois gravaram vídeo em que ambos anunciam acordo eleitoral e pedem votos na corrida de 2018.

Josias foi um dos nomes, junto com o deputado estadual Rosemberg Pinto, que defenderam a ida de Geraldo para o secretariado do Governo Rui Costa. O ex-prefeito de Itabuna preferiu disputar vaga na AL-BA. Geraldo já foi deputado estadual na década de 90, quando deixou o cargo para assumir a Prefeitura de Itabuna, após ganhar a eleição de 1992.

Geraldo Simões destaca importância do Hospital da Costa do Cacau

gsA inauguração do Hospital Regional Costa do Cacau, no próximo dia 15, é um marco para a saúde de toda a região Sul. Quem afirma é o ex-prefeito Geraldo Simões, que vê o equipamento como a mais importante obra na área da saúde em todos os tempos na região. Ele parabeniza ao governador Rui Costa e ao secretário Fábio Vilas-Boas pela obra e prevê uma melhora significativa no atendimento às necessidades da população.

Geraldo observa que o debate que deve ser travado em torno do hospital é sobre de que forma os municípios vão se organizar e os pacientes que estão nas filas de espera vão acessar, o mais rapidamente possível, os serviços oferecidos.

O ex-prefeito diz que a saúde é um dos grandes gargalos das administrações municipais, não apenas de Ilhéus e Itabuna, mas de toda a região. Ele observa, porém, que esse hospital vai obrigar os municípios a fazer a atenção básica que, combinado com a futura Policlínica Regional, possibilitará ao sistema de saúde pública atender as pessoas com dignidade na região.

“Ao mesmo tempo em que olhamos para o aspecto global da saúde, com um equipamento como o Hospital da Costa do Cacau, temos certeza que a resolutividade nas localidades também vai contribuir para o pleno atendimento das demandas. Aí, os municípios terão que investir em atenção primária, para que o sistema funcione perfeitamente”, observa Geraldo Simões.

Geraldo agradece votação e reafirma “fé na força do povo”

Em nota do Facebook, o candidato a prefeito de Itabuna, que não conseguiu se eleger, disse que respeita o resultado das urnas. “Hoje o povo se manifestou através do voto. Num momento em que o país vive um quadro de descrença na política e nos políticos, quero agradecer aos milhares de amigos e amigas que acreditaram em nossas propostas e nos honraram com seu voto. Agradeço ao Partido dos Trabalhadores e ao PSL, que formaram nossa coligação, e reafirmo minha fé em nosso município, na força de nosso povo”, disse.

“ Vamos fazer o que sempre fizemos: trabalharemos por Itabuna onde quer que estejamos”, finalizou.

Geraldo e Serpa registram candidatura em Itabuna

gs serpaO pré-candidato a prefeito Geraldo Simões (PT), realizou nessa segunda-feira, o registro da chapa majoritária que vai disputar as eleições de 2 de outubro. Acompanhado do vice, Valci Serpa, junto com a militância e apoiadores, Geraldo entregou toda a documentação exigida pela Justiça Eleitoral às 13 horas.

No ato, acompanhado pelo presidente do Partido dos Trabalhadores, Flávio Barreto, também foi feito o registro da chapa proporcional, com 30 candidatos a vereadores e vereadoras dos partidos da coligação “Com a Força do Povo, Itabuna Forte de Novo”.

No momento do registro, também foi protocolado o documento com as diretrizes do Programa de Governo, fruto das discussões populares realizadas em 13 reuniões nas diversas regiões do município, do Programa de Governo Participativo (PGP), das quais Geraldo participou em todas.

“Além dessas sugestões do povo e das nossas convicções, incluímos as orientações de um corpo técnico, que nos assessorou para essa construção. Temos um programa alinhado com as necessidades do povo e em consonância com o que orientam os estudiosos dos diversos temas. Assim, temos o que de melhor Itabuna pode esperar de uma gestão pública”, afirma Geraldo.

Itabuna: PT oficializa candidatura de Geraldo Simões

 

gserpaO Partido dos Trabalhadores realizou sua convenção municipal na noite dessa sexta-feira (29), num Centro de Cultura lotado. A multidão que compareceu ao evento aclamou os nomes do pré-candidato a prefeito Geraldo Simões e a vice, tenente-coronel PM Valci Serpa. Além dos nomes de Geraldo e Serpa, foram homolagados todos os 32 candidatos a vereadores da coligação “Com a força do povo, Itabuna forte de novo”.

