hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Gabriela Monteiro’

A atuação das mídias sociais no fortalecimento da comunicação empresarial moderna

Gabriela Monteiro

gabriela bandeiraDetermina-se que as mídias sociais são plataformas tecnológicas na Internet que podem ser utilizadas na difusão de conteúdos por pessoas ou empresas, de modo a gerar interação social e compartilhamento de informações nos mais variados formatos, como por exemplo: textos, imagens, áudios e vídeos.

Neste sentido, é possível observar que cada vez mais as mídias sociais estão sendo exploradas pelas organizações na construção de relações estáveis com seus respectivos públicos, além de fortalecer sua imagem institucional. Em contextualização ao perspectivo argumento, dentre todas essas mídias, as mais influentes diante dos formatos midiáticos, classificam-se as redes sociais.

As redes são as formas de comunicação que mais crescem e propagam-se globalmente, gerando transformações de comportamentos e relacionamentos. Com base em alegações desenvolvidas por parte dos pesquisadores, muitos dos usuários que buscam fazer parte desses ambientes têm por objetivo estar compartilhando conteúdos, produzindo informações e até mesmo gerando interações sem dimensões geográficas. Diante de todas essas possibilidades, isso é o que caracteriza justamente o grande potencial que as redes fornecem para comunicação organizacional.

Levando-se em consideração dos aspectos levantados a tecnologia e a comunicação nas redes sociais, quando empregadas corretamente nas organizações, tendem a criar relevantes possibilidades de diferenciá-las em meio ao contexto mercadológico, desenvolvendo assim oportunidades de grandes estratégias, bem como, novas formas de interação e facilidade na troca de opiniões e conteúdos com seus consumidores.

 

Gabriela Monteiro é graduada em Comunicação Social pela Unime Itabuna

A comunicação organizacional na era das novas mídias

Gabriela Monteiro

 gabriela bandeiraConsidera-se que a comunicação possibilita aos seres humanos o compartilhamento de diferentes informações entre si, tornando assim o ato de comunicar uma atividade essencial para a sociedade. Entretanto, o processo de execução da mesma, aparentemente demonstra ser algo simples, porém para que haja a compreensão esperada, o emissor deve ter cautela no processo de escolha da mensagem de acordo com o receptor da informação, como também do meio ou veículo de transmissão.

Com a introdução das novas tecnologias e informática, a comunicação alcançou sua expansão de globalização. No que diz respeito a essa nova realidade, diversos estudiosos relatam que isso só se tornou possível graças às plataformas de comunicação em forma de rede, por meio do celular, Internet, satélite, que por sua vez transformou a mesma em algo instantâneo, com a extensão da velocidade das informações em tempo real.

Neste sentido, com base nesse moderno cenário de globalização da comunicação, pela qual possibilitou ao público uma maior detenção de informações, surgiram assim profundas mudanças nas organizações, antes até mesmo inimagináveis, na busca pela permanência no mercado. Neste ínterim, é possível afirmar que as empresas dos tempos atuais tendem obrigatoriamente buscar novas formas de comunicação com seus públicos para se adaptarem às novas exigências mercadológicas.

Em vista aos argumentos levantados, conclui-se que se tratando das novas mídias, especificamente a Internet, as organizações devem mensurar quais são os seus públicos estratégicos. Sobre isso, ao perceber esse quesito, devem-se buscar quais seriam os melhores formatos de se relacionar com esses públicos, bem como as melhores ferramentas utilizadas e até mesmo, perceber se esses públicos se encontram no ambiente on-line, para realizarem uma comunicação digital organizacional com eficácia.

 Gabriela Monteiro é formada em Comunicação Social pela Unime/Itabuna

A Internet como ferramenta estratégica de comunicação

Gabriela Monteiro

gabriela bandeiraA Internet, a partir do ponto de vista midiático, transformou os panoramas dos setores sociais contemporâneos. Neste sentido, em contextualização dessa moderna plataforma, novos formatos de estratégias voltadas aos sistemas organizacionais de comunicação têm sido constantemente atualizados para melhor atender as transformações mercadológicas, e acima de tudo, o público.

Neste ínterim, diversos estudos que tratam da comunicação no âmbito digital propõem-se a abordá-la de maneira mais ampla, buscando níveis mais elevados por parte dos pesquisadores para se possuir o máximo de atributos com relação à compreensão a respeito desse fenômeno. Nasce, então, o conceito de Ciberespaço, que advém da necessidade de se explorar como as novas tecnologias têm sido utilizadas como meios midiáticos e também a Cibercultura, a qual representa o campo que estabelece o relacionamento do sujeito com as tecnologias.

Diante de tais preceitos, considera-se que a comunicação possibilita aos seres humanos o compartilhamento de diferentes informações entre si, tornando assim o ato de comunicar uma atividade essencial para a sociedade. Em meio à década de 70, com a introdução das novas tecnologias e informática, a comunicação atingiu uma espécie de globalização que consequentemente ocasionou transformações nos panoramas organizacionais.

Com base nesta perspectiva, é possível afirmar que a Internet proporcionou uma revolução na relação comunicacional entre consumidores e marcas. Na era digital, as pessoas estão exercendo cada vez mais poder sobre as empresas de modo a expor suas opiniões, críticas e elogios, criando assim uma relação consistente com as mesmas. Sendo assim, percebe-se que em meio a um público ainda mais ativo no processo de desenvolvimento da comunicação é de suma importância que os profissionais da área de comunicação empresarial saibam utilizar as novas plataformas midiáticas a seu favor.

Portanto, torna-se perceptível que as novas mídias exercem um poder de sobressair às empresas dentro de um mercado de competição elevada, de modo a fortalecer sua imagem perante seus públicos e solidificar sua marca no cenário cada vez mais repleto de observadores. Esse novo ambiente tem fornecido canais alternativos para trocas de informações, comunicações, distribuições de diferentes tipos de produtos e serviços.

 

Gabriela Monteiro é formada em Comunicação Social pela Unime/Itabuna

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031