A cerimônia ainda teve grande participação de autoridades, como o secretário adjunto de  Administração Penitenciária e Ressocialização, Carlos Sodré, os deputados federais Nelson Pellegrino e Jorge Solla, e estadual, Rosemberg Pinto, além do presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana, e de Itapé, Pedrão, e presidentes de diretórios municipais Thiago Feitosa (PSL) e Luís Felipe (PPL), e do PT, Flávio Barreto.

Também levaram seu apoio a Geraldo e Serpa diversos dirigentes de órgãos das administrações estadual e federal de Itabuna e da região, e a pré-candidata a prefeita de Ilhéus pelo PT, Professora Carmelita.

Geraldo lança Programa de Governo Participativo

 gs

O pré-candidato a prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT), reuniu militantes e simpatizantes para discutir ações da pré-campanha 2016. Uma das propostas em discussão foi o Programa de Governo Participativo, estratégia utilizada pelo PT na eleição do governador Rui Costa (2014), que será adaptado ao pleito municipal nas cidades onde o PT terá candidatos.

Geraldo ressaltou a necessidade do PGP ao apontar problemas da atual gestão, a exemplo de áreas como a saúde, abastecimento de água, infraestrutura e até em relação às festas populares. “Vamos chamar a população a discutir e nos apontar aquilo que é prioridade em suas comunidades”.

De acordo com Geraldo, o PGP deve se iniciar no próximo dia 7 de maio, no bairro São Caetano. “Vamos conversar com toda a cidade, com a população em geral e com os diversos segmentos, como artistas, juventude, mulheres, negros, sindicalistas etc”.

Na plenária de hoje, realizada no Espaço Bosque Epicurista, no bairro São Judas, participaram cerca de 500 pessoas, dentre elas o prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana, o representante do Diretório Estadual do PT, Murilo Brito, representantes do governo estadual, o chefe de Gabinete da Secretaria de Relações Institucionais (Serin), Luiz Viana, além dos vereadores Paulino do INSS e Júnior Brandão e diversos pré-candidatos a vereador.(do Pimenta)

 

Contra extinção, Geraldo Simões defende fortalecimento da Ceplac

gs 2O ex-deputado federal e ex-prefeito de Itabuna, Geraldo Simões, está preocupado com a situação vivida novamente pela Ceplac. Dessa vez, um projeto do próprio Ministério da Agricultura, que retira do órgão a autonomia orçamentária e de decisão sobre projetos que desenvolve, pode ser mais um golpe contra a instituição mais importante para o desenvolvimento regional nos últimos 60 anos.

Geraldo, que é servidor público federal lotado na Ceplac, diz que o momento é de união, para que o problema seja enfrentado no âmbito institucional, mas com o apoio das lideranças regionais. “Precisamos do diálogo com o governo estadual, com o ministro Jaques Wagner e com as lideranças que podem ajudar a reverter essa situação”, afirma.

O ex-deputado faz questão de frisar que “não se trata de defender salário, benefícios para o ceplaqueano que, aliás, merece”. Mas de fortalecer a instituição Ceplac, “para que possamos garantir uma instituição vigorosa no próximo ciclo de desenvolvimento que teremos, a partir das obras estruturantes que vamos receber em breve, como o Porto Sul e a Ferrovia Oeste Leste”.

 

PT define pré-candidaturas a doze prefeituras da Bahia

pt bahia 3

Em reunião do diretório estadual realizada no final de semana, 13, no hotel Mercure, no Rio Vermelho, em Salvador, o PT definiu quem serão os pré-candidatos em 12 das 35 maiores cidades baianas. Três deles irão concorrer à reeleição: João Bosco, em Teixeira de Freitas; Jussara Márcia, em Dias D’Ávila; e Francisco de Assis, em Conceição do Coité.

Aparecem ainda nomes de ex-prefeitos das respectivas cidades, que voltam a concorrer ao posto, como os casos do deputado federal Luiz Caetano (Camaçari), Carlos Brasileiro (Senhor do Bonfim) e Geraldo Simões (Itabuna). Completam a lista de pré-candidatos já aprovados pelo diretório Zé Neto (Feira de Santana), Gika Lopes (Serrinha), Orlando Filho (Cruz das Almas), Amauri Teixeira (Jacobina) e Dalvadisio Lima  (Itamaraju).

pt bahia 1Em Lauro de Freitas e Alagoinhas, as conversas avançam para  confirmar as pré-candidaturas de Moema Gramacho e Joseildo Ramos, respectivamente. “Há uma tendência forte para que sejam eles”, afirmou o presidente estadual do partido, Everaldo Anunciação.

Segundo ele, o número de pré-candidaturas do PT nas 35 maiores cidades da Bahia deve chegar a 18. A reunião do diretório estadual do partido contou com a participação de lideranças das 35 principais cidades da Bahia, além de deputados federais e estaduais.

Na reunião, os membros do partido discutiram a criação de um programa de governo participativo. Os temas que devem nortear os programas de governo devem levar em conta o maior controle de gastos e a eficiência pública, a democratização do acesso aos instrumentos de comunicação e informações, com destaque para a internet, além de aprofundar as políticas na área de saúde, educação, habitação e mobilidade urbana. (A Tarde)

O que é isso, Vane?

A campanha eleitoral de 2016 ainda não começou, mas já faz vítimas. Desta vez, a combalida Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) foi usada por bem-intencionados do Governo Vane para atacar o ex-prefeito Geraldo Simões.

A empresa interrompeu o fornecimento de água para o petista. Ao que se sabe, cortou o fornecimento sem que houvesse qualquer aviso prévio. As contas estavam todas pagas, restando pendência de fatura relativa a setembro, não quitada por erro.

A Emasa falhou na falta de aviso de corte. Poderia ter sido uma simples falha. Parece não ter sido. O corte foi registrado e fotos espalhadas via redes sociais. Quem assim agiu – depreende-se – sabia o que estava fazendo.

A bomba pela prática da “velha política” tende a cair no colo do prefeito Claudevane Leite, que começa a ser cobrado. Ele e o presidente da Emasa, Ricardo Campos, que também comandou a empresa na segunda gestão de Geraldo como prefeito de Itabuna. O que eles terão a dizer sobre o ocorrido? (do Pimenta na Muqueca. O Blog do Thame assina embaixo. Com a palavra Ricardo Campos, que serviu a dois senhores e tem a obrigação de se explicar sobre esse misto de má fé e burrice, que além da politicagem rasteira é uma afronta ao Código de Defesa do Consumidor).

PT realiza plenária em Itabuna

pt 2

O diretório municipal do Partido dos Trabalhadores realizou uma plenária para receber novos filiados, que contou com a presença de lideranças e da militância.

Jorge Solla deputado federal, Rosenberg Pinto deputado estadual, Everaldo Anunciação presidente estadual do PT, Lenildo Santana prefeito de Ibicaraí e presidente da AMURC foram algumas das lideranças que vieram prestigiar a recepção de antigos e novos filiados, como a educadora Raimunda Assis e do ex-secretário de Saúde de Itabuna Humberto Barreto, além dos advogados Jorge Almeida e Valdir Mesquita.

PT 1A atividade organizada pelo presidente do Diretório Municipal Flávio Barreto, além da presença de centenas de militantes contou com a participação também de lideranças de outros partidos a exemplo de Wenceslau Júnior vice-prefeito do município e dirigente do PCdoB.

No encontro o partido reafirmou o apoio ao pré-candidato a prefeito Geraldo Simões. Atual suplente de deputado federal, Simões  agradeceu a confiança e se colocou disposto a construir um projeto popular para Itabuna mais uma vez.

Itabuna: PT reune militância e defende governo Dilma

pt gs BlogO discurso de defesa do Partido dos Trabalhadores(PT) e dos programas sociais implantados pelos governos Lula e Dilma deu o tom da primeira Plenária de formação política do ano de 2015 do Diretório Municipal do PT de Itabuna. “Precisamos fortalecer o PT e as conquistas da população, fruto das lutas e das políticas acertadas dos nossos governos”, frisou a pesquisadora e secretária estadual de formação política do Partido, Elen Coutinho.

O encontro realizado na na Câmara de Vereadores reuniu a militância petista e teve como objetivo oferecer formação política aos novos filiados do Partido. Participaram também da atividade os vereadores Paulinho do INSS, Junior Brandão, o secretário estadual de finanças Murilo Brito e o ex-deputado federal Geraldo Simões. A Plenária foi coordenada por Flávio Barreto, presidente do Diretório Municipal.

“Esse partido é a melhor experiência partidária em nosso país. Foi quem mais criou políticas públicas para o nosso povo na gestão de Lula e Dilma”, afirmou o ex-deputado Geraldo Simões. Ele acrescentou que o “ esforço dos partidos da direita, de parte do judiciário e da base aliada é para Dilma não terminar o governo e nem para Lula voltar em 2018, mas não terão sucesso”.

CONFIANÇA

Ainda no contexto da crise nacional, o dirigente Murilo Brito ressaltou a necessidade de “ nesse momento enfrentar as dificuldades fortalecendo ainda mais o PT nos municípios”. Opinião também compartilhada por Manoel Porfirio secretário municipal de formação. “Esse é o momento de reafirmamos nossos compromissos com o PT e com a companheira Dilma”.

“Eu acredito ainda mais no PT, pois não está jogando a sujeira para debaixo do tapete,” defendeu a sigla Juliana Matos, integrante da Comissão Executiva Municipal do Partido.

 

Vane e a sucessão de 2016

* Marco Wense

marco wenseNem chegou 2015 e lá vem Marco Wense com 2016, é o que vou escutar durante toda semana no Café Pomar, tradicional ponto de encontro para o bate-papo político e o famoso cafezinho.

Se for um médico pediatra, que gosta de usar o palavreado da profissão no dia a dia, vai questionar a prematuridade da análise, que ela nasceu antes do tempo.

Alguns leitores vão buscar o ditado popular de que não se deve colocar a carroça na frente dos bois, que o artigo é intempestivo, consequência dos devaneios políticos do modesto colunista.

A discussão sobre a sucessão do prefeito Claudevane Leite (PRB) já é assunto obrigatório. E a maior dúvida é se o chefe do Executivo vai disputar o segundo mandato (reeleição).

Ora, ora, se está na boca do povo e a voz do povo é a voz de Deus – Vox Populi, Vox Dei –, então nada de precipitado e extemporâneo: o processo sucessório já começou.

A primeira legenda a colocar lenha na fogueira da sucessão é o PSDB do prefeiturável Augusto Castro. Pessoas bem próximas do tucano espalham que Vane não será candidato porque tem um acordo com o PCdoB.

São favas contadas a candidatura de Geraldo Simões pelo Partido dos Trabalhadores. O único petista com condições eleitorais para disputar o Centro Administrativo Firmino Alves.

O DEM de Maria Alice, ex-dama de ferro do ainda vivo fernandismo, tem a opção do médico Antonio Vieira, que não esconde a vontade, o esforço e a determinação de ser o candidato da legenda.

O presidente estadual do PDT, deputado Félix Júnior, não abre mão de candidatura própria. Dois nomes são citados nos bastidores da legenda brizolista: o do médico Antonio Mangabeira e do juiz Marcos Bandeira.

Tem Leninha Alcântara, a Leninha da Autoescola Regional. O problema é que a simpática postulante não sabe o que quer. É sempre hesitante, sem lado, politicamente sem rumo. É a Leninha versus Leninha.

O PMDB de Renato Costa, o PPS de Mariana Alcântara, o PTB do vereador Ruy Miscócio Machado e o PV do também edil Glebão não terão sequer pré-candidatos. São coadjuvantes.

O grande mistério é se Claudevane Leite vai disputar o segundo mandato. A decepção do alcaide com os políticos e a desilusão com a política são cada vez mais perceptíveis. Saltam aos olhos.

O chamado “núcleo duro” do vanismo, representado por Oton Matos, Marcos Cerqueira e Silas Alves, respectivamente controlador-geral, secretário de Finanças e chefe de gabinete, vem fracassando nas diversas tentativas de diminuir o PCdoB.

Geraldo Simões e Augusto Castro torcem para que o pega-pega entre comunistas e anticomunistas fique mais acirrado. Petistas e tucanos falam até em conflito com viés religioso.

Adianto aos assíduos clientes do Café Pomar, sempre ávidos e ansiosos por informações, que nem o próprio Vane sabe se será ou não candidato à reeleição. Pelo andar da carruagem, não.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